A maçã de Isaac Newton | Gian Danton | Digestivo Cultural

busca | avançada
33225 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Programa Stadium estreia novo quadro neste sábado (30) na TV Brasil
>>> Empreendedores voltam à escola onde estudaram para ensinar
>>> Shopping Cidade São Paulo celebra seu primeiro ano com apresentação especial da orquestra Baccarelli
>>> Anna Muylaert debate produções da sétima arte no Estação Plural
>>> FERNANDO MARTINS - Commedia dell´Arte
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Tricordiano, o futebol é cardíaco
>>> Ação Social
>>> Antes que seque
>>> Etapas em combustão
>>> Antonia, de Morena Nascimento
>>> O suicídio na literatura
>>> 'As vantagens do pessimismo', de Roger Scruton
>>> E+ ou: O Estadão tentando ser jovem, mais uma vez
>>> Literatura engajada
>>> O Novo Museu da Estação da Luz: uma Proposta
Colunistas
Últimos Posts
>>> Temporada 2016 do Mozarteum
>>> Curso de projetos literários
>>> Patuá em festa
>>> Literatura: direito humano
>>> Geraldo Rufino no #MitA
>>> Portal dos Livreiros: 6 meses!
>>> Ryley Walker
>>> Leia Mulheres - BH
>>> Adagio ma non troppo
>>> Psiu Poético 30 anos
Últimos Posts
>>> O Inclassificável - Mensagem sobre texto publicado
>>> Apenas entreabertas as gavetas
>>> O Cárcere
>>> d'EUS
>>> 5 coisas que o escritor iniciante precisa saber
>>> Passando o Caixa
>>> Rito e mito, falando serio.
>>> A diferença entre um mestre e um doutor
>>> Blow up: depois daquele beijo
>>> Uma propina da mesma Orcrim quando apareceu
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O poeta, a pedra e o caminho
>>> Curso de Criação Literária
>>> Ação e Reação, de Jean Starobinski
>>> Espectador idiota
>>> Lauryn Hill no Tom Brasil
>>> Agnaldo Farias no Supertônica
>>> No InterCon 2009 I
>>> Dom Quixote, matriz de releituras
>>> Entrevista com Antonio Henrique Amaral
>>> Ninguém sabe nada
Mais Recentes
>>> A MATRIZ DIVINA- Uma jornada através do tempo, do espaço, dos milagres e da fé
>>> OS SINOS DA AGONIA
>>> MISSA DO GALO- variações sobre o mesmo tema
>>> VIVENTES DAS ALAGOAS
>>> O LIVREIRO DE CABUL / EU SOU O LIVREIRO de CABUL
>>> FRONTEIRAS DA LITERATURA- DISCURSOS TRANSCULTURAIS VOLUME 2
>>> SACRO SPECO DE SAN BENITO- el Santuario del Sacro Speco de San Benito yel Monasterio de Santa Escolastica.
>>> O HOMEM ESPIRITUAL- Volume II
>>> Acerca del Alma
>>> Las Formas Elementales de la Vida Religiosa
>>> UM BRASIL PARA CRIANÇAS-para conhecer a literatura infantil brasileira:histórias, autores e textos
>>> Abraçado ao meu rancor
>>> Rimbaud da América e Outras Iluminações
>>> Contos, Fábulas e Aforismos
>>> A Força da Palavra
>>> Lavoura Arcaica
>>> Os Contos de Belazarte
>>> À Margem da Linha
>>> O Avesso dos Dias
>>> O Estaleiro
>>> Divisão Hollywood
>>> A Morte de um Holandês
>>> Os Filhos da Noite
>>> A Lua É um Balão
>>> Cavalos de Raça e Mulheres de Classe
>>> As Moscas Azuis
>>> Os Demônios Morrem Duas Vezes
>>> O Livro Roubado
>>> O Poder do Ouro - A história de uma obssesão
>>> Também o Cisne Morre
>>> Desengano
>>> Pensadores da Liberdade - Em torno de um conceito V1
>>> 1.280 Almas
>>> Tudo Para Entrar no Guiness - A jornada de um homem para entrar no Livro dos Recordes
>>> O Aviso na Muralha - A China e o Ocidente no Século XXI
>>> Zoom - A Corrida Global para Abastecer o Carro do Futuro
>>> Dinheiro Fácil
>>> As Duas Faces de Janeiro
>>> Longe de Manaus
>>> Ascensão e Queda do Imperio X
>>> América Aracnídea
>>> Abel Sánchez - Uma história de paixão
>>> O Senhor Ventura
>>> Meu Marido
>>> Pelas Pedras do Caminho Mineral
>>> O Coração da Floresta
>>> O Petróleo e a Glória - A corrida pelo Império e a fortuna do Mar Cáspio
>>> O Bandido da Chacrete - Ascensão e Queda de um Fundador do Comando Vermelho
>>> Cupom Zero
>>> Descanse em Paz - Histórias Sobre os Últimos Dias de Poe, Dickinson, Twain, Jmaes e Hemingway
COLUNAS

Sexta-feira, 16/8/2002
A maçã de Isaac Newton
Gian Danton

+ de 27900 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Quando Isaac Newton completou 12 anos, a mãe, sem saber o que fazer com aquele filho esquisitão, que não se adequava ao trabalho da fazenda, mandou-o para a cidade e para a escola. No povoado, Newton ficou na casa de um boticário, Sr. Clark.

O pequeno Newton não se interessava muito pelos estudos, que consistiam, basicamente, em aprender gramática latina. Além disso era o alvo predileto do enteado do Sr. Clark. Uma vez em que este lhe chutou a barriga, Newton decidiu ir à forra. Deu uma grande surra no rapaz e esfregou seu nariz num muro. E tomou uma decisão: a partir daí seria o melhor da turma em latim. E não só isso. Seria também o melhor em tudo o que pudesse.

Não há dúvidas de que ele conseguiu. Assim que se formou em Cambridge, em 1665 e 1666, ele fez algumas das maiores descobertas de todos os tempos e elaborou a teoria que serviria de paradigma para a ciência durante séculos e só seria suplantada pela teoria da relatividade. Em dois anos ele elaborou o teorema do binômio, as tangentes, a lei da gravidade, o cálculo diferencial, as cores e o cálculo integral.

É justamente a história desse gênio que o livro "Isaac Newton e sua maçã" conta. Escrito de forma muito divertida por Kjartan Poskitt e ilustrado por Philiph Reeve, o volume faz qualquer um se interessar pelas descobertas de Newton, mesmo quem nunca teve muito interesse por física ou matemática (como é o caso deste Colunista).

Com a ajuda de histórias em quadrinhos, ilustrações e muitas metáforas, Poskitt e Reeve fazem com que conceitos complicadíssimos como, o cálculo diferencial, pareçam coisa de criança.

Para não chatear o leitor, os autores entremeiam as explicações científicas de fatos históricos e curiosidades sobre a vida de Newton. Entre elas o fato de que Newton simplesmente não divulgava suas idéias. O livro reproduz um diário imaginário de Newton em que ele teria escrito, em julho de 1965: "Acabei de inventar a técnica matemática mais útil do mundo, mas não vou contar para NINGUÉM!".

Esse era o velho Newton que, além dessa tinha outras excentricidades, como espetar o olho ou ficar horas olhando para o céu na tentativa de descobrir como se formavam as cores (ele quase ficou cego, mas descobriu que as cores não eram um junção de preto e branco, como acreditavam os antigos).

Para explicar o que é aceleração constante, o livro sugere que o jovem leitor faça uma experiência hilária (sempre com a supervisão dos pais, claro). Para fazer a experiência são necessários um avião grande, com uma porta imensa, um elefante com velocímetro, um cronômetro, um binóculo e esfregão e baldes enormes.

Quando estiver a milhares de metros acima do solo, jogue o elefante do avião, ligue o cronômetro e observe pelo binóculo. Você irá constatar que a velocidade aumentará 10 metros a cada segundo. Duas coisas afetam a aceleração constante. Uma delas é o ar, que, devido ao atrito, diminui a velocidade do elefante, especialmente se ele abrir as orelhas. A outra coisa é o chão... bem, é aí que você vai precisar do esfregão e do balde...

Há quem acredite que se deva divulgar ciência da maneira mais séria possível. Para essas pessoas, contar detalhes curiosos da vida de Newton seria um verdadeiro sacrilégio.

Nada mais falso. Ao contar pequenos detalhes interessantes da vida de um cientista, o autor mostra ao público que cientistas também são humanos e que a ciência não está separada de nossa vida. Pelo contrário, tudo à nossa volta se relaciona, de alguma maneira com descobertas e teorias científicas.

A importância do livro de Poskitt está justamente aí, em mostrar que a ciência pode ser um tema divertido e interessante.

Agora, se você ainda está se perguntando o que uma maçã tem a ver com tudo isso, é bom ler o livro rapidinho.

Para ir além



ISAAC NEWTON E SUA MAÇÃ, de Kjartan Poskitt e Philip Reeve.
Editora: Companhia das Letras

Post Scriptum
Estou lançando, pela editora Virtual Books, o livro Introdução à Cibernética. O volume pode ser baixado gratuitamente e conta um pouco da história de como surgiu a cibernética, além de explicar seus conceitos básicos, como ruído, retroação, entropia e sinergia. Em tempos de internet, é sempre importante relembrar as idéias de autores que abriram caminho para o surgimento dos computadores.


Gian Danton
Macapá, 16/8/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. 4 livros de 4 mulheres para conhecer de Ana Elisa Ribeiro
02. Agora o mundo perde cotidianamente os seus ídolos de Guilherme Carvalhal
03. A coerência de Mauricio Macri de Celso A. Uequed Pitol
04. Uma entrevista literária de Marta Barcellos
05. Man in the Arena 100 (e uma história do Gemp) de Julio Daio Borges


Mais Gian Danton
Mais Acessadas de Gian Danton em 2002
01. A Teoria Hipodérmica da Mídia - 19/7/2002
02. A teoria do caos - 22/11/2002
03. A maçã de Isaac Newton - 16/8/2002
04. Público, massa e multidão - 30/8/2002
05. Os 100 maiores cientistas - 29/11/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
18/8/2002
19h17min
Parabéns Gian, belissimo comentário é bom saber que pessoas que leêm mais que a grande maioria dos brasileiros estejam incentivando a leitura. Que continues com essa forma contagiante de expor seus saberes literários.
[Leia outros Comentários de Vinicius Brown]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MARETENEBRAE: A QUEDA DE SIEGHARD
L. P. FAUSTINI
ESTRONHO
(2014)
+ frete grátis



SOLUTIONS MANUAL TO ACCOMPANY INTERMEDIATE PUBLIC ECONOMICS 1 EDITION
NIGAR HASHIMZADE E JEAN HINDRIKS
THE MIT PRESS
(2006)
+ frete grátis



COMPÊNDIO DOS ELEMENTOS DE ECONOMIA POLÍTICA PURA
WALRAS - OS ECONOMISTAS
NOVA CULTURAL
(1986)
+ frete grátis



O MACACO DE PEDRA
JEFFERY DEAVER
RECORD
(2003)
+ frete grátis



AS REVISTAS DE ANO E A INVENÇÃO DO RIO DE JANEIRO
FLORA SÜSSEKIND
NOVA FRONTEIRA
(1986)
+ frete grátis



SE EU FICAR
GAYLE FORMAN
NOVO CONCEITO
(2014)
+ frete grátis



LA GUERRE DE CENT ANS
EDOUARD PERROY
GALLIMARD
(1976)
+ frete grátis



GUIA DA MEDICINA HOMEOPÁTICA
NILO CAIRO
LIVRARIA TEIXEIRA MARCONI
(1982)
+ frete grátis



A SALVAÇÃO ORGÂNICA- CONFORMAÇÃO, MATURIDADE-PARA A EDIFICAÇÃO DO CORPO DE CRISTO
DONG YU LAN
ARVORE DA VIDA
(1997)
+ frete grátis



O HOMEM DO BOSQUE
SCOTT SPENCER
BERTRAND BRASIL
(2013)
+ frete grátis





busca | avançada
33225 visitas/dia
1,3 milhão/mês