O nome do pai | Carlos E. F. Oliveir

busca | avançada
51627 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Ana Cañas e Raíces de América abrem a programação musical de junho, no Sesc Santo André
>>> Sesc Santo André recebe Cia. Vagalum Tum Tum, em junho
>>> 3º K-Pop Joinville Festival já está com inscrições abertas
>>> Clube do Disco - Clube da Esquina
>>> MONSTRA exibe filmes feitos por e com crianças nos dias 25 e 26/5
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Trump e adjacências
>>> Entrevista com Pollyana Ferrari
>>> O novo sempre vem
>>> O estilo de Freddie Hubbard
>>> Fábrica
>>> Brasileiros aprendendo em inglês
>>> A revista Bizz
>>> Recortes da paisagem: a fotografia de Rei Santos
>>> Deus 3.0
>>> Cartas Pônticas, de Ovídio
Mais Recentes
>>> As Grandes Lições da Vida de Hal Urban pela Sextante (2004)
>>> Ninguém é de Ninguém de Zibia Gasparetto pela Vida e Consciencia (2000)
>>> Altares de Conway pela Nova Era (2000)
>>> Como Se Tornar um Bom Negociador de Steven P. Cohen pela Sextante (2008)
>>> Maria Mãe dos Cristãos de Pe Mario Bonatti pela Loyola (2006)
>>> Coleção a Obra Prima de Cada Autor - Prometeu Acorrentado de Ésquilo pela Martin Claret (2004)
>>> O poder interior de Lauro trevisan pela mente (1987)
>>> Introdução a Administração de Antonio Cesar Amaru Maximiano pela Atlas (1947)
>>> Antimicrobianos um Guia de Consulta Rapida de Anna Sara S. Levin e Outro pela Atheneu (2006)
>>> Exame de Ordem 1ª Fase - Direito Internacional de Anelise Ribeiro Pletsch pela Metodo (2015)
>>> O Vencedor de Michael Ripdpath pela Nordica (1998)
>>> Voip Voz Sobre Ip de Sérgio Colcher pela Campus
>>> O Rei do Picles de Rebecca Promitzer; érico Assis pela Companhia das Letras (2010)
>>> Constituição Estadual 1989 2009 de Assembleia Legislativa pela Constituição Estadual
>>> Uma Escola para Vida de Muriel Spark pela Ediouro (2006)
>>> Grandes Gregos (em Portuguese do Brasil) de Terry Deary pela Melhoramentos (2001)
>>> Normas Vancouver de Maria Cristina Sanna; Ricardo Quintao Veira pela Senac Sp (2016)
>>> Gestão da Estratégia de Andre Ribeiro e David Kallas (orgs.) pela Elsevier (2005)
>>> Depois Daquela Viagem de Valéria Piassa Polizzi pela Atica (2000)
>>> Marketing Em Ação de Philip Kotler / Dipak C. Jain / Suvit Maesincee pela Campus (2002)
>>> Por Que os Gerentes Falham de John J. Mccarthy pela Mcgraw-hill (1988)
>>> Eu, Detetive o Caso do Sumiço Coleção Vereda de Stella Carr pela Moderna (2000)
>>> Educação Escolar e as Tecnologias da Informática de Luiz Carlos Pais pela Autêntica (2007)
>>> O Rei das Fraudes de John Grisham pela Rocco (2003)
>>> Legado de Amor-orientações dos Mentores do Cefak de Paulo Afonso Silva pela Cefak (2013)
COMENTÁRIOS

Sábado, 24/2/2007
Comentários
Leitores


O nome do pai
Ainda outro dia pensava na nossa obsessão coletiva por equilíbrio, como se tudo estivesse ponderado, projetado e definido. Pensei no céu, no inferno e tentei imaginar um meio termo e perguntei: Onde estamos? Imaginei em seguida o Demônio de Laplace e tudo que ele sabia; pensei na idéia sugestiva do destino inexorável. Como a sua talentosíssima narrativa brilha e brinca com o nosso temor ancestral que tudo faça sentido e que para cada ato falho ou omissão haja um juízo; o quanto esta culpa se dissemina em nós. O destino é o futuro, desconhecido e imponderável onde restará um juízo e um juiz inflexível, para justificar a fúria dos seus atos e o rigor das suas sentenças. Buscamos nos eventos mais desconexos a presença da razão divina ou a dimensão científica do acaso, via Teoria do Caos. Ciência, bela esfinge mais um dogma a nos subjugar e justificar. Nesta cosmogonia projetamos nosso ideal de salvação, das nossas culpas e cultivamos a nossa perdição. Tememos as leoas e as hienas também!

[Sobre "Mamãe Natureza"]

por Carlos E. F. Oliveir
24/2/2007 à
01h05 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Eu te proponho...
...nos encontrarmos. Poderíamos verificar O QUE cada um tem a oferecer e COMO poderia ser editado (poemas, novelas, contos, crônicas, romance etc.). Caso consigamos editar e imprimir, podemos JUNTOS começar a divulgação. Tua idéia parece muito boa e acho que boa parte de quem opina já tem alguma experiência com os formatos e meios digitais. Somando, talvez possamos lançar alguns dos nossos trabalhos. Que tal?

[Sobre "A culpa é dos escritores, também"]

por J. S. Lopes
http://www.palavrasdegude.wordpress.com
23/2/2007 às
22h11 201.52.56.34
(+) J. S. Lopes no Digestivo...
 
Viva Sivuca!
Sivuca foi um grande menestrel. Com suas melodias simples e, ao mesmo tempo, universais, conquistou seu lugar no nosso cancioneiro popular brasileiro.

[Sobre "Digestivo nº 317"]

por Clovis Ribeiro
http://www.clubedoscompositores.com.br
23/2/2007 às
20h51 201.6.143.175
(+) Clovis Ribeiro no Digestivo...
 
Não esqueça o POETRIX
Pois é Marcelo, sou viciada em minicontos. Também gosto de haikais, mas sou apaixonada mesmo por POETRIX. Diferente do haikai o POETRIX, apesar de ser também um terceto, permite título, rimas, temas urbanos, metáforas, e até 30 sílabas métricas. Foi criado pelo poeta baiano Goulart Gomes. Abraço meu.

[Sobre "Pequena poética do miniconto"]

por Ana Mello
http://minicontosanamello.blogspot.com
23/2/2007 às
19h51 200.236.34.52
(+) Ana Mello no Digestivo...
 
Literatura por religião
Briguei com Goethe, esta Charlotte que ele inventou, o ar de madonna me irritava, mulher sem mácula; alimentando desejo impossível, me chateou, fechei o livro e fiquei duas semanas sem falar com ele. Depois li com distância e fechei com certa solenidade; que fique esperando uma opinião! Quero buscar a proximidade com esta e aquela obra, neste e naquele tempo. Celebrar seus códigos. Fazer parte deste movimento, é nesta fome que me reconheço. Este universo rico e vasto, diverso e assustador; não temo! Quero a suavidade do verso sem pouso, a leveza do hai-cai; o folclore, a fábula, a ficção e a farsa. Quero a centelha desta cosmogonia colossal que une culturas, que desvenda mundos e constrói pontes irreais no tempo-espaço para nos deslocar o centro, aqui nos encontramos, a convite de Ana, para revalidar este pacto, alimentar este vício, revigorar este feitiço. O reconhecimento que a literatura propicia é único. A fúria com que consumimos seus frutos e celebramos nossos heróis e a nós mesmos...

[Sobre "Leituras, leitores e livros — Parte II"]

por Carlos E. F. Oliveir
23/2/2007 às
19h46 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Estou grávida!
Talvez este tenha sido um dos meus maiores receios, ter filhos... Houve épocas em que eu pirava, achava que ia ter cinco, para que cada um fizesse companhia para outro, outras vezes achava que nunca iria engravidar por ser algo de enorme responsa (o que não deixa de ser)... Descobri que estou grávida aos 29 anos, mas é isso mesmo: retardar tanto para quê? Ainda há forças para viver mais emoções, sentimentos e abraçar a vida que está sendo gerada dentro de mim. As dúvidas sempre existirão, é inerente ao ser humano. Sempre achamos que poderia ser melhor, nos projetando para um futuro que deve ser vivido a cada dia que passa... Uma assídua leitora da filosofia alemã de Schopenhauer e Nietzsche, os quais enfatizam particularidades das mulheres e da espécie humana, não me fizeram desprezar a idéia de ser mãe, mas realmente tudo tem sua hora, seu artigo me faz caminhar para o bem, mesmo porque faço meus os versos de Fernando Pessoa que diz "Tudo vale a pena se a alma não é pequena".

[Sobre "A hora certa para ser mãe"]

por Nira Martins
23/2/2007 às
19h31 200.222.64.2
(+) Nira Martins no Digestivo...
 
Gostei das dicas!
Mesmo que goste de ler (e gosto), infelizmente aquela escola (CEFET) não nos deixa muito tempo pra boa literatura. Ano passado devo ter lido uns 8 livros no máximo, e normalmente leio muito mais que isso. De qualquer forma, foi um bom ano para novas atividades e de certa forma aprendi a ler coisas diferentes dos famosos "livros de mulherzinha". Gostei das dicas! Quem sabe não aparece um tempinho para isso né? De qualquer modo irei anotar :) Beijos!

[Sobre "Leituras, leitores e livros — Parte II"]

por Luiza Maciel
http://www.solu.blogger.com.br
23/2/2007 às
19h08 200.139.155.181
(+) Luiza Maciel no Digestivo...
 
a velha e boa capanga
Essa da "capanga" foi demais! Eu também já tive uma e acho que foi minha primeira carteira de verdade. Ela era enorme! Toda preta e com um zíper, que ficava meio metro pra dentro de sobra! Eu a comprei em uma barraca de feira livre. Caramba, mas como foi difícil consegui-la! Como "ralei" para juntar o dinheiro que desse para adquiri-la! Mas, depois que a possui, a coisa que mais gostava de fazer era sair com ela pendurada no punho da mão direita! E ainda fazia inveja para os meus amigos, que não podiam ter uma igual. Ah, a velha e boa "capanga". Puxa, Ana, de que você foi lembrar!

[Sobre "Rituais de final de ano"]

por Américo Leal Viana
23/2/2007 às
15h50 200.213.108.130
(+) Américo Leal Viana no Digestivo...
 
ah, esse livro eu já li
O bom leitor é aquele que não lê tudo, mas o que seleciona o que deve ler. Por isso, é sempre bom estar "sintonizado" em quem sabe ler, porque, daí, a gente fica sabendo o que pode ler com tranqulidade, porque, se eles leram, eu também posso ler. É claro, que, às vezes, o que pode ser uma leitura, digamos, "interessante" para você, pode se transformar em um verdadeiro dilema para mim. Fora essas "indicações", tenho como critérios para minha escolha de livros a ser lidos, os seguintes: 1) o autor, 2) o título do livro, e 3) a editora. No ano passado, devo ter lido uns 30 livros, mais ou menos, e, para esse ano, havia me proposto elaborar uma relação dos livros à medida em que fossem lidos. Mas já me perdi. Acho que já li uns 10. Mas, o legal em tudo isso, é, estando em um conversa, poder dizer: "ah, esse livro eu já li", e até, se for possível, fazer um comentário sobre ele. Depois da leitura de seu texto, Ana, me ficou a nítida impressão de que qualidade é o que mais importa. Parabéns!

[Sobre "Leituras, leitores e livros — Parte II"]

por Américo Leal Viana
23/2/2007 às
14h11 200.213.108.130
(+) Américo Leal Viana no Digestivo...
 
um gigante adormecido
Realmente todos esses fatos eu não sabia, mas realmente o Brasil é isso mesmo um gigante adormecido, infelizmente, e acredito que por várias gerações ainda.

[Sobre "No Brasil, de braços abertos?"]

por Gilberto
23/2/2007 às
13h49 189.11.41.25
(+) Gilberto no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro da Vida
Santa Teresa Dávila
Minha Biblioteca Católica
(2020)



Clássicos Históricos Especial sem Medo de Sonhar
Lynna Banning
Nova Cultural



Congresso Internacional do medo- Grace Passô
Espanca!
Cobogó
(2004)



Trópico de Câncer
Henry Miller
Globo
(2003)



Primo Altamirando e Elas
Stanislw Ponte Preta
Civilização Brasileira
(1980)



Biometria medidas de segurança
Douglas Vigliazzi
Visual Books
(2003)



21 de Abril Tiradentes Sonho de Liberdade
Alfredo Boulos Jr.
Ftd
(1991)



Um Reflexo no Espelho
Wade Miller
De ouro
(1975)



It Girl - Garota Inesquecível - Volume 4
Cecily Von Ziegesar
Galera
(2009)



Ibm Websphere V40 Advanced Edition Handbook
Ibm Redbooks; Mark Endrei
Vervante
(2002)





busca | avançada
51627 visitas/dia
1,8 milhão/mês