Manias | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
87666 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> “Bella Cenci” Estreia em formato virtual com a atriz Thais Patez
>>> Espetáculo teatral conta a história de menina que sonha em ser astronauta
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
>>> MAB FAAP seleciona artista para exposição de 2022
>>> MIRADAS AGROECOLÓGICAS - COMIDA MANIFESTO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Carma & darma
>>> Sultão & Bonifácio, parte II
>>> Ensaio autobiográfico, de Jorge Luis Borges
>>> O código dos gênios
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Para você estar passando adiante
>>> Blogs roubam audiência
>>> O enigma da 21ª letra
>>> Crise dos 40
>>> Marcelotas
Mais Recentes
>>> Livro A Maldição do Titã de Rick Riordan pela Intrínseca (2014)
>>> Livro Se Eu Ficar de Gayle Forman pela Novo Conceito (2019)
>>> Querido John de Nicholas Sparks pela Novo Conceito (2013)
>>> Saudável aos 100 Anos de John Robbins pela Fontanar (2009)
>>> Chico Buarque Letra e Música - 2 Volumes de Chico Buarque de Hollanda pela Companhia das Letras (1989)
>>> Songbook Caetano Veloso - Vol. 2 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Songbook Bossa Nova - Vol. 1 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Médio Dicionário Aurélio de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira pela Nova Fronteira (1980)
>>> Dicionário Etimológico Nova Fronteira da Língua Portuguesa de Antônio Geraldo da Cunha pela Nova Fronteira (1982)
>>> Dolce Casa - Manuale Di Sopravvivenza Domestica de Grazia Dominici pela La Spiga (1984)
>>> Meu Mundo Caiu. a Bossa e a Fossa de Maysa. a Bossa e a Fossa de Maysa de Eduardo Logullo pela Novo Século (2007)
>>> Haroldo Costa de Vários Autores pela Rio (2003)
>>> Cancioneiro Popular Português e Brasileiro de Nuno Ctharino Cardoso pela Portugal-brasil Ltda (1921)
>>> Retratos - Dadá Cardoso de Dada Cardoso pela Avatar (1999)
>>> A Informação no Rádio de Gisela Swetlana Ortriwano pela Summus Editorial (1985)
>>> Yes, nos Temos Bananas - História e Receitas de Heloisa de Freitas Valle; Márcia Masca pela Senac São Paulo (2003)
>>> Manual de Modelismo de Albert Jackson; David Day pela Hermann Blume (1981)
>>> Madeira-mamoré. Patrimônio da Humanidade de Hércules Góes pela Ecoturismo (2005)
>>> Uma História de Agendas de João Rothschild pela Ernesto Rothschild (1990)
>>> Estética. La Cuestion del Arte de Elena Oliveras pela Aemecé (2007)
>>> Conheça o Pantanal de Nicia Wendel de Magalhães pela Terragraph (1992)
>>> Corpo de Baile de João Guimarães Rosa pela José Olympio (1956)
>>> Línguas de Fogo. Ensaio Sobre Clarice Lispector de Claire Varin pela Limiar (2002)
>>> Pedagogia Diferemciada : das Intenções à Ação de Philippe Perrenoud pela Artmed (2000)
>>> Um General na Biblioteca de Italo Calvino pela Companhia das Letras (2007)
COLUNAS

Sexta-feira, 1/10/2004
Manias
Julio Daio Borges

+ de 3900 Acessos
+ 4 Comentário(s)

Ao acordar - Despertar às vezes antes do horário. Rolar na cama. Tentar dormir de novo. Em vão. [Liga o som.] Correr para desligar (na medida do possível). Esfregar os olhos. Banheiro. Bocejo. Lavar o rosto. Alguma idéia para o traje de hoje? Evocar mentalmente os compromissos e a agenda (na dúvida, consultar a própria - contrariado). Separar a roupa. Fazer o mesmo com os apetrechos da ginástica (sem pressa, sem irritação). Ligar a ducha. Esperar esquentar... Ir tirando a roupa e ir comparando o físico de hoje com o do dia anterior. Esquentou. Pular dentro do box. Fechar o "vitrô" para que o calor não escape. Sabonete, sem xampu, sabonete, sem condicionador, sabonete (lavar a cabeça apenas à noite). Água, água, água. Desligar. Toalha. (Uma para o corpo todo; outra para os pés.) Vestir. Suar. Destravar a porta e fazer circular o ar...

No escritório - Chegar cedo. Estacionar na mesma vaga. A mais distante, e menos movimentada. Descer com carteira, documento do carro e celular. Desligar o rádio. Guardar os óculos na caixa. Fechar a porta da frente e abrir a de trás. Pegar a sacola com o lanche. Fechar. Abrir o porta-malas. Pegar a bolsa de trabalho. Subir. Abrir a porta do escritório. Ainda carregado, ir levantando as persianas e abrindo as janelas (só uma fresta, para ventilar). Na sala do fundo, depositar o lanche entre o computador e a impressora; a mala, na ponta da mesa; agenda (de dentro da pasta), na ponta oposta - ao lado do telefone. Abrir as janelas (ainda menos do que as demais). Ligar o computador...

Depois do almoço - Trombar com o zelador e com a correspondência. Assinar cartas registradas. Agradecer. Estocar as contas na gaveta apropriada, por ordem de vencimento. Jogar fora uma parte da papelada (convites que não interessam, propaganda, noites de autógrafo). Abrir embalagem. Rasgar com cuidado, para não despedaçar o interior. Empilhar os volumes para posterior análise. Todos. Ler o prefácio e as orelhas (em geral). Ponderar se vai para a fila ou se deve ser encaminhado... Checar as mensagens na secretária eletrônica. Apagar muitas, guardar poucas. E-mails. Filtro. Spam. Repassar uma parte. Resposta na hora. Pasta pendências (follow-up). Bancos na internet: agência, conta, senha, contra-senha, número do cartão. Página do site. Quantos visitantes? Por quê? Como? Onde? Revisão. Impressão. Newsletter. Composição...

Lanche - Água antes e água depois. Interromper as atividades que requeiram contato com o teclado. Empunhar garfo e faca ou partir para o manuseio direto da fruta. Guardanapo sempre à mão. Lixo, também. Leitura na tela ou no papel. Em algum momento, virar a folha ou scroll down (não sem antes se limpar). Jogar restos orgânicos numa sacola especial: papéis e plásticos na lixeira convencional. Lavar talheres. Tapar tupperware. Acondicionar convenientemente (para depois não cair e não batucar), e manter junto à porta (para não esquecer). Escovar os dentes (principalmente se houver resíduos cítricos). Escapar para a padaria de vez em quando. (Só pra variar.) Passar pela banca, ler as manchetes e nunca comprar nada. Saudar a moça do caixa, saudar o "chapeiro". Encomendar. Observar a feitura. Bebericar um suco. Pegar a comanda e pagar. Voltar...

No fim do dia - Sair impreterivelmente antes do pôr do sol. Dar a partida, abrir os vidros, acender os faróis (ainda dentro da garagem, e sem o som do rádio). Na rua, buzinar para os passantes - sintonizar o happy hour. Esperar no farol e prestar atenção para não invadir a faixa de ônibus. Lombadas. Táxis. Via perigosa, com pouca visibilidade e de duas mãos - acender novamente os faróis, ativar o "pisca-alerta" e diminuir a marcha. Rir dos apresentadores. Descida. Entrar à esquerda lá embaixo, sem cair nos buracos, um pouco na contramão. Esperar o coletivo. Novo farol (o último). Marginal. Da "local" para a "expressa". Atenção aos limites de velocidade. Um pouco de trânsito na ponte. À direita, chegou. Rampa. Ticket. FM desintonizada. Vaga perto do elevador. Escada rolante...

Na academia - Escolher o armário. Abrir o mesmo. Tirar os sapatos. Colocar a mochila no banco em frente. Tirar o xampu e o relógio à prova d'água. Encaixá-los no patamar do meio. No de baixo, pôr de pé a toalha. O sabonete, próximo ao trinco, mas sem obstruir a passagem. Separar o polar e a cinta elástica (para fixá-lo). (Ao lado, o livro, se for pedalar.) Tirar a calça, a camisa e/ou a malha. Dobrar. Guardar na mochila, na parte maior e mais funda. Colocar o short e a camiseta. Tirar o tênis do saco plástico, dobrar o último e calçar o primeiro. Pendurar no gancho interior. Trancar. (Na saída, seguir o mesmo procedimento, ao contrário.)

Ao deitar - Banheiro, escova de dentes e flogoral quando houver afta ou garganta irritada. Moletom, camiseta furada, moletom. Protetor para o pescoço. Chinelo confortável. Fechar todas as portas dos armários. Apoiar peças semi-sujas/semilimpas na cadeira. Luz no abajur. Livro. Ajuste milimétrico dos travesseiros. Quando cansar, virar de lado. Alguma coisa deixada para trás (esquecimento...). Desmanchar o arranjo, remediar o fato e tentar reorganizar tudo de novo. (O travesseiro, pelo menos, não fica igual.) Falar com a namorada. Do telefone na ponta de lá. Sentar recostado na cabeceira da cama (para que a "quina" não pegue na base do crânio.) Às segundas, assistir ao Roda-Viva - ou então "zapear" sem esperança. Parar no Deustch Welle. Sentir saudades do Alemão. Tentar entender alguma coisa. (Em vão.) Onze horas. Meia-noite. Até amanhã.



Julio Daio Borges
São Paulo, 1/10/2004


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Predadores humanos de Gian Danton
02. Lares & Lugares de Ricardo de Mattos
03. Cézanne: o mito do artista incompreendido de Humberto Pereira da Silva
04. Samba da Vela de Débora Costa e Silva
05. A política de uma bunda de Marcelo Miranda


Mais Julio Daio Borges
Mais Acessadas de Julio Daio Borges em 2004
01. Parati, Flip: escritores, leitores –e contradições - 16/7/2004
02. Mens sana in corpore sano - 14/5/2004
03. Por que a crítica, hoje, não é bem-vinda - 25/6/2004
04. 1964-2004: Da televisão à internet – um balanço - 30/4/2004
05. Ensaio de interpretação do Orkut - 20/8/2004


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
1/10/2004
11h22min
Olá, Julio! :-) Adorei suas "Manias"! Daria um ótimo conto [não sei se foi pensado para ser um]. Quem não se identifica com a seqüência de ações e os itinerários, ainda que não tenha a mesma agenda? ;-)
[Leia outros Comentários de Rosy Feros]
2/10/2004
12h00min
Um texto muito bom, muito triste, alguém muito solitário, sem vida. Uma personalidade porém muito reforçada e qualificada pelas empresas, pelas famílias. É alguém que dá conta de tudo e além disso não incomoda a ninguém, só a ele!
[Leia outros Comentários de Eliane Araujo ]
2/10/2004
22h11min
Manias, cada um com as suas. Os textos estão ótimos, e desde já digo que vou me valer deles em sala de aula. Sou professor de Língua Portuguesa, e o seu texto é uma bela motivação para se produzirem outros textos!!! Um abraço.
[Leia outros Comentários de Arquimimo Novaes]
8/10/2004
16h01min
Se parece muito comigo e não gostei de me ver assim tão máquinalmente analisada. Mas é assim mesmo. Sem emoção nem sentimentos. Meu Deus. Parece filme de ficção onde todos viraram máquinas.
[Leia outros Comentários de celia macedo]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Pesquisa Sobre Evolução dos Aluguéis
Neurb; Puc Rj
Neurb; Puc Rj
(1978)



El Dominio Maritimo del Estado Sobre La Zona Economica Exclusiva
D. José Luis de Azcarraga y Bustamante
Real Academia de Jurisprudenci
(1983)



Vamos para Casa: uma História de Amor
Maria do Carmo Lima de Rezende (dedicatória)
7letras
(2004)



O Projeto Dragão
Rubens Teixeira Scavone
Scipione
(1988)



Spain & Portugal (glovebox Atlas)
Automobile Association
Automobile Association
(1998)



Os 350 Melhores Restaurantes do Rio de Janeiro: Guia Gastronômico
André Luiz Pereira da Silva (capa Dura)
Caras
(2003)



El Concepto de Clases Sociales de Marx a Nuestros Dias
Georges Gurvitchi
Nueva Vision
(1957)



Manual de Termos Técnicos do Comércio Exterior e Transportes Marítimos
Abinael Morais Leal
Tempo
(1996)



O Nascimento da Terra
Roselis Von Sass
Ordem do Graal na Terra
(1990)



Praga Judia
Marie Vitochová, Jindrich Kejr e Miloslav Husek
Jitka Kejrová (praga)
(2004)





busca | avançada
87666 visitas/dia
2,7 milhões/mês