Paulista por opção (e por paixão) | Bruno Girão Borgneth | Digestivo Cultural

busca | avançada
49036 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Quilombaque acolhe 'Ensaios Perversos' de fevereiro
>>> Espetáculo com Zora Santos traz a comida como arte e a arte como alimento no Sesc Avenida Paulista
>>> Kura retoma Grand Bazaar em curta temporada
>>> Dan Stulbach recebe Pedro Doria abrindo o Projeto Diálogos 2024 da CIP
>>> Brotas apresenta 2º Festival de Música Cristã
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
Colunistas
Últimos Posts
>>> Bill Ackman no Lex Fridman (2024)
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
>>> Philip Glass tocando Opening (2024)
>>> Vision Pro, da Apple, no All-In (2024)
>>> Joel Spolsky, o fundador do Stack Overflow (2023)
>>> Pedro Cerize, o antigestor (2024)
>>> Andrej Karpathy, ex-Tesla, atual OpenAI (2022)
>>> Inteligência artificial em Davos (2024)
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> O maior programador do mundo? John Carmack (2022)
Últimos Posts
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
>>> Um verdadeiro romântico nunca se cala
>>> Democracia acima de tudo
>>> Podemos pegar no bufê
>>> Desobituário
>>> E no comércio da vida...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Making it new
>>> Nick Carr sobre The Shallows
>>> O bom e velho formato site
>>> Escrever não é trabalho, é ofício
>>> A metade da vida
>>> A última discoteca básica
>>> van Gogh: Os livros amarelos
>>> A terra do nunca
>>> O maior banco digital do mundo é brasileiro (2023)
>>> Digestivo empreendedor
Mais Recentes
>>> Livro Administração O Poder da Ação Faça sua vida Ideal sair do Papel de Paulo Vieira pela Gente (2015)
>>> Livro Literatura Estrangeira Razao e Sensibilidade de Jane Austen pela Circulo do Livro (1997)
>>> Liberte Sua Personalidade + O Propósito da Sua Vida de Maxwell Maltz; Michael J. Losier pela Summus; Leya (2017)
>>> A Bíblia Das Criancinhas de Juliet David; Helen Prole pela Sociedade Bíblica Do Brasil (2007)
>>> O homem que calculava. de Malba tahan pela Record (1987)
>>> Livro Infanto Juvenis Chico Bento Amor de Verão Piteco Viagem no Tempo de Mauricio de Sousa pela Mauricio de Sousa (2018)
>>> O Macaco E A Mola de Sonia junqueira pela Ática (1982)
>>> Alice No País Da Mentira de Pedro Bandeira pela Ática (2005)
>>> Livro Saúde Óleo de Coco A gordura que pode salvar a sua vida! de Dr Wilson Rondo Jr pela Gaia (2015)
>>> Livro Direito A Reforma Trabalhista na Visão da AJD Análise Crítica de Laura Rodrigues Benda pela Casa do Direito (2018)
>>> Tudo Vai Dar Certo de Cedella Marley pela Martins Fontes (2013)
>>> Livro Psicologia Criando Meninas Para Mais e Mães de Verdade! de Gisela Preuschoff pela Fundamento (2011)
>>> Livro Infanto Juvenis Hércules o Resgate de Barbara Bazaldua e Outros pela Melhoramentos / Disney (1997)
>>> 90 minutos no Céu + Fui ao Céu e Voltei + A Bíblia em 100 Minutos de Don Piper; Cecil Murphey; Mary C. Neal pela Thomas Nelson Brasil; Lua de Papel; Sextante (2013)
>>> Livro Literatura Brasileira Pornô Politica Paixões e Taras na Vida Brasileira de Arnaldo Jabor pela Objetiva (2006)
>>> O sapato que miava de Sylia Orthof pela Ftd (1997)
>>> Livro Infanto Juvenis A Idade Média Passo a Passo de Vincent Carpentier pela Claroenigma (2012)
>>> It de Stephen King pela Signet (1980)
>>> Livro Didático Biologia Volume Único de César; Sezar; Caldini pela Saraiva (2011)
>>> O Nascimento De Jesus de Donaldo Buchweitz pela Ciranda Cultural (2013)
>>> Livro Saúde Boa Forma Em 8 Semanas de Cynthia Antonaccio pela Marco Zero (2005)
>>> Livro Religião A Vida Sabe o Que Faz de Zibia Gasparetto pela Vida & Consciência (2012)
>>> Goosebumps - Praia Fantasma de R. L. Stine pela Fundamento (2006)
>>> Livro Saúde A Cura pelo Yoga Rotinas Simples para Superar Mais de 50 Problemas De Saúde e Viver Livre de Dor de Tara Stiles pela Pensamento (2014)
>>> Livro Infanto Juvenis Uma Pipa tão Pipa no Céu de Regina Siguemoto /martinez pela Do Brasil S/a
COLUNAS >>> Especial SP 450

Segunda-feira, 19/1/2004
Paulista por opção (e por paixão)
Bruno Girão Borgneth
+ de 7700 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Nasci no Rio de Janeiro e moro em São Paulo há 15 anos. Então vocês poderiam perguntar o que faz um carioca escrevendo sobre a cidade de São Paulo? Paixão? Provocação? Falta do que fazer? Decepção com minha cidade natal? Tudo isso e nada disso.

Acredito que tenho muito mais autoridade para falar de Sampa do que muitos paulistas de nascença, pois sou paulista por opção. Bom... a opção, na verdade não foi me dada, pois vim para a capital paulista no final da década de 80, acompanhando meus pais, já que meu cordão econômico-umbilical ainda não havia sido cortado. No entanto, com o passar dos anos, São Paulo foi me conquistando, me cercando, me inebriando e, quando dei por mim, já estava completamente situado. Acabei por adotar essa Paulicéia Desvairada como minha cidade natal, assim como o Rio de Janeiro.

Na verdade, me considero um apátrida. Tenho duplo sotaque, o que proporciona chacotas nos dois extremos da Via Dutra. No início achava isso terrível (ainda mais para um adolescente que se importava demais com os comentários alheios), porém o tempo só veio me mostrar as vantagens de ser diferente, assim como São Paulo.

Não existe cidade no mundo onde seja possível você fazer o que bem entende, 24 horas por dia, 7 dias por semana. São Paulo é assim. E nem me fale de Nova Iorque, que seria a "cidade que nunca pára". Somente em São Paulo é possível jogar boliche de madrugada, tomar qualquer tipo de drink a qualquer hora do dia, dançar até o amanhecer e ainda dar uma esticada em uma cantina por volta das 10 da matina, para matar uma massa antes de dormir. É a cidade-conveniência, 24 horas on-line!

Quem chega a São Paulo pela primeira vez deve levar um susto. Visualmente, considero a cidade um misto de Blade Runner, Quinto Elemento e Gotham City. Sinistra e encantadora ao mesmo tempo. A arquitetura de concreto, a total ausência de planejamento urbano, o crescimento desordenado, a quantidade de veículos (e de motoboys! Não existe um exército tão grande como em São Paulo...), a infinidade de estacionamentos, os malabaristas-mirins em qualquer sinal, os prédios, os outdoors, as antenas, o céu cinza, a garoa fina que faz brilhar o asfalto, como numa propaganda de carro. Pode parecer estranho, mas me sinto confortável no meio de todo esse caos.

As oportunidades, a excelência dos serviços, a gastronomia variada, as incontáveis baladas deixam as pessoas mal acostumadas. É possível fazer de tudo em Sampa, tendo dinheiro ou não, diante da infinidade de eventos gratuitos que pululam na metrópole. Para mim, especialmente, é bastante difícil sair de São Paulo, pois a diferença em relação a outras cidades é gritante. Até mesmo o Rio de Janeiro, que um dia já foi capital do Brasil, não se compara a São Paulo.

Onde no mundo existe uma Galeria do Rock (Rua 24 de maio); um Parque do Ibirapuera; uma Avenida Paulista; um calendário intenso de shows e eventos; um MASP; uma Praça da Sé com sua vasta fauna; as Marginas, mesmo com todos os seus problemas; um Minhocão, mesmo com toda a sua feiúra; um Pátio do Colégio; um Edifício Banespa; um Memorial da América Latina; um bairro como a Liberdade; um visual como a descida da 23 de maio com o Obelisco bem à frente; um comércio como os da 25 de março, Oscar Freire e José Paulino.

Mas cidade cobra o seu preço: trânsito em plena madrugada, filas e mais filas para qualquer coisa, sedentarismo, stress, bronzeado de escritório, gastrite e fígado baleado (haja happy hour!), economia de sola de sapato, 3 horas de viagem, no mínimo, para poder pisar na areia da praia (para um bom carioca isso é essencial... Se bem que não me considero um "bom carioca").

E os paulistas. O que falar deles? Bom, meus melhores amigos são paulistas. E a amizade de um paulista é muito mais fiel do que uma amizade carioca, capixaba, gaúcha ou potiguar, pelo menos na minha opinião. Impera a lenda de que o paulista é uma pessoa fechada. Vivem em pequenos grupos, fechados e reservados. Porém, uma vez transposta essa barreira, você é apresentado às pessoas mais simpáticas, calorosas, festeiras e amigas que se possa conhecer. Com um paulista não rola aquele famoso "Pinta lá!", que o carioca repete sempre que encontra algum conhecido na praia. Pinta lá onde? O Paulista faz questão de marcar hora e local, e é por isso que as amizades que travei em São Paulo perduram até hoje. Tudo bem que algumas se perderam no caminho. Mas também tem que dar um desconto, pois sou meio-carioca.

São Paulo é como um vício. Você não consegue viver sem ela, mas chega um momento que a relação com a cidade se torna insuportável e fugir acaba sendo a única solução. No entanto, passada a ressaca, a saudade bate e a vontade de ver todos aqueles e prédios, carros e antenas volta a crescer. Pode parecer papo de maluco, mas não me imagino morando em outro lugar. Ouço sempre as pessoas falando que querem fugir daqui, viver na beira da praia, no sossego da sombra de um coqueiro. Acho tudo isso ótimo, mas somente para passar as férias. Não tem jeito mesmo, fiquei mal acostumado e sou viciado em São Paulo. Parabéns, meu amor!

Nota do Editor
Bruno Girão Borgneth já colaborou com o Digestivo Cultural sob a assinatura Tyler Durden.


Bruno Girão Borgneth
São Paulo, 19/1/2004

Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Subjuntivo Subiu no Telhado de Marilia Mota Silva
02. Guerras sujas: a democracia nos EUA e o terrorismo de Humberto Pereira da Silva
03. Relendo 'O Pequeno Príncipe' de Sabrina Ferreira
04. Quando a Páscoa chega ao Sul de Celso A. Uequed Pitol
05. Umas armadilhas suaves de Ana Elisa Ribeiro


Mais Bruno Girão Borgneth
Mais Especial SP 450
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
1/2/2004
22h50min
Fantástico teu depoimento, Bruno. De certa forma você conseguiu traduzir a atração que sinto por São Paulo, ainda que não tenha conseguido mudar-me para aí. Nasci no Rio Grande do Sul, mas sou paulistana por adoção, paixão, fixação... Quanto ao povo de São Paulo, só tive boas experiências até hoje. Sempre foram muito atenciosos, especialmente sabendo que eu não era conterrânea deles. Estão habituados a receber povos de todo o lugar. E é esse viés cosmopolita que mais me atrai em São Paulo. Não há provincianismo de nenhuma espécie. A cidade toda é um abraço enorme! Viva muito São Paulo! Espero, em breve, viver também.
[Leia outros Comentários de Ana Maria Brambilla]
13/2/2007
10h41min
Parabéns Bruno, seu texto está excelente, uma ponto de vista muito peculiar o seu! Acho que você traduziu perfeitamente o paulistano, alguém aparentemente fechado, mas que ao ser descoberto revela ser caloroso e fiel. Espero que um dia todos brasileiros sejam capazes de amar uns a cidade dos outros, e que não haja competição, mas uma harmonização. Seria bacana. Abraço!
[Leia outros Comentários de Andrés]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Os caçadores de Lendas Darkmouth
Shane Hegarty
#Irado
(2017)



Reforma Administrativa e Desburocratização
Floriano Aguiar Dias (organizador)
Liber Juris
(1984)



Livro Infanto Juvenis Palavras Descubra & aprenda
Yoyo Books
Yoyo Books
(2014)



Livro Infanto Juvenis Trinca-Trova
Ciça / Fabiola B. Capelasso
Globo Kids
(2013)



Fake Brazil: A Epidemia de Falsas Verdades
Guilherme Fiuza
Avis Rara
(2020)



Sindicato mais representativo e mutação constitucional
Paulo Roberto Lemgruber Ebert
LTr
(2007)



Invocadores do Mal
Cheryl A. Wicks
Pensamento
(2016)



Dicionario Oxford De Filosofia
Simon Blackburn
Jorge Zahar
(2000)



A nova revelação
Arthur Conan Doyle
Feb
(1980)



Magnetismo Cósmico
Anthony Norvell
Record
(1974)





busca | avançada
49036 visitas/dia
1,8 milhão/mês