Voto em qualquer um! | Marilia Mota Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
22991 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Mostra Primeiros Passos
>>> José Patrício inaugura exposição inédita em Brasília
>>> Livro mostra a ambiguidade entre amor e desamor
>>> Red Bull Station estreia exposições de letrista e de coletivo feminino em julho
>>> Alaíde Costa e Toninho Horta mostram CD em parceria na CAIXA Cultural São Paulo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Entrevista com a tradutora Denise Bottmann
>>> O Brasil que eu quero
>>> O dia em que não conheci Chico Buarque
>>> Um Furto
>>> Mais outro cais
>>> A falta que Tom Wolfe fará
>>> O massacre da primavera
>>> Reflexões sobre a Liga Hanseática e a integração
>>> A Fera na Selva, filme de Paulo Betti
>>> Raio-X do imperialismo
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> A luz da alma - Haifa Israel
>>> Tempo & Espaço
>>> Mão única
>>> A passos de peregrinos ll
>>> PRESSÁGIOS. E CHAVES IV
>>> Shomin-Geki, vidas comuns no cinema japonês
>>> Con(fusões)
>>> A passos de peregrinos l
>>> Ocaso
>>> PRESSÁGIOS. E CHAVES I
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A música clássica ensurdece a democracia caótica
>>> Dê-me liberdade e dê-me morte
>>> Telemarketing, o anti-marketing dos idiotas
>>> Memórias da revista Senhor
>>> É o Fim Do Caminho.
>>> Ao Abrigo, poemas de Ronald Polito
>>> O massacre da primavera
>>> Raio-X do imperialismo
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> O Brasil que eu quero
Mais Recentes
>>> Tomás de Aquino
>>> Minha limpeza corporal - Le grand Ménage
>>> Max Weber e a política alemã
>>> Isaiah Berlin
>>> La Magia en Acción
>>> Introdução à epistemologia
>>> As causas da grandeza do romanos e da sua decadência
>>> Hannah Arendt
>>> Paixão por vencer. A bíblia do sucesso
>>> O Livro Completo de Bruxaria do Buckland
>>> O Escaravelho do Diabo
>>> Llora Herraiz
>>> Festa no Covil
>>> O Fazedor de Velhos
>>> Mentes Tranquilas, Almas Felizes
>>> Contabilidade Pública: da Teoria à Prática
>>> Estudo de Movimentos e Tempos
>>> Cartas Comerciais em Espanhol
>>> Organização , Sistemas e Métodos e As Tecnologias de Gestão Organizacional
>>> Perdas & Ganhos
>>> Dom Casmurro
>>> História da Arte
>>> O sentido da realidade. Estudos das ideias e de sua história
>>> Práticas de Linguagem - Leitura & Produção de Textos
>>> Pássaros Feridos
>>> Geografia do Brasil - Espaço Natural, Territorial e Sócioeconômico brasileiro
>>> Contratos Internacionais do Comércio
>>> Marketing Social: Novos Paradigmas
>>> Gestão Financeira das Empresas: um Modelo Dinâmico
>>> Fundamentos de Economia
>>> Economia Brasileira Contemporânea: Para Cursos de Economia e Administração
>>> À Margem da Linha
>>> Conecte História - 3º Ano - Ensino Médio
>>> Biologia 3 - 3ª edição
>>> Culinária para Bem Estar
>>> A Ilíada e a Odisseia - Coleção Clássicos Em Quadrinhos
>>> Asas do Brasil - Uma História que Voa Pelo Mundo - Em Ótimo Estado
>>> Esquecer o natal
>>> O Mistério dos Sete Candelabros de Ouro
>>> Dom Quichote De La Mancha - Cervantes / Gustavo Doré - Raro
>>> Coleção Fernando Sabino 12 Volumes Editora Record 1984
>>> Livro Curso Prático De Imposto De Renda
>>> O Medo e a Ternura
>>> Liberdade Virtual
>>> A Colina dos Suspiros
>>> Pretinha, eu?
>>> Amor Não Tem Cor
>>> A Morte Tem Sete Herdeiros
>>> Contos Urbanos e Lendas Rurais
>>> Redes de Abuso
COLUNAS

Quarta-feira, 16/1/2013
Voto em qualquer um!
Marilia Mota Silva

+ de 2100 Acessos

O sistema de transportes que integra a Europa é uma das maravilhas do mundo. O de trens especialmente. Não consta da lista oficial talvez porque uma infinidade de trilhos não evoque transes estéticos. Mas é um feito admirável! Pode-se viajar por todo o continente, visitar grandes centros e vilas remotas sem usar outro meio de transporte. Metrô, trens antigos, grafitados, trens modernos de alta velocidade, trens internacionais e suburbanos funcionam integrados. Com preços acessíveis e pontualidade.

Nas cidades, a coisa se repete: bondes, ônibus, metrô e barcos limpos, confortáveis, a serviço de todos. Não há nada mais democrático.

Passei novembro e começo de dezembro entre França e Itália, com rápida incursão por Genebra e Frankfurt para visitar amigos. Fui, fomos, sem planos, meu companheiro e eu, a não ser o de evitar o norte por causa do frio e não alugar carro. A ideia era viajar leve - levamos só mala de mão - e simplicar ao máximo. Trem permite isso. Em torno das estações há hotéis a escolher, para qualquer nível de exigência. Fora de temporada, sempre há vagas.

E assim fomos de Genebra-Pompeia, parando pelo caminho; na volta, Milão, Torino, Nice, Avignon, Lyon, Strasbourg, Frankfurt e Paris. Sempre de trem, com uma exceção: de Ravenna a Roma.

Depois de alguns dias de mergulho na história, em catedrais, museus e estações ferroviárias, meu companheiro começou a falar sonhadoramente nos confortos do carro.

Em Ravenna, costa leste da Itália, passamos o dia encantados com os mosaicos, as muralhas, andamos pela cidade antiga, em ruas sem calçada sob uma chuvinha fria, insistente.

Ele falava em nos perder por estradinhas secundárias, conhecer lugares afastados em que o trem não para, experimentar a comida e os vinhos locais. Achei bom e foi o que fizemos: nos perdemos. Muitas vezes! Fomos para o sul, pela costa e, a certa altura, viramos para oeste, na direção de Florença. Sempre fugindo de auto-estradas, nessa busca do local, do autêntico, enveredamos por uma estradinha espremida entre o paredão da montanha e o precipício, com redes de aço agarradas à encosta bruta, cheias de pedras despencadas.

Estradinha bem sinalizada quanto aos ângulos das curvas, altitude, deslizamentos; só não havia indicação do destino da estrada. Parecia não ter fim, não ter saída: subia em curvas de vinte a quarenta graus na maioria, só para descer e subir de novo, e subir, descortinando a cadeia de montanhas, os vermelhos e dourados do outono, e nuvens se esgarçando sobre o vale. Ou neblina. Paisagem olhada de relance porque íamos em velocidade robusta, forçados pelos locais, já que estrada assim não permite ultrapassagem, não tem acostamento, e só ás vezes se viam vestígios da faixa branca que costuma separar as duas pistas.

Quando já estava escuro o bastante para que os sinais de tinta luminosa começassem a brilhar nos postes finos que marcavam os pontos mais perigosos, saímos do sufoco.

Somos pessoas experientes, mas isso pouco vale. Cruzamos os Apeninos desavisadamente e pela estradinha mais modesta, entre outras que decerto deve haver. Para quem esqueceu as lições da escola, como eu, os Apeninos percorrem o centro da Itália, no comprimento, como uma espinha dorsal. Recomendo para quem gosta de esportes radicais . A paisagem também é inesquecível.

Paramos em Stia, cidadezinha perto de Florença, e continuamos de carro mais alguns dias, seguindo pela costa, sem sustos dessa vez a não ser o fato de encontrar os hotéis todos fechados, cidade após cidade - só abrem no verão. Em Santa Severa, perto de Roma, encontramos pouso finalmente. O restaurante do hotel estava aberto e nos aceitaram como hóspedes.

"Carro, na verdade, é coisa do passado", começamos a filosofar, assim que nos livramos do dito no aeroporto Fiumicino, num sexto andar de garagem onde a locadora se escondia. "É expressão perfeita do pior capitalismo. Individualista, poluente, cria montanhas de lixo". "Pode olhar, não há país desenvolvido sem um sistema de transporte decente. Existe? Não."

"No Brasil, eu votaria em qualquer que se propusesse a construir uma rede de trens que integrasse o país inteiro. Não precisaria fazer mais nada. Imagine as consequências imediatas e a longo prazo. De milhares de empregos imediatos à integraçâo de todos a barateamento de tudo pelo futuro afora!"

"Eu também votaria", disse a mulher que esperava o elevador a nosso lado. Brasileira! "Mas não acredito. O Brasil tem compromisso com o atraso." Sorriu abanando a cabeça em desalento. Sorri de volta do mesmo jeito. Mas acredito, sim, acredito em nós. Um povo que sobreviveu a anos de inflação corrosiva, um problema que parecia insolúvel, vai vencer também a corrupção endêmica e demandar projetos que beneficiem a todos, especialmente os mais humildes. Difícil mas não impossível.


Marilia Mota Silva
Lyon, 16/1/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia de Renato Alessandro dos Santos
02. Corot em exposição de Jardel Dias Cavalcanti
03. Saudade de ser 'professor' de Filosofia de Cassionei Niches Petry
04. Como se me fumasse: Mirisola e a literatura do mal de Jardel Dias Cavalcanti
05. Os Doze Trabalhos de Mónika. 7. Um Senador de Heloisa Pait


Mais Marilia Mota Silva
Mais Acessadas de Marilia Mota Silva em 2013
01. Amor (in)Condicional - 5/6/2013
02. Quatro autores e um sentimento do mundo - 10/4/2013
03. O Precioso Livro da Miriam - 20/2/2013
04. De olho em você - 1/5/2013
05. Mulher-Flamingo - 16/10/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ESPAÇO NACIONAL, FRONTEIRAS E DESLOCAMENTOS NA OBRA DE ANTÔNIO TORRES
CLÁUDIO CLEDSON NOVAES, ROBERTO H. SEIDEL (ORG.)
UEFS
(2010)
R$ 25,00



UM LIVRO FORJADO NO INFERNO- O TRATADO ESCANDALOSO DE ESPINOSA E O NASCIMENTO DA ERA SECULAR.
STEVEN NADLER
TRÊS ESTRELAS
(2013)
R$ 29,99



QUINCAS BERRO D'ÁGUA E O GATO MALHADO
JORGE AMADO
RECORD
(1983)
R$ 30,00
+ frete grátis



TUDO É POSSIVEL
ALLAN PERCY
SEXTANTE
(2013)
R$ 10,00



RANGERS: ORDEM DOS ARQUEIROS 1 - RUÍNAS DE GORLAN
JOHN FLANAGAN
FUNDAMENTO
(2009)
R$ 16,90



SCJP SUN CERTIFIED PROGRAMMER FOR JAVA 5 NEW EDITION (SEM CD)
KATHY SIERRA / BERT BATES
MCGRAW HILL
(2006)
R$ 29,00



UM AMOR PARA RECORDAR
NICHOLAS SPARKS
NOVO CONCEITO
(2013)
R$ 6,78



VIAGENS PSÍQUICAS
RUSSEL B. ADAMS
ABRIL LIVROS
(1993)
R$ 10,00



OS JOGOS TEATRAIS DE VIOLA SPOLIN: UMA PEDAGOGIA DA EXPERIÊNCIA
KARINE RAMALDES E ROBSON CORRÊA DE CAMARGO
KELPS
(2017)
R$ 35,00
+ frete grátis



JOSÉ E SEUS FILHOS VOL 8
GORDON LINDSAY
GRAÇA
(2001)
R$ 5,00





busca | avançada
22991 visitas/dia
1,1 milhão/mês