Insatisfação | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
44089 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 10/12/2003
Insatisfação
Ana Elisa Ribeiro

+ de 4900 Acessos

Às vezes eu me pergunto o que deve ser "estar satisfeito". Talvez eu tenha lembranças vagas dessa sensação. Talvez esteja confundindo com alguma coisa similar. O fato é que estar "satisfeito" se parece, às vezes, com algo insuficiente. Alguém que não está bem o suficiente para estar feliz ou coisa do tipo. Então, está satisfeito. Mas, ao contrário, diz-se que alguém está satisfeito quando terminou de comer e não deseja repetir. Mas também diz-se que essa é a palavra mais elegante para quem quer dizer que está "cheio". Então penso: estou cheia. Coisa de quem está cansado, não agüenta mais. Estar satisfeito lembra alguém que ostente certo sorrisinho permanente. Algo de acomodação. E tenho pensado que se vive melhor nas crises. Mas é que às vezes dá uma tremenda saudade de estar satisfeito. Algo que descanse, que faça esquecer das turbulências. Fazer alguém ficar satisfeito implica encurralá-lo numa cortina de fumaça cremosa. Vida mansa, pacata, alheia. Ficar satisfeito parece coisa para lá de efêmera. Ou eu vivo numa crise quase química. Ou eu vivo, de fato, o que me acontece. E qualquer coisa que eu saiba, que eu veja, que eu pense, pode ser o que me acontece.

Ficar satisfeito com salário é uma coisa quase da alçada do impossível. Qualquer tanto que seja dá vontade de mais. E qualquer qualificação a mais dá vontade de subir mais alto. Acabar de escrever um livro é, de fato, impossível. Não conheço autor satisfeito. O livro fica pronto porque a editora tem prazos, impõe prazos, marca datas. E o autor tem que parar de escrever um dia. Tem que se dar por... satisfeito. E quando o livro chega, o autor o toma nas mãos, lê e pensa: que merda. Ficar satisfeito com o Brasil é algo altamente complexo. O amor por esta terra é da esfera do mistério. Mas é um amor grande. Algo que mistura insatisfação com esperança, e certa dificuldade freudiana.

Ficar satisfeito com a vida costuma dar escaras. E ficar insatisfeito... produz lesões por esforço repetitivo. Fico observando os cachaceiros do bairro e penso: como pode? Como trabalha? Como paga o aluguel? E depois me contam que ele não paga o aluguel. Passa a vida no bar, correndo do dono do apartamento em que é inquilino. Eis o segredo: ser um insatisfeito bêbado.

Psiquiatria barata
Os hipertímicos são pessoas muito inteligentes, ativas e costumam alcançar sucesso profissional. No entanto, a hipertimia é uma categoria psiquiátrica. As pessoas classificadas assim, quando surtam, são capazes de terror. E de suicídio.

Trabalho numa sala bege sem janelas. Isso me oprime como o quê. Às vezes há o som do computador, mas o Kazaa sugou de volta a música do Flávio Venturini que me fazia chorar. Então não sinto mais qualquer emoção nesta sala, nesta tarde. E isso me deixa emocionada como o diabo. Finjo que estou sentada numa mesa com meus amigos virtuais. E não estou. Nem sempre finjo bem.

É um ritual: todos os dias faço tudo sempre igual. O capuccino da manhã, os olhos inchados, a fome de carne de porco, a voz da empregada, o "vai com deus" de mãe, o kadron do carro, o calor, as avenidas e o viaduto da floresta. Vejo os mesmos prédios e os mesmos meninos que brincam com fogo no sinal, como Ximite. E entro num estacionamento grande que pago todo mês. A moça simpática me dá um papel e a cancela se abre pra mim. Coloco o carro sempre no segundo andar, numa vaga que já me conhece. Trava, alarme, som. E a moça da cancela já conhece o repertório que toca no meu carro: hoje era sarah vaughan.

Hipertímica, cansada, enjoada, estressada, ferrada. Hoje me deu uma vontade insuportável de entrar numa cena de filme. Acelerei o carro pra ouvir o ruído bonito do motor e quis atravessar a cancela, quebrá-la como nos filmes. Arrancar tudo e ver a madeira ir pelos ares. Não sei o que me faltou ou sobrou que não fiz o que me pedia o desejo. Entrei civilizada, boa moça, sem escarcéu.

Mas preciso dum escarcéu ainda hoje. Uma escalada no prédio mais alto, na serra do curral, pular do acaiaca pra ver os bombeiros com as mãos na cintura. Os passantes tapando meu sol com a peneira. Eu voadora, como quem diz: se liga.

Trabalhar numa sala bege sem janelas e esperar as cancelas se abrirem para passar não é vida. Vida é aquela moça com problemas psiquiátricos que descobriu que ficava muito melhor se tomasse um engradado de cerveja por dia. E ficou.

Conto
e se. se eu saísse na playboy, pediria pra vir me ver um fotógrafo desses bem ruivos. sempre achei que os ruivos chamam a atenção. eles, sim, me lembram velas. e esse meu fotógrafo ruivo poderia me dirigir como um cineasta, pra fazer do comum alguma cena antológica. pediria a ele que me deixasse de pé, pra parecer mais agressiva. os ombros adiantados, a anca evoluída, as pernas tesas, o olhar proponente. mas se ele me pedisse pra ficar de quatro, obedeceria sem timidez. imagine que ele veria coisas que eu mesma nunca vi direito. mas seria ele um ruivo, e mereceria. pediria a ele uma foto de perfil, à moda dos presidiários. que ficasse à beira de mim pra que eu lhe mostrasse meu bico de modelo sexy. fotografia de menina ladeada por almofadas. pufes embaixo da anca de metro e um centímetro. as pernas abertas pra mostrar os abismos. os cabelos soltos, pretos, sem tintas, escorrendo pelas espáduas, à maneira daquelas três ou quatro índias que se aproximaram das naus portuguesas. talvez o fotógrafo ruivo exclame "das vergonhas saradinhas", e nem tão aparadinhas assim. ontem eu lia sobre hirsutismo num livro de ginecologia ambulatorial. e acho que sou 1 ou 2 na escala de Ferriman & Galleway.


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 10/12/2003


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2003
01. Descobertas responsáveis - 18/12/2003
02. Saudade... - 19/11/2003
03. O que é um livro? - 5/11/2003
04. E cá já moiro por vós - 13/10/2003
05. Insatisfação - 10/12/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MULHERES PODEROSAS NO TRABALHO
ELIZABETH HILTS
ACADEMIA
(2013)
R$ 14,00



EDUCAÇÃO E REFLEXÃO
PIERRE FURTER
VOZES
(1976)
R$ 4,00



A SENHA DO MUNDO
CARLOS DRUMOND DE ANDRADE
RECORD
(2006)
R$ 25,90



BALA NA AGULHA
MARCELO RUBENS PAIVA
SICILIANO
(1992)
R$ 15,00



A VIAGEM
JOÃO DUARTE DE CASTRO
EME
(1989)
R$ 7,90



IMPOSTO DE RENDA DAS EMPRESAS
HIROMI HIGUCHI FÁBIO HIROSHI HIGUCHI ET AL...
ATLAS
(2011)
R$ 15,00



PRINCÍPIOS DA FÍSICA 2
PEDRO CARLOS DE OLIVEIRA

(1993)
R$ 5,50



HISTÓRIA DA LITERATURA BRASILEIRA, VOLUME 1
SÍLVIO CASTRO
ALFA
(1999)
R$ 26,40



O ORÁCULO DE JAMAIS
ALTINO DO TOJAL
INCM
(2005)
R$ 44,70



HOMEM-ARANHA SUPERIOR - SEM SAÍDA! - JUNTE-SE À REVOLUÇÃO - Nº 006
MARVEL
PANINI COMICS
(2014)
R$ 10,00





busca | avançada
44089 visitas/dia
1,2 milhão/mês