O saco da impunidade | Candido Rubim Rios

busca | avançada
84470 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> A bailarina Ana Paula Oliveira dança com pássaro em videoinstalação de Eder Santos
>>> Festival junino online celebra 143 da cidade de Joanópolis
>>> Nova Exposição no Sesc Santos tem abertura online nessa quinta, 17/06
>>> Arte dentro de casa: museus e eventos culturais com exposições virtuais
>>> “Bella Cenci” Estreia em formato virtual com a atriz Thais Patez
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> Virtual: Conselheiro do Sertão estreia quinta, 24
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Um caso de manipulação
>>> A novilíngua petista
>>> A clepsidra e os livros de areia
>>> Impressões sobre a FLIP
>>> Guilherme Carvalhal
>>> Achados
>>> Um post vazio
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Crime e mistério nas letras nacionais
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Mais Recentes
>>> Revista Radiolândia de Vários pela Rio Gráfica (1955)
>>> Revista Radiolândia de Vários pela Rio Gráfica (1955)
>>> Revista Radiolândia de Vários pela Rio Gráfica (1954)
>>> Teorema de Pier Paolo Pasolini pela Nova Fronteira (1975)
>>> A Casa dos Espíritos de Isabel Allende pela Difel (1986)
>>> Os Pecados da Tribo de José J. Veiga pela Difel (1982)
>>> O Expresso da Meia-noite & Outras Histórias de Rubem M. Scheffel pela Casa Publicadora Brasileira (1988)
>>> Denário do sonho de Marguerite Yourcenar pela Nova Fronteira (1971)
>>> Titinho e os Tênis Mágicos de Jerônimo Jardim pela L&PM (1989)
>>> Rio dos Signos de Geraldo Dias da Cruz pela Jo (1986)
>>> Dois minutos de gasolina parta a meia-noite de Ricardo Carlaccio pela Do Autor (2010)
>>> A Cidade Vazia de Fernando Sabino pela Do Autor (1961)
>>> Chore para o Céu de Anne Rice pela Rocco (1996)
>>> Doce Vitória de Taylor Caldwell pela Nova Cultural (1987)
>>> Apelo aos vivos de Roger Garaudy pela Nova Fronteira (1981)
>>> Memórias de Adriano de Marguerite Yourcenar pela Nova Fronteira (1980)
>>> Além dos Marimbus de Herberto Sales pela Civilização Brasileira (1965)
>>> Sala de Armas - Coleção Aché dos Imortais da Literatura Brasileira de Nélida Piñon pela Parma; Aché (1973)
>>> As Viagens de Marco Polo de Traduzido por N Meira pela Clube do Livro (1950)
>>> Ouro e Azul de Walter Waeny pela Próprio Autor (1992)
>>> Trilusssa e o brasil de Carlo Prina pela Não identificada (1945)
>>> Meias verdades de Daniel Linda pela Livre Mercado (2003)
>>> Meias verdades de Daniel Linda pela Livre Mercado (2003)
>>> Meias verdades de Daniel Linda pela Livre Mercado (2003)
>>> Meias verdades de Daniel Linda pela Livre Mercado (2003)
COMENTÁRIOS

Sábado, 13/2/2010
Comentários
Leitores


O saco da impunidade
Gostaria de ter sido o autor do texto. É a voz de todos que estão enjoados com a clase política. Não sabemos mais em quem acreditar e, claro, em quem votar. Por ironia, alguns anos passados, o Sérgio Cabral, pai, numa entrevista, disse: O povo está muito bem representado, na câmara tem de tudo, bandidos, homossexuais, brancos, negros, tem de tudo, portanto o povo está lá. Agora, qual é a saída? Votar em quem? E se algum honesto conseguisse entrar nesse saco, o que faria? Teria seus projetos aprovados? Duvido. Em relação ao preconceito, isso existe em todos os lugares, é triste, mas tem. Parabéns, pena que não fui eu que escrevi.

[Sobre "Preconceitos"]

por Candido Rubim Rios
http://candidorios.blogspot.com
13/2/2010 às
09h33 187.13.30.159
(+) Candido Rubim Rios no Digestivo...
 
Sozinhos no universo?
Se existe mesmo ou não vida extraterresre. Eu quero saber se estamos sozinhos num Universo infinito. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção: Segredos de O Símbolo Perdido"]

por Julio da Rocha
13/2/2010 às
09h10 187.14.14.209
(+) Julio da Rocha no Digestivo...
 
Esposa serve?
Minha esposa. Entende tudo da matéria. [Jacareí - SP]

[Sobre "Promoção: ABC da Língua Culta"]

por Eduardo Maximiliano
13/2/2010 às
09h09 189.54.251.136
(+) Eduardo Maximiliano no Digestivo...
 
Desejo masculino e feminino
Acho que o texto (talvez mesmo sem sabê-lo) traduziu um pouco das diferenças do desejo masculino e do desejo feminino (pelo menos na "nossa" época, em que não estávamos "treinadas" a olhar para o corpo dos garotos). Para os meninos da sala de aula retratada, a "menina feia" era notada por seu corpo, suas formas. Para a menina-autora, o menino era notado mesmo antes que houvesse tempo de olhar para seus pés, para a textura das mãos. Era pelo "ar" que ele transmitia que ele exercia atração. Para mim, o texto disse muitíssimo. Parabéns, Ana Elisa, mais uma vez! Isso se chama sensibilidade, esse captar de essências sem mesmo se dar conta.

[Sobre "O menino mais bonito do mundo"]

por Roberta Resende
12/2/2010 às
17h06 200.161.73.158
(+) Roberta Resende no Digestivo...
 
Estereótipos?
O que é feio? O que é belo? A arte é um pecado, porque destrói conceitos simplistas de beleza e feiúra. Ou deveria destruir, retratando características humanas sem preconceitos. Mas como nos desfazermos das noções que dizem o que é ou não atraente? Mesmo que no íntimo duvidemos dos conceitos impostos, pois na realidade tratar bem gera desconfiança, inteligência provoca temor (a teoria dos psicopatas sendo pessoas com uma inteligência aguda, uma bondade acima de suspeitas), ainda cultivamos o belo como sendo a aparente disponibilidade para a servidão aos outros, e o feio como sendo tudo que pode provocar distanciamento dos que são supostamente "nossos próximos", "nossos semelhantes" em humanidade. O "feio" e o "belo" no texto acabam se destacando, os extremos deixando marcas impressas na memória, de modo agradável ou não. Mas a "feiúra" desperta inveja; a "beleza" parece desconhecida, apesar de querida, enaltecida, suas características são vagas. Devemos ou não destruir estereótipos?

[Sobre "O menino mais bonito do mundo"]

por Cristina Sampaio
http://www.minhasvozes.blogspot.com
12/2/2010 às
16h21 189.119.82.174
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
O rabino acordou tarde
"Sexta-Feira o rabino acordou tarde", pela sagacidade do personagem e pelo bom humor da história. [Belo Horizonte - MG]

[Sobre "Promoção: O Véu"]

por Dênio da Cunha
12/2/2010 às
16h06 187.20.85.240
(+) Dênio da Cunha no Digestivo...
 
A realidade sem medo
Uso e-mail, acho que blog pode ser interessante, detesto o Orkut e não consigo sair dele. Mas aprendi que nada se compara a viver a realidade sem medo. Isso, sim, é aventura das boas! E ensina mais que o Google. Parabéns pelo texto. Adorei!

[Sobre "Não quero encontrar você no Orkut"]

por Daniele
http://www.obeco-da-gata.blogspot.com
12/2/2010 às
10h56 200.142.54.4
(+) Daniele no Digestivo...
 
O G na Maçonaria
Muito se fala dos segredos da maçonaria. Gostaria de saber o significado da letra "G"? A razão é porque é a letra sagrada dos maçons e ninguém realmente sabe seu verdadeiro sentido. [Torres - RS]

[Sobre "Promoção: Segredos de O Símbolo Perdido"]

por Edson de Souza Couto
12/2/2010 às
08h26 189.30.230.24
(+) Edson de Souza Couto no Digestivo...
 
Quem lê muito, ué
Quem lê muito. Quem muito lê, põe a língua em prática, não só num nível oral, mas escrito. Quem muito lê, vivencia a Norma Culta nos diversos autores e, num segundo momento, tem a oportunidade de desconstruí-la com os poetas, com a chamada "licença poética", como, por exemplo, o poeta Manoel de Barros... [Limoeiro do Norte - CE]

[Sobre "Promoção: ABC da Língua Culta"]

por Maria Rodrigues
12/2/2010 às
08h24 189.23.51.34
(+) Maria Rodrigues no Digestivo...
 
E os celulares?
Qual sua opinião a respeito dos celulares?

[Sobre "Cultura do livro digital?"]

por Miguel Lannes Fernan
http://ponteiroapontado.blogspot.com
11/2/2010 às
19h11 200.99.25.194
(+) Miguel Lannes Fernan no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Jogo Em Moscou
Robert Moss
Record
(1985)



La Terre: Une Vie de Tournemente (french Edition)
Jean Riser
Ellipses
(2004)



Philia
Marcelo Rossi
Principium
(2015)



O Circulista 38 Anos na Evolução Religiosa de um Povo
Nathanael de Veras Alcântara
Autor (valença Rj)
(1983)



A Ordem Internacional Em Transformação: 1945-1995
Contexto Internacional Número 2 de 1995
Puc Rio
(1995)



Tentando Entender Monterroso
Luiz Arraes
7 Letras
(2005)



Nouveau Dictionnaire des Difficultes Du Francais Moderne
Hanse Blampain
De Boeck Duculot
(2000)



Derecho Internacional, Comunidad y Union Europea
Vicente Blanco Gaspar
International Law Assoiation
(1986)



Uma Aventura na Martinica - Coleção Folha Clássicos do Cinema 12
David Lean
Folha de São Paulo
(2009)



Curso de Direito do Trabalho - 5ªedição
Gustavo Filipe Barbosa Garcia
Gen Forense
(2011)





busca | avançada
84470 visitas/dia
2,7 milhões/mês