Impunidade nas novelas também | Luisa del Monte

busca | avançada
61479 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Ambulantes faz show de seu novo disco na Casa de Cultura Chico Science
>>> SESI São José dos Campos apresenta a exposição J. BORGES - O Mestre da Xilogravura
>>> Festival gratuito, diurno, 8o.Festival BB Seguros de Blues e Jazz traz grandes nomes internacionais
>>> Bruno Portella ' Héstia: A Deusa do Fogo ' na Galeria Alma da Rua I
>>> Pia Fraus comemora 40 anos com estreia de espetáculo sobre a vida dos Dinossauros do Brasil
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
Colunistas
Últimos Posts
>>> Metallica homenageando Elton John
>>> Fernando Schüler sobre a liberdade de expressão
>>> Confissões de uma jovem leitora
>>> Ray Kurzweil sobre a singularidade (2024)
>>> O robô da Figure e da OpenAI
>>> Felipe Miranda e Luiz Parreiras (2024)
>>> Caminhos para a sabedoria
>>> Smoke On the Water (2024)
>>> Bill Ackman no Lex Fridman (2024)
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
Últimos Posts
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Rita de Cássia Oliveira
>>> Bel Ami, da obra de Maupassant
>>> Os filmes de Frederico Füllgraf
>>> Cinema em Atibaia (III)
>>> Jornalismo de todos para todos
>>> Das boas notícias
>>> Sociologia de um gênio
>>> A arqueologia secreta das coisas
>>> Mahalo
>>> O iPad não é coisa do nosso século
Mais Recentes
>>> The Secret Passage Stage 4 - A2 de Paloma Bellini pela Hub (2011)
>>> Pluralidade como corolário da liberdade sindical de Cláudio Cesar Grizi Oliva pela Ltr (2011)
>>> Pela Moldura da Janela de Lourdinha Leite Barbosa pela Topbooks (2011)
>>> Administração Financeira de A. a Groppelli e Ehsan Nikbakht pela Saraiva (2010)
>>> Client/server Architecture de Alex Berson pela Mc Graw Hill (1992)
>>> Caso Em Família de Rex Stout pela Francisco Alves (1977)
>>> Farewell de Carlos Drummond de Andrade pela Record (1996)
>>> Sessenta Anos Passados: Estórias de um Médico Não Especialista de Affonso Renato Meira pela Scortecci (2016)
>>> The New Direct Marketing: How to Implement a Profit-driven... de David Shepard Association pela Irwin Professional Pub (1998)
>>> A Graça da Coisa- 25ªedição de Martha Medeiros pela L&pm Editores (2013)
>>> Metapesquisa Em Comunicação - o Interacional e Seu Capital Teórico.. de Maria Ângela Mattos pela Sulina (2018)
>>> Linguagem e Persuasão - 8ªrevista e Atualizada de Adilson Citelli pela Atica (2004)
>>> O Melhor da Super de Alexandre Versignassi pela Abril (2013)
>>> Psicologia Educacional de Nelson Piletti pela Ática (2008)
>>> O que é Pesquisa em Educação? de Potiguara Ácacio pereira pela Paulus (2005)
>>> Quando a graça de Deus nos toca de PR. Marcio Valadão pela Igreja batista da alagoinha (2009)
>>> Os Grandes Mitos da Feminilidade de Iwonka Blasi pela Record Rosa dos Tempos (1996)
>>> Andanças de Oroncio Vaz de Arruda Filho pela Nobel (1987)
>>> Curso de Direito do Trabalho de Amauri Mascaro Nascimento pela Manole (2010)
>>> Novo Codigo de Processo Civil ao Alcance de Todos de Marcelo Fonseca Guerreiro; Larissa Moreira Zottis pela Ltr (2016)
>>> Comentário ao Regime Processual Experimental de Luis Filipe Brites Lameiras pela Almedina (2007)
>>> Manual de Direito Processual do Trabalho. de Acordo Com o Novo Pcp de Mauro Schiavi pela Ltr (2016)
>>> Bate-papos Educacionais na Internet de Erisana Célia pela Appris (2019)
>>> Motivación 360 de David Fischman / Lennia Matos pela Gestion 2000 (2014)
>>> O Saber e Seus Embates de Cesar Augusto Battisti; Joao Antonio pela Sulina (2016)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 10/7/2006
Comentários
Leitores

Impunidade nas novelas também
Olá, LEM! Além do final ter sido óbvio e sem surpresas, fiquei bastante chocada em ver que também nas novelas reina a impunidade!!! Bia Falcão, livre em Paris, copiou demais a vida real (adoraria ver justiça: nem que fosse só num final de novela...).

[Sobre "O óbvio final de Belíssima"]

por Luisa del Monte
10/7/2006 às
18h24 201.53.61.22
(+) Luisa del Monte no Digestivo...
 
Do Digestivo para o blog
Muito ilustrativo seu relato. Com a sua permissão, gostaria de reproduzi-lo em meu blog.

[Sobre "Desfazendo alguns mitos sobre 64"]

por Luciano Blandy
http://www.hojeemfoco.blogspot.com
10/7/2006 às
14h19 200.206.189.90
(+) Luciano Blandy no Digestivo...
 
Reposta ao autor
Opa! Tô gostando disso aqui. Edward, de forma alguma o interesse pelos barrigudos amarelados exclui a alienação de uma pessoa. Não o interesse por eles, mas por aquilo que eles fazem, é pelo menos um sinal de que a pessoa se preocupa com um país em momentos fora de uma Copa do Mundo. O que me dá raiva é as pessoas se preocuparem SÓ com o sucesso do time de astros da publicidade. O jogo acaba e a pessoa volta a passar fome. Dá mais raiva ainda por eles terem sido ótimos garotos-propaganda e péssimos jogadores. Um desabafo! Rafael, não falei mal de quem escreve sobre futebol e "coisas mais divertidas". Lógico que tem que haver conteúdo sobre esses temas sim! Não chamei o Edward de alienado por ele ter escrito sobre futebol. Alienado seria quem quisesse banir o tema dos meios de comunicação. Já pensou? O que me chamou a atenção foi ele dizer que o que os políticos brasileiros fazem devia ser deixado de lado, já que são pagos pra isso mesmo. Abraços

[Sobre "Futebol e política"]

por Matheus
10/7/2006 às
13h17 201.17.170.84
(+) Matheus no Digestivo...
 
Belíssima surpreendente
Creio que ninguém esperava um final como esse. Talvez seja esse mesmo o mais surpreendente da trama. Todos esperavam um final como o de "A Próxima Vítima" e, então, Sílvio de Abreu usou muito bem sua liberdade de autor e encerrou "Belíssima" da melhor forma: sem surrealismo. Parabéns por mais um sucesso, Sílvio de Abreu.

[Sobre "O óbvio final de Belíssima"]

por Sergio Capozzielli
10/7/2006 às
09h49 200.208.25.70
(+) Sergio Capozzielli no Digestivo...
 
Concordo com o Edward
Concordo com o Edward e digo mais: não é porque alguém leva a sério o futebol que vai deixar de se preocupar com os problemas do Brasil e da humanidade, digamos assim. Chego ao ponto de às vezes ficar indignado quando escrevo sobre algo trivial, ou algo mais divertido, como futebol, e um leitor me julga pelo texto. Daí eu tomo as dores, que não são apenas minhas, mas de muito mais gente por aí, e digo: não se deve dizer que alguém é alienado apenas porque ele escreveu um texto sobre futebol. Existem, dentro do jornalismo, várias vertentes. Uma delas é o jornalismo esportivo. Outra é o literário. E eu sinto que, muitas vezes, quem atua nessas áreas é menosprezado. Temos que parar de pensar dessa forma. Quem trabalha nessas áreas tem as mesmas preocupações que todo cidadão brasileiro tem. A diferença é que o ganha pão deles é falar sobre os temas que lhes dizem respeito. Ou os tais temas são justamente os assuntos que eles dominam. As preocupações ficam para conversas calorosas com os amigos!

[Sobre "Futebol e política"]

por Rafael Rodrigues
http://3vozes.blogspot.com
9/7/2006 às
19h28 201.50.78.91
(+) Rafael Rodrigues no Digestivo...
 
Respostas
Erick, grazie. Rita, aceite minhas sinceras desculpas. Não esclareci que se tratava de política brasileira, que nada tem dessa sua erudição toda. Matheus, olá e obrigado, obrigado. Só não me ficou claro essa coisa de alienação. Digo, você realmente acha que o interesse por barrigudos de bigodes nicotinamente amarelados exclui a alienação de uma pessoa? Pois, se você não percebeu, os políticos brasileiros são todos assim, se não fisicamente, são mentalmente. Ou seja, não me adiantou nada as horas de Dostoiévski, já que eu só não serei alienado se eu não manjar as propostas de exploração de Babaçu?

[Sobre "Futebol e política"]

por Edward Bloom
http://iaad.blogspot.com
9/7/2006 às
16h06 201.6.189.188
(+) Edward Bloom no Digestivo...
 
Em defesa de Sílvio de Abreu
Respeito sua opinião, mas não concordo. Se bem que não acompanhei a novela. Acho que o Sílvio de Abreu terminou bem a novela pelo seguinte: ele fez com que todos procurassem pelo culpado, sendo que a Bia estava por trás de tudo mesmo. Acho que dizer que ele apelou ao mais simples não é justo, pois ele desenvolveu bem toda a trama - se não tivesse desenvolvido, ninguém estaria tentando descobrir o culpado ou quem seria o filho de Bia - e, segundo a imprensa, gravou mais de um final ou escreveu mais de um final. Pode não ter sido um final à altura de "A próxima vítima", talvez a última novela que eu tenha acompanhado, mas não foi um final tão ruim como eu já ouvi muita gente dizer. Abraços!

[Sobre "O óbvio final de Belíssima"]

por Rafael Rodrigues
http://3vozes.blogspot.com
9/7/2006 às
16h01 201.50.78.91
(+) Rafael Rodrigues no Digestivo...
 
o gênio não é genial
Ótimo isso aqui. E levanta a questão complexa, geralmente distorcida, da genialidade. O gênio, na verdade, é irrelevante. Em outras palavras, o gênio não é genial. O genial é a obra, a única que fica. Pela obra considera-se - e muitas vezes bem tardiamente - o gênio. Numa época que alimenta, com o combustível de uma mídia irriquieta, a grande "fogueira das vaidades", a imagem do gênio é aduladíssima. Mas, como diriam os chineses, essa imagem é um "tigre de papel". Para ser Shakespeare, o indivíduo TEM, antes de mais nada, que ter escrito Hamlet, Rei Lear, Macbeth e Ricardo III, pelo menos. Ôpa, teve um cara que fez isso. Qual o nome dele? Um tal de William, etc. A obra é genial, o cara deve ter sido um gênio... A coisa funciona assim e só dessa forma. Sem obra, não há gênio. Agora, sem gênio, pode haver (e há) milhares de obras.

[Sobre "Não me venham com escritores (gênios, então...)"]

por Guga Schultze
http://gugasic.blogspot.com
9/7/2006 às
04h44 200.222.212.241
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
confusão faz parte do futebol
ótimo texto. não consegui conter os risos pelo fato de escalar edmundo para arrumar confusão... é o que eu sempre digo, a confusão faz parte do futebol!

[Sobre "Futebol e política"]

por Erick Tedesco
http://www.valhalla.com.br
8/7/2006 às
23h07 201.0.44.28
(+) Erick Tedesco no Digestivo...
 
Alienação?
Estou considerando que você escreveu esse post só de brincadeira, não pode ser outra coisa... Será que eu estou reagindo de forma exagerada? Talvez fosse melhor apenas considerar seu post um texto bem humorado e irônico; só isso. Mas não pude resistir e ficar na posição de internauta passivo. Abraços

[Sobre "Futebol e política"]

por Matheus
8/7/2006 às
19h07 201.17.170.84
(+) Matheus no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




One World, Many Religions
Mary Pope Osborne
Random House
(1996)



Sahovski Informator - 44
Fide
Fide
(1987)



Cidade no Além + Colônias Espirituais
Lúcia Loureiro; Francisco Candido Xavier; André Luiz; Lucius
Mnêmio Túlio; Instituto de Difusão Espírita



Livro de Bolso Literatura Estrangeira A Arte da Guerra
Sun Tzu
L&pm Pocket
(2007)



Poemas escolhidos
Fernando Pessoa
Klick



O bem-amado: A história de Carlos Alberto Garcia
Thiago Mossini e Weslley Lemos
Fábrica de biografias
(2022)



Livro Pedagogia A Criança Saudável
Aldo Naouri
Martins Fontes
(2009)



Uma Vida Muito Além das Expectativas - Cartas para Minha Bisneta
Sidney Poitier
Larousse
(2009)



O ambiente e os processos de maturação
D. W. Winnicott
Artes Medicas
(1983)



Manual do Usuário - As 142 Maiores Dúvidas dos Nossos Leitos
Quatro Rodas
Abril
(2018)





busca | avançada
61479 visitas/dia
2,0 milhão/mês