Simpatia pelo Demonio, de Bernardo Carvalho | Jardel Dias Cavalcanti | Digestivo Cultural

busca | avançada
75735 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Oficina de Objetos de Cena nas redes do Sesc 24 de Maio
>>> Lançamento: livro “A Cultura nos Livros Didáticos”, de Lara Marin
>>> Exposição coletiva 'Encorpadas - Grandes, largos, políticos: corpos gordos'
>>> Clássicos da Literatura Unesp ganha mais cinco títulos
>>> Bertolt Brecht inspira ÉPICO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
>>> A Velhice
>>> Casa, poemas de Mário Alex Rosa
>>> Doutor Eugênio (1949-2020)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
>>> Clownstico de Antonio Ginco no YouTube
>>> A Ceia de Natal de Os Doidivanas
>>> Drag Queen Natasha Sahar interpreta Albertina
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Itinerário de leituras on-line
>>> Sobre caramujos e Omolu
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Comum como uma tela perfeita
>>> Revista Meio Digital
>>> Do jornalismo como performance
>>> A Nova Revista da Cultura
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> A Teoria Hipodérmica da Mídia
>>> Os prédios mais feios de SP
Mais Recentes
>>> Valsa Negra de Patrícia Melo pela Companhia das Letras (2003)
>>> Um Fio de Esperança de Nancy Guthrie pela Mundo Cristão (2008)
>>> Oblomov de Ivan Alexandrovitch Gotcharov pela Germinal (2001)
>>> O Apanhador no campo de centeio de Jorio Dauster; Antonio Rocha; Alvaro Alencar pela Do Autor (2012)
>>> Auto-sentimento de Norberto R. Keppe pela Proton (1977)
>>> A Nova Dieta Revolucionária do Dr. Atkins de Roberto Atkins pela Círculo do Livro (1972)
>>> Fé e Liberdade - O Pensamento Eco. da Escolástica de Alejandro A. Chafuen pela Lvm (2019)
>>> Serenidade e Paz pela Oração de Rafael Llano Cifuentes pela Do Autor (2002)
>>> Trilogia de Cinquenta tons de cinza. Vol.1 , Vol. 2 e Vol. 3 de E L James; E L James; Maria Carmelita Padua Dias pela Intrinseca (2012)
>>> Quando Tudo Não é o Bastante de Harold S. Kushner pela Nobel (1999)
>>> Febre de Enxofre de Bruno Ribeiro pela Penalux (2016)
>>> Grandes e novas Invenções de Não informado pela Knorr
>>> No Início - Contos de Adriana Griner pela Biblioteca Pública do Paraná (2014)
>>> Parâmetros Curriculares Nacionais - Vol 6 de Não informado pela Arte (1997)
>>> O Alquimista de Paulo Coelho pela Rocco (1988)
>>> Namoro blindado: O Seu Relacionamento à Prova De Coração Parido EAN: 9788578607654 de Renato & Cristiane Cardoso pela Thomas Nelson (2016)
>>> Navegar é preciso de Anaína Amado; Ledonias Franco Garcia pela Atual Didáticos (1989)
>>> Conte-me seus sonhos de Sidney Sheldon pela Record (2000)
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis pela Globo/Klick (1997)
>>> O poder das afirmações positivas - Coleção Autoestima EAN: 9788575421680 de Louise Hay pela Sextante (2005)
>>> As Melhores Histórias de Princesas de Monica Rodrigues da Costa e Lidia Chaib Adaptação pela Publifolha (2000)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 24. Crônicas 3º Volume (1871 - 1878) de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 23. Crônicas 2º Volume (1864 - 1867) de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> A Viola Enluarada De Zequinha Piriri EAN: 9788526231771 de Rosana Rios pela Scipione (1997)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 22. Crônicas 1º Volume (1859 - 1863) de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 21. Contos Fluminenses II de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 20. Contos Fluminenses I de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 19. Teatro de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 18. Poesias de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 17. Relíquias Da Casa Velha 2º Volume de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 16. Relíquias Da Casa Velha 1º Volume de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 15. Páginas Recolhidas de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> O melhor de Hagar o horrível – vol. 3: 441 EAN: 9788525412195 de Dik Browne pela L&PM Pocket (2007)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 14. Várias Histórias de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Dicionário Ilustrado da Língua Portuguesa 7 volumes de Antenor Nascentes pela Bloch (1972)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 13. Histórias sem Datas de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 12. Papeis avulsos de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 11. Histórias Românticas de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 10. Histórias da Meia Noite de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 09. Memorial de Ayres de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 08. Esaú e Jacó de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Um Maço de Cordéis: Lições de Gente e de Bichos EAN: 9788594980922 de Gilberto Cardoso pela C j a (2019)
>>> Um Maço de Cordéis: Lições de Gente e de Bichos EAN: 9788594980922 de Gilberto Cardoso pela C j a (2019)
>>> Crise Do Marxismo E Irracionalismo Pós-Morderno EAN: 9788524904677 de João E Evangelista pela Cortez (2002)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 07. Dom Casmurro de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 06. Quincas Borba de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 05. Memórias Póstumas de Braz Cubas de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Meditacoes Para A Manha E Para A Noite de Louise L Hay pela Sextante (1999)
>>> Geração Geek Pokemon Go de Carlos Kataoka pela Geek (2016)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 04. Yayá Garcia de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
COLUNAS

Terça-feira, 27/9/2016
Simpatia pelo Demônio, de Bernardo Carvalho
Jardel Dias Cavalcanti

+ de 3600 Acessos



Um livro impactante. É o mínimo que se pode falar do romance Simpatia pelo Demônio, que Bernardo Carvalho acaba de lançar, pela editora Companhia das Letras.

Abrindo com o bisturi da linguagem, sem anestesia geral, o corpo das relações de amor e de guerra, para mostrar o quanto os dois universos se alimentam de forças humano-demoníacas, o livro de Carvalho nos faz mergulhar nos intricados universos do terrorismo político/religioso e das tramas do coração como se fossem o mesmo campo de força.

O escritor decidiu colocar sobre a mesa operatória esses dois corpos que se mutilam em nome da redenção (o amor e o terrorismo religioso/político) e a consequência é que o leitor é obrigado a tocar, cheirar e provar dessas entranhas que movimentam as forças do mal, criadas essencialmente pelos homens em sua busca pela totalidade.

Da defesa irracional que os homens fazem do “narcisismo coletivo a que chamamos nação”, ao desespero e artimanhas criados pela necessidade de amor, o livro abre as feridas da máquina infernal que é o ser humano.

A literatura de Bernardo Carvalho é construída através de cortes que vão nos fazendo pular de uma ação à outra, entre o tempo presente e as reminiscências, deslocando seu personagem do campo do terrorismo para o campo das lembranças amorosas, criando no leitor a intensidade do perigo que envolve as duas ações.

Para ficar mais claro, vamos à trama de Simpatia pelo Demônio. O principal personagem do livro, chamado Rato, é um funcionário de uma agência humanitária, estudioso da questão da violência, que recebe como missão entrar em uma zona de guerra comandada por radicais islâmicos e pagar o resgate por um refém. A trama se passa no momento em que Rato, em situação de perigo, se vê preso a um quarto de hotel ao lado de um terrorista que tem o corpo coberto de explosivos, depois que acontece uma explosão de um carro bomba na frente deste mesmo hotel em que está hospedado. Narrando esta situação de perigo de morte iminente, através de cortes na narrativa, vai se reconstituindo a memória da aventura amorosa de Rato com um homem que conheceu em um teatro em Berlin.

Tanto a situação de guerra como a situação amorosa em que Rato se meteu, são descritas como reflexo do colapso de sua vida. Casamento, carreira e família sobre um precipício o levam a dois precipícios maiores (campo de guerra e paixão irracional), razão talvez porque cair nestes desfiladeiros seja uma opção: Fausto buscando Mefistófeles.

A literatura de Bernardo Carvalho não tem piedade quanto a mexer nas entranhas do demônio. E o sangue respinga impiedosamente sobre o leitor. Seus personagens não são vítimas, mas são seres humanos em busca da completude, mas que pagam com o terror, a morte, a desolação, a irracionalidade as consequências de seus atos. “Vítima era a última coisa que o Rato queria representar naquela farsa. Não sentia nem estava se fazendo de vítima. Ao contrário, estava cego e apaixonado, pronto para ir à guerra e para matar, se preciso fosse.”

Na avaliação do romance, tanto a situação política das guerras preventivas (combate ao terrorismo) como as situações do coração de Rato (e porque não de Chihuahua, seu amante) não passavam “de um mecanismo de defesa já comprometido, como o das células enganadas por um vírus”. E as duas situações podem ser resumidas na ideia que o romance faz do amor, portanto qualificando a situação da dominação política, que gera a guerra e o terrorismo, como a mesma que trama o enredo dos amantes: “Talvez seja só isso o amor, a possibilidade entre um parasita e seu hospedeiro.”

O amante, tal como os países imperialistas, é um “vampiro disfarçado de donzela”. Na base disso, a definição da natureza do homem como um predador por instinto. O homem faz as suas guerras e constitui as suas relações amorosas usando os mesmos instrumentos para sua realização, é o que nos joga na cara a literatura de Bernardo Carvalho.

Um outro personagem importante em Simpatia pelo Demônio, é a terapeuta de casais. Ela amplia com suas falas a dimensão do buraco abismal que é a relação amorosa entre Rato e Chihuahua. E nos faz pensar também nas relações políticas entre os países, não deixando a culpa apenas sob responsabilidade de um dos lados.

Em um de seus comentários isso fica claro: “O predador não pode ser incapaz de amar, mas é antes aquele que, ao reconhecer o amor no outro, começa a caçar. A vulnerabilidade desperta os piores instintos. Para o predador, não há diferença entre o generoso e o vulnerável, são ambos fracos. E daí que não vê porque que se sentir agradecido nem culpado pela entrega do outro. (...) A paixão do predador só tem chance de sobreviver como luta entre os iguais, relação entre predadores.”

Se um personagem pede ao outro para agir como ele mesmo age, é como se a resposta à violência só fosse possível com a violência. Ao terror corresponde o terrorismo. “Foi exatamente o que Chihuahua chegou a pedir ao Rato, num momento de sincera tristeza, ao vê-lo desnorteado em suas mãos: pediu que tentasse agir como ele agia, para o bem dos dois.”

Só que o que o romance nos apresenta, é que essa estratégia de relação não criou um bem para os dois, mas o mal para a tortuosa relação. Pois o resultado do instinto humano para a dominação é a angústia e a desolação ainda maior da incompletude: “Sem o Chihuahua, agora ele sabia, não havia ligação cósmica possível, ele estava condenado a pecar.” Mesmo sabendo que “Sade [também] não era alternativa ao amor burguês”, como também a “paz” não era sempre a alternativa para a democracia burguesa.

A imagem dessa intricada relação, que o romance une nas perigosas condições tanto do terrorismo quanto do amor, se traduz como uma busca desenfreada dos humanos pela transcendência em ideais nacionalistas, na realização da vontade de Deus ou na democracia. Transcendência e dominação acabam por se aproximar e seu resultado é a violência. O estupro político/amoroso se realiza apenas no não consentimento, apenas no “desejo dominador” (...), quando invadia à força o interior do corpo dos outros, como se os colonizasse com seu esperma, tomando o que não lhe pertencia, fazendo seu o território alheio”.

Ao nos colocar nessas duas zonas de guerra (a existência particular e os dilemas da contemporaneidade política, onde as notícias estão a berrar na nossa fuça as imagens dos restos humanos que o terrorismo político e religioso fabricam e o fracasso da nossa afetividade num mundo onde os humanos se objetificam), Bernardo Carvalho desprovincianiza nossa literatura, levando nossas percepções a um campo mais aberto, para além do nosso quintal, mesmo que o mal seja a face do espelho do mundo que ele nos oferece.


Jardel Dias Cavalcanti
Londrina, 27/9/2016


Mais Jardel Dias Cavalcanti
Mais Acessadas de Jardel Dias Cavalcanti em 2016
01. Os dinossauros resistem, poesia de André L Pinto - 9/8/2016
02. O titânico Anselm Kiefer no Centre Pompidou - 5/4/2016
03. Tempos de Olivia, romance de Patricia Maês - 5/7/2016
04. A literatura de Marcelo Mirisola não tem cura - 21/6/2016
05. Poesia e Guerra: mundo sitiado (parte II) - 1/11/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PERIGOSA DESCOBERTA
GRAZIELA BOZANO HETZEL
FTD
(1995)
R$ 10,00



NÃO VI E NÃO GOSTEI O FENÔMENO DO PRECONCEITO
RENATO DA SILVA QUEIRO
MODERNA
(1996)
R$ 10,00



ANTROPOLÍTICA Nº 26 - 4154
DIVERSOS
UFF
(2009)
R$ 10,00



CARTA MENSAL JANEIRO Nº 742
ARNO WEHLING ET AL
CNC
(2017)
R$ 10,00



REVELAÇÃO DO RIO DE JANEIRO
EDUARDO TOURINHO
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1964)
R$ 10,00



AS PRIMAVERAS (FAC-SIMILE DA EDIÇÃO ORIGINAL) - 3757
CASIMIRO DE ABREU
IMPRENSA NACIONAL
(1945)
R$ 10,00



RBS - DA VOZ DO POSTE À MULTIMÍDIA
LAURO SCHIRMER
L&PM
(2002)
R$ 10,00



DE MENINA PARA MENINA-COM CONSELHOS DE MARI
INÊS STANISIERE
LEITURA
(2005)
R$ 10,00



A DITADURA DOS CARTÉIS
KURT RUDOLF MIROW
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1978)
R$ 10,00



ORAÇÕES E SANTOS POPULARES
PE. PAULO JOSE SCOPEL
SALLES
(2005)
R$ 10,00





busca | avançada
75735 visitas/dia
2,4 milhões/mês