Every day you’ve been away | Digestivo Cultural

busca | avançada
62542 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Novos projetos do Festival de Dança de Joinville promovem atividades culturais para 120 alunos
>>> Toca do Morcego anuncia agenda primavera/verão 2022/2023
>>> Poeta Ivete Nenflidio lança obra 'Ataque - cale-se agora e para sempre'
>>> Alunos de Ribeirão Preto constroem maquete com trajetória das águas da cidade até o mar
>>> Coletivo oferece eventos de danças angolanas em outubro e novembro
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
Colunistas
Últimos Posts
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
Últimos Posts
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
>>> Que porcaria
>>> Singela flor
>>> O cerne sob a casca
>>> Assim é a vida
>>> Criança, minha melhor idade
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Acho que entendi o Roberto Setubal
>>> Layon pinta o silêncio da cidade em quarentena
>>> Francisco Alves, o esquecido rei da voz
>>> Francisco Alves, o esquecido rei da voz
>>> Bréqui Friday
>>> 19 de Outubro #digestivo10anos
>>> Etapas da criação de uma pintura digital * VÍDEO *
>>> Separar-se, a separação e os conselhos
>>> Genealogia da Moral, de Nietzsche
>>> Robinson Shiba do China in Box
Mais Recentes
>>> De Repente, Nas Profundezas do Bosque de Amós Oz pela Cia. das Letras (2005)
>>> Alicia En El País de los Sueños - una Mirada Desde El Psicodrama de Gloria Reyes Contreras pela Do Autor
>>> Aplicação Prática de Gestão de Pessoas por Competências de Rogerio Leme pela Qualitymark (2005)
>>> Goosebumps Horrorland- a Vingança do Boneco Vivo - Vol-1 de R. L. Stine pela Fundamento (2010)
>>> Édipo Claudicante: do Mito ao Complexo de Antonio Carlos Farjani pela Edicon (1987)
>>> Geografia do Brasil - Dinamica e Contrastes de Helio Carlos Garcia e Tito Marcio Garavello pela Scipione (1992)
>>> O Último dos Moicanos Coleção: Clássicos de Bolso de J. Fenimore Cooper pela Ediouro
>>> Viagem ao Inonsciente de W. A. Mambert pela Nordica (1973)
>>> O Mundo Mágico de J. K. Rowling - a Magia do Cinema de Jody Revenson pela Panini Books
>>> Fundamentos de Matemática Elementar 4: Sequências Matrizes Deter... de Gelson Iezzi e Outros pela Atual (2013)
>>> Direitos do Torcedor e Temas Polêmicos do Futebol de Décio Luiz Jose Rodrigues pela Rideel (2003)
>>> Groo: Amigos e Inimigos (volume 1) (lacrado) de Sergio Aragonés pela Mythos Books
>>> Fundações Direito de Edson José Rafael pela Melhoramentos (1997)
>>> Psicometria Genética de Sara Paín pela Casa do Psicólogo (1992)
>>> O Caminho Rumo a Tamanrasset de Charles de Foucauld pela Paulinas (2009)
>>> A Gata Borralheira Clássicos Recontados de Charles Perrault pela Melhoramentos (2013)
>>> Política de Segurança: os Desafios de uma Reforma de Guaracy Mingardi (orgs.) pela Fund. Perseu Abramo (2013)
>>> Reengenharia Revolucionando a Empresa de Michael Hmmer pela Campus (1994)
>>> Zeus e a Conquista do Olimpo de Hélène Montarde pela Cia. das Letras (2012)
>>> Técnicas para uma Leitura Rápida e Eficaz de Donald Weiss pela Nobel (1992)
>>> Engenharia dos Quadrados Mágicos de Ordem Impar de Roberto Ferreira Filho pela Imprensa Universitária (2017)
>>> Coaching para Alta Performance e Excelência na Vida Pessoal de André Percia/ Bruno Juliani/ Mauricio Sita pela Ser Mais (2014)
>>> Além do Quintal: Poemas e Aquarelas - Autografado de Marlene Edir Severin pela Papa Terra (2011)
>>> Fotografia Digital - Aprendendo a Fotografas Com Qualidade de Enio Leite pela Viena (2015)
>>> O Retrato do Rei de Ana Miranda pela Cia das Letras (1991)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Música

Segunda-feira, 7/3/2005
Every day you’ve been away
Julio Daio Borges

+ de 3800 Acessos




Digestivo nº 217 >>> Quando Bebel Gilberto surgiu com Tanto Tempo (2000), estávamos ainda sob os auspícios da virada do século. A bossa nova parecia fresca, redescoberta, sob a benção de uma nova era eletrônica, a ponto de Ruy Castro inventariar, no final daquele ano, os lançamentos que comprovavam um ressurgimento do gênero. Hoje, passada a euforia, sabemos que o casamento de João Gilberto com o drum’n’bass não foi propriamente uma novidade nem, também, um revival. Sim, uma outra geração foi apresentada, de uma maneira ou de outra, à musica maravilhosa dessa época, os anos 50 e 60, mas permanece a impressão de não se ter penetrado além da superfície das coisas. Assim, quando Bebel Gilberto reaparece, amparada por um novo álbum, o homônimo Bebel Gilberto (2004), não paira no ar mais o mesmo entusiasmo daqueles que viram, para a MPB, um renascimento. A bossa nova animou as pistas, e conseqüentemente, as baladas movidas a ecstasy, mas não foi fecunda, mais uma vez, como se pensou (e se desejou). Tirando uma Fernanda Porto ou outra – que já foge pela tangente com Chico Buarque –, o banquinho e o violão não colaram de novo. Dentro desse contexto, pode até ser agradável ouvir Bebel, habilmente, destilando essa mistura que consagrou ou ajudou a consagrar, mas o que se precisava é que ela fosse além – e não apenas se reciclasse ou reciclasse os outros (vide a eterna “Baby”, de Gal&Caetano). É louvável que o Brasil tenha uma cantora cool, no nível de Astrud, desenrolando tapetes vermelhos ao redor do mundo, mas se não se gera uma “descendência” aqui dentro, muito menos se gera lá fora. Grandes faixas desse Bebel Gilberto como “Simplesmente”, “Aganjú” e “River Song” trazem a lembrança de como o mundo era bom e de como o sonho acabou, mas são apenas lembranças e não nos transformarão.
>>> Bebel Gilberto
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. TechCrunch Disrupt (Internet)
02. O fim do papel comparado ao fim da música (Imprensa)
03. O Iconoclasta, de Gregory Berns (Além do Mais)
04. O Kindle no Brasil (Literatura)
05. Das mentiras que executivos de jornal contam a si próprios (Imprensa)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Humanidades: um Novo Curso na Usp
Renato Janine Ribeiro
Edusp
(2001)



Visão do Além
Charlaine Harris
Lua de Papel



A Imagem Autônoma - Confira!
Evaldo Coutinho
Perspectiva
(1996)



A Ordem do Discurso
Michel Foucault
loyola
(1996)



Desafios da Comunicaçao
Ladislau Dowbor
Vozes
(2003)



Arsene Lupin Contra Herlock Sholmes
Maurice Leblanc
Tricaju
(2021)



O Pequeno Polegar
Irmãos Grimm
Kuarup
(1988)



A Mansão Renoir
Dolores Bacelar (esípirito Alfredo)
Correio Fraterno
(1987)



O Renascimento do Império China
Cláudia Trevisan
planeta
(2006)



Os Fantasmas da Gaveta
Fernando Pessoa Ferreira
codecri
(1981)





busca | avançada
62542 visitas/dia
1,7 milhão/mês