Bosnian Rainbows - Bosnian Rainbows (2013) | Guilherme Carvalhal | Digestivo Cultural

busca | avançada
29494 visitas/dia
896 mil/mês
Mais Recentes
>>> Biblioteca Central da UnB recebe exposição artística 'Quem sou Eu, Quem somos nós'
>>> Feambra traz convidados para discutirem o tema "Museus e Sociedade"
>>> A Cultura do Subúrbio é tema do segundo debate #Colabora com Ideias
>>> Núcleo Viver estreia "Coração Supliciado...", no CRDSP
>>> Jikulumessu é a nova novela angolana que a TV Brasil estreia nesta quinta (25)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O dia que nada prometia
>>> Super-heróis ou vilões?
>>> Seis meses em 1945
>>> Senhor Amadeu
>>> Correio
>>> A entranha aberta da literatura de Márcia Barbieri
>>> On the Road, 60 anos
>>> Viena expõe obra radical de Egon Schiele
>>> Dilapidare
>>> A imaginação do escritor
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Ajudando um amigo
>>> Ebook gratuito
>>> Poesia para jovens
Últimos Posts
>>> Diário
>>> Infinitamente infinito
>>> Encantarias da palavra, de Paes Loureiro
>>> Animus mundi
>>> A partilha
>>> Dobraduras e origames
>>> Andamento
>>> Branco (série: Sonetos)
>>> Coroa, só de flores
>>> Ringue vago
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Manoel de Barros: poesia para reciclar
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Um conselho: não leia Germinal
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Sionismo e resistência palestina
>>> O melhor da década na literatura brasileira: prosa
>>> Direita, Esquerda ― Volver!
>>> Os desafios de publicar o primeiro livro
>>> Um ano na Provence
Mais Recentes
>>> História Econômica do Brasil
>>> O Tesouro dos Alquimistas
>>> Tao da Física
>>> Forma e Design
>>> A Aprendizagem do Ator
>>> Senhor das Sombras- Ele é Destruição...
>>> Le Guide Pratique des Nouvelles Thérapies
>>> Paraíso- a Cidade Santa e a Glória do Trono
>>> Mulher e Literatura
>>> A América Latina e a Crise Internacional
>>> Intuição e Estados de Ego
>>> Resumo de Criminologia
>>> O Crime nosso de cada dia
>>> A Ouvidoria Brasileira/Dez Anos da Associação Brasileira de Ouvidores
>>> Comunicação e Democracia/Problemas e Perspectivas
>>> Recepção Midiática e Espaço Público
>>> Garoto encontra Garota
>>> Cause Impacto!
>>> A Rainha da Fofoca Fisgada
>>> A Rainha da Fofoca em Nova York
>>> Superando os desafios íntimos
>>> Terra Sonâmbula
>>> A Rainha da Fofoca
>>> Todo Garoto Tem
>>> Tamanho 42 não é gorda
>>> Tamanho 44 também não é gorda
>>> Jesus, o maior psicólogo que já existiu
>>> Pegando Fogo!
>>> Lembra de mim?
>>> Caçada Macabra
>>> Como eu era antes de você
>>> O Chamado do Cuco
>>> Nerve
>>> Traição entre Amigas
>>> O mundo dá voltas para meninas que não engolem sapos
>>> Guias Práticos Verbos: Empregos e Conjungação
>>> Tudo sobre meninos para meninas!
>>> Menina de vinte
>>> 20000 Léguas Submarinas - Edição Condensada
>>> Diário de um Banana - Dias de cão
>>> 365 dias do ano - Staying Strong
>>> Marina
>>> Blog da Cacau // Ninguém Merece
>>> Ai Amigas ! // Ninguém Merece
>>> A vida secreta das abelhas
>>> Luz del Fuego/A Bailarina do Povo
>>> Apaixonada por palavras. Crônicas.
>>> Quem é você, Alasca?
>>> A mala de Hanna - Uma história real.
>>> O tempo entre nós.
COLUNAS

Segunda-feira, 13/1/2014
Bosnian Rainbows - Bosnian Rainbows (2013)
Guilherme Carvalhal

+ de 2200 Acessos

Após a interrupção do Mars Volta em 2012, o guitarrista Omar Rodríguez-López deu início a um novo projeto. Junto à vocalista Teri Gender Bender (cuja banda Le Butcherettes ele já havia produzido), Deantoni Parks e Nicci Kasper, do projeto Dark Angels, surgiu o Bosnian Rainbows.

A sonoridade das duas bandas se parece em alguns pontos, até pelo fato de Deantoni Parks também ser membro do The Mars Volta. Omar Rodriguez-López também leva muito de seu trabalho em sua banda maior para este projeto, principalmente os timbres das guitarras. As diferenças estão na influência maior do rock alternativo e do punk, excluindo os maiores malabarismos musicais comuns ao The Mars Volta. Este disco tem um estilo bastante retrô em todos os seus instrumentos.

Uma das nítidas contribuições para esta pegada é da vocalista Teri Gender Bender, cujas influências estéticas e musicais remetem aos anos 1980. A faixa "I cry for you" demonstra isso, com guitarras secas ao estilo punk, refrão repetido e algumas influências sonoras que os aproximam do alternativo. A banda também utiliza de muitos riffs, característica já presente no The Mars Volta. O vocal, como no The Mars Volta, é um dos principais elementos das músicas.

"Torn Maps", que puxa o disco, remete bastante ao rock anos 1980, principalmente pelo sintetizador (que ocupa o papel do baixo) e pela sua pegada direta. A performance da vocalista lembra um pouco o jeito de Ian Curtis nos palcos. "Turtle neck" é outra música repleta de elementos marcantes, como uma bela melodia (a melhor do disco inteiro) proporcionada pelos teclados e pelas guitarras mais suaves de Rodriguez-López.

"Eli", a faixa inicial, demonstra bem o clima de rock alternativo do disco, com uma guitarra bem suja ao melhor estilo punk. E Teri Gender Bender já dá mostras da singularidade de sua voz. Os sintetizadores também se fazem bem presentes. "Worthless" é uma canção bem marcada pelas vozes e com uma excelente melodia.

Apesar de ser um álbum inicial de uma banda nova, o Bosnian Raiboes conta com integrantes que já trabalhavam juntos. O resultado não se compara ao The Mars Volta por se tratar de um projeto diferente, com uma proposta menos ambiciosa musicalmente. Aproxima-se mais do estilo do Le Butcherettes. Mesmo soando um pouco como mais do mesmo, é interessante ver as particularidades do estilo de Omar Rodríguez-López em uma proposta diferenciada.

Faixas

1. "Eli" (5:23)
2. "Worthless" (3:28)
3. "Dig Right in Me" (3:13)
4. "The Eye Fell in Love" (4:17)
5. "I Cry for You" (4:03)
6. "Morning Sickness" (4:00)
7. "Torn Maps" (4:03)
8. "Turtle Neck" (6:23)
9. "Always on the Run" (2:19)
10. "Red" (4:32)
11. "Mother, Father, Set Us Free" (6:53)

Integrantes
Omar Rodríguez-López — Guitarra, teclado, backing vocals
Teri Gender Bender — Vocal
Deantoni Parks — Bateria, teclado, samples
Nicci Kasper — Teclado, sintetizador

Nota do Editor:
Texto gentilmente cedido pelo autor. Originalmente publicado no blog Som do Milênio.


Guilherme Carvalhal
Itaperuna, 13/1/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. É o Fim Do Caminho. de Marilia Mota Silva


Mais Guilherme Carvalhal
Mais Acessadas de Guilherme Carvalhal
01. Submissão, oportuno, mas não perene - 5/5/2016
02. Brasil em Cannes - 30/6/2016
03. Dheepan, uma busca por uma nova vida - 28/7/2016
04. Bosnian Rainbows - Bosnian Rainbows (2013) - 13/1/2014
05. Meio Sol Amarelo - 3/9/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ANÁLISE ESTRUTURADA DE SISTEMAS
CHRIS GANE; TRISH SARSON
LIVROS TÉCNICOS E CIENTÍFICOS
(1983)
R$ 10,00



O REI DE RAMOS - DIAS GOMES (TEATRO BRASILEIRO)
DIAS GOMES
BERTRAND BRASIL
(1987)
R$ 10,00



UM ANIMAL TÃO HUMANO -COMO SOMOS MOLDADOS PELO AMBIENTE E PELOS ACONTECIMENTOS
RENE DUBOS
MELHORAMENTOS
(1974)
R$ 14,90



A RESSURREIÇÃO DE CRISTO
OG MANDINO
RECORD
(1981)
R$ 8,00



POR QUE O JUSTO SOFRE E O IMPIO PROSPERA?
SILAS MALAFAIA
GOSPEL
(2009)
R$ 5,10



LIMPEZA DE SANGUE
ARTURO PÉREZ-REVERTE
CIA DAS LETRAS
(2007)
R$ 18,52



BERTOLT BRECHT
WALTER WEIDELI
FONDO DE CULTURA ECONÓMICA
(1969)
R$ 25,00



DIREITO ADMINISTRATIVO - QUESTÕES DA ESAF COM GABARITO COMENTADO
GUSTAVO BARCHET
ÍMPETUS
(2004)
R$ 19,85



TEX OURO Nº 41
SERGIO BONELI
MYTHOS
(2009)
R$ 8,00



A ÚLTIMA CARTA DE AMOR
JOJO MOYES
INTRÍNSECA
(2012)
R$ 13,90





busca | avançada
29494 visitas/dia
896 mil/mês