Manias | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Sobre o Jabá
>>> Crise da Democracia
>>> Bill Gates e o Internet Explorer
>>> LEM na TV Cronópios
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Poesia para jovens
>>> São Paulo, que dá nome à nossa cidade
>>> Viagem a 1968: Tropeços e Desventuras (3)
>>> Um estranho incidente literário
>>> Na Cama Com Tarantino
Mais Recentes
>>> O Cipreste no Jardim de Osho pela Cultrix (1997)
>>> Los Hermanos Rico de Georges Simenon pela Punto de Lectura (2005)
>>> Não conte a ninguém de Harlan Coben pela Arqueiro (2009)
>>> Uma dobra no tempo de Madeleine L'Engle pela Harper Collins (2017)
>>> Diários de Berlim de Marie Vassiltchikov pela Boitempo (2015)
>>> Fidel Castro. Biografia a Duas Vozes de Ignácio Ramonet pela Boitempo (2016)
>>> Globalização, Dependência e Neoliberalismo na América Latina de Carlos Eduardo Martins pela Boitempo (2011)
>>> Paris, Capital da Modernidade de David Harvey pela Boitempo (2015)
>>> Geriatria Moderna Para Leigos - Série Viver A Vida de Newron Luiz Terra e Colaboradores pela Leitura XXI (2007)
>>> O Ano I da Revolução Russa de Victor Serge pela Boitempo (2007)
>>> Práticas Psicogerontológicas Nos Cuidados De Idosos de Eliana Novaes Procópio pela Juruá (2012)
>>> O Envelhecimento de Luiz Eugênio Garcez Leme pela Contexto (1998)
>>> A Ilíada (Em Verso) de Homero pela Ediouro
>>> Psicogerontologia Fundamentos e Práticas de Diana Silvina Singer e Colaboradores pela Juruá (2009)
>>> A Montanha que Devemos Conquistar de István Mészáros pela Boitempo (2015)
>>> Desenvolvimento e Envelhecimento: Perspectivas biológicas, psicológicas e sociológicas de Anita Liberalesso (org.) pela Papirus (2012)
>>> A Ilíada (Forma Narrativa) de Homero pela Ediouro
>>> Poder e Desaparecimento de Pilar Calveiro pela Boitempo (2019)
>>> Eneida de Virgílio pela Ediouro
>>> As Ilusões Perdidas de Honoré de Balzac pela Abril Cultural (1978)
>>> A Aldeia Ancestral de Pearl S. Buck pela Gráfica Brasileira (1950)
>>> Trabalho e Dialética - Hegel, Marx e a Teoria Social do Devir de Jesus Ranieri pela Boitempo (2011)
>>> Crime e Castigo - 2 volumes de Dostoiévski pela Abril Cultural (1979)
>>> O Conhecimento do Cotidiano As Representações Sociais Na Perspectiva Da Psicologia Social de Mary Jane Spink (org) pela Brasiliense (1995)
>>> Lutas de Classes na Alemanha de karl marx e Friedrich Engels pela Boitempo (2010)
>>> O Conhecimento Confiável: Uma Exploração Dos Fundamentos Para a Crença na Ciência de John Ziman pela Papirus (1996)
>>> O Paradoxo da Moral de Vladimir Jankelevitch pela Papirus (1994)
>>> Uma Mensagem Profética Para Sua Vida de Silas Malafaia pela Central Gospel (2011)
>>> Educação não é privilégio de Anísio Teixeira pela Ufrj (2007)
>>> Germinal de Émile Zola pela Abril Cultural (1979)
>>> Soledad no Recife de Urariano Mota pela Boitempo (2009)
>>> Quando A Nossa Fé É Provada de Silas Malafaia pela Central Gospel (2011)
>>> As Aventuras do Sr. Pickwick de Charles Dickens pela Abril Cultural (1979)
>>> No Caminho de Swann de Marcel Proust pela Abril Cultural (1979)
>>> Dom Quixote de La Mancha de Cervantes pela Abril Cultural (1978)
>>> Aborto Perda e Renovação: Um Paradoxo Na Procura da Identidade Feminina de Eva Pattis pela Paulus (2000)
>>> Ana Karênina - 2 volumes de Tolstói pela Abril Cultural (1979)
>>> Sonhos A Essência Orientando A Existência de Djalma Argolo pela Amar (2012)
>>> A Sabedoria dos Sonhos Para Desvendar O Inconsciente Feminino de Karen A. Signell pela Ágora (1998)
>>> Vivências da Maternidade e Suas Consequências Para o Desenvolvimento Psicológico do Filho de Eliana Marcello de Felice pela Vetor (2006)
>>> Os Sentidos Do Sintoma Psicanálise E Gastroenterologia de Paulo Roberto de Sousa pela Papirus (1993)
>>> Almas Mortas de Nikolai Gógol pela Abril Cultural (1979)
>>> O Menino Que Não Conseguia Parar De Se Lavar: Experiência e Tratamento do Distúrbio Obsessivo- Compulsivo de Judith L. Rapoport pela Saraiva (1990)
>>> As Três Irmãs - Contos de Tchekhov pela Abril Cultural (1979)
>>> O Pai e a Psique de Alberto Pereira Lima Filho pela Paulus (2002)
>>> Privação e Delinquência de D. W. Winnicott pela Msrtins Fontes (2015)
>>> Laços e Rupturas: Leituras Psicanalíticas Sobre Adoção e o Acolhimento Institucional de Maria Luiza de Assis Moura Ghirardi e Márcia Porto Ferreira (orgs) pela Escuta (2016)
>>> O filósofo e sua história de Michael B. Wringley (org.) pela Fapesp (2003)
>>> Cadernos de Tradução de Núcleo de Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999)
>>> Afro Ásia 41 de Centro de Estudos Afro Orientais pela Universiadade Federal da Bahia (2011)
COLUNAS

Sexta-feira, 1/10/2004
Manias
Julio Daio Borges

+ de 3500 Acessos
+ 4 Comentário(s)

Ao acordar - Despertar às vezes antes do horário. Rolar na cama. Tentar dormir de novo. Em vão. [Liga o som.] Correr para desligar (na medida do possível). Esfregar os olhos. Banheiro. Bocejo. Lavar o rosto. Alguma idéia para o traje de hoje? Evocar mentalmente os compromissos e a agenda (na dúvida, consultar a própria - contrariado). Separar a roupa. Fazer o mesmo com os apetrechos da ginástica (sem pressa, sem irritação). Ligar a ducha. Esperar esquentar... Ir tirando a roupa e ir comparando o físico de hoje com o do dia anterior. Esquentou. Pular dentro do box. Fechar o "vitrô" para que o calor não escape. Sabonete, sem xampu, sabonete, sem condicionador, sabonete (lavar a cabeça apenas à noite). Água, água, água. Desligar. Toalha. (Uma para o corpo todo; outra para os pés.) Vestir. Suar. Destravar a porta e fazer circular o ar...

No escritório - Chegar cedo. Estacionar na mesma vaga. A mais distante, e menos movimentada. Descer com carteira, documento do carro e celular. Desligar o rádio. Guardar os óculos na caixa. Fechar a porta da frente e abrir a de trás. Pegar a sacola com o lanche. Fechar. Abrir o porta-malas. Pegar a bolsa de trabalho. Subir. Abrir a porta do escritório. Ainda carregado, ir levantando as persianas e abrindo as janelas (só uma fresta, para ventilar). Na sala do fundo, depositar o lanche entre o computador e a impressora; a mala, na ponta da mesa; agenda (de dentro da pasta), na ponta oposta - ao lado do telefone. Abrir as janelas (ainda menos do que as demais). Ligar o computador...

Depois do almoço - Trombar com o zelador e com a correspondência. Assinar cartas registradas. Agradecer. Estocar as contas na gaveta apropriada, por ordem de vencimento. Jogar fora uma parte da papelada (convites que não interessam, propaganda, noites de autógrafo). Abrir embalagem. Rasgar com cuidado, para não despedaçar o interior. Empilhar os volumes para posterior análise. Todos. Ler o prefácio e as orelhas (em geral). Ponderar se vai para a fila ou se deve ser encaminhado... Checar as mensagens na secretária eletrônica. Apagar muitas, guardar poucas. E-mails. Filtro. Spam. Repassar uma parte. Resposta na hora. Pasta pendências (follow-up). Bancos na internet: agência, conta, senha, contra-senha, número do cartão. Página do site. Quantos visitantes? Por quê? Como? Onde? Revisão. Impressão. Newsletter. Composição...

Lanche - Água antes e água depois. Interromper as atividades que requeiram contato com o teclado. Empunhar garfo e faca ou partir para o manuseio direto da fruta. Guardanapo sempre à mão. Lixo, também. Leitura na tela ou no papel. Em algum momento, virar a folha ou scroll down (não sem antes se limpar). Jogar restos orgânicos numa sacola especial: papéis e plásticos na lixeira convencional. Lavar talheres. Tapar tupperware. Acondicionar convenientemente (para depois não cair e não batucar), e manter junto à porta (para não esquecer). Escovar os dentes (principalmente se houver resíduos cítricos). Escapar para a padaria de vez em quando. (Só pra variar.) Passar pela banca, ler as manchetes e nunca comprar nada. Saudar a moça do caixa, saudar o "chapeiro". Encomendar. Observar a feitura. Bebericar um suco. Pegar a comanda e pagar. Voltar...

No fim do dia - Sair impreterivelmente antes do pôr do sol. Dar a partida, abrir os vidros, acender os faróis (ainda dentro da garagem, e sem o som do rádio). Na rua, buzinar para os passantes - sintonizar o happy hour. Esperar no farol e prestar atenção para não invadir a faixa de ônibus. Lombadas. Táxis. Via perigosa, com pouca visibilidade e de duas mãos - acender novamente os faróis, ativar o "pisca-alerta" e diminuir a marcha. Rir dos apresentadores. Descida. Entrar à esquerda lá embaixo, sem cair nos buracos, um pouco na contramão. Esperar o coletivo. Novo farol (o último). Marginal. Da "local" para a "expressa". Atenção aos limites de velocidade. Um pouco de trânsito na ponte. À direita, chegou. Rampa. Ticket. FM desintonizada. Vaga perto do elevador. Escada rolante...

Na academia - Escolher o armário. Abrir o mesmo. Tirar os sapatos. Colocar a mochila no banco em frente. Tirar o xampu e o relógio à prova d'água. Encaixá-los no patamar do meio. No de baixo, pôr de pé a toalha. O sabonete, próximo ao trinco, mas sem obstruir a passagem. Separar o polar e a cinta elástica (para fixá-lo). (Ao lado, o livro, se for pedalar.) Tirar a calça, a camisa e/ou a malha. Dobrar. Guardar na mochila, na parte maior e mais funda. Colocar o short e a camiseta. Tirar o tênis do saco plástico, dobrar o último e calçar o primeiro. Pendurar no gancho interior. Trancar. (Na saída, seguir o mesmo procedimento, ao contrário.)

Ao deitar - Banheiro, escova de dentes e flogoral quando houver afta ou garganta irritada. Moletom, camiseta furada, moletom. Protetor para o pescoço. Chinelo confortável. Fechar todas as portas dos armários. Apoiar peças semi-sujas/semilimpas na cadeira. Luz no abajur. Livro. Ajuste milimétrico dos travesseiros. Quando cansar, virar de lado. Alguma coisa deixada para trás (esquecimento...). Desmanchar o arranjo, remediar o fato e tentar reorganizar tudo de novo. (O travesseiro, pelo menos, não fica igual.) Falar com a namorada. Do telefone na ponta de lá. Sentar recostado na cabeceira da cama (para que a "quina" não pegue na base do crânio.) Às segundas, assistir ao Roda-Viva - ou então "zapear" sem esperança. Parar no Deustch Welle. Sentir saudades do Alemão. Tentar entender alguma coisa. (Em vão.) Onze horas. Meia-noite. Até amanhã.



Julio Daio Borges
São Paulo, 1/10/2004


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A Copa, o Mundo, é das mulheres de Luís Fernando Amâncio
02. Como medir a pretensão de um livro de Ana Elisa Ribeiro
03. Minimundos, exposição de Ronald Polito de Jardel Dias Cavalcanti
04. Inferno em digestão de Renato Alessandro dos Santos
05. Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia de Renato Alessandro dos Santos


Mais Julio Daio Borges
Mais Acessadas de Julio Daio Borges em 2004
01. Parati, Flip: escritores, leitores –e contradições - 16/7/2004
02. Mens sana in corpore sano - 14/5/2004
03. Por que a crítica, hoje, não é bem-vinda - 25/6/2004
04. Ensaio de interpretação do Orkut - 20/8/2004
05. 1964-2004: Da televisão à internet – um balanço - 30/4/2004


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
1/10/2004
11h22min
Olá, Julio! :-) Adorei suas "Manias"! Daria um ótimo conto [não sei se foi pensado para ser um]. Quem não se identifica com a seqüência de ações e os itinerários, ainda que não tenha a mesma agenda? ;-)
[Leia outros Comentários de Rosy Feros]
2/10/2004
12h00min
Um texto muito bom, muito triste, alguém muito solitário, sem vida. Uma personalidade porém muito reforçada e qualificada pelas empresas, pelas famílias. É alguém que dá conta de tudo e além disso não incomoda a ninguém, só a ele!
[Leia outros Comentários de Eliane Araujo ]
2/10/2004
22h11min
Manias, cada um com as suas. Os textos estão ótimos, e desde já digo que vou me valer deles em sala de aula. Sou professor de Língua Portuguesa, e o seu texto é uma bela motivação para se produzirem outros textos!!! Um abraço.
[Leia outros Comentários de Arquimimo Novaes]
8/10/2004
16h01min
Se parece muito comigo e não gostei de me ver assim tão máquinalmente analisada. Mas é assim mesmo. Sem emoção nem sentimentos. Meu Deus. Parece filme de ficção onde todos viraram máquinas.
[Leia outros Comentários de celia macedo]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




RECOMEÇOS
DANIELLE STEEL
ALTAYA - RECORD
(1989)
R$ 5,00



A ELEIÇÃO DA CRIANÇADA
PEDRO BANDEIRA
MELHORAMENTOS
(2006)
R$ 10,00



DO MEB À WEB O RÁDIO NA EDUCAÇÃO COL. CULTURA, MIDIA E ESCOLA
NELSON DE LUCA PRETTO
AUTÊNTICA
(2010)
R$ 20,70



O CREPÚSCULO DO MACHO - DEPOIMENTO
FERNANDO GABEIRA
CODECRI
(1981)
R$ 9,00



ALGUNS CONTOS E FÁBULAS DA AMÉRICA DO SUL 2
VÁRIOS AUTORES
PAULUS
(2000)
R$ 4,00



O HOMEM ECONÔMICO RACIONAL
MARTIN HOLLIS E EDWARD J. NELL
ZAHAR
(1977)
R$ 12,00



CLT - LTR CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DE TRABALHO
ARMANDO CASIMIRO COSTA IRANY FERRARI E OUTROS
EDIT LTR
(2007)
R$ 7,90



DESENVOLVIMENTO E DIREITOS HUMANOS: DIÁLOGOS NO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL
ABONG
PEIRÓPOLIS
(2003)
R$ 13,00



O EQUILÍBRIO CORPORAL
P. VAYER
ARTES MÉDICAS
(1984)
R$ 10,00



CURSO BÁSICO DE MATEMÁTICA PARA ECONOMISTAS
PAULO TAFNER
PAPEL VIRTUAL
(2002)
R$ 30,00





busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês