O assassinato e outras histórias, de Anton Tchekhov | Digestivo Cultural

busca | avançada
100 mil/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> OBA HORTIFRUTI INAUGURA 25ª LOJA EM SÃO PAULO
>>> Bienal On-line promove studio visit com artista argentina Inés Raiteri
>>> Castelo realiza piqueniques com contemplação do pôr do sol ao ar livre
>>> A bailarina Ana Paula Oliveira dança com pássaro em videoinstalação de Eder Santos
>>> Festival junino online celebra 143 da cidade de Joanópolis
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
Últimos Posts
>>> Fiel escudeiro
>>> Virtual: Conselheiro do Sertão estreia quinta, 24
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Imperial March por Darth Vader
>>> Habemus Blog
>>> 3 de Fevereiro #digestivo10anos
>>> Autores & Ideias no Sesc-PR II
>>> Um Furto
>>> Conceitos musicais: blues, fusion, jazz, soul, R&B
>>> Raduan Nassar
>>> Cacá Diegues e os jornalistas
>>> A Casa é de Daniela Escobar
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
Mais Recentes
>>> História da II Guerra Mundial (1939-1945) de Edgar Mc Innis pela Globo (1956)
>>> Serie Literária I Conto Frederico Paciência de Mário de Andrade pela Companhia editoria nacional (1978)
>>> Viagem ao Rio Grande do Sul de Auguste de Saint-Hilaire pela Ariel (1935)
>>> Español sin fronteras: curso de lengua española, volume 1 de Maria de Los Ángeles J. García, Josephine Sánchez Hernández pela Scipione (2002)
>>> Do Parapeito Vital de Vania Clares pela Autor (1996)
>>> Ensaios Céticos - Prêmios Nobel de Literatura de Bertrand Russell pela Opera (1970)
>>> Enciclopédia do Homem - No tempo dos primeiros automóveis (1900) de Pierre Miquel pela Lutécia (1977)
>>> Teatro - Coleção dos Prêmios Nobel de Literatura de William Butler Yeats pela Delta (1963)
>>> A História da Filosofia de James Garvey, Jeremy Stangroom pela Octavio (2013)
>>> La Argentina y Europa (1950 - 1970) de Vários autores pela Universidad Nacional del Sur (1999)
>>> A Luz Que Se Apagou de Rudyard Kipling pela Delta (1962)
>>> La Batalla en el frente social de Israel en los años 1970 de Vários autores pela Oficina para investigaciones economicas y sociales (1970)
>>> Prêmio Nobel de Literatura - Adeus ás Armas de Ernest Hemingway pela Delta (1969)
>>> Quenco, o Pato de Ana Maria Machado e Alcy pela Ática (2016)
>>> O Sapo que Virou Príncipe: Continuação de Jon Scieszka ( pela Companhia das Letrinhas (2010)
>>> Português : linguagens, 6ª. Série : língua portuguesa de William Roberto Cereja, Thereza Cochar Magalhães pela Atual (2006)
>>> Em busca do eu interior. Histórias e parábolas para aquecer seu coração de Osho pela Cultrix (2019)
>>> Quero um Gato de Tony Ross pela Martins Fontes (1998)
>>> Gente da França de Alcantara Silveira pela Grd (1991)
>>> Amanhã É Outro Dia de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1978)
>>> O Máscara de Ferro de Alexandre Dumas / Francisco Messejana (Adaptação ) pela Abril Cultural (1973)
>>> A Cura Através da Terapia de Vidas Passadas de Brian L. Weiss pela Sextante (2001)
>>> Obazine de Pierre Bergounioux pela Le Lieu de l (2021)
>>> A Estratégia do Olho de Tigre de Renato Grinberg pela Gente (2011)
>>> A Casa Sonolenta - 16ª Edição - 29ª reimpressão de Audrey Wood e Don Wood pela Ática (2012)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Além do Mais

Segunda-feira, 17/3/2014
O assassinato e outras histórias, de Anton Tchekhov
Julio Daio Borges

+ de 9400 Acessos




Digestivo nº 498 >>> Como gênero, o conto se espraiou durante o século XX. Com a eterna desculpa da falta de tempo, leitores se acomodaram na brevidade do texto curto, e até escritores mascararam seu menor fôlego em produções de algumas páginas. Mas o conto é um gênero difícil. E poucos mestres dominaram as short stories, como se diz. Na primeira metade do século XIX, Poe tem um lugar incontestável. Mas, na segunda metade, esse lugar é de Tchekhov. Inflenciado por Flaubert e produzindo um recorte quase jornalístico ― nem sempre o jornalismo esteve tão mal como hoje ―, Tchekhov definia a missão do escritor assim: "Nós escrevemos a vida tal como ela é, e não damos nem mais um pio". (Quem sabe, Nélson Rodrigues, um fã dos russos, não tenha retirado daí o título da coluna onde abrigava um adultério por dia?) No Brasil, Tchekhov ficou mais conhecido pelas traduções de Boris Schnaiderman, saudado por ninguém menos que Otto Maria Carpeaux, atualmente pela editora 34. Mas, desde 2003, a última fase de Tchekhov mereceu tradução de Rubens Figueiredo, pela Cosac Naify. Contrastando com a vivacidade de A dama do cachorrinho (1999) e de O beijo e outras histórias (2006), O assassinato e outras histórias é um volume recheado de novelas e contos sombrios. O texto mais impressionante talvez seja "No fundo do barranco", sobre uma família de comerciantes marcada pela avareza, degraçada por um crime financeiro e alijada por uma morte prematura, e bárbara. Não por acaso, fecha, apoteoticamente, o volume. Em segundo lugar em termos de brilho, a história-título, que aborda messianismo, loucura, e mais um crime em família. A pobreza é um tema recorrente. Com quem Tchekhov conviveu na intimidade. E a pobreza reina absoluta no conto "Os mujiques", onde um homem doente e incapacitado para o trabalho, em Moscou, retorna para o seio da família, paupérrima, no interior. Um retrato implacável da Rússia pós-servidão, que Tolstói criticou, pois via nos mujiques ― e na pobreza ― uma esperança de redenção. "Iônitch" é a história de um médico que chega na província, e que, muitos anos depois, se desilude com a mesma, a ponto de se perguntar "qual poderia ser o destino daquele lugar", uma vez que "as pessoas mais talentosas da cidade eram tão medíocres". "O professor de letras", apesar de se concentrar num personagem apagado, tira conclusões igualmente fortes: "Onde vim parar, meu Deus? Estou cercado de vulgaridade por todos os lados". Trata de um idealista, que casa por amor, mas que percebe o desinteresse de seus alunos pela educação e a monotonia da vida em família. "Em serviço" completa o volume. Mais uma "apresentação" de Rubens Figueiredo e, nas últimas páginas, cartas do autor para seu editor. Médico, Tchekhov santificava, em suas próprias palavras, "o corpo humano, a saúde, a inteligência", e "o talento". Mas, como seus personagens, era fatalista e não tinha grandes ilusões com a escrita: "Escrevemos mecanicamente, apenas para cumprir uma ordem, estabelecida há muito tempo, segundo a qual uns entram no exército, outros são comerciantes e outros escrevem". E Tchekhov cumpriu seu destino. Com tanta perfeição que, mais de um século após sua morte, é praticamente impossível compará-lo a alguém.
>>> O assassinato e outras histórias
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Mário de Andrade pela Agir (Literatura)
02. O Kindle, da Amazon (Internet)
03. Antônia, de Tata Amaral (Cinema)
04. La Valse (Música)
05. Fascínio e rejeição (Imprensa)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Confissões de uma Ex
Lynda Curnyn
Harlequin
(2006)



O Futuro do Comércio Internacional: as Teses de Maidenhead
C. Fred Bergsten (coordenador)
Fgv (rj)
(1979)



Occhi Di Cane Azzurro
Gabriel García Márquez
Newton Compton
(1978)



Assassinato Em Veneza
A. J. Lapate
Conex
(2010)



Solventes Industriales - Selección, Formulación y Aplicación
Paulo Garbelotto
Rhodia
(2008)



Teorias de Comércio Internacional
Bernard Guillochon
Campus
(1979)



Hermenêutica Jurídica
Luiz Augusto Flórido
Liber Juris (rj)
(1993)



Minidicionário Rideel Língua Portuguesa
Editora Rideel
Rideel
(2009)



Apprenticed in Crime: Young Offenders, the Law, and Crime in Cana
Kevin Marron
Seal Books
(1993)



O Furta-sonhos e Outras Histórias
Elias José
Atual
(1989)





busca | avançada
100 mil/dia
2,7 milhões/mês