Comentários de Daniela Castilho | Digestivo Cultural

busca | avançada
62306 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Música de Feitiçaria
>>> As Águas do Futuro
>>> Iecine abre inscrições para a Oficina de Roteiro
>>> Férias de Julho: Museu Catavento e Teatro Sérgio Cardoso recebem a Cia. BuZum!
>>> Neos firma parceria com Unicamp e oferece bolsas de estudo na área de inteligência artificial
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> PANFLETO AMAZÔNICO
>>> Coruja de papel
>>> Sou feliz, sou Samuel
>>> Andarilhos
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Marcha Sobre a Cidade
>>> Linguagem, Espaço, Máquina
>>> Confissões de um escritor
>>> Um Publicitário
>>> Cegueira
>>> O fim dos livros físicos?
>>> YouTube, lá vou eu
>>> Prá frente Brasil
>>> Brincando de ignorar a internet
>>> Entrevista com o poeta Régis Bonvicino
Mais Recentes
>>> Só é Gordo Quem Quer : Emagrecimento de João Ichôa Jr. pela Guanabara
>>> Terra de Sombras 3 de Alyson Noël pela Intrínseca (2010)
>>> Livro - Poder Absoluto de David Baldacci pela Arqueiro (2013)
>>> Os Pensadores VI de S. Agostinho pela Abril Cultural
>>> O Clube do Filme de David Gilmour; Luciano Trigo pela Intrinseca (2009)
>>> Secretaria uma Parceira de Sucesso de Stefi Maerker pela Infinito (1999)
>>> 365 Contos - um para Cada Noite de Vários Autores pela Girassol
>>> A Retirada da Laguna de Visconde de Taunay pela Biblioteca do exército (2006)
>>> A inserção de micro, pequenas e médias empresas no processo negociador do MERCOSUL de Rafael de Mello Vidal pela Funag (2011)
>>> Contando Com o Vento de Wladimir Novaes Martinez pela Apanova (2003)
>>> O falecido Mattia Pascal de Luigi Pirandello pela Abril Cultural (1972)
>>> Pluft: O Fantasminha de Maria Clara Machado pela Nova Fronteira (2009)
>>> O Melhor dos Inimigos - Coleção Julia de Jessica Steele pela Nova Cultural (1999)
>>> Os Pensadores II de Socrates pela Abril Cultural
>>> Fundamentos de Prospecção Mineral de Ronaldo Mello Pereira pela Interciencia (2003)
>>> Naná de Émile Zola pela Nova Cultural (2003)
>>> Os Pensadores XXVIII de Adam Smith Ricardo pela Abril Cultural
>>> Amazonia, 20º Andar de Guilherme Fiuza pela Record (2008)
>>> Artsy de Teresa Perez pela The Traveller Trends (2014)
>>> Um Segredo entre Nós - Coleção Julia de Shawna Delacorte pela Nova Cultural (2002)
>>> Os Pensadores XLV de Sartre pela Abril Cultural
>>> A Tabuada da Bruxa de Johann Wolfgang von Goethe pela Cosac Naify (2006)
>>> Exposições universais e diplomacia pública de Flávio Goldman pela Funag (2016)
>>> Os Pensadores XIV de Hobbes pela Abril Cultural
>>> State of Wonder de Ann Patchett pela Sem
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Sexta-feira, 11/4/2008
Comentários
Daniela Castilho


o mau humor feminino
Eu não aguento o mau humor feminino. Sou mulher, mas nã defendo a categoria. Sim, os homens olham. Eu nunca me ofendi. Em geral, dou uma olhada de volta, mesmo se for um "Zé Mané". Homens são criaturas delicadas e, diferentes das mulheres que amadurecem e esquecem o lado infantil delas mesmas, os homens conservam os meninos que sempre foram, dentro de si. Um homem me canta na rua, eu olho. Mesmo que a cantada tenha sido grosseira. Só de eu olhar, em geral eles se encolhem como meninos que foram pegos aprontando. Se o homem for bonito, eu sorrio para ele - e pasme, mulher mau-humorada que não sabe lidar com homens - eles se encolhem ainda mais. O poder do sorriso feminino. Os homens sabem que dependem das mulheres dizerem "sim" ou "não" ao assédio deles. Usam o que têm, que é soltar um elogio, seja educado ou não, é tudo que eles podem fazer. A decisão é nossa e eles sabem disso. Pense nisso, mulher mau-humorada.

[Sobre "Segurando o Tchan"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty/
11/4/2008 às
13h51 189.33.79.103
 
Inteligência em Maria Padilha
A Maria Padilha nunca foi famosa pela inteligência, mesmo...

[Sobre "Meia-entrada ou meio-médico?"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty/
19/2/2007 às
06h45 201.52.239.231
 
fiquei curiosa com o filme
Eu li o livro quando saiu, há alguns milhões de anos... agora fiquei curiosa com o filme.

[Sobre "Perfume, uma crítica"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty/
29/1/2007 às
13h38 201.21.13.58
 
A entropia é inevitável
Amei, amei. Eu sou uma das pessoas que vive dizendo para as outras que a entropia é inevitável, a gente só vive adiando – e até, que é mais gostoso, muito mais interessante viver em harmonia com a entropia. Eu vivo de forma entrópica. A minha arte só vive com a entropia acionada. Adorei. =)

[Sobre "Em nome do caos"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty/
29/12/2006 às
13h11 201.21.13.58
 
Uma questão de ponto de vista
Ana Elisa, eu te leio sempre e admiro muito, mas como eu tenho um ponto de vista completamente oposto ao seu no quesito ver, escrevi um texto sobre isso lá no meu blog. Espero que você goste.

[Sobre "Ex-míope ou ficção científica?"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty/archives/55...
27/12/2006 às
12h50 201.21.13.58
 
Adorei!
Ah, também adorei O veneno da madrugada! Adorei sua seleção de "melhores de 2006".

[Sobre "Europeus salvaram o cinema em 2006"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty/
21/12/2006 às
23h09 201.21.13.58
 
obrigada pelas dicas
Um dos melhores do ano, na minha opinião, foi o filme de Wim Wenders, "Estrela Solitária". Um brasileiro que só passou na internet, e é maravilhoso, é o documentário poético "Os sete pecados do capital", de Ricardo Nauenberg. O coreano "O Arco" é poesia. Nelson Pereira dos Santos não me decepcionou, com seu Brasília 18%. “A Máquina”, de João Falcão, é um belo filme, sai do ranço global sem se tornar alguma coisa indigesta. "Match Point" é maravilhoso, de longe o melhor dos "róliudianos". Achei "A Passagem" muito quero-ser-David-Lynch para o meu gosto, prefiro o original. É praticamente "Cidade dos Sonhos", só que com mais grana e menos estética cinematográfica, com cara de videoclipe. Entre "Árido Movie" e "Cinema, aspirinas e urubus", prefiro as aspirinas e urubus. Preciso ainda ver o filme do Karim e do Almodovar, meus amigos tem falado bem. E obrigada pelas dicas dos que eu-não-vi como Transamérica, o documentário da Lucia e alguns outros. Vou vê-los.

[Sobre "Cinema 2006: um ano mediano "]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty/
18/12/2006 às
17h20 201.21.13.58
 
Eu amei esse filme
Eu amei "Sob o sol da Toscana". Fiz resenha lá no Chá. Definitivamente, casa comigo? ;)

[Sobre "Sob o sol da crítica"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty/
13/12/2006 às
23h38 201.21.13.58
 
Amei.
Pois é, pois é, a maior delícia de escrever para o Digestivo é a liberdade.(...) Amei o seu texto.

[Sobre "Seis anos em seis meses"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty/
29/11/2006 às
18h22 201.21.13.58
 
O espelho dos blogueiros
Rapaz, que questão interessante. Eu montei o meu blog por insistência do meu ex-marido, quando ainda éramos casados. Acho que ele queria que eu me distraísse de alguma coisa para não perceber o final do casamento :P Foi efeito inverso, porque rapidamente eu tinha um monte de leitores - até hoje não entendi por quê - e o casamento acabou mesmo. O chá está lá, firme e forte até hoje, com mais de 10.000 leitores mensais. Eu escrevo o que me dá na telha, posto o que me dá vontade, sem a menor programação. Blogs são geniais. Não penso que blogs sejam diários, acho que são espelhos de seus donos.

[Sobre "Por que eu montei um blog"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty/
2/11/2006 às
20h42 201.21.13.58
 
apenas desperdiça o voto
A mim parece que, como em várias outras leis, a lei sobre anulação de eleição não é clara sobre o que acontece quando o eleitor vota nulo. A posição do ministro Marco Aurélio Mello deixa claro que, em caso de anulação de eleição, os votos nulos espontâneos da população não são considerados protesto nem são considerados como parte da eleição - simplesmente são descartados. Talvez precisássemos de uma melhor legislação eleitoral, é fato, mas do modo como a lei é aplicada hoje, votar nulo apenas desperdiça o voto e permite que mais políticos ruins se elejam com menos votos - uma vez que o voto nulo é descartado.

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Daniela Castilho
http://havesometea.net/MadTeaParty/
18/10/2006 às
13h29 201.21.13.58
 
Resposta para Janete
(Continuação:) O Tribunal Superior Eleitoral deliberou a respeito do tema em 17 de agosto último, ao julgar um caso em que se requeria a anulação de uma eleição municipal de 2004, em Ipecaetá, na Bahia, para a realização de novo pleito. No Recurso Especial Eleitoral 25.937, o Tribunal deliberou: “Não se somam (...), para fins de novas eleições, os votos nulos decorrentes de manifestação apolítica do eleitor, no momento do escrutínio, seja ela deliberada ou decorrente de erro”. Ou seja, para calcular se houve mais de 50% de votos nulos (por fraude) em uma eleição não devem ser considerados os votos nulos dados pelo próprio eleitor.

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Daniela Castilho
http://havesometea.net/MadTeaParty/
18/10/2006 às
13h25 201.21.13.58
 
O problema do voto nulo
O problema do voto nulo é que ele não vale nada, independente da quantidade de pessoas que votem nulo. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral deu uma entrevista explicando os furos na lei, que fazem com que o voto nulo não tenha expressividade e, pior, até contribua para que os candidatos que estão concorrendo necessitem de menor quantidade de votos para se eleger. Citando parte da entrevista: “O texto (da constituição) não diz ser necessário que mais da metade do votos sejam válidos, isto é: os dados aos candidatos. Determina apenas que será eleito o candidato que obtiver a maioria dos votos válidos. Assim, se 60% [do total] dos votos forem brancos ou nulos, uma hipótese remota, será eleito o candidato que obtiver pelo menos 20% mais um dos votos válidos (que, neste exemplo, foram 40%)”. Assim, votar nulo acaba sendo desperdício do voto e atitude passiva de escape - "não votei em ninguém, lavo minhas mãos." Eu prefiro votar direito.

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty
12/10/2006 às
13h17 201.21.13.58
 
De música erudita
Mas existe música erudita sendo escutada e praticada - só que não executam Mozart e nenhum dos clássicos. Sim, exato, música erudita não é música necessáriamente clássica, nem música barroca, nem música neo-romântica. Ou seja, música erudita não precisa ser Mozart, Chopin ou Beethoven - meus favoritos em músicas de "outros períodos históricos". Música erudita pode ser, por exemplo, Apocalíptica, o quarteto de cordas erudito - um dos moços é até maestro, se não me engano - ou o String Quartet de Todd Mark Rubenstein que já gravou tributos a Rush, Led Zeppelin, Radiohead, Nine Inch Nails (sim, o industrial Trent Reznor tem dois tributos à sua obra, um do String Quartet e um em piano!). Música erudita também pode ser rock´n roll. Eu recomendo ouvirem, é maravilhoso.

[Sobre "Para ouvir música erudita"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty
2/10/2006 às
11h02 201.21.13.58
 
Entre brincos e tatuagens
Ai, Ana, morri de dó. Achei a história um massacre, uma ditadura. Eu uso 3 brincos, a minha irmã usa 7, meu irmão usa 2. Meu próximo alvo é justamente a tatuagem, eu quero fazer pelo menos 3.

[Sobre "Eu não uso brincos"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/MadTeaParty/
30/9/2006 às
14h58 201.21.13.58
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Ilha do Dia Anterior
Umberto Eco
Record
(1995)



Guia para o Planeta Terra
Art Sussman
Cultrix
(2000)



O Jardim das Rosas
Vera Lucia Marinzeck de Carvalho
Petit
(2003)



Direito Tributário volume único- 28 Coleção Sinopses para Concursos
Roberval Rocha
jusPodivm
(2014)



Carrasco de Goleiros - Um Fenômeno Chamado Ronaldinho
Luiz Puntel
Palavra Magica
(1998)



Tooth And Claw
T C boyle
Bloomsbury
(2005)



O Homem de Duas Cabeças
Almeida Fischer
Ebrasa
(1971)



Livro - Historia de las Ideas Científicas: de Tales de Mileto a La...
Leonardo Moledo e Nicolás Olszevicki
Planeta
(2015)



Aos Poucos Fico Louco
Ulisses Tavares; Victor Tavares
Scipione
(2012)



O Sabor da Cozinha Vegetariana
Reis & Tannuri
Kits
(2015)





busca | avançada
62306 visitas/dia
1,8 milhão/mês