O Diário de Anne Frank | Nanda Rovere | Digestivo Cultural

busca | avançada
51984 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Sempre um Papo recebe lançamento de Lívia Sant’Anna Vaz
>>> ANUAL DE ARTE FAAP ABRE AO PÚBLICO NO DIA 30 DE NOVEMBRO
>>> JOSYARA FAZ SHOW NO SESC BELENZINHO
>>> Revista Úrsula na Copa
>>> Mostra Contemporânea de Natal - Vai na Fé - no Museu de Arte Sacra
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Desapega, só um pouquinho.
>>> Menos, Redentor. Menos
>>> Sou grato a Deus
>>> Água das águas
>>> Súplica
>>> Por que me abandonastes
>>> Política na corda bamba
>>> Aonde anda a liberdade
>>> Calar não é consentir
>>> Eu já morri, de Edyr Augusto
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ode a Pablo Neruda
>>> Duetos com Renato Russo
>>> Eureca!
>>> A secretária de Borges
>>> Saint-John Perse: o oxigênio da profundeza
>>> Ela tem um blog?
>>> 8 de Abril #digestivo10anos
>>> Vanguarda e Ditadura Militar
>>> Querem proibir as palavras
>>> WikiLeaks, uma arma contra o abuso de poder
Mais Recentes
>>> Sonhos Lúcidos - uma Iniciação ao Mundo dos Feiticeiros de Carlos castaneda pela Nova Era (1993)
>>> Matematica Financeira de Augusto c. morgado benjamin cesar pela Elsevier (2006)
>>> Escolas da Floresta: Entre o Passado Oral e o Presente Letrado de Nietta Lindenberg Monte pela Multiletra (1996)
>>> Samurai Saburo Sakai de Martin caidin e fred saito pela C & R Editorial (2014)
>>> O taro zen, de osho de Paulo rebouças pela Cultrix (2006)
>>> O taro zen, de osho de Paulo rebouças pela Cultrix (2006)
>>> O taro zen, de osho de Paulo rebouças pela Cultrix (2006)
>>> Estatistica basica de Wilton de o. bussab pedro a. morettin pela Saraiva (2010)
>>> Ecg Essencial - Eletrocardiograma na Prática Diária de Malcolm S. Thaler pela Artmed (2008)
>>> O vampiro que descobriu o brasil de Ivan jef pela Atica (2019)
>>> Pilates para Você um Guia Completo para Pratica de Pilates Em Casa de Ann Crowther e Helena Petre pela Madras (2010)
>>> Òrun Àiyé: o Encontro de Dois Mundos de Jose beniste pela Bertrand Brasil (2013)
>>> Ecos do Cinema de Lumière ao Digital de Ivana bentes pela Ufrj (2007)
>>> A Doença Como Caminho de Thorwald dethlefsen rudiger dahlke pela Cultrix (2007)
>>> Redes de Computadores Guia Total de Lindeberg barros de sousa pela Érica (2009)
>>> O Efeito Nocebo de Roger de lafforest pela Siciliano (1991)
>>> O Poder da Ação de Paulo vieira, phd pela Gente (2015)
>>> Como Se Iniciar na Bruxaria de Hans holzer pela Record (1980)
>>> Mulheres que correm com os lobos de Clarissa pinkola estes pela Rocco (1994)
>>> Linguagem de corpo de Cristina cairo pela Mercuryo (2009)
>>> Lilith: a Lua Negra de Roberto sicuteri pela Paz e Terra (1998)
>>> Lilith: a Lua Negra de Roberto sicuteri pela Paz e Terra (1998)
>>> A Arte de Escutar de Carla faour pela Agir (2009)
>>> Gabo Periodista de Héctor Feliciano pela Fnpi (2014)
>>> Treinamento Desportivo, Carga, Estrutura e Planejamento de Prof. Dr. Armando Forteza de La Rosa pela Phorte (2008)
COLUNAS

Segunda-feira, 6/10/2003
O Diário de Anne Frank
Nanda Rovere

+ de 7200 Acessos
+ 1 Comentário(s)

A Editora Record acabou de lançar a que foi chamada edição definitiva do livro O Diário de Anne Frank.

Anne nasceu em Frankfurt em 1929, mas foi ainda criança para Amsterdã. Sua família teve que fugir da Alemanha para a capital da Holanda, em virtude das perseguições nazistas.

Tinha uma vida normal, salvo as proibições que ao longo dos anos os alemães impuseram aos judeus... até ser obrigada a ficar reclusa, distante do mundo.

A vida na Holanda não era tranqüila, pois a liberdade dos judeus era restringida por decretos anti-semitas, tais como: os judeus deveriam usar uma estrela amarela; não podiam andar nem de carro nem de bonde; deveriam fazer compras somente entre três e cinco horas da tarde; havia toque de recolher entre oito da noite e seis da manhã; deveriam freqüentar escolas judias, etc. De qualquer maneira, a vida continuava, mas a família de Frank resolveu se esconder num anexo do prédio onde ficava o escritório do pai de Anne, Otto Frank, quando Margot, irmã de Anne, estava correndo perigo de ir para um campo de concentração.

Durante dois anos, oito pessoas ficam escondidas no local. O contato com o mundo externo vinha através do rádio e das pessoas que os ajudaram.

O diário que Anne ganhou de presente de aniversário, algum tempo antes da ida para o esconderijo, foi o seu grande companheiro durante os dois anos em que esteve escondida. O Diário engloba o período que vai de junho de 1942 a agosto de 1944 e se constitui num interessante registro sobre o Holocausto, sob a visão do povo judeu.

No livro, através do diário de uma adolescente, entramos em contato com a história da época e com as arbitrariedades nazistas. Além disso, viajamos pelas alegrias e angústias da personagem principal; sua relação tumultuada com a mãe; seu primeiro amor e a sua força de viver, mesmo diante de tanto sofrimento. Anne nunca perdeu a esperança de um mundo mais justo!

Anne ficou sabendo pelo rádio que o governo pretendia recolher testemunhas oculares do sofrimento do povo holandês durante a ocupação alemã e organizou o seu diário, com a intenção de publicá-lo após o término da guerra. No dia 4 de agosto, no entanto, o esconderijo foi descoberto, e os seus moradores levados para o campo de concentração. O diário foi encontrado por uma das pessoas que ajudaram as duas famílias e entregue ao pai de Anne, o único sobrevivente.

A primeira edição foi publicada em 1947 pelo pai de Anne, com cortes e o uso de pseudônimos. Depois vieram outras versões, cada uma com material complementar que havia sido omitido na anterior.

Em 1995 foi lançada uma versão que achavam ser a definitiva, mas foram descobertos manuscritos inéditos, o que resultou no lançamento dessa nova edição. Nela foram acrescentados alguns comentários e os nomes verdadeiros de algumas pessoas que ajudaram as duas famílias no esconderijo.

Muitas vezes a veracidade dessa obra foi questionada. Evidências compiladas pelo Professor Robert Faurisson demonstraram que o famoso Diário é uma fraude literária. Os manuscritos de Anne foram doados para o Instituto de Documentação de Guerra dos Países Baixos (RIOD) na Alemanha, o qual provou (pelo menos garante que provou) a autenticidade da obra.

Se foi Anne quem escreveu ou não essa obra, não importa muito. Alguém escreveu! Como historiadora, no entanto, defendo a veracidade dos fatos históricos e, se houve realmente fraude quanto à criação do Diário, isso precisa ser esclarecido definitivamente. A obra não perde o seu valor literário, mas o seu valor histórico fica comprometido.

De qualquer maneira, a reedição do Diário de Anne Frank veio em boa hora. Tantos conflitos pelo mundo (Oriente Médio, Estados Unidos versus Iraque, Paquistão versus Cachemira, etc.) e fico pensando: quantas crianças viveram ou estarão vivendo a mesma agonia de Anne Frank? A vida dessa adolescente foi realidade ou ficção?

A II Guerra Mundial foi um dos momentos mais tristes de nossa história e é muito entristecedor presenciar uma situação mundial tão instável! Nestes quase 60 anos do Pós-II Guerra, os seres humanos deveriam ter compreendido que a violência e a ânsia de poder não leva a nada, mas infelizmente a morte de seres humanos inocentes não sensibiliza muitas pessoas.

Já havia lido essa obra há alguns anos, e posso dizer que atualmente me emocionou muito, pois seu grande mérito é retratar o sofrimento de um povo perante a barbaridade do nazismo. Deveria servir de exemplo para que não houvesse mais conflitos no mundo.

O Diário de Anne Frank é um clássico da literatura mundial e deve ser lido por todos os que sonham com a paz e harmonia entre os homens.

Para ir além



No Centro da Cultura Judaica - Casa de Cultura de Israel (Rua Oscar Freire, nº 2500; Tel.: 11 3065-4333) está em cartaz a exposição "Anne Frank - Uma História para Hoje" até o dia 8 de outubro de 2003.

São 28 painéis digitalizados e impressos a cores, com reproduções de fotografias dos álbuns da família Frank e de seus arquivos históricos. A história de Anne Frank é contada através da perspectiva da família Frank, e o público entra em contato com o Holocausto através do depoimento de sobreviventes.


Nanda Rovere
São Paulo, 6/10/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Literatura, quatro de julho e pertencimento de Guilherme Carvalhal
02. A literatura de Marcelo Mirisola não tem cura de Jardel Dias Cavalcanti
03. Transformação de Lúcifer, obra de Egas Francisco de Jardel Dias Cavalcanti
04. Em 2016, pare de dizer que você tem problemas de Fabio Gomes
05. Daniel Piza: uma lanterna cultural de Wellington Machado


Mais Nanda Rovere
Mais Acessadas de Nanda Rovere em 2003
01. Patrícia Melo mergulha no ciúme e na loucura - 15/9/2003
02. O Diário de Anne Frank - 6/10/2003
03. Ler é entrar num mundo de sonhos e descobertas - 13/10/2003
04. Deus Sabia de Tudo e Não Fez Nada - 17/7/2003
05. Grupos de teatro do Rio e de São Paulo em Paraty - 25/8/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
31/1/2004
16h49min
[Leia outros Comentários de Danielle mara ]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Obra Poética Ii: Poemas de Alberto Caieiro: Pocket 489 - Confira !!!
Fernando Pessoa
L&pm Pocket
(2006)



Crescer Em Comunhão pela Força do Espírito Santo
Caderno do Adolescente Vol. V
Vozes
(1981)



Meu Reino por um Cashmere
Ana Cristina Reis
objetiva



O Romance da Astrologia 3 Volumes
Omar Cardoso
Iracema



Os 100 Segredos dos Bons Relacionamentos
David Niven
Sextante
(2003)



Livro - A Arte Mesopotâmica e Persa (col. Saber Ver a Arte)
Jaime Alvar Ezquerra
Martins Fontes
(1991)



No Compasso do Coração
Elizabeth Adler
Record
(2002)



Os Astronautas de Yaveh
J. J. Benítez
mercuryo
(1989)



Socialismo no Século Xxi. Coleção Socialismo Em Discussão
Juarez Guimarães
Fundação Perseu Abramo
(2007)



Ganhando o Jogo
Dr. Pierre Mornell
Fundamento
(2003)





busca | avançada
51984 visitas/dia
2,0 milhão/mês