De olho em você | Marilia Mota Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
54051 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Missão à China
>>> Universidade do Livro desvenda os caminhos da preparação e revisão de texto
>>> Mississippi Delta Blues Festival será On-line
>>> Tykhe realiza encontro com Mauro Mendes Dias sobre O Discurso da Estupidez
>>> Trajetória para um novo cinema queer em debate no Diálogos da WEB-FAAP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Manual prático do ódio
>>> Isn’t it a bliss, don’t you approve
>>> Roberto Carlos:Detalhes em PDF
>>> Olhos de raio x
>>> Os dinossauros resistem, poesia de André L Pinto
>>> Pedro Paulo de Sena Madureira
>>> Fred Trajano sobre Revolução Digital na Verde Week
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> 7 de Setembro
>>> Fazendo as Pazes com o Swing
Mais Recentes
>>> Como Parar O Tempo de Matt Haig pela Harper Collins (2017)
>>> O guia dos curiosos: língua portuguesa de Marcelo Duarte pela Panda Books (2010)
>>> Mentes Geniais: Aumente em 300% a Capacidade do Seu Cérebro de Alberto Dell Isola pela Universo dos Livros (2013)
>>> O Ladrão de Raios de Rick Riordan pela Intríseca (2009)
>>> Tipo Destino: E se sua alma gêmea fosse o namorado de sua melhor amiga? de Susane Colasanti pela Novo Conceito (2013)
>>> Seu Cachorro É O Seu Espelho de Kevin Behan pela Magnitudde (2012)
>>> Os Contos dos Blythes Vol 2 de Lucy Maud Montgomery pela Ciranda Cultural (2020)
>>> O Assassinato de Roger Ackroyd de Agatha Christie pela Globolivros (2014)
>>> Cidade dos Ossos de Cassandra Clare pela Galera (2014)
>>> A Casa de Hades de Rick Riordan pela Intríseca (2013)
>>> Amores impossíveis e outras perturbações quânticas de Lucas Silveira pela Dublinense (2016)
>>> A Marca de Atena de Rick Riordan pela Intríseca (2013)
>>> Will e Will, Um nome, Um Destino de John Green, David Levithan pela Galera (2014)
>>> O Azarão de Markus Zusak pela Bertrand Brasil (2012)
>>> Capitão América: A Ameaça Vermelha de Steve Epting, Mike Perkins, Ed Brubaker pela Panini (2005)
>>> O Fio do Destino de Zibia M. Gasparertto pela Vida e Consciência (1500)
>>> O Fantasma da Ópera de Gaston Leroux pela Principis (2020)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec pela Lafonte (1500)
>>> Coleção folha tributo a Tom Jobim nº8 Tide de Folha de São Paulo pela Mediafashion (2012)
>>> Rostos Do Protestantismo de José Míguez Bonino pela Sinodal/Est (2020)
>>> Coleção folha grandes vozes Fred Astaire nº4 de Folha de São Paulo pela Mediafashion (2012)
>>> Sherlock Holmes – O Vampiro de Sussex e Outras Histórias de Sir Arthur Conan Doyle pela L&PM Pocket (2003)
>>> As pernas de Úrsula e outras possibilidades de Claudia Tajes pela L&PM (2001)
>>> Comer, rezar, amar de Elizabeth Gilbert pela Objetiva (2008)
>>> A vitória final de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2008)
>>> Apoliom de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> O glorioso aparecimento de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> Armagedom de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> Assassinos de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> Nicolae de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> O possuído de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> Profanação de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> O remanescente de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> A marca de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> Comando Tribulação de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2009)
>>> A colheita de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> Deixados para trás de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> Questões do coração de Emily Giffin pela Novo Conceito (2011)
>>> 1 Litro de lágrimas de Aya Kito pela New Pop (2013)
>>> O lado bom da vida de Matthew Quick pela Intrínseca (2013)
>>> A cidade do sol de Khaled Hosseini pela Nova Fronteira (2007)
>>> Toda sua de Sylvia Day pela Paralela (2012)
>>> Mais escuro - Cinquenta tons mais escuros pelos olhos de Christian de E L James pela Intrínseca (2018)
>>> Grey - Cinquenta tons de cinza pelos olhos de Christian de E L James pela Intrínseca (2015)
>>> História da Companhia de Jesus no Brasil - 5 volumes de Serafim Leite pela Itatiaia (2000)
>>> A hospedeira de Stephenie Meyer pela Intrínseca (2009)
>>> Crepúsculo de Stephenie Meyer pela Intrínseca (2008)
>>> Material Completo de Estudo Elite Musical de Equipe Elite Musical pela Elite Musical
>>> Lua nova de Stephenie Meyer pela Intrínseca (2008)
>>> Amanhecer de Stephenie Meyer pela Intrínseca (2009)
COLUNAS

Quarta-feira, 1/5/2013
De olho em você
Marilia Mota Silva

+ de 4500 Acessos

Com a chave na mão quer abrir a porta, não existe porta; quer morrer no mar, mas o mar secou; quer ir para Minas, Minas não há mais. (C. Drummond de Andrade, E agora, José?)


O tempo passa lento em cidade pequena. A vida é sossegada. As portas das casas ficam fechadas só no trinco. Vizinho bate palma e vai entrando na sala, cozinha, até mesmo quarto adentro. As crianças vão sozinhas para a escola. Brincam na rua. Crime, violência, bandalheiras do governo ficam longe, não lhes dizem respeito. Na cidade pequena todos se protegem. Ninguém sofre sozinho uma dor ou um segredo. Na cidade pequena a vida é mais suave.

Mas há quem sufoque em cidade pequena. Quem se sinta enjaulado. Os que recusam a trilha que lhes foi prevista, que anseiam por solidão e anonimato. Os que não se ajustam. E por mais que doa e assuste, essas pessoas vão embora, não porque gostem do caminho mais difícil, mas porque não tem escolha: se não forem, sufocam. A cidade grande os acolhe em seu deserto, sua indiferença, e eles se rejubilam! Ser ninguém na multidão, esquecer-se de si na multidão. Oh, liberdade!

Há uns 50 anos quando o mundo nem sonhava com internet, Marshall McLuhan, sociólogo canadense, falando sobre os meios de comunicação de massa - jornais, rádio, televisão - disse que habitávamos uma aldeia global. A expressão tornou-se popular. Se ele visse agora a aldeia que, de fato, nos tornamos! E o que diria das nuvens que se avolumam no horizonte, ameaçando o céu claro e infinito dos primeiros anos. Nuvens que não passam nem se desmancham.

O Google, com esse par de olhos no nome, saberia desde sua fundação o que ambicionava ser quando crescesse? O que tudo vê, tudo pode, tudo controla, ou terá se dado conta das estonteantes possibilidades do caminho ao percorrê-lo?

Aquele carro deles que anda sem restrições pelas cidades, fotografando casas, comércio, ruas para nos oferecer graciosamente imagens exatas dos endereços mais distantes, aquele carro não tira apenas fotografias. Ele está equipado para colher todos os dados, senhas, emails, documentos pessoais de milhares de pessoas desavisadas. Fizeram isso nos EUA. Quem sabe o que fizeram nos outros países, Brasil inclusive? Pegos com a mão na cumbuca, pediram desculpa, disseram que foi um acaso, erro de um funcionário. Erro repetido em 38 estados, só nos EUA! Me engana que eu gosto. Uma multa de sete milhões de dólares encerrou o assunto. Sete milhões para eles deve pesar tanto como cinco centavos para qualquer um, mas não é o valor simbólico da multa que causa desconforto. Nem o fato de que as pessoas prejudicadas, a quem desculpas e indenização seriam devidas, não tem como saber se estão na lista.

As pessoas entendem (vê-se pelos blogues e comentários) que tamanha voracidade por informação é motivada apenas por questões de mercado; interessam-se por nós como consumidores, querem antecipar nossas vontades, realizar nossos sonhos. Seria menos mal se fosse isso porque sempre nos restaria a decisão de comprar ou não, usar um serviço ou não.

Os que nos conduzem nessa era digital certamente contemplam com entusiasmo a profunda transformação social que eles tornaram possível: o acesso à informação, à educação, a transferência do poder para os indivíduos, mudanças que trazem em si o germe da destruição de toda forma de totalitarismo, e sem guerra, sem sacrificar nenhuma vida. Razões de júbilo e motivação de sobra para os corações mais generosos.

Mas o passeio do Google pelo mundo toca um alarme. Assusta perceber o quanto estamos expostos, ignorantes e indefesos - não só como indivíduos, mas como sociedade. Um carro para tirar fotografias dispõe de equipamento (e usa) para, de passagem pela rua, revistar seu computador, contas bancárias, imposto de renda, exames médicos, contatos, amigos, emails, quebrando leis fundamentais e princípios sagrados que tornam possível nossa vida em comunidade.

Google, Apple, Facebook, redes de conunicação global intrincam-se, naturalmente, com segurança nacional. Há interesses mútuos. O aparato para um Estado Policial existe e, ao que parece, anda em fase de testes. A novidade é que o cidadão nem precisa saber. Inevitável lembrar de George Orwell, grande visionário, que imaginou esse futuro, ainda em 1949, em seu livro que se tornou emblemático:"1984": O Grande Irmão, um poder esmagador, sem rosto, onipresente, que invade e controla cada minuto da vida de seus súditos, que sequer sabem quem é seu opressor.

Muita gente não se perturba com essa perspectiva. Tudo o que querem é uma vida protegida, a bolha de paz e liberdade dos subúrbios e seus gramados impecáveis. E prometem ser bem comportados. Mas há sempre os que sufocam no subúrbio, nas cidades pequenas. E dessa vez, não há cidade grande para onde escapar.



Marilia Mota Silva
Washington, 1/5/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Esse Caro Objeto do Desejo de Adriane Pasa
02. Amigos e vinhos, mulheres à parte de Rafael Rodrigues
03. Quando Paris era uma festa de Helena Vasconcelos


Mais Marilia Mota Silva
Mais Acessadas de Marilia Mota Silva em 2013
01. Amor (in)Condicional - 5/6/2013
02. Quatro autores e um sentimento do mundo - 10/4/2013
03. O Precioso Livro da Miriam - 20/2/2013
04. De olho em você - 1/5/2013
05. O Nome Dele - 7/8/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DE OLHO NA CIÊNCIA - O VERDE E A VIDA - COMPREENDENDO O EQUILÍBRIO E O DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO
SÔNIA TOKITAKA E HELOÍSA GEBARA
ÁTICA
(1997)
R$ 13,00



O LIVRO DA 8ª CASA
MARC ROBERTSON
OBJETIVA
(1992)
R$ 12,00



POESIA CARIOCA O RIO, EU E VOCÊS - AUTOGRAFADO
GUTO GRAÇA
FRANCISCO ALVES
(2000)
R$ 10,00



O VENDEDOR DE ESTRELAS
OLAVO DRUMMND
ARX
(2003)
R$ 8,38



O CABELEIRA
FRANKLIN TAVORA
EDIOURO
R$ 5,00



A FORÇA DO ENTUSIASMO
PROF.GRETZ
VIABILIZAÇÃO DE TALENTOS HUMANOS
(2005)
R$ 15,00



A SEDUÇÃO PERFEITA DESTINOS EDIÇÃO 92
PENNY JORDAN
HARLEQUIN BOOKS
(2008)
R$ 6,90



F DE FALCÃO
HELEN MACDONALD
INTRINSECA
(2016)
R$ 20,00



O QUE SEI DE LULA
JOSÉ NÊUMANNE PINTO
TOPBOOKS
(2011)
R$ 23,93



FOLHA VERDE, RASTRO BRANCO. DROGA. TRAFICO E CONSUMO
MARIE AGNÉS COMBESQUE
SCIPIONE
(2002)
R$ 12,00





busca | avançada
54051 visitas/dia
2,1 milhões/mês