Zicartola | Marcelo Maroldi | Digestivo Cultural

busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Péricles Cavalcanti - lançamento de SALTANDO COMPASSOS
>>> Espetáculo “Canções Para Pequenos Ouvidos” chega ao Teatro Clara Nunes, em Diadema
>>> (Abre 11/10) Mostra BAÚ DA DGT_curadores Francisco Gaspar,Tuna Dwek, Donny Correia e Diego da Costa
>>> Escrever outros Corpos - Criar outras Margens || BELIZARIO Galeria
>>> SESC 24 DE MAIO RECEBE EVENTO DE LANÇAMENTO DA COLEÇÃO ARQUITETOS DA CIDADE
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Universos paralelos
>>> Deseduquei
>>> Cuidado com a mentira!
>>> E agora? Vai ter pesquisa novamente?
>>> Cabelos brancos
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> perversão sexual
>>> Trailer do Fim do Mundo
>>> Uísque ruim, degustador incompetente
>>> O bom e velho jornalismo de sempre
>>> Apresentação
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> Anomailas, por Gauguin
>>> Felicidade
>>> Ano novo, vida nova.
Mais Recentes
>>> A Jornada Para Casa Uma Parabola De Kryon - A Historia De Michael Thomas E Os Sete Anjos de Lee Carroll pela Madras (2011)
>>> No Vale Dos Suicidas - Madras de Evaristo Humbertto De Araujo pela Madras (2009)
>>> Os Segredos Do Karate Shotokan de Robin L Rielly pela Madras (2011)
>>> História social da criança e da família de Philippe Ariés pela Guanabara (1981)
>>> A revolução da palavra - Uma visão do homo loquens de Pedro Paulo Filho pela Siciliano (1987)
>>> A Sombra de uma Paixão de Tanya Oliveira pela Lúmen (2007)
>>> A evolução da consciência de Robert Ornstein pela Best Seller (1991)
>>> Iracema de José de Alencar pela L&Pm Pocket (2009)
>>> Ciência e fé: O reencontro pela- Física quântica de Bispo Rodovalho pela Lua de mel (2013)
>>> A ponte clandestina - Teorias de cinema na América Latina de José Carlos Avelar pela 34 (1995)
>>> As Fortunas do Cortesão de Peter Burke pela Unesp (1997)
>>> O barão das árvores de Italo Calvino pela Companhia Das Letras (1991)
>>> Cultura Brasileira - Temas e Situações de Alfredo Bosi pela Atica (1992)
>>> Poemas de Rainer Maria Rilke pela Companhia Das Letras (1993)
>>> A Feira das Vaidades - I e II Volume de William Makepeace Thackeray pela Civilização Brasileira (1963)
>>> Cinema marginal (1968/1973) - A representação em seu limite de Fernão Ramos pela Brasiliense (1987)
>>> O Circo da Noite de Erin Morgenstern pela Intrínseca (2012)
>>> A vida viaja na luz de Carlos A. Baccelli Inácio Ferreira pela Leepp (2011)
>>> Por que perdeu ?: Dez desfiles derrotados que fizeram história de Marcelo de Mello pela Record (2018)
>>> Cultura de Massa e Cultura Popular de Ecléa Bosi pela Vozes (1973)
>>> Antes de dormir de S. J. Watson pela Record (2012)
>>> História da Civilização - Idade Média, Moderna e Contemporânea de António G. Mattoso pela Lisboa - Livraria Sá da Costa (1956)
>>> Uma história da república de Lincoln de Abreu Penna pela Nova Fronteira (1989)
>>> Adestramento de Cães para Leigos de Jack Volhard / Wendy Volhard pela Alta Books (2005)
>>> Capitalismo, trabalho e educação de José Claudinei Lombardi pela Autores Associados (2004)
COLUNAS

Segunda-feira, 21/3/2005
Zicartola
Marcelo Maroldi

+ de 5000 Acessos

Lembro que já se vão alguns anos desde que ouvi dizer pela primeira vez sobre o lendário Zicartola. Para um jovem como eu, morador do interior de São Paulo (e, portanto, bem distante do Rio de Janeiro e de sua boêmia pícara), devo admitir que foi um caso incomum. Raro mesmo. Talvez nem os jovens cariocas de hoje possam dizer algo a respeito dele...E lembro da minha reação nos dias seguintes, enquanto ouvia discos de samba: puxa, devia ser um grande prazer freqüentar aquele restaurante e visitar seus donos... Agora, quando o desejo de conhecê-lo, saboreando a - dizem - deliciosa comida da Dona Zica ao som do grande Cartola e de seus amigos, acomodou-se, sou apresentado ao livro Zicartola (Maurício Barros de Castro, 2004, Relume Dumará/Prefeitura do Rio de Janeiro, 116 páginas) onde posso, enfim, visitar aquele lugar.

O livro, apesar do título definitivo, acaba por ser mais que uma simples descrição do Zicartola. Na verdade, a obra pouco fala, de fato, sobre o restaurante que se tornou reduto do samba carioca nos anos 60, freqüentado pelos principais artistas e intelectuais cariocas (além de inúmeros universitários que, ainda que por um período breve, trocaram a zona sul pela norte, onde se localizava o bar, na Rua da Carioca, 53). A narração, simples e objetiva, inicia-se dezenas de anos antes da inauguração do Zicartola (nascido em 1963), por volta dos anos 20, quando as escolas de samba são concebidas no seio carioca (isto é, nas favelas, onde, aliás, alguns brancos da cidade se dirigiam, maravilhados com a cultura lá produzida) e de onde surgiriam uma centena de grandes nomes da música popular brasileira e, principalmente, do samba, muitos deles cantores das rádios. Tendo isto sido dito, não é difícil imaginar a narrativa de boa parte dos nomes presentes no livro. São histórias de dificuldades, muitas de pobreza, pileques, e, evidentemente, carnaval e samba.

Na seqüência, a história segue até o surgimento do restaurante. E, então, o livro procurar constituir o cenário carioca até meados da década de 60, quando nasceria o restaurante, em meio à agitação política daqueles dias e de uma explosão de artistas e novos gêneros musicais, como a Jovem Guarda. O subtítulo do livro, Política e samba na casa de Cartola e Dona Zica - que não aparece na capa e nem na contra-capa mas apenas internamente - sugere mais do que na verdade o livro faz. O livro jamais perde o foco nas pessoas, em especial nos sambistas, e pouco debate faz das idéias e sentimentos políticos do período. A política na casa de Cartola e Dona Zica é superficialmente explorada.

Lendo o livro, tive a sensação nítida de que há uma supervalorização do espaço Zicartola como ponto de resistência cultural carioca, e brasileiro, portanto. Ao contrário do que tenta induzir o texto em alguns momentos, não parece ter sido ali a mantenedora dos suspiros intelectuais da cidade. Talvez, e apenas isso, reduto dos autênticos sambistas, marginalizados e sem espaço naquela ocasião (o próprio Cartola lavava carros mesmo depois de famoso, quando ficou esquecido. Outros grandes compositores vendiam a autoria de músicas para quem quisesse, em troca de pequenos valores, fato conhecido de todos). Um dos artistas citados no texto que não era cantor (pelo menos até onde eu saiba) é o poeta Ferreira Gullar. No livro, ele não minimiza o papel histórico do restaurante, mas também a ele não atribui uma fundamental importância. Para Gullar, o encontro da juventude com os sambistas das escolas de samba é anterior ao aparecimento do Zicartola. Porém, segundo o poeta, a idéia de fazer o show Opinião, nasceu de ir para o Zicartola, de ouvir o Zé Kéti, o João do Vale e a Nara cantarem. Esse depoimento reforça o caráter inspirador do restaurante aos eventos seqüenciais, como Opinião e o Roda de Ouro. No dia 20 de fevereiro de 2005, o poeta, que agora escreve crônicas na Folha de São Paulo, comentou o assunto, iniciando assim o texto intitulado "Fim de Papo" (que parece ter sido uma resposta às supostas críticas recebidas por sua crônica anterior que falava sobre o carnaval e a invasão dos brancos nas escolas de samba):

Tenho a vaidade de dizer que pertenci ao grupo de artistas e intelectuais que contribuíram para que o público da Zona Sul do Rio de Janeiro passasse a valorizar os sambistas das escolas de samba.

Já no CPC, (nota Marcelo Maroldi: Centro Popular de Cultura) no comecinho dos anos 60, esse grupo fez as primeiras aproximações, promovendo pequenos shows na sede da UNE, no Flamengo, e depois ajudando a organizar o célebre espetáculo de música popular brasileira no Teatro Municipal, até então templo intocado da música erudita. Cartola fez alusão a esse feito num samba célebre.

De modo geral, a leitura de Zicartola revive uma história que estava distante das pessoas e esquecida na memória de alguns. Um passado importante, fundamental e pouco revisitado. Não é raro as pessoas de hoje desconhecerem personalidades da música brasileira, como Cartola, Nelson Cavaquinho ou Zé Kéti. Muitos conhecem, isto é, conhecem de nome, mas não conseguem cantarolar nenhuma música corretamente. O livro pode ajudá-los a entender melhor o cenário brasileiro do samba, tão presente na época do Zicartola e dos grandes sambistas, e mostrar que o reaparecimento desses nomes aconteceu no restaurante de Dona Zica e Cartola, o Zicartola.

Para ir além






Marcelo Maroldi
São Paulo, 21/3/2005


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A pérola do cinema sul-americano de Guilherme Carvalhal
02. Momento ideal & conciliação de Ana Elisa Ribeiro
03. O que querem os homens? Do Sertão a Hollywood de Marilia Mota Silva
04. O Brasil é carioca de Luiz Rebinski Junior


Mais Marcelo Maroldi
Mais Acessadas de Marcelo Maroldi em 2005
01. Como escrever bem — parte 1 - 13/6/2005
02. Como escrever bem — parte 2 - 27/6/2005
03. Como escrever bem – parte 3 - 11/7/2005
04. A ousadia de mudar de profissão - 28/11/2005
05. O que é ser jornalista? - 22/8/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Conspiração
John Hersey
Bloch
(1972)



Congo
Michael Crichton
círculo do livro
(1980)



O Falecido Mattia Pascal / Seis Personagens à Procura de um Autor
Pirandello
Abril
(1978)



Coringa: Arte de Lee Bermejo
Brian Azzarello
Panini Comics
(2015)



Alma e Coração
Francisco Cândido Xavier
pensamento



Raiva e Retorno À Calma - Volume 3 Coleção Cadernos das Emoções
Isabelle Filliozart; Virginie Limousin; éric Veilé
Ftd
(2019)



Livro - A Revolução Inglesa - Col. Tudo é História - Volume 82
José Jobson de Andrade Arruda
Brasiliense
(1990)



Angry Birds Dedoche - Red ao Resgate!
Tradução Sara G. Martins
Vale das Letras
(2014)



Amor e Ambição Pelo Espírito Helena
Maria Nazareth Dória
lúmen
(2003)



Introduçao a Sociologia
Persio Santos de Oliveira
Atica
(2008)





busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês