Notícias da terra das sombras | Rafael Lima | Digestivo Cultural

busca | avançada
14031 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 17/7/2001
Notícias da terra das sombras
Rafael Lima

+ de 1800 Acessos

ACM inaugura nova fábrica de fitas do Bonfim na Bahia

Essa eu vi na televisão e custei a acreditar. Me imagino tentando explicar a, digamos, um escocês, por que o ex-senador que renunciou sob acusações de corrupção para fugir da cassação em plenário, mesmo que sem ocupar cargo político oficial nenhum, é convidado pelas autoridades locais a inaugurar uma fábrica de fitas de pano que o povo amarra no pulso, na crença de que quando elas arrebentarem, um pedido se realizará. Tudo que é (ou, pelo menos até hoje, foi) Brasil parece resumido nessa história: coronelismo, sincretismo, crenças populares, corrupção, etc. Uma vez que o súdito da rainha consiga entender como cada um desses elementos se combinou no que entendemos por nação, e estiver matutando com sua gaita de foles que este país não se tornou um dos capitalistas dominantes pela falta de pragmatismo, de visão empresarial criativa e sem escrúpulos, aí vai ser a hora de contar que as novas fitinhas estão sendo feitas com um tecido mais vagabundo - as pessoas ficam felizes porque seus pedidos serão realizados mais rápido e os empresários, porque venderão mais fitinhas...

Deitado eternamente

É em situações como essas que eu sempre me lembro daquele jogo de basquete, acho que pela Olimpíadas de Barcelona. Depois da seleção brasileira ter cedido o empate num lance idiota, teve que suar o que não tinha suado nos quatro tempos para ganhar na prorrogação. Comentário do pivô Pipoca, um dos responsáveis pela ida para o overtime, ao fim do jogo: "Pro Brasil, tudo é mais difícil."

Repito, incrementando o efeito dramático: "Pro Brasil, tudo é mais difícil."

O Apanhador no Campo dos Blogs

Já andei escrevendo aqui, na maior parte queixosamente ("os blogs se transformaram no mais novo palco dos exibicionistas de plantão. A capacidade de distribuir informação de um blog é tamanha, que causa revolta essa subutilização narcisista a que estão submetidos"), sobre blogs. Incomodava-me a fertilidade com que se reproduziam (o termo é preciso, tal a semelhança entre eles), e o vazio a que pareciam condenados. "Acabou a mensagem, agora é tudo meio", alertou-me um amigo. Pedi trégua e tempo para uma pesquisa de campo, e as conclusões ultrapassaram expectativas. A internet parece ter nascido para acolher o formato dos blogs: atualização diária - e a qualquer hora - com aquele comentário em cima do lance, típico de televisão e jornal; aparente caos encobrindo uma ordem muito sutil e muito maior; multimídia ("veja o tênis que comprei; ouça à música que tocava na loja") estruturada em hipertexto; e o inconfundível toque autoral. Muito pouca gente percebeu toda essa potencialidade, e é por isso que tem tanto diário minha-vida-de-cachorro por aí. Mas entre as exceções, gente como o Kazi, o Tom-B, o Hiro e o Sérgio Farias, há motivo para júbilo e regozijo. O Sérgio, por exemplo, foi o primeiro a descobrir o plágio no discurso de renúncia do ACM, antes de qualquer jornal ou revista, eletrônica ou não. Podem procurar, qualquer jornalista decente citou a fonte. Admiro Sérgio, aquele tipo de cidadão furioso, sempre pronto a tacar pedras no ônibus do Sarney da vez. Uma de suas grandes manhas é a maneira como brinca com os links, que exemplifico aqui: Maluf ... Algumas pérolas do seu recife virtual:

"Lição de informática: software é aquilo que você xinga, hardware é aquilo que você chuta."

"Não se pode mais confiar nem na própria mãe. A minha mudou a receita da torta de galinha; acrescentou milho e ervilhas, aumentou a quantidade de massa e reduziu a de carne, tudo sem me avisar. Assim fica difícil."

"Procuro secretária bonita e gostosa para organizar bookmarks. Noções básicas de felação são indispensáveis."

E agora, algumas do Kazi, meu antigo editor na extinta Panacea:

"Disclaimer de e-mail: Esta mensagem é de cunho pessoal e não deverá ser reproduzida em sua totalidade ou em parte em artigos, teses, camisetas e, principalmente, blogs. Don't quote me, motherfucker!"

"Preciso lembrar de comprar palavras."

"'Escrever é submeter a realidade a uma deformação coerente'. A 'deformação coerente' é de M. Merleau-Ponty, falando de significação. Semiótica é tão legal quanto física quântica, não?"

"É engraçado perceber que aquela coisa idiota de acreditar em tudo o que foi impresso está se tornando verdade na Internet. Saco. E tem nego brigando por causa dessas coisas. Seria engraçado se não fosse trágico. É por isso que eu faço questão de frisar: não acredite me nada que lê. Nada. Mesmo. Principalmente aqui. As 'boas leituras' são aquelas que mudam você, é verdade, mas não mude porque você leu uma 'verdade'. Verdades não existem, caramba. Um beijo existe. Um cheiro existe. Até um livro existe. Tudo o que está escrito é mentira. Desde que inventaram de escrever. Gramática não existe. Linguagem não existe. Vai, desliga essa merda de computador."

Antes que me peçam, vou logo avisando: não pretendo divulgar a url nem o nome de nenhum desses blogs. Se você não faz parte da comunidade de webdesigners e gente de internet, principal fonte desses diários, dificilmente vai ter algum interesse em saber o que se passa na vida dessas pessoas; há que se conhecê-las minimamente para aproveitar (meu caso). E se você é voyeur profissional ou muito curioso, vai procurar os nomes citados em algum mecanismo de busca de qualquer jeito. Além do que, isto aqui não é uma coluna de serviços; eventualmente, hyperlinks serão adicionados quando se entender que isso, para usar o jargão, agrega conteúdo à página.

Playmobil

Mas para não me acusarem de fazer "panelinha", vou revelar aqui uma das bossas da turma. É costume entre os bloggers, com o fim de familiarizar o leitor, apresentar alguns dados pessoais em um esboço de perfil, que via de regra não diz rigorosamente nada ("gosto de Legião Urbana, não gosto de Engenheiros do Havaí"), incluir fotos e fazer seu Stortrooper: uma espécie de boneco de vodu virtual personalizado à imagem e semelhança de seu autor. Vão lá fazer os seus. Esse aí fui eu que fiz.

Eat my shorts, man!

Foi uma amiga minha quem notou, dois minutos antes daquele psicólogo de nome grego escrever o livro: todo mundo acha o Homer Simpson um estúpido, um bruto, um imbecil. E, no entanto, todo os homens, nos seus momentos mais espontâneos, reconhecem que adoram, acham o máximo, e querem ser (ou, pelo menos, fazer coisas) que nem ele. Tá vendo, dona Marta Suplicy, para que serviu aquela pilha incendiária de sutiãs sintéticos? Pode ter ajudado a entronizar as mulheres no mercado de trabalho e amortecido a noção masculina delas serem algo mais do que cachorros e menos do que carros, mas teve por efeito colateral esse desnorteamento completo a que os homens estão submetidos. E não me venham reclamar agora.

Ali, boma ye!

O colunista jura que não tinha visto pré-estréia, trailer ou lido qualquer coisa sobre o filme novo de Spike Lee, A Hora do Show (Bamboozled), quando redigiu a nota Mulher, Negra e Favelada. Spike volta a acertar no alvo, depois de muito tempo, nessa crítica da maneira como os negros se vendem para conseguir espaço no showbiz norte-americano. Lee distribui sopapos com o vigor de sempre: quando o roteirista Pierre Delacroix pula, soca o ar e diz que ama Mira Sorvino, de quem acabara de receber um prêmio, é um jab de esquerda em Cuba Gooding Jr., que fez o mesmo quando recebeu o Oscar por Jerry Maguire, só que com Tom Cruise no lugar de Mira Sorvino; quando Delacroix diz que Matthew Modine, de cujas mãos acabara de receber outro prêmio, é quem merecia ficar com ele, renegando-o e entregando-o, é um gancho de direita em Ving Rhames, que fez o mesmo com Jack Lemon quando ganhou o Globo de Ouro.

Aspas para meu amigo João Marcelo, também conhecido como O Mestre

"A maior prova de que a maconha devia ser legalizada no Brasil, é que, assim que isso acontecesse, imediatamente um semi-analfabeto como Marcelo D2 ia deixar de ser considerado formador de opinião."



Rafael Lima
Rio de Janeiro, 17/7/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Paulo Coelho na Loucademia de Félix Maier


Mais Rafael Lima
Mais Acessadas de Rafael Lima em 2001
01. Charge, Cartum e Caricatura - 23/10/2001
02. A diferença entre baixa cultura e alta cultura - 24/7/2001
03. Sobre o ato de fumar - 7/5/2001
04. Um álbum que eu queria ter feito - 6/11/2001
05. Vendem-se explicações do Planeta dos Macacos - 4/9/2001


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MANUAL DE INTRODUÇÃO À ECONOMIA
JEFFERSON MARIANO
PAPIRUS
(2002)
R$ 11,00



ADMINISTRANDO A INFORMÁTICA
PAULO ROBERTO RODRIGUES
PIONEIRA
(1989)
R$ 15,00



A FESTA
CHRISTIANE GRIBEL
PLANETA
(2004)
R$ 10,00



DEPOIMENTOS
ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE PROPAGANDA
APP
(1985)
R$ 20,00



PEREGRINO DO TEMPO
EDUARDO PIOCCHI
MERCURYO
(1992)
R$ 10,00



CORA DO MEU CORAÇÃO
MÔNICA AGUIEIRAS CORTAT
EME
(2012)
R$ 23,00



CONTRÔLE DE QUALIDADE - 1 METROLOGIA
PANAMBRA
PANAMBRA S. A.
(1961)
R$ 50,00



CONTOS BUDISTAS
SHERAB CHODZIN
MARTINS FONTES
(2003)
R$ 46,00



ATTRACTION UNIVERSELLE ET RELIGION NATURELLE CHEZ QUELQUES...
HELENE METZGER FEDERICO ENRIQUES ORG.
HERMAN & CIE
(1938)
R$ 75,00



MEMORIAL DO PRESENTE
AUGUSTO MARZAGÃO
NOVA FRONTEIRA
(1994)
R$ 6,47





busca | avançada
14031 visitas/dia
1,2 milhão/mês