Elogio Discreto: Lorena Calábria e Roland Barthes | Daniel Aurelio | Digestivo Cultural

busca | avançada
42881 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Sexta-feira, 19/12/2003
Elogio Discreto: Lorena Calábria e Roland Barthes
Daniel Aurelio

+ de 7600 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Há um bocado venho insinuando este texto. Escrevo ou não escrevo? Deleto. Arrependo-me. Não abro o editor de textos. Apequeno-me.

Não sou Henry Miller. Nem Armando Nogueira.

Vou, não vou. Meia volta. Retrocedo. Decido escrever.

Pense em dois entrevistadores da televisão brasileira. Agora, deixe-me adivinhar: Jô Soares e Marilia Gabriela. Fácil.

Há pelo menos duas décadas, o gordo e a loira disputam a coroa. E o consenso é tão nítido e esmagador que Jô e Gabi (note a intimidade!) chegaram a estrelar, em divertido dueto, um comercial de cerveja, lá pela metade dos anos 90. O primeiro, humorista genial e dublê de escritor, é quase uma instituição. Conhecemos ao menos meia dúzia de cidadãos que só vão para cama "depois do programa do Jô". Sentem-se mais cultos e menos retos. A segunda é, se não uma paixão, um faceiro flerte nacional: artistas a veneram, seja qual for o seu quilate. E não há quem não sonhe em estar de frente para a Gabi, continente de charme e brilho coletivamente sugestionado.

Não serei eu mais um a vociferar contra eles. Até porque não é necessário agredi-los; ao menos para que têm TV a cabo, trocar o canal é um gesto que se basta. Ou pronunciar um nome: Lorena Calábria, a mais inteligente e hipnótica apresentadora do Brasil.

À frente do "Ensaio Geral", do canal Multishow, Lorena dá um espetáculo de profissionalismo: é discreta, simpática e, mais importante, uma aguda conhecedora de música brasileira (colaborou por muito tempo com a extinta revista ShowBizz). A jornalista, aliás, parece sofrer com a Síndrome Paula Toller - o tempo a deixa cada vez mais bela.

Lorena é capaz de argüir, com a mesmíssima competência, doçura e flexibilidade, com músicos obsessivos (Ed Motta), polemistas (Lobão) ou alvos da chibata sarcástica da crítica (Jorge Vercílo). Sem juízo estético, dá voz ao entrevistado - afinal o que importa. Afinal o que falta a outros programas similares.

É preciso olhar os coadjuvantes, aqueles que dão cor às peripécias do gênio, com carinho. É um dom inestimável. Pergunte ao Dedé Santana, eterno escada das piadas d´Os Trapalhões, o quão difícil é o trabalho de servir e preparar terreno. É algo que exige um exercício de ascetismo que estará sempre distante da resposta emocional do público.

Pede-se equilíbrio. Dominar a arte da concisão verbal e da economia dos gestos. Saber auscultar o coração do interlocutor. Lorena Calábria faz tudo isso e ainda nos brinda com o sorriso mais inspirador da tv brasileira. De petrificar.

E como é linda! Não aquela beleza absoluta, capa de revista, que chega a oprimir a plebe. Lorena é uma mulher assim que, realmente, carecia de uma verve shakesperiana para revelar.

Limito-me, pois, a suspiros. E algumas trovas d´amor subentendidas.

O Neutro, de Roland Barthes

O "descolado" estilista Marcelo Sommer, na sempre fulminante seção "5 luxos e 1 lixo" da Superinteressante, apontou suas predileções e repulsas literárias. Restringiu-se a seu metier, a moda. Entre a adoração por compêndios do ofício e bizarrices como "Balada Forte" de Érika Palomino, Sommer, a respeito de seu "lixo" escolhido, o clássico "Sistemas da Moda" de Roland Barthes, saiu-se com uma ótima: "Este livro é insuportável. Parece um livro de química, cheio de fórmulas".

Reconheço que não deve ser fácil. O sujeito vai até a livraria, dirige-se à seção de "Artes e Moda" e, grana extra no bolso, decide levar todos os livros que contenham as palavras "Fashion" e "Moda". Não é improvável que um atendente tenha alocado o ensaio de Barthes ali (trabalhei três anos em livraria, sei como é). Espera-se amenidades e as últimas tendências Milão-Londres-Paris; depara-se com "química" e "fórmulas".

Sommer, seja bem-vindo ao pós-estruturalismo aplicado às formas de comunicação: a semiótica. Claro, vou com calma.

Barthes, o antípoda do intelectual emburrado, o pop-star do pensamento parisiense da década de 60, também não colabora: quantos não foram aqueles que, ao grudar os olhos em "Fragmentos do Discurso Amoroso", não pensaram tratar-se de um legítimo romance de verbo doce da linhagem Sidney Sheldon/Danielle Stell?

Acontece o mesmo com "O Neutro", íntegra de um de seus cursos no portentoso College de France, o Olimpo da academia francesa. Diante de um título atraente desses, que pode fazer o leitor distraído?

Tratemos do livro, enfim: assim como a ambição dos estruturalistas era o que há de imutável e linear nas articulações da sociedade, Barthes também está em busca de uma "fórmula" (captou, Sommer?) que aqui se traduz no "desejo do Neutro". Mais do que o conteúdo em si está o esqueleto do discurso, e a fidedignidade com que foram compiladas as estruturas cognitivas, em plena fruição, do lingüista; é de causar enxaquecas, à primeira vista, todas aquelas anotações, fragmentações, sinalizações e caminhos aleatórios da sua epístemologia da língua, que visa entender quem profere, a despeito da força retórica das palavras que rolam das cordas vocais.

É essa a relevância do documento histórico (aplausos para a Martins Fontes e sua caprichada edição): a expressão oral de Barthes, catalogada em fichas meticulosamente organizadas, de maneira a não "sacralizar" (ou seja, a "neutralizar") tocam mais do que sua genialidade impressa nos dois clássicos acima citados. Aquele que causou urtigas no estilista. E o que decepcionou os românticos patológicos também.

O livro revela o que Barthes procurou ao longo da carreira. O discurso fotografado em movimento. Nu para seu receptor. Aquilo que nos torna menos divinais e mais óbvios do que pensávamos.

Somos, no limite, uma mera equação algébrica. Da qual resulta, dentre outras produções de nossas fraquezas e ambições, o ganha-pão do celebrado estilista.

Para ir além






Daniel Aurelio
São Paulo, 19/12/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A vida do livreiro A.J. Fikry, de Gabrielle Zevin de Ricardo de Mattos
02. Os contos de degeneração de Irvine Welsh de Luiz Rebinski Junior
03. Separar-se, a separação e os conselhos II de Fabrício Carpinejar


Mais Daniel Aurelio
Mais Acessadas de Daniel Aurelio em 2003
01. Canto Infantil Nº 2: A Hora do Amor - 7/11/2003
02. Canto Infantil Nº 1: É Proibido Miar - 26/9/2003
03. O Sociólogo Machado de Assis - 5/9/2003
04. O Calígrafo de Voltaire - 13/6/2003
05. Elogio Discreto: Lorena Calábria e Roland Barthes - 19/12/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
7/6/2010
15h07min
Química? Que tal ler "Tabela Periódica" de Primo Levy, autor de "A Trégua", onde ele declara que a "justiça é como o teatro"? Quem discorda?
[Leia outros Comentários de Paulo Pereira]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A JUSTIÇA ADMINISTRATIVA (LIÇÕES)
JOSÉ CARLOS VIEIRA DE ANDRADE
ALMEDINA MATRIZ
(2012)
R$ 188,00



ESCRITO NAS ESTRELAS - LEMBRANÇAS DA MEIA-NOITE - VIRA-VIRA
SIDNEY SHELDON
BEST BOLSO
(2011)
R$ 10,00



TRABALHANDO COM DISSERTAÇÃO
FRANCISCO MOURA
ÁTICA
(1992)
R$ 7,90



CÓDIGO CIVIL BRASILEIRO INTERPRETADO VOL, 26
J, M, DE CARVALHO SANTOS
FREITAS BASTOS
(1963)
R$ 16,58



O ARREBATAMENTO DA IGREJA (AUTOGRAFADO)
ALEXANDRE DOS SANTOS
REFLEXÃO
(2013)
R$ 30,00



CANTIGA DE LIBERTAÇÃO
PE. ZEZINHO
PAULINAS
(1974)
R$ 5,00



TESTAMENTO POLÍTICO DE D. LUÍS DA CUNHA - 1
REYNALDO XAVIER CARNEIRO PESSOAS(DIREÇÃO)
ALFA-OMEGA
(1976)
R$ 13,00



ADMINISTRAÇÃO DE VENDAS - PLT
ANTONIO CARLOS GOBE, CÉSAR HENRIQUE FISCHER, JOSÉ JÚLIO DE SOUZA, JÚLIO CÉSAR TAVARES MOREIRA E PERROTTI PIETRANGELO PASQUALE
SARAIVA
(2007)
R$ 10,00



TELEVISÃO
CIRO MARCONDES FILHO
SCIPIONE
(1994)
R$ 7,90



COURO DOS ESPÍRITOS
BETTY MINDLIN
SENAC
(2001)
R$ 28,00





busca | avançada
42881 visitas/dia
1,2 milhão/mês