Conversa | Marina M. Machado

busca | avançada
62542 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Novos projetos do Festival de Dança de Joinville promovem atividades culturais para 120 alunos
>>> Toca do Morcego anuncia agenda primavera/verão 2022/2023
>>> Poeta Ivete Nenflidio lança obra 'Ataque - cale-se agora e para sempre'
>>> Alunos de Ribeirão Preto constroem maquete com trajetória das águas da cidade até o mar
>>> Coletivo oferece eventos de danças angolanas em outubro e novembro
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
Colunistas
Últimos Posts
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
Últimos Posts
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
>>> Que porcaria
>>> Singela flor
>>> O cerne sob a casca
>>> Assim é a vida
>>> Criança, minha melhor idade
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Acho que entendi o Roberto Setubal
>>> Layon pinta o silêncio da cidade em quarentena
>>> Francisco Alves, o esquecido rei da voz
>>> Francisco Alves, o esquecido rei da voz
>>> Bréqui Friday
>>> 19 de Outubro #digestivo10anos
>>> Etapas da criação de uma pintura digital * VÍDEO *
>>> Separar-se, a separação e os conselhos
>>> Genealogia da Moral, de Nietzsche
>>> Robinson Shiba do China in Box
Mais Recentes
>>> Comportamento Organizacional - Criando Vantagem Competitiva 3° Edição de Wagner e Hollenbeck pela Saraiva (2010)
>>> Viver sem Temor de J. Krishnamurti pela J. Krishnamurti (1959)
>>> Casa do Pesadelo - a Sonâmbula de Diane Hoh pela Rocco (2000)
>>> Choro Duetos: Volume 2 de Pixinguinha e Outros pela Irmãos Vitale (2011)
>>> O Brasil na Virada do Seculo: o Debate Daion) de Marco Antonio Gonçalves; Glaucia Villas Bôas pela Relume Dumara (1995)
>>> Clínica Lacaniana: Publicação de Psicanálise da Biblioteca Freudiana B de Outros pela Bfb
>>> Revista Jurídica do Ministério Público Catarinense (atuação) de Prêmio Nilton Leite da Costa pela N/d (2007)
>>> Os Riscos do Saber: Obstáculos do Desenvolvimento à Aprendizagem Esc.. de Karen Zelan pela Artes Médicas
>>> Coração, Cabeça e Estômago de Camilo Castelo Branco pela Globus (2011)
>>> Rainha de Copas de Colleen Oakes pela Universo dos Livros (2014)
>>> Mamografia: Posicionamentos Radiológicos - Com Cd Incluso de Nancy de Oliveira Costa pela Corpus (2008)
>>> A Oração Que Jesus nos Ensinou de Michael H. Crosby pela Paulus
>>> Uma Palavra... Tantas Palavras de Regina Costa pela Paulinas (1998)
>>> Por Que os Homens Têm Tetas? de Mark e Goldenberg Leyner pela Planeta (2005)
>>> Postfix de Richard Blum pela Sams
>>> A Nova Civilização do Terceiro Milênio de Pietro Ubaldi pela Fundápu (1982)
>>> São Tomé e Príncipe, África - Desafios Socioambientais Volume 2 ... de Norma Valencio Jacy Braga Rodrigues (org.) pela Rima (2010)
>>> Pensar El Bicentenario de Andrea Lázaro pela La Comuna (2010)
>>> Ética Teológica de Pe. João A. Konzen pela Paulinas (2007)
>>> A Vida no Aquário de Nilson Araujo e Gastão Botelho pela Nobel (1984)
>>> Brincando Com Palitos e Adivinhações de Marcos Teodorico Pinheiro de Almeida pela Vozes (2007)
>>> Memória de Elefante de António Lobo Antunes pela Folha de São Paulo (2012)
>>> Triste Fim de Policarpo Quaresma de Lima Barreto pela Objetivo
>>> Você Pode Curar Sua Vida: Como Despertar Ideias Positivas, Superar... de Louise L. Hay pela Bestseller (1984)
>>> Conclusoes 10 de Ivaldo Lopes pela Do Autor
COMENTÁRIOS

Sábado, 23/2/2002
Comentários
Leitores


Conversa
Adriana, Penso que os artigos no “Digestivo...” devem gerar conversa entre as pessoas que circulam pelo site. Por isso é muito bom que você tenha escrito sobre meu texto intitulado “Animismo”. Com esse texto eu não pretendia fazer análises profundas sobre publicidade, mas, antes, queria falar sobre -- justamente -- o que você nomeoou “público-alvo”. Minha pretensão era chamar a atenção do leitor sobre a criança (que eu penso que de fato habita cada pessoa) e a criança específica com a qual aqueles comerciais se comunicavam. De certo ponto de vista, sim, os comerciais falarão com a criança “certa” do público-alvo “certo”, mas, você não acha importante que tanto o consumidor “certo” quanto o “errado” possam ter visão crítica daquilo que o intervalo comercial está lhe propondo consumir? O negócio é pensar, e fazer pensar, e existem peças publicitárias bastante “pensadoras”, é como eu penso, mas essas aí que eu citei... e se comento sobre a mulher que vai se masturbar com o sabão em pó, é apenas para colocar o leitor noutro lugar, noutro ponto de vista, e brincar com ele... Mas há algo no que você diz que eu realmente discordo: a meu ver hoje estamos numa “época consumista”, sim, e fazê-la diferente faz parte da vida de algumas pessoas. Eu mesma exerço a Psicologia como profissão para tentar mudar isso, e não “creio” nas pesquisas sobre consumo e consumidores, simplesmente porque são realizadas com o foco no consumo (aumentar as vendas e transformar os produtos) e não no consumidor (fazer do consumidor uma pessoa crítica??!!). Devo dizer, para terminar, que “dinâmicas” propostas por psicólogos geralmente forçam mesmo a barra: da mesma forma que afirmar que a psicologia é científica é forçar uma barra também, no meu modo de pensar -- a psicologia é muito incerta e desconhece muitas de suas variáveis... Você não concordaria?

[Sobre "Animismo"]

por Marina M. Machado
23/2/2002 às
10h27 200.191.0.125
(+) Marina M. Machado no Digestivo...
 
Farinha do mesmo saco
Cara Marina O que você chama de animismo também pode ser chamado de prosopopéia, quando no contexto do discurso. Assim não é só a publicidade, mas outros tipos de discurso também utilizam este recurso. Prosopopéia é atribuir características humanas, não necessariamente infantis, a seres inanimados. Alguns dos comerciais que você citou eu conheço. Outros, não. Mas acho um pouco temerário generalizar, atribuindo a todos um caráter idiotizante. O publicitário fala à criança, ao adolescente, enfim, às várias personas que habitam cada ser humano. Mas nem por isso essas personas são "datadas" e sua época essencialmente consumista. Os publicitários falam exatamente aquilo que as pessoas querem ouvir. E quando isso é bem feito, o consumidor sente-se bem e compra - um produto, uma idéia, uma causa social... O recurso da prosopopéia é utilizado há muito mais tempo do que o fim do ano passado. Talvez você não tenha percebido ele antes. Mais ainda: diria que você sentiu essa aversão tão grande por não ser exatamente o público-alvo desses comerciais que citou. Não conheço o desempenho dessas marcas em função da campanha publicitária, mas a maioria delas conta com bons profissinais, e acredito que deram bons resultados aos anunciantes. Me inquieta um pouco essa crítica generalizada à publicidade e aos publicitários. Assim como existe má publicidade e maus publicitários, existem maus psicólogos, maus médicos, maus dentistas... Quando os publicitários erram, pelo menos o dano é menor do que quando um dos outros profissionais acima comete um engano. Já imaginou uma psicóloga radical, que estrago não faz na cabeça de seu paciente? Só para finalizar, não acredito que o sabão Ariel vá levar as mulheres a um desejo de se masturbar. Acredito que esse é um dos poucos comerciais que realmente mostra a realidade feminina atual: apesar de toda liberação, de toda independência, a mulher vive um eterno conflito para manter o equilíbrio entre o relacionamento com o companheiro e a necessidade (e direito) que tem de ter a ajuda dele. O comercial do Ariel é muito realista: seu marido não ajuda em casa? Você quer se separar dele? É claro que não! Você quer fazer tudo sozinha? É claro que não! Ariel passa a mensagem de que é a solução para esse impasse. Como já disse antes, provavelmente você não é o público-alvo desse comercial, e por isso sentiu tanta aversão, mas talvez esteja sendo um pouco radical. Gostaria de lembrar que as regressões, as brincadeiras, as dinâmicas de grupo utilizadas pelos psicólogos, e que são essencialmente animistas, também acabam sendo ridículas e "forçam a barra". Mas a psicologia se atribui um fundamento científico, que muitas vezes é o mesmo da publicidade. Para você saber mais, se for do seu interesse, leia sobre comportamento do consumidor. Você vai ver como tudo tem a mesma origem. Só a título de curiosidade: "marqueteiro" (apesar de o termo ser meio pejorativo) é o profissional que trabalha com marketing. O profissional que trabalha com publicidade chama-se publicitário. Publicidade é uma das ferramentas do marketing, não são a mesma coisa.

[Sobre "Animismo"]

por Adriana
22/2/2002 às
23h05 200.151.211.166
(+) Adriana no Digestivo...
 
vende tudo
eh simplesmente incomentável. parabéns. com certeza nao sou o Magri, mas, acho q inventei uma palavra.

[Sobre "família vende tudo"]

por cesar maia
22/2/2002 às
20h52 200.17.34.81
(+) cesar maia no Digestivo...
 
tempos bicudos
Querida Adriana Qual o filme que você viu que mais se aproxima da condição feminina nestes tempos de vulguraridades,banalizações,etc,etc? Não vale dizer Infedelidade com a direção extraordinária de Liv Ulmann.Esse eu gostei muito. Grato Heraldo

[Sobre "Mulheres à beira de um ataque de nervos"]

por heraldo vasconcellos
22/2/2002 às
17h28 200.173.133.60
(+) heraldo vasconcellos no Digestivo...
 
Saudades
Saudades de alguem que chorou vendo ANOS INCRIVEIS

[Sobre "Anos Incríveis"]

por alguem que chorou
22/2/2002 às
14h05 200.128.28.4
(+) alguem que chorou no Digestivo...
 
Libélulas da USP
O Juliano e o Rafael identificaram muito bem a origem da boçalidade de nossa juventude, seguidora do PCI (Partido Comunista de Ipanema). Mas, também, termos como mestres as "libélulas" da USP, como Marilena Chauí e Emir Sader, não podia dar outra coisa.

[Sobre "Os Vingadores versus... Collin Powell"]

por F. Maier
22/2/2002 às
12h19 200.198.194.146
(+) F. Maier no Digestivo...
 
O Brasil do BBB
Segundo Daniel Pizza, o Brasil é conhecido no exterior como o país dos três bês: bunda, bola e batucada. Com o BBB da Globo, as bundas continuam em evidência, acompanhadas de bundões, que só falam babaquice.

[Sobre "Semana de Estréias"]

por F. Maier
22/2/2002 às
11h50 200.198.194.146
(+) F. Maier no Digestivo...
 
The Wonder years
Quero dizer que sou fãz da série mais infelizmente não tenho a sorte do andré luiz e não consegui entra en contato com vc. Sei que vc gosta Anos encriveis tanto quanto eu então vai entender, POR FAVOR ENTRE EM CONTATO COM MIGO GOSTARIA MUITO DE TER UM COPIA dos capitulos que vc tem eu não tive a oportunidade de grava-los e sempre procurei onde adquiri as fitas e nunca consegui por favor me ajude gostaria de telas tb. Para poder mostra para mim netos um dia que uma vezes passo algo na teve que mudou muitas vida pra melhor porque posso dizer que a serie mudou minha vida.

[Sobre "Anos Incríveis"]

por SENA
21/2/2002 às
17h54 200.206.103.60
(+) SENA no Digestivo...
 
QUE PENA
PARA MIM ESSA FOI A MAIOR SERIE QUE JÁ SE PASSO NA TELEVISAO PENA QUE EU NAO CONSEGUI ENCONTRA A SERIE EM FITA PARA PODER MOSTRA PARA MEUS FILHOS QUE OUVE UM TEMPO QUE SE PASSAVA COISAS BOAS NA TELEVISAO

[Sobre "Anos Incríveis"]

por beto
21/2/2002 às
17h50 200.206.103.60
(+) beto no Digestivo...
 
Big Shit...
É Juli...a coisa tá feia! O BBB é uma grandíssima fraude, com anônimos mais conhecidos que nota de 1 real, uma gentinha que deve ter sido escolhida a dedo MESMO... Pra mim a intenção da Globo era se superar... E se superou: Colocou numa casa 12 pessoas insuportáveis, mas tão insuportáveis que diante deles eu começo a achar a Xuxa, o Huck e o Faustão pessoas maravilhosas. Que delícia! Assistir a degradação da Globo, em horário nobre e sem pagar nada por isso.

[Sobre "Semana de Estréias"]

por Faby
21/2/2002 às
15h48 200.226.120.196
(+) Faby no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Fantasias Gêmeas - Confira!
Opal Carew
Geração
(2012)



O Paradoxo da Sabedoria
Elkhonon Goldberg
Melhoramentos
(2006)



Eu! Falando Em Publico? Sim. Agora e a Sua Vez
Silvio Luzardo
Paulus
(2010)



Jacaré não manda carta
Julieta de Godoy Ladeira
Atual
(1996)



O livro de ouro da História do Brasil
Mary Del Priore Renato Pinto Venâncio
Ediouro
(2001)



A Moreninha - Grandes da Literatura Brasileira 8 - Confira !!!
Joaquim Manuel de Macedo / Capa Dura
Circulo do Livro



Sites Dinâmicos Com Flash 5 e Php 4 e Base de Dados Mysql
Marcos José Pinto
Érica
(2004)



Girl With a Pearl Earring - a Novel By Tracy Chevalier
Tracy Chevalier
Plume Book
(2001)



Livro - Quatro Mil Anos de Anos de Poesia
J. Guinsburg e Zulmira Ribeiro Tavares
Perspectiva
(1969)



Um Mundo Brilhante
T. Greenwood
Novo Conceito
(2012)





busca | avançada
62542 visitas/dia
1,7 milhão/mês