Contos em pianíssimo, de Patricia Maês | Jardel Dias Cavalcanti | Digestivo Cultural

busca | avançada
18092 visitas/dia
954 mil/mês
Mais Recentes
>>> João da Cruz encerra temporada na Casa das Rosas
>>> 36Linhas lança Graphic Films Collection
>>> Em novo dia e horário, Trilha de Letras presta tributo a Darcy Ribeiro
>>> Teatro do Incêndio é indicado ao Prêmio Governador do Estado
>>> Nathalia Timberg é homenageada no Recordar é TV desta terça (20)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Digestivo e o texto do Francisco Escorsim
>>> Piada pronta
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba
>>> Claudio Willer e a poesia em transe
>>> Paul Ricoeur e a leitura
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto
>>> Dilúvio, de Gerald Thomas
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 11. A Quatro Braçadas
>>> Crônica de Aniversário
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 10. O Gerador de Luz
Colunistas
Últimos Posts
>>> Existem vários modos de vencer
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
Últimos Posts
>>> Tatuagens eólicas
>>> Terra úmida
>>> Cidadão de 2ª Classe - Você se Reconhece Como Um?
>>> Espectros
>>> Bojador
>>> Inversões
>>> Estado alterado
>>> Templo
>>> Divagações
>>> Convicto
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Jason Calacanis matando o Yahoo
>>> Jim Clark e a Netscape
>>> O elogio do Silêncio ou duas ou mais antipolêmicas
>>> Máfia do Dendê
>>> Como ser feliz no trabalho
>>> Autor não é narrador, poeta não é eu lírico
>>> O ódio on-line
>>> Burguesinha, burguesinha, burguesinha, burguesinha
>>> Nuvem Negra*
>>> Contos fantásticos no labirinto de Borges
Mais Recentes
>>> Benzedeiras & Benzeduras
>>> Massagem Para bebê
>>> O barquinho Vai
>>> Toquinho
>>> Iniciação Ao Piano e Teclado
>>> As 101 Melhores Canções Do Século XXI
>>> Ary Barroso Volume 2
>>> Blues Arranjos De Base
>>> Saxofone Fácil
>>> Harmonia ao Bandolim
>>> Brass Players Aqueimento & Guia PraticoTrumpet
>>> Noel Rosa Volume 1
>>> Otimismo nos Negócios
>>> Toquinho
>>> Noel Rosa Volume 3
>>> Foundations of Political Science
>>> Song Book Noel Rosa volume 2
>>> Mídia, Benção ou Maldição
>>> Bodas de Pedra
>>> Por que Não Pediram a Evans?
>>> Cortes de Cabelo Tecnicas e Modelagem
>>> Amar Vale a Pena
>>> Good to Greath Hair
>>> Trezentos parafusos a menos
>>> Viagem Pelas Provincias do Rio de Janeiro E Minas Gerais
>>> Bacall Fenomenal
>>> 318 citações do Padre Antônio Vieira, escolhidas e anotadas por Emerson Tin
>>> Viagem ao interior do Brasil
>>> Here youn find hundreds of t-shirts
>>> Bella
>>> Biologia 3 - Biologia das Populações - Completo - Box 5 Livros
>>> Biologia 2 - Biologia dos Organismos - Completo - Box 4 Livros
>>> Biologia 1 - Biologia das Células - Completo - Box 4 Livros
>>> Bio - Volume 1 - Ensino Médio - Manual do Professor
>>> Física - Mecânica - Volume 1 - Manual do Professor
>>> Física - Termologia, Óptica e Ondas - Volume 2 - Manual do Professor
>>> Física - Volume 3 - Manual do Professor
>>> Física - Ensino Médio - Volume 3 - Coleção Aula Por Aula - Manual do Profesor
>>> Física - Ensino Médio - Volume 1 - Mecânica - Col. Aula Por Aula
>>> Física 1 - Manual do Professor
>>> Química - Volume Único Para o Ensino Médio - 4ª Impressão
>>> Curso de Química - Volume 1
>>> Matemática - Curso Moderno Para os Ginásios - 3º Volume
>>> Matemática - Curso Moderno Para os Ginásios - 2º Volume
>>> Geometria Analítica
>>> Matemática - Volume 2 - Segundo Grau - Livro do Professor
>>> Matemática - Segundo Grau - Volume 1 - Livro do Professor
>>> Matemática - Segundo Grau - Volume 3 - Série Compacta
>>> Matemática - Segundo Grau - Volume 3 - Manual do Professor
>>> Matemática - Segundo Grau - Volume 3
COLUNAS

Terça-feira, 16/4/2013
Contos em pianíssimo, de Patricia Maês
Jardel Dias Cavalcanti

+ de 3500 Acessos

O céu é meu é o primeiro livro de contos de Patricia Maês. Publicado pela editora Cubzac (2013), do Recife, a obra apresenta 15 contos da autora.

Aproveito como chave teórica o termo musical pianíssimo, também título de um dos contos, para tentar empreender uma leitura do que acredito ser o tom geral da escrita da autora.

No conto ao qual me refiro acima, uma jovem musicista, "modesta e simplesinha", disserta sobre a relação entre a capacidade de se tocar com sutileza e a "escola da vida" que é aprender a tocar um instrumento até se chegar à excelência de sua execução. Seria essa capacidade a verdadeira "prova dos nove" de um músico e o que lhe daria a arte de tornar uma música sublime. A jovem também diz perceber a relação entre essa capacidade comum a alguns solistas e um desdobramento desse sublime no dia a dia dessas pessoas. Ela cita um dos momentos dessa percepção:

"Imagino meu solista com as mãos pousadas sobre a mesa, seus dedos em repouso, eles que têm tanta presteza e musculatura em prontidão. Então alguns raios de sol alcançam essa mão, iluminam o gesto parado até ele sentir o calor como um carinho e tirar o instante para reparar, admirar seu primeiro instrumento banhado de luz."

"Ele também bebe seu café, e quando segura a caneca aguenta o calor intenso por uns segundos a mais, porque também escolheu desfrutar o momento, e fez do mais trivial algo para se apegar, deixar virar um acontecimento."

No trecho acima creio estar definida a poética de Patricia Maês. A capacidade de correlacionar obra e vida, fazendo com que uma ilumine a outra. No caso da autora, entender que a literatura, por sua exigência de uma prática de observação atenta do processo da escrita e da observação profunda da vida comum, é uma escola que nos faz aprender a perceber de forma aguda o cotidiano mais banal, tornando-o, sob a luz da criação, sublime. E essa prática que cria a capacidade de se transformar algo trivial, supostamente simples, em algo sublime, é o que a escritora busca ao escrever os seus contos.

Outro exemplo, ainda no mesmo conto, que nos dá a medida do que foi dito acima, é quando a autora cita a obra musical de Gabriel Fauré, especificamente Aprés un Rêve, para exemplificar a ideia de que "a excelência artística, imbuída de mágica, vira experiência quase religiosa", mesmo numa obra simples. E é essa experiência, que atinge primeiro o artista criador, que se transmitirá, consequentemente, ao espectador.

Apesar da simplicidade da peça de Fauré, o modo de tocá-la pode torná-la sublime. Citando a autora: "Nessa peça tão simples, genialidade é simplesmente caprichar na dinâmica, e depois de tudo dito aqui sobre saber crescer e decrescer com elegância, nada nessa peça é tão simples".

Como na literatura da própria Maês, que, ao localizar pequenos dramas humanos, faz incidir sobre eles um brilho (como o que eleva a música ao sublime), uma atenção delicada, que os conduz à condição de uma existência poética elevada.

A ideia de elevar o banal à condição de obra de arte é o que persegue a autora, nos fazendo sentir nos seus personagens esse raio "de sol nos dedos" com "um espírito tão refinado e treinado para as sutilezas da vida", tal como foi percebido pelo solista. A vida agora é recriada numa dimensão semelhante a da criação literária, sem a qual estaria condenada ao vazio e a insignificância.

Tal como a música, fonte de "experimentações sensoriais de todo tipo" pela personagem de Maês, a literatura é agora a nossa possibilidade fecunda de também fazer nossas experimentações.

De uma forma geral, o que se nota na escrita de Maês é essa capacidade de ir ao encontro de algo aparentemente simples, dar vida e movimento a ele (num crescendo e diminuendo), de uma forma clara e sem a pretensão de se produzir uma escrita de molde existencialista (como em Clarice Lispector) ou que busque fazer da linguagem o único sentido da literatura (tal como muitas vezes se dá, por exemplo, em escritores cerebrais).

Podemos tentar aproximar o sentido da música (que abre mão do conceito para atingir diretamente o ouvinte), com o caso dos contos, onde estamos próximos a isso, na busca por atingir os sentidos do leitor através do modo (no sentido musical, por que não?) da narrativa, do contar a história, em seu vai e vem, apresentando situações aparentemente simples, com um desfecho muitas vezes aberto, mas que guarda, como acontece com o solista, uma intensidade nas artimanhas da escrita.

Como primeiro livro da autora, pode-se perceber o frescor de uma flor que ao amanhecer ensaia abrir-se num à vontade com a linguagem e que, esperamos, com certeza irá "mais além, mais além, mais além".

Para ir além:



Jardel Dias Cavalcanti
Londrina, 16/4/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Nova Gramática do Poder de Marilia Mota Silva
02. 10 coisas que a Mamãe me ensinou de Julio Daio Borges
03. Kurt Cobain; ou: I Miss the Comfort in Being Sad de Duanne Ribeiro
04. A vida se elabora no Ano Novo de Elisa Andrade Buzzo
05. Texto Otimista de Fim de Ano de Duanne Ribeiro


Mais Jardel Dias Cavalcanti
Mais Acessadas de Jardel Dias Cavalcanti em 2013
01. A Última Ceia de Leonardo da Vinci - 12/2/2013
02. Gerald Thomas: arranhando a superfície do fundo - 26/2/2013
03. Mondrian: a aventura espiritual da pintura - 22/1/2013
04. Cinquenta tons de cinza no mundo real - 3/9/2013
05. A Poesia em Noir de André Luiz Pinto - 1/1/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ETAPAS DA ARTE CONTEMPORÂNEA
FERREIRA GULLAR
RENAVAM
(2018)
R$ 30,00



DEXTER - DESIGN DE UM ASSASSINO
JEFF LINDSAY
PLANETA
(2011)
R$ 24,00



CAMINHOS DA FÉ
ALEXANDRE TOLER RUSSO
PRÓ MEMÓRIA
(2004)
R$ 10,00



CULTURA POPULAR E EDUCAÇÃO SALTO PARA O FUTURO
RENÉ MARC DA COSTA E SILVA
N/D
(2008)
R$ 6,99



ATRAVÉS DA BARREIRA DO TEMPO- UM ESTUDO SOBRE A PRECOGNIÇÃO E A FÍSICA MODERNA
DANAH ZOHAR
PENSAMENTO
(1997)
R$ 29,99
+ frete grátis



A GUERRA DO PELOPONESO
DONALD KAGAN
RECORD
(2006)
R$ 35,00



A ESPADA DO SENHOR
WIM MALCO
CHAMADA
R$ 13,90



OPTIMAL A1 ARBEITSBUCH
MÜLLER, RUSCH, SCHERLING,WERTENSCHLAG,SCHMIDT,SCHMITZ
LAGENSCHEIDT
(2004)
R$ 49,90
+ frete grátis



ADEUS ÀS ILUSÕES - DE QUE O AMANHÃ SE TRATA 
GRUPO CRÍTICA RADICAL
SEM FRONTEIRAS
(2005)
R$ 5,00



A DIVINA COMÉDIA: TRILOGIA EDIÇÃO BILÍNGUE
DANTE ALIGHIERI
34
(2000)
R$ 49,90





busca | avançada
18092 visitas/dia
954 mil/mês