Foda-se a literatura | rogerio

busca | avançada
56367 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Ana Cañas e Raíces de América abrem a programação musical de junho, no Sesc Santo André
>>> Sesc Santo André recebe Cia. Vagalum Tum Tum, em junho
>>> 3º K-Pop Joinville Festival já está com inscrições abertas
>>> Clube do Disco - Clube da Esquina
>>> MONSTRA exibe filmes feitos por e com crianças nos dias 25 e 26/5
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Trump e adjacências
>>> Entrevista com Pollyana Ferrari
>>> O novo sempre vem
>>> O estilo de Freddie Hubbard
>>> Fábrica
>>> Brasileiros aprendendo em inglês
>>> A revista Bizz
>>> Recortes da paisagem: a fotografia de Rei Santos
>>> Deus 3.0
>>> Cartas Pônticas, de Ovídio
Mais Recentes
>>> Um Amor de Swann - Coleção L&pm Pocket de Marcel Proust pela L&pm (2005)
>>> Nosso Homem Em Havana de Graham Greene pela Biblioteca Folha
>>> A Dieta do Abdomen de David Zinczenko / Ted Spiker pela Sextante (2005)
>>> A Palavra professada gera vida de Bispo César Augusto pela Do Autor (2014)
>>> Os Viuvos de Mario Prata pela Leya
>>> Super Manual para Garotos Fantásticos de Ale Mcgiver pela V&r (2010)
>>> Amigos Inimigos - a Formatura de Vanessa Martinelli pela Tlb (2013)
>>> O Canalha de Carly Phillips pela Planeta (2011)
>>> Pensando em você de Nelson Lopes pela tipogresso (1998)
>>> Conquite Seu Bem Estar Interior e Aproveite a Vida de Maria Jose Costa Felix pela Gente (2006)
>>> O Que é Folclore de Carlos Rodriguês Brandão pela Brasiliense (1984)
>>> Bibliografia Brasileira de Literatura Infantil e Juvenil de Bli pela Bli (2002)
>>> O Guarani - Coleção Bom Livro de José de Alencar pela Atica (2012)
>>> Gestão de Pessoas de Joel Souza Dutra pela Atlas (2002)
>>> O Santo Sudário de Giulio Calvatti pela Planeta
>>> O Muçulmano e a Judia de Gilberto Abrão pela Ibep Nacional (2011)
>>> Dinamicas de Grupo para Csais e Familias de Gilson e Elizabete Bifano pela Oikos (2002)
>>> À Esperança do Amado de Debby Jones & Jackie Kendall pela Betania (1995)
>>> Uma Vida para Seu Filho de Bruno Bettelheim pela Campus (1988)
>>> sartre de os pensadores pela Unb (1973)
>>> Raio x de Gabriela Pugliesi pela Reptil (2014)
>>> Statistics and Econometric Models 1: General de Christian Gourieroux; Alain Monfort pela Cambridge Print On (1995)
>>> Como Conseguir Emprego no Brasil no Século XXI de Thomas A. Case Ph. D pela Catho (2004)
>>> Quero Continuar Gerente e Agora? de Garrido pela Nobel (2004)
>>> Diário de um Consultor a Consultoria sem Segredo de João Coelho pela Atlas (2013)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 16/5/2006
Comentários
Leitores


Foda-se a literatura
Eu concordo com o comentáio do Rafael Rodrigues. Escrever e ler deve ser uma atividade, antes que qualquer coisa, prazerosa. Eu por exemplo acho o Rubem Fonseca um texto normal, sem grandes novidades. Mas há muito marketing pessoal por trás de um autor de sucesso como por exemplo o Paulo Coelho. O que importa mesmo, até para um escritor fracassado cujas vendas do seu livro são ridículas é o prazer que deu há alguns leitores e o prazer dele próprio, autor, ao escrever a obra. Que importa se um autor vai ficar ou não pra história da literatura? Foda-se a literatura, meus amigos. Dane-se a academia brasileira de letras! Tem que haver prazer em ler um livro e escrever um livro, o resto é nada. Escritores, escrevam e não se preocupem em ganhar dinheiro, fama, seguidores. Escrevam e sejam felizes. Se ninguém ler os seus livros e todos acharem uma merda, que importa? O que importa é que você se divertiu ao escrever, e sempre haverá alguém que goste de seu texto.

[Sobre "Não existem autores novos"]

por rogerio
16/5/2006 às
14h45 200.138.204.204
(+) rogerio no Digestivo...
 
baita faroeste oriental
Quer outro faroeste q ninguém enxerga como tal? Zatoichi, de Takeshi Kitano, filme japonês de 2003. Tirem os samurais e coloquem os cowboys; tirem o Japão do século 19 e coloquem o velho oeste. Não muda nada. Um baita faroeste oriental.

[Sobre "A ascensão de um novo faroeste"]

por lucas
16/5/2006 às
14h15 201.1.182.178
(+) lucas no Digestivo...
 
Um caso de amor no Orkut
Tenho uma história de amor virtual p/ contar... na verdade achava isso uma possibilidade renmota, me apaixonar pela internet. Acreditava em afinidades ou atração, qqr coisa do tipo... mas a realidade veio me mostrar que estava enganada. O orkut fez com que Rafael me encontrasse por afinidades... continuamos coneversando mas o sentimento continuou nos unindo. Em um misto de carência e incredulidade em relacionamentos e pessoas, eu me apaixonei pelas palavras... por frases e encantos... "Conheci" a pessoa que tenho certeza que é o homem da minha vida. Acredito que pode ser uma loucura tudo isso, como sempre me dizem... mas acredito ainda mais na vontade de Deus... Nada acontece por acaso... eu ter aceitado o Rafa no msn, ter add e tudo que ele disse ser, tudo que eu precisava ouvir me fez ter a certeza de que isso é amor... e Ele é uma dádiva... acredito nisso, acredito no amor... acredito em destino... acredito que o que tiver que ser, será... e não importa como nem quando e sim que acontecerá! Rafa, te amo.

[Sobre "A internet e o amor virtual"]

por Bruna Ribeiro
16/5/2006 às
13h39 200.172.212.132
(+) Bruna Ribeiro no Digestivo...
 
centelha da reflexão
Há um texto no DC intitulado “A Ousadia de Mudar de Profissão” do Marcelo Maroldi que também fala de um livro do professor Sérgio Cortella (Não espere pelo Epitáfio). Quem gostou de um, irá gostar de outro, vez que os dois textos acendem a agradável "centelha da reflexão". É gratificante ler textos desta qualidade no começo do dia...

[Sobre "Reflexões para um mundo em crise"]

por Marcelo Souza
16/5/2006 às
07h55 200.252.155.2
(+) Marcelo Souza no Digestivo...
 
um período contraditório
Bela e correta reflexão sobre o mundo atual, embora eu a faça de outra forma, visto que ao sair à rua não tenho esse particular hábito. Entretanto, percebo que existem dois comportamentos distintos nos seres humanos: um é o comportamento individual e o outro é o indivíduo na coletividade. A mesma pessoa que fala de paz com entusiasmo é capaz de ser agressiva quando inserida numa coletividade. Em resumo, os discursos se chocam frontalmente e as atitudes são contraditórias. Costumo comparar nossa sociedade atual a um horrendo aleijão onde os avanços tecnológicos evoluiram de forma fantástica e, em contrapartida, os valores éticos involuiram assustadoramente. Não me refiro a mais ou menos espiritualidade, seja religiosa ou não. Falo de valores éticos mesmo, falo do valor da vida. Se por lado são inventados aparelhos que salvam vidas, por outro, tira-se a vida com facilidade, sem culpas ou remorsos. Diria que vivemos um período altamente contraditório.

[Sobre "Reflexões para um mundo em crise"]

por regina mas
16/5/2006 às
04h02 200.179.217.121
(+) regina mas no Digestivo...
 
entrar para historia?
Nao seria o caso entao de falta de "marketing" para jogar estes novos autores na lista dos mais vendidos? Acho que ha' no nosso mercado editorial uma preocupacao excessiva com "entrar para historia"... Ninguem sabe que entra para historia. Quem decide isso e' o tempo. Num mercado saudavel, muitos autores lancariam muitos livros. Alguns seriam bem vendidos, outros, nao. Um punhado deles poderiam ser considerados bons livros. E talvez um ou dois ficassem na memoria do tempo... Nao e' possivel "comparar" Machado, Shakespeare, com um autor do presente no sentido de "entrar para historia". Era outro tempo, outra maneira de se armazenar e propagar conhecimento (onde poucos controlavam o destino de muitos). Quanto 'a geracao 00, ela sofre do mesmo problema de muitos que vejo tentando escrever no Brasil: se recusam a escrever pelo simples prazer de ler e escrever...

[Sobre "Não existem autores novos"]

por Ram
15/5/2006 às
23h24 67.161.2.204
(+) Ram no Digestivo...
 
engasgado com tanta coisa
Eu poderia estar internado na emergência de algum hospital público, engasgado com tanta coisa que teria para dizer e que você o fez por mim. É isso aí! Eu já havia batido nesta tecla, inclusive com alguns representantes da chamada geração 00. Alguns muito superestimados pela mídia. Tá certo que o mercado necessita de renovação. Mas vamos com calma! Me parece que esses "novos" buscam a satisfação na publicação. E entendo que isso é um erro. A satisfação deve vir antes. É como transar e só gozar quando a(o) parceira(o) diz que foi bom para ela(e). A verdadeira satisfação deve vir no ato de escrever. O sucesso costuma vir como conseqüência, embora a justiça nem sempre se faça. Ao que parece, a onda dos autores novos envelheceu. Quantos ficaram? Ainda é cedo para avaliar. Mas de certo só ficarão os que escrevem textos universais e eternos. gd ab

[Sobre "Não existem autores novos"]

por Julio Cesar Corrêa
http://jccbalaperdida.blogspot.com
15/5/2006 às
18h25 200.179.233.36
(+) Julio Cesar Corrêa no Digestivo...
 
muuuuuuuuuuuuito bom
o site é muuuuuuuuuuuuito bom, concordo com todos os emails, mas especialmente com o de "josé loscano junior": devemos nos unir. beijos

[Sobre "Anos Incríveis"]

por cris
15/5/2006 às
14h31 200.151.181.25
(+) cris no Digestivo...
 
verborragia medíocre
É isso aí. Admiro um texto com conteúdo forte... inteligente. Se é bom que a "rapaziada" escreva o que sente... Tudo bem... mas ser endeusado... por esta verborragia medíocre...

[Sobre "Não existem autores novos"]

por Eveline
15/5/2006 às
14h21 201.64.77.242
(+) Eveline no Digestivo...
 
Perfeito, Paulo
A unica coisa que realmente importa e' a atemporalidade de uma Literatura tao excelente que se faz nova a cada releitura.

[Sobre "Não existem autores novos"]

por Sandra Baldessin
http://sandraregina.multiply.com
15/5/2006 às
14h03 201.69.146.84
(+) Sandra Baldessin no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




An American Host Family
Telma Guimaraes Castro
Richmond
(2005)



Quando os Sonhos Se Tornam Realidade
Rosana Beni; Luciano Szafir
Gente
(2002)



Psicologia da Criança - do Nascimento a Adolescência
Maurice Debesse
Nacional
(1972)



Invasão Alienígena
Edith Modesto
Ática
(2001)



Os Safos Festejam ao Anoitecer
Idalino Cavalcante
Topbooks



Charutos Vip - para o Homem Que Quer Saber Mais
Neil Millington
Nobel
(1999)



O Segredo das Centúrias
Pierre V. Piobb
Três
(1973)



Mythos: as Melhores Histórias de Heróis, Deuses e Titãs
Stephen Fry
Planeta



Hannah and the Hurricane
John Escott
Penguin Readers
(1995)



Guia Prático Em Cardiopatias
Joséte Luzia Leite
Yendis
(2007)





busca | avançada
56367 visitas/dia
1,8 milhão/mês