O Orkut e eu | Jacques Salvador

busca | avançada
71184 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Primeiro Roteiro
>>> Festival Cine Inclusão abre inscrições de curtas-metragens com o tema terceira idade
>>> Musical Guerra de Papel estreia dia 3 de setembro no Teatro Viradalata
>>> Monólogo Te Falo com Amor e Ira de Branca Messina ganha nova temporada
>>> Performer e dançarina Morgana Apuama apresenta a obra 'Risko'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poesia como Flânerie, Trilogia de Jovino Machado
>>> O mundo é pequeno demais para nós dois
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> O cheiro da terra
>>> Vivendo o meu viver
>>> Secundário, derradeiro
>>> Caminhemos
>>> GIRASSÓIS
>>> Biombos
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A internet e o amor virtual
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
>>> Outra Praia, de Swami Jr.
>>> Minha formatura
>>> Sultão & Bonifácio, parte II
>>> O enigma de Lindonéia
>>> Paisagens Originais & Detalhes De Um Pôr do Sol
>>> Modernismo e Modernidade
>>> A extraordinária Nina
>>> Pensamentos & Pedidos
Mais Recentes
>>> Dark City Jogo de Gustavo Barreto pela Funbox (2021)
>>> Naruto Guia Oficial de Personagens o Livro Secreto da Formação de Masashi Kishimoto pela Panini (2021)
>>> O Pistoleiro a Torre Negra Vol I de Stephen King pela Objetiva (2004)
>>> Gabriela Cravo e Canela de Jorge Amado pela Martins (1970)
>>> Abc de Castro Alves de Jorge Amado pela Martins (1970)
>>> O Que as Mulheres Querem ? de Paco Underhill pela Campus (2010)
>>> Dona Flor e Seus Dois Maridos de Jorge Amado pela Martins (1970)
>>> Historia da criação do ensino superior no Acre de Áulio Gélio Alves de Souza pela Thesaurus (2006)
>>> O Mundo Fantástico dos Bonecos de Claudia Zarvos Consultoria e Design pela Sesc (2010)
>>> Médico de homens e de almas - a história de São Lucas de Taylor Caldwell pela Record (2018)
>>> Corpo Fala: A Linguagem Silenciosa Da Comunicação Não Verbal de Vozes pela Vozes (2021)
>>> Correio Fraterno de Feb pela Feb (2021)
>>> Um Longo Caminho para Casa de Danielle Steel pela Record Altaya (2001)
>>> Corrida Da Vida de Leader pela Leader (2021)
>>> Fora de Ordem de Woody Allen pela Agir (2007)
>>> A Ilusão de Scorpio de Robert Ludlum pela Rocco (1995)
>>> Cortázar de Dsop pela Dsop (2021)
>>> Cotidianos Educacionais de Autografia pela Autografia (2021)
>>> Falou e Disse de Francisco Cândido Xavier - Augusto Cezar Neto pela Geem (1978)
>>> Crepúsculo de Intrínseca pela Intrínseca (2021)
>>> Crepúsculo - Serie Branca de Intrínseca pela Intrínseca (2021)
>>> Criando Adolescentes de Fundamento pela Fundamento (2021)
>>> Garoto Linha Dura de Stanislaw Ponte Preta pela Círculo do Livro
>>> Criando Aulas Multimídia Com Visual Class de Giz pela Giz (2021)
>>> Criando moda de Ciranda Cultural pela Ciranda Cultural (2021)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 10/2/2006
Comentários
Leitores


O Orkut e eu
Eu estou no orkut há um ano, apenas. Estou lá com meu nome próprio, esse mesmo aí do lado. Tenho umas 40 comunidades, algumas só para delinear minha subjetividade, outras, de estudo, e uma – sobre Asterix – na qual me divirto à beça com o "quizz" (coisa de fã incondicional). 80% dos meus "amigos" conheço pessoalmente e já encontrei antigos colegas e pessoas "sumidas". Foi bom, muito bom. Já consegui um livro importado ("Il sont fous, ces humains") a preço de banana que, se fosse encomendar, sairia por preço de "foi gras". Foi um membro da comunidade "Asterix" que me proporcionou. E se tornou meu amigo, claro. Enfim, o orkut é mais um meio de eu, que vejo novela das oito e gosto de futebol e samba, me relacionar de maneira satisfatória com o mundo e com as pessoas e, até hoje, todos meus amigos mantêm intacto esse princípio.

[Sobre "Orkut: terra de ninguém"]

por Jacques Salvador
10/2/2006 às
13h39 192.168.133.51
(+) Jacques Salvador no Digestivo...
 
O Orkut para divulgação
Parabens Adriana. Sábias palavras... Talvez devessemos buscar soluções em coisas simples.. E essa ideia de utilizar o Orkut para divulgação de marcas e produtos é mto interessante. Talvez devessemos utilizá-lo tambem como divulgação de cultura, para debates etc.

[Sobre "Eles vão invadir seu Orkut!"]

por schirley
10/2/2006 às
12h26 201.8.159.196
(+) schirley no Digestivo...
 
O problema não está comigo!
Super legal o texto, bem humorado e verdadeiro! Concordo em gênero, número e grau! Estou de saco cheio das caras feias que os "intelectuais" fazem quando inocentemente digo que nunca li Nietzsche, que não sou expert nos assuntos relacionados a filosofia, enfim. Me sentia uma extra terrestre em meio a tantos cérebros extraordinários e pensantes!!! Parabéns pelo texto, adorei!

[Sobre "Como parecer culto"]

por Ana Carolina Moreira
10/2/2006 às
10h43 200.179.148.135
(+) Ana Carolina Moreira no Digestivo...
 
Orkut: há esperança!
Compreensível seu pessimismo ante o Orkut, Dani. Não tenho a mesma experiência internética que vc, mas posso afirmar que já pude presenciar dias melhores naquele site. Já houve debates interessantes, que além de nos trazerem informação, divertiam. Ainda existem, mas são microscópicos em relação a maciça quantidade de comunidades e fóruns absolutamente inúteis que só servem de palco para intrigas fúteis. Mantenho uma comunidade sobre a área automotiva que até hoje tem conseguido manter um bom nível de troca de informações e reunido pessoas sérias em torno do assunto. Embora pequena, é a minha "menina dos olhos". Pois certa vez uma criatura atreveu-se a criar um daqueles infames joguinhos orkutianos e imediatamente foi rechaçada pelos demais membros. Isso evidencia a seriedade que nos une, ali. Ainda existe esperança. E esperança, também, de que um dia as crianças – tanto as menores quanto as maiores de 18 anos – enjoem-se do "brinquedo" e deixem o Orkut.

[Sobre "Orkut, um sonho impossível?"]

por Ricardo Takeda
10/2/2006 às
08h17 200.155.197.161
(+) Ricardo Takeda no Digestivo...
 
Adorei o artigo!
Dois links para você: 1 e 2. Adorei o artigo!

[Sobre "Orkut: terra de ninguém"]

por Daniela Castilho
9/2/2006 às
21h53 200.162.197.5
(+) Daniela Castilho no Digestivo...
 
Parabéns ao Lisandro Gaertner!
É extremamente importante que se discuta assuntos como esse. O lance do contato e a forma como se apresentam as pessoas é algo que pode influenciar os desavisados. Como o texto relata, é um instrumento facilitador no contato e integração com o mundo. Todavia, não podemos esquecer de que corremos os ríscos do envolvimento sentimental, uns para com os outros. Embora, o que se deva ter certeza é do que estamos buscando. Fora isso, é maravilhoso fazer parte de um universo de informações, de uma Era onde o conhecimento está cada vez mais ao nosso alcance. Parabéns ao Lisandro Gaertner!

[Sobre "Orkut: fim de caso"]

por Daniel Menacho Lopes
9/2/2006 às
14h25 200.173.10.130
(+) Daniel Menacho Lopes no Digestivo...
 
Nada como o tempo
Quando eu comprei o meu primeiro iPod em 2003 a maioria das pessoas me perguntava: Quem vai querer um negócio desses? E a resposta veio 3 anos depois nesse texto do amigo Julio. Abraço, Edu.

[Sobre "E eu comprei um iPod; e a minha vida mudou"]

por Eduardo Montag
9/2/2006 às
08h24 143.107.176.126
(+) Eduardo Montag no Digestivo...
 
Resposta a Karen
Como eu disse no meu artigo, existem pessoas boas e bem intencionadas pela internet também. E eu disse também que existem pessoas reais por trás dos nomes. A questão é diferenciar o joio do trigo mesmo. Fiz muitos amigos e contatos através da internet, mas não resumo o meu mundo à internet. E isso é que é importante, porque só a virtualidade não é o suficiente. O tempo irá dizer. Eu acredito que o Orkut, como muitos outros locais on-line, acabará tomado pelo lixo virtual – como já está sendo tomado mesmo.

[Sobre "Orkut, um sonho impossível?"]

por Daniela Castilho
9/2/2006 à
00h19 200.170.127.174
(+) Daniela Castilho no Digestivo...
 
Gostei muitíssimo
Excelente. Gostei muitíssimo. Interessante as imagens de homem e mulher traçadas aqui. Ele, apaixonado, sonhador e ciumento, colocando a decisão final nas mãos da amada. Ela, segura e determinada, "foi" embora numa boa e ainda debochou. Não pensem que foi pelas imagens que gostei; podia ser o contrário. Gostei porque o texto é bom, bem escrito e bem humorado.

[Sobre "Orkut: fim de caso"]

por cecile
8/2/2006 às
22h47 200.141.133.207
(+) cecile no Digestivo...
 
quer ser meu amigo?
Camarada Vitor, realmente o Orkut pode ser uma coisa interessante, mas também pode ser uma sala cheia de mediocres faladores. Tudo depende da vivência de cada um. Também resisti aos apelos de meus amigos para me agrupar nos infinitos grupos dessa aldeia global de tagarelas. Nada substitui os abraços e o aperto de mão, das boas e velhas amizades. Gostei do seu texto, parabéns, por acaso você quer ser meu amigo?!

[Sobre "Um imenso Big Brother"]

por Clovis Ribeiro
8/2/2006 às
19h37 200.160.80.148
(+) Clovis Ribeiro no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Homem do Chapeu Vermelho
Hervé Guibert
Jose Olympio
(1992)



Mediunidade e Caminho
Carlos A. Baccelli
Ide
(2008)



Peripheral Vascular Disease
Alvaro Alonso / David D. Mcmanus
Jones and Bartlett



A History of Education in American Culture
R Freeman Butts/lawrence a Cremin
Henry Holt and Company
(1954)



Os Humanos - 1ªedição
Matt Haig
Jangada
(2016)



Para Ter um Bom Dia Hoje e Amanhã
Israel Belo de Azevedo
Hagnos
(2010)



Kalusha
Bruno Cattoni
7 Letras
(2002)



Pontes Brasileiras Viadutos e Passarelas Notaveis
Augusto Carlos de Vasconcelos
Pini
(1993)



Hp 12 C Owners Handbook and Problem Solving Guide
Hewlett Packard
Hp
(1982)



O curioso caso de Benjamin Button
Francis Scott Fitzgerald
Folha de S. Paulo
(2016)





busca | avançada
71184 visitas/dia
2,6 milhões/mês