Entrevista a Ademir Pascale | Digestivo Cultural

busca | avançada
22804 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> FÁBRICA DE CALCINHA, PARTE DA MOSTRA CENA SUL, EM TRÊS APRESENTAÇÕES NO SESC BELENZINHO
>>> PROJETO MÚSICA EXTREMA, DO SESC BELENZINHO, TRAZ EM MARÇO A BANDA REFFUGO, DE DEATH METAL
>>> ESPETÁCULO DE DANÇA ENCHENTE, COM DIREÇÃO DE FLAVIA PINHEIRO (PE), EM TRÊS DATAS NO SESC BELENZINHO
>>> EU e MÁRIO DE ANDRADE Livro de Anotações para Viagens Reais e Imagin
>>> Atom Pink Floyd Tribute retorna ao Rio Grande do Sul
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
>>> A menos-valia na poesia de André Luiz Pinto
>>> Lançamentos de literatura fantástica (1)
>>> Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva
>>> No palco da vida, o feitiço do escritor
>>> Um olhar sobre Múcio Teixeira
>>> Algo de sublime numa cabeça pendida entre letras
>>> estar onde eu não estou
Colunistas
Últimos Posts
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
Últimos Posts
>>> Prefácio
>>> Descendências
>>> Nem mais nem menos
>>> Profissão de fé
>>> Direções da véspera III
>>> Mirante
>>> In Albis
>>> Mulher, ontem hoje e sempre
>>> Amor, entre o céu e o fardo
>>> O Estranho Mundo Atual que Julgamos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Festival da Mantiqueira
>>> Eleições
>>> Portal dos Livreiros: 6 meses!
>>> Por que ler poesia?
>>> Entrevista com Miguel Sanches Neto
>>> Os superestimados da música no Brasil
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
>>> Quanto custa rechear seu Currículo Lattes
>>> Influências da década de 1980
Mais Recentes
>>> Análise Real: uma Introdução de A. J. White; Elza P Guimarães (coordenação) pela Edgard Blucher; Edusp (1973)
>>> Juventude e Revolução : uma Investigação Sobre a Atitude Revoluci de Hermes Zaneti pela Edunb (brasília) (2001)
>>> Ritos Mágicos e Ocultos de Idries Shiah pela Três (1973)
>>> Sócrates: os Pensadores de Nova Cultural pela Nova Cultural (1987)
>>> Da Revolução de 30 ao Terror do Estado Novo de J I Cabral de Vasconcellos Filho pela Cátedra (1982)
>>> Quo Vadis: a Ordem Mundial Perspectiva 2 de Alexander Zhebit pela Bennett (2003)
>>> Antologia Mitavaí: Poesia e Prosa da Oficina Literária Icp de Ivan Cavalcanti Proença pela Mitavaí (rj) (1986)
>>> Joana dos Santos de Ivan Bichara pela Bertrand Brasil (1995)
>>> Dictionnaire de La Bible de Andre Marie Gerard pela R Laffont (1989)
>>> Terapêutica Clínica - Segunda Edição de Paul G. Ramsey e Eric B. Larson & Cols. pela Artes Médicas (porto Alegre) (1995)
>>> Introduction to Opera (capa Dura) de Mary Ellis Peltz (editor) pela Barnes & Noble (1957)
>>> A Princesa e o Profeta de Shafique Keshavjee pela Ediouro (2004)
>>> Michelin Red Guide 1990: Main Cities, Europe de Michelin Travel Publications pela Michelin Travel Publications (1990)
>>> O Mandado de Seguranca e Outras Acoes Constitucionais Tipicas de Jose da Silva Pacheco (3ª Edição) pela Revista dos Tribunais (1998)
>>> Pedro Calmon de Luis Henrique Dias Tavares pela Fundação Cultural da Bahia (1977)
>>> Comandos do Ms-dos: Inclui Versão 4 e dos Shell de Van Wolverton pela Campus (1989)
>>> Ensayos Sobre Narrativa Francesa Contemporánea de Willi Hirdt pela Alfa (1984)
>>> A Filosofia da Medicina Oriental de Georges Ohsawa 5ª Edição pela Associação Macrobiótica (rs) (1977)
>>> La Muerte En El Alma - los Caminos de La Libertad III de Jean Paul Sartre pela Losada (1967)
>>> A Sociedade e o Crime de Luís de Carvalho e Oliveira pela Arcádia (lisboa Portugal) (1960)
>>> São José do Norte Aspectos Linguístico-etnográficos do Antigo Municípi de Heinrich A. W. Bunse (2ª Edição) pela Mercado Aberto (1981)
>>> Daemon de Daniel Suarez pela Planeta do Brasil (2011)
>>> Gustavo Cisneros: un Empresario Global de Pablo Bachelet pela Planeta (buenos Aires) (2004)
>>> Guia do Acervo do Arquivo Museu de Literatura Brasileira de Eliane Vasconcellos e Laura Regina Xavier pela Casa de Rui Barbosa (2012)
>>> Lista Vermelha de Animais Ameaçados de Extinção no Estado do Para de Márcia de Guadalupe, Olaf Mielke e Outros pela Sema; Piab (1995)
>>> Redigindo a Sentença Cível 5ª Edição de Elpídio Donizetti pela Lumen Juris (rj) (2008)
>>> Hip Hotels: Paris (em Inglês) de Herbert Ypma pela Thames & Hudson (2007)
>>> A Máquina de Xadrez - 2ª Edição de Robert Löhr pela Record (2007)
>>> Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (rename) de Ministério da Saúde - 5ª Edição pela Ministério da Saúde (2007)
>>> Quem Matou John Maynard Keynes? de W. Carl Biven pela Mcgraw Hill (1990)
>>> Química na Sociedade: Projeto de Ensino de Química Em um Contexto de Eliane Nilvana F. de Castro, Rogério S. Mol pela Unb (1998)
>>> Curso de Direito do Trabalho Aplicado. Parte Geral Vol 1 de Homero Batista Mateus da Silva 3ª Edição pela Revista dos Tribunais (2015)
>>> Antes Tempos Depois: Pequenos Ensaios de Roberto Cavalcanti de Albuquerque pela José Olympio (2007)
>>> Na Imprensa... Coletânea de Artigos (1987 - 2004) de Ives Gandra da Silva Martins (capa Dura) pela Do Brasil (2005)
>>> Antes Tempos Depois: Pequenos Ensaios de Roberto Cavalcanti de Albuquerque pela José Olympio (2007)
>>> Cultura del Renacimiento - Tercera Edicion de Robert F Arnold (capa Dura) pela Labor (barcelona Espanha) (1936)
>>> Reengenharia do Setor Público: as Bases para a Construção do Esta de Francisco Paulo de Melo Neto pela Quartet (1995)
>>> O Novo Oriente Médio de Shimon Peres pela Relume Dumará (1994)
>>> Expedições Militares Contra Canudos: Seu Aspecto Marcial de Tristão de Alencar Araripe pela Bibliex (1985)
>>> Petrobrás: um Monopólio Em Fim de Linha de Gilberto Paim pela Topbooks (1994)
>>> Estratégia Militar e Desarmamento de Nelson Freire Lavenère Wanderle pela Bibliex (1971)
>>> O Estado Super Desenvolvido de Gilberto Mathias e Pierre Salama pela Brasiliense (1983)
>>> Manual da Constituição - 2ª Edição de Themistocles Brandão Cavalcanti pela Zahar (1963)
>>> Jesus de Nazaré: Esplendor no Ocidente de Marco Aurélio Baggio pela Compos (bh) (2002)
>>> O Demônio da Barba Manchada de Rodolfo Gomes Pessanha pela Saint Paul (niterói) (1991)
>>> Três Faces de uma Cidade de José Aparecido de Oliveira pela Gdf (1987)
>>> O Problema do Trabalho de Alceu Amoroso Lima (2ª Edição) pela Agir (1956)
>>> O Homem do Gravador de Jean Jaques Abrahams pela Imago (1978)
>>> Fresno Contra o Mundo; o Passado Secreto do Nazismo no Brasil de Rolling Stone, Nº 51 de 2010 pela Spring (2010)
>>> Em Casa Com Deborah Secco; Keith Richards Arquivo Rs de Rolling Stone, Nº 53 pela Spring (2011)
BLOG >>> Posts

Segunda-feira, 29/1/2007
Entrevista a Ademir Pascale

+ de 2100 Acessos
+ 6 Comentário(s)

Sim, mais uma entrevista — a primeira do ano. Desta vez, a Ademir Pascale Cardoso, do site Cranik. Fora a história do Digestivo, que eu sempre conto, um ou outro insight sobre o futuro do livro, da língua no Brasil e da educação nas escolas. Fica ainda como presente de aniversário ao contrário, aos Leitores do site. Bom proveito! — JDB

Minibiografia:
Julio Daio Borges nasceu em São Paulo, a 29 de janeiro de 1974. Estudou Engenharia Elétrica, com ênfase em Computação, na Poli/USP, e foi redação nota 10 da Fuvest em 1992. Iniciou sua atividade de colunista independente em 1997, com um artigo crítico sobre sua faculdade, na época da formatura, que foi parar na coluna de Luis Nassif, na Folha. Mexe com internet desde 1995, trabalhou nos bancos Itaú e Real, sempre com tecnologia, e montou o Digestivo Cultural em 2000, depois de experiências com seu site pessoal. Dirige um grupo de Colunistas e Colaboradores desde 2001, trabalha com Parceiros e Anunciantes desde 2003, editou uma revista em papel com a FGV/SP em 2004, ultrapassou a marca dos 100 mil Leitores (visitantes-únicos) em 2005 e, desde 2006, trabalha em um projeto para editar o melhor do Digestivo em livro.

1. Quando e por que o site Digestivo Cultural foi ao ar?
O Digestivo Cultural, como newsletter, começou em setembro de 2000 e o respectivo site foi ao ar no final do mesmo ano. Eu já vinha fazendo experiências com jornalismo e internet desde 1997 — como colunista independente —, mas achava que precisaria montar uma revista eletrônica, com outros colaboradores, para saber qual o real alcance da coisa. O Digestivo mistura, desde então, meu interesse pessoal por cultura (e por jornalismo cultural) com a minha afinidade por tecnologia, que cultivo desde a adolescência e infância. O Digestivo Cultural surgiu também porque, além de tudo isso, eu achava que havia uma grande lacuna em termos de jornalismo cultural na internet brasileira.

2. Por que o nome Digestivo Cultural?
Porque eu queria falar de cultura na internet e porque, em 2000, eu achava que só poderia fazer isso de forma "digestiva". Ou seja: de maneira breve, concisa e minimamente interessante para o leitor. Digestivo Cultural, o nome, surgiu de um insight — que, como todo insight, não tem muita explicação, mas já teve várias interpretações. No fundo, eu queria mostrar que a cultura não era um bicho-de-sete-cabeças, podia ser divertida e absorvível por qualquer pessoa.

3. Qual a receptividade e público alvo do Digestivo Cultural?
A receptividade foi boa desde o começo, as pessoas, em geral, simpatizam imediatamente com o nome e o site se beneficiou do retorno à escrita e à leitura com o advento do e-mail desde os anos 90. Agora com a queda do preço dos computadores pessoais, e com o maior acesso da chamada classe C à internet, o Digestivo vem registrando um crescimento quase exponencial desde 2005. Hoje estamos com, aproximadamente, 5 mil visitantes-únicos/dia (150 mil/mês), 15 mil páginas navegadas/dia (450 mil/mês) e quase 20 mil inscritos na nossa Newsletter. E Parceiros como: Livraria Cultura, Companhia das Letras, Casa do Saber e Chakras, entre outros — são mais de dez no momento; fora Anunciantes como o Google e o Submarino.

4. No total, quantas pessoas trabalham hoje no Digestivo Cultural e como você seleciona seus Colunistas e Colaboradores?
Fora eu, que sou o Editor, o Digestivo tem 15 Colunistas fixos, mais 10 Colaboradores esporádicos, um Assistente Editorial, uma Assistente de Produção e duas Ilustradoras (webdesigners) freelancers. Sobre a seleção dos Colunistas e Colaboradores, acontece ou por indicação ou por afinidade. No primeiro caso, um Colaborador antigo indica um novo; no segundo, um potencial Colaborador se aproxima do Digestivo porque já o lê, sabe como ele funciona, entende o espírito da coisa, e acaba, às vezes, até se tornando Colunista fixo. O critério principal é a qualidade do texto. E tem de fazer jornalismo cultural...

5. Com o crescimento da internet e da inclusão digital para os menos favorecidos, você acredita que os e-books, poderão um dia tomar o lugar dos livros impressos? Ou isso não acontecerá, ou está muito longe de acontecer? Qual a sua opinião?
Eu acho que pode acontecer, sim. E não só por causa da inclusão digital, mas porque o próprio PDF — formato já consagrado há anos — é muito prático para quem quer disponibilizar livros na internet. Li uma meia dúzia de livros, no ano passado, a partir de PDFs da internet que eu mesmo baixei e imprimi. Dois deles foram os primeiros livros de contos de Daniel Galera e Daniel Pellizzari, em edição original da Livros do Mal, disponível nos seus respectivos sites. Lógico que existe diferença entre um livro comprado na livraria e um PDF impresso na impressora, mas isso não inviabiliza a leitura — às vezes, pelo contrário, até estimula.

6. Você acredita que a internet possa interferir nas variações diatópicas, excluindo cada vez mais as variações fonéticas em nosso país?
Não, porque outras mídias e outras formas de comunicação vieram, como o rádio e a televisão, e não excluíram. Ou então, se você não concordar, a internet pode "excluir" na mesma medida em que o rádio e a televisão já "excluíram". Na realidade, até penso que a internet pode vir a valorizar a cultura regional e local — embora essa não seja exatamente a minha especialidade... As ferramentas de publicação on-line, inclusive, permitem que a comunicação seja democratizada e que ela não dependa só dos grandes centros emissores de antes.

7. Você acha importante incentivar mais a norma culta e a gramática normativa na internet? Qual a sua opinião?
Nunca pensei nesses termos quando montei o Digestivo Cultural. Acontece que eu venho da tradição do jornalismo escrito, e da literatura, então mais ou menos sigo as "normas" deles. No site, achamos importante que haja uma certa padronização de formatos, ainda que haja estímulo para que cada um desenvolva sua própria linguagem, seu próprio estilo. Se você estiver atento às sutilezas, vai perceber que a Ana Elisa Ribeiro (MG) não escreve igual à Adriana Baggio (PR), que, por sua vez, não escreve igual ao Rafael Rodrigues (BA), que não escreve igual ao Luis Eduardo Matta (RJ), que não escreve igual à Elisa Andrade Buzzo (SP) — e assim por diante... A "norma culta" e a "gramática normativa", como você diz, são uma opção nossa, talvez, mas não vejo como uma obrigatoriedade para todos os sites.

8. Devido ao gigantesco interesse dos jovens pela internet e seus "derivados" — como Orkut, blogs, MSN, MP3, etc. —, as escolas públicas não deveriam repensar seu método de ensino e estimular o aluno para que interaja mais nesse campo lexical?
Sim, eu acho que deveriam; mas não só as escolas públicas, as escolas em geral. Na verdade, o "método de aprendizado" — se é que podemos chamá-lo assim — já mudou, porque o acesso à informação, com a internet, tende a ser pleno. Fica mais difícil, então, impor um "currículo" a cada nova geração de internautas, porque, graças à WWW, eles podem estudar os assuntos que quiserem, na ordem em que quiserem. O ensino, em qualquer nível, terá de ser interativo, dando abertura para sugestões, até estruturais, dos alunos. Na minha época, os professores atentos a isso eram poucos — espero que, hoje, tenham aumentado...

9. Joanne Kathleen Rowling teve uma grande importância no incentivo a leitura dos jovens, com a criação do personagem Harry Potter. Crianças que odiavam ler, hoje pedem livros com mais de 500 páginas nas cartinhas para o Papai Noel e, voltando à questão do ensino público, você não acha que os jovens teriam um melhor aproveitamento em sala de aula com livros semelhantes aos de J. K. Rowling?
Não sei; não é uma questão fechada para mim. Até porque fui um adolescente atípico: eu lia José de Alencar, Machado de Assis, Mário de Andrade, Jorge Amado e gostava. Existe uma discussão, que vem de longe, sobre a validade ou não de fenômenos com Harry Potter. O crítico Harold Bloom não aprova e o brasileiro Sérgio Augusto uma vez afirmou, num ensaio, que "quem começa lendo chorumelas, termina lendo chorumelas" — ou seja, para eles não existe esse "salto" da literatura de entretenimento em relação à alta literatura. No meu caso ainda, na adolescência também li best-sellers como os de Stephen King e Clive Barker, até porque meus amigos liam, mas tenho sérias dúvidas se foram eles que me levaram a Nélson Rodrigues, Paulo Francis e Rubem Fonseca, embora fossem muito divertidos. A meu ver — como já disse aqui —, é a internet que está aumentando, mais do que os livros, os índices de leitura e escrita.

10. Pedagogia Libertária ou Ensino Bancário? Qual a sua preferência e por quê?
Não sei se entendo tanto do assunto para responder corretamente. No meu ponto de vista, a Web empurra cada vez mais as pessoas para o autodidatismo, para os cursos mediados pela tela do computador e para a educação continuada, porque o fluxo de informação (e, por conseguinte, a formação) é permanente. Os estímulos das mídias são cada vez em maior número e os esforços da pedagogia, qual seja, é só mais um deles. Numa era de tanto relativismo cultural como a nossa, ninguém tem sempre razão; até para eleger um caminho ou outro é complicado. Minha sugestão é fazer como faço aqui no Digestivo: aposto mais nas pessoas do que nas coisas. As pessoas certas trarão as respostas; tem sido a minha aposta desde 2000.


Postado por Julio Daio Borges
Em 29/1/2007 à 00h46


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Despedida Jarbas Vasconcelos de Julio Daio Borges
02. Fatwa de Alexandre Soares Silva


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
29/1/2007
11h13min
Tive imenso prazer em conhecer fatos da sua vida, Julio, e em ler a entrevista que conta o trajeto do seu sucesso - que eu desejo seja sempre crescente. Meus votos de felicidade. Rina.
[Leia outros Comentários de Rina Bogliolo Siriha]
29/1/2007
12h47min
Julio, muito boas as tuas respostas. Sobretudo, no que tange a urgência de novos métodos de ensino nas escolas - mais antenados com as mudanças culturais e tecnológicas. Achei importante também você se esquivar daquela insinuação sobre JK Rowling e Harry Potter, deixando claro que porcarias literárias não devem ser incluídas nesse pacote. Estou com o Harold Bloom, com o Sérgio Augusto e com Julio Daio: separar o joio do trigo é fundamental, em qualquer reforma, mudança ou revolução que se faça.
[Leia outros Comentários de Joel Macedo]
29/1/2007
14h49min
Oi, Julio, tudo bem? Sou Érico Sabn Juan, cartunista de Piracicaba (a terra do humor). Bacana o progresso do Digestivo. Acompanho o site faz uns dois anos, gosto de seu trabalho, aglutinador de talentos. Aproveito e convido você - e a seus leitores - a visitar meu blog de charges e ilustrações. Atualizado diariamente, meu blog já mereceu comentário elogioso de Marcelo Coelho, em seu blog na Folha de S. Paulo. Valeu pela atenção, um abraço!
[Leia outros Comentários de Érico San Juan]
29/1/2007
18h46min
Em meio a tanto lixo, o Digestivo Cultural nos brinda com uma dose de maestria e motivação. Cumprimentos ao Editor, Julio Daio Borges, e tbém. ao jornalista Ademir Pascale, autor da excelente (e esclarecedora) entrevista. Lygia Dias de Toledo, bibliotecária (Juiz de Fora-MG).
[Leia outros Comentários de Lygia Dias de Toledo]
30/1/2007
10h15min
Primeiramente, quero parabenizar Julio pelo seu aniversário. Só hoje li o Digestivo, que está cada vez melhor. São pessoas como o Julio que fazem com que a literatura, embora em forma um site, seja realmente "digerida". Um abraço a todos os colunistas e ao Julio, em particular. Sou também de janeiro e os nascidos neste mês são empreendedores. Congratulações. Maura Soares, Florianópolis, SC
[Leia outros Comentários de Maura Soares]
3/2/2007
16h29min
Fico feliz com o prestígio do site, que vem aumentando a cada dia. E gostei muito do que você falou sobre os e-books e, principalmente, da última frase: "As pessoas certas trarão as respostas; tem sido a minha aposta desde 2000", que resume bem o espírito deste site, meu companheiro há 5 anos. Grande abraço. Julio Cesar Corrêa, Rio de Janeiro
[Leia outros Comentários de Julio Cesar Corrêa]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




UMA AJUDA LÁ DE CIMA
CATHERINE LANIGAN
BUTTERFLY
(2007)
R$ 11,89



MÉTODO DE ANÁLISE DE INVESTIMENTOS EM AÇÕES
WAUILIAN SEIXAS
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00



A NOVA DISCIPLINA DA CAPACIDADE CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS
MARIANA OLIVEIRA DE SÁ UND FERNANDA C. LOPES CARDOSO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 293,00



A LUA É DOS NAMORADOS
PAULO MOURA
PÉ DA LETRA
(2007)
R$ 10,00



250 RAÇÕES BALANCEADAS PARA SUÍNOS
CLAUDIO CID VALVERDE
AGROPECUÁRIA
(1997)
R$ 23,00



DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - SÉRIE GESTÃO DE PESSOAS - 2ª EDIÇÃO
HELENA TONET E OUTROS
FGV
(2010)
R$ 10,00



FARSA DE INÊS PEREIRA - AUTO DA BARCA DO INFERNO - AUTO DA ALMA
GIL VICENTE
MARTIN CLARET
(2008)
R$ 8,00



A RELÍQUIA - COLEÇÃO LIVROS O GLOBO Nº 2
EÇA DE QUEIRÓS
O GLOBO-KLICK ED.
(1997)
R$ 6,00



PERCEPÇÃO DOS CONDUTORES DE TRANSPORTE DE TORAS NA AMAZÔNIA LEGAL
FRANCIANE SCHIO UND MARIANA P. L. C. CARVALHO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



O MILAGRE DA MANHÃ - 1ª EDIÇÃO
HAL ELROD & MARCELO SCHILD ( TRADUÇÃO )
BEST SELLER
(2018)
R$ 31,95





busca | avançada
22804 visitas/dia
1,1 milhão/mês