Digestivo nº 330 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
39929 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 25/5/2007
Digestivo nº 330
Julio Daio Borges

+ de 2000 Acessos




Literatura >>> E se você me desse um beijo?
Coetzee vem aí, para falar de Beckett. Não devemos nos fiar, portanto, na opinião de Ferreira Gullar, em Vinicius, para quem Beckett “é muito chato”. Não pode ser isso; não pode ser isso. E, em 2006, a editora Martins Fontes lançou Novelas, para quem quer uma introdução, por escrito (já que, em teatro, Beckett volta e meia é encenado). Como autor, é mais lembrado, claro, por Esperando Godot, mas quase não se fala que Beckett, por exemplo, foi pupilo de Joyce, com quem discutia Hume, e por quem a filha de Joyce, já meio desequilibrada, enlouqueceu de amores. Beckett nem por isso. Além das edições bonitíssimas da Cosac Naify – das obras-primas de Beckett –, o mercado brasileiro conheceu, há alguns anos, um perfil dele assinado por Cioran, o filósofo, numa edição da Rocco. Falou-se, então, da fase “francesa” de Beckett, em Paris, da sua obsessão em busca do nada, e da palavra que representasse, melhor, esse “nada”. Agora, em prefácio de Fábio de Souza de Andrade, e na cronologia da edição preparada por Vadim Nikitin, descobrimos que Beckett escreveu muito, assustadoramente muito, e foi sempre seu próprio tradutor do francês para o inglês e vice-versa. Morreu bastante velho e quando ligaram para falar do Nobel, provavelmente se lembrando de Joyce, respondeu que só podia ser engano, desligando o telefone (Gullar, um dos mais cotados, em língua portuguesa, possivelmente não daria a mesma corajosa resposta, diria repetindo-se: “Eu não quero ter razão: eu quero é ser feliz!”. E Beckett, teria retrucado: “Sempre me surpreendi com a pouca sutileza de meus contemporâneos, eu, cuja alma se contorcia da manhã à noite, na mera busca de si mesma”.) Novelas, o volume, cumpre bem sua função: os acontecimentos não são importantes, mas, ao mesmo tempo, é um prato cheio para aqueles apreciadores da mais pura linguagem. Poetas? “Não se deve fechar os olhos, deve-se deixá-los abertos no escuro, é minha opinião”. [6 Comentário(s)]
>>> Novelas
 



Música >>> Coração Profano
Apostando nos cruzamentos entre o erudito e o popular, e no País que cunhou essa expressão às vezes dúbia, o Mozarteum Brasileiro abriu sua temporada 2007 com a NDR Bigband e João Bosco. Na primeira parte, uma bela homenagem a Julian “Cannonball” Adderley, um dos músicos que participou das sessões do clássico Kind of Blue (1959), de Miles Davis, sob a batuta de Jörg Achim Keller, elogiado do Mike Stern, e tendo como mestre de cerimônias o trombonista Nils Landgren, que já tocou com Herbie Hancock e que, na Sala São Paulo, se deu ao luxo até de cantar. O pessoal da Traditional Jazz Band estava lá, na platéia, e houve solos, evocando desde o próprio Miles até o inevitável John Coltrane; o piano de Vladystav Sendecki, por momentos, soou como o de Chick Corea e a guitarra de Stephan Diez fez, na hora certa, um ótimo barulho. Na realidade, se alguém contasse, ninguém imaginaria que uma big band alemã, com um solista sueco, pudesse suingar tanto, chacoalhando a Sala da Osesp, sem correr tantos riscos quanto no tempo em que aquele jazz foi criado, mas fazendo bem feito e propagando a vibração. Na segunda parte, João Bosco entrou tímido e foi se soltando mais para o final, para quando reservou seus “hits”. O eterno parceiro de Aldir Blanc é mais cerebral que a média dos performers de MPB; aparentemente mais inclinado à composição do que à apresentação. O que, inicialmente, combinaria com o rigor do Mozarteum, mas que enrijeceu, um pouco, o contato com a platéia – que esperava, justamente, um encerramento mais apoteótico do que o começo já quente. 2007 ainda vai mexer com as cadeiras, ou os corações, graças à temporada que nos reserva, entre outra atrações: Lorin Maazel e a Symphonica Toscanini, Trio Bamberg e Tokyo String Quartet. [Comente esta Nota]
>>> Mozarteum Brasileiro
 



Gastronomia >>> O Conselheiro também come (e bebe)
Quando compôs “Refazenda”, em 1975, Gilberto Gil estava cantando “abacateiro” mas estava pensando em “avocado”, quando rimou com “ato”, “pato” e, mais adiante, “regato”. Também, pudera: desde 1972, a Fazenda Jaguacy, em Bauru, estava produzindo o famoso avocado, originalmente da Califórnia (o mesmo com que se prepara “guacamoles” mexicanamente corretas). Apesar de exportar há mais de 20 anos para Alemanha, França e Inglaterra, a Jaguacy está entrando com força no mercado brasileiro, em parcerias estratégicas com restaurantes e chefs, também com faculdades de gastronomia, como Senac e Faap. O avocado, aparentemente um “abacatinho”, guarda pouca relação, na verdade, com seu parente mais próximo na forma. Embora seja igualmente saboroso, não engorda, mantendo a proporção de 145 calorias para cada 100 gramas de polpa. Além da vantagem para a silhueta, o avocado apresenta baixo teor da temível gordura saturada, enquanto que é isento de colesterol e rico em “ácido graxo oleico” (de nome difícil, mas aliado do azeite de oliva). Para completar, o avocado carrega as vitaminas oxidantes A, C e E, tão importantes na redução dos indesejados radicais livres, retardando o envelhecimento precoce. Afora todas essas propriedades ideais para a saúde, o avocado tem aquele tamanho perfeito, compacto, para ocupar o lugar da fruta no café-da-manhã ou da sobremesa no almoço ou jantar. Resiste bravamente fora da geladeira, e sua casca – que vai ficando preta – é um aviso infalível de quando está pronto para ser consumido. O abacate que todos conhecemos, em geral, é mais desajeitado, por ser muito grande, tem de ser consumido em quantidades proporcionais a seu tamanho e, portanto, funciona como uma bomba calórica. O avocado, que já tomou conta da Europa e dos EUA, vai chegando, aqui, delicado, mas é irresistivelmente mais simpático, e recomendável. [1 Comentário(s)]
>>> Fazenda Jaguacy
 

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MANUAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
MAYNARD
EDGARD BLUCHER
(1970)
R$ 6,00



ARRANJO E A CANÇÃO, O
MÁRCIO COELHO
ESCUTA
(2014)
R$ 50,68



GESTAO DE CARREIRA - SETE PRINCIPIOS BIBLICOS DA
CRISTIANO STEFENONI
CPB DIDATICOS
(2011)
R$ 35,90



SLANG AND EUPHEMISM: OATHS - CURSES - INSULTS - RACIAL SLURS - SE
RICHARD A. SPEARS
SIGNET
(1981)
R$ 32,28



REDAÇÃO DE TEXTOS CIENTIFICOS
VERA CRISTINA FEITOSA
PAPIRUS
(1995)
R$ 15,00



GUIA ILUSTRADO DA GUITARRA - MANUAL DE CONHECIMENTOS E REPAROS ESSENCIAIS
EDMAR LUIGUI
HMP
(2003)
R$ 9,90



HISTORIA UNIVERSAL VOL 7 - 9A.
H. G. WELLS
EDIGRAF
(1972)
R$ 14,70



BOM COMEÇO - JOGOS, PASSATEMPOS E BRINCADIERA Nº 3
VERÔNICA BRAUN
KUARUP
R$ 16,00



PENSADORES
MARIO VITOR SANTOS
REALEJO
(2015)
R$ 54,90



TEORIA E CIRCUITOS DE SEMICONDUTORES
MINIST EXÉRCITO DOS EUA - JOSÉ G NETO (TRAD)
GLOBO
(1983)
R$ 22,82





busca | avançada
39929 visitas/dia
1,1 milhão/mês