Habemus Chope | Tyler Durden | Digestivo Cultural

busca | avançada
63244 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 19/2/2001
Habemus Chope
Tyler Durden

+ de 4100 Acessos

Aprecio muito um whisky, uma vodka bem gelada, um saquê transbordando no pires. Sou do time dos destilados. O charme de poder ficar balançando o copinho com gelo durante toda a balada (copo de long drink é lógico). O bebedor (ou apreciador etílico) permanece mais tempo com os convivas do que no banheiro tirando água do joelho.

Chope ou cerveja combinam com dia de sol, churrasco, almoço, calor... mas ainda fico balançado, mesmo nessas ocasiões, quando posso optar pelo bom e velho scotch. Não sou um fervoroso combatente do suco de cevada. Gosto de beber um chope bem tirado ou uma Original misturada com Malzbier (o famoso "carioca"), todos estupidamente gelados. Cumpre frisar que o famoso "carioca" não se faz presente tão somente quando se mistura a Original com Malzbier. Qualquer cerveja preta misturada com qualquer cerveja clara já basta para compor este delicioso líquido. O mesmo pode ser realizado com o chope.

A cerveja ou chope é uma bebida que depende de diversos fatores. Se o primeiro gole não descer "neném" garganta abaixo, pode ter certeza que os próximos não serão muito mais prazerosos que o primeiro. Agora, tem chope que bate qualquer Blue Label! São aqueles que viramos o primeiro copo sem fazer esforço. Esses são irrecusáveis e provocam uma deliciosa embriaguez.

Alguns anos atrás meu bom e velho pai me apresentou este tipo de chope durante um despretensioso happy hour, na época em que trabalhava com ele em sua antiga empresa de representação. Este chope é servido até hoje, da mesma maneira artesanal no ZurAltenMühle ("o velho moinho" em alemão), uma pequena choperia alemã localizada no Brooklin. O local é próprio para tomar milhares de chopes e apreciar quitutes germânicos que dominam o cardápio.

Não espere um bar abarrotado de "glitter and gloss" ou "sapatos caramelo". Este não é um típico bar da Nova Faria Lima. Se você pretende sair para tomar umas e outras e, quem sabe, xavecar umas gatas, não ponha o pé no ZurAltenMühle. O local é freqüentado por uma faixa etária mais avançada. Não se impressione se durante um happy hour semanal você for a única pessoa a se comunicar em português. Pode ter certeza que não é o efeito de alguns chopes servidos em finos e maravilhosos copos com pé. A comunidade alemã comparece em massa para sorver a bebida acompanhada de doses cavalares de Steinhagger.

A casa fica escondida na Rua Princesa Izabel 102 (tel: 240 4669), uma pequena travessa paralela à Avenida Santo Amaro, perto da Avenida Morumbi. Não há o sistema rodízio de chope, como acontece em outros bares como o Democrata ou Pirajá. O chope vem sempre bem tirado e na temperatura certa para apreciar o sabor do líquido (entre 3 e 4 ºC). Muitas vezes o próprio dono do bar, Werner Heying, um simpático alemão, comanda a "tiração" de chope.

Outro dia estava curtindo um final de tarde de domingo (aconselho chegar depois das 18 horas para não bater com a cara na porta), tomando alguns copinhos e uma amiga, estreante no ZurAltenMühle, comentou que parecia que botavam creme de leite no chope. Realmente, o chope é de matar. Os barris ficam descansando em um depósito refrigerado 24 horas ao dia, para se recuperar do transporte. A chopeira com gelo tem 2 bicas independentes: de uma sai o creme e da outra sai o chope propriamente dito.

Além da bebida, o cardápio oferece típicos petiscos e pratos alemães. Para ser sincero, nunca tive o prazer de traçar uma belo prato, pois todas as vezes que fui ao local tinha como único e sagrado objetivo beber quantos chopes eu conseguisse. Porém, no quesito petiscos, posso dizer que já sou um expert. Canapés de Beef Tartar, de rosbife, salsichas e lingüiças defumadas e um delicioso bolinho de carne, tudo acompanhado de uma pimentinha e de uma majestosa mostarda preta, são ótimos acompanhamentos e perfeitos para quem pretende se entregar a esta maratona etílica.

Apesar de já ter ido um dezena de vezes ao pico, é quase impossível tecer maiores detalhes sobre o ambiente (todo em madeira decorado com latas de cerveja, bolachas de chope alemães e canecas), cardápio ou preços, pois todas as vezes que parei por lá fiquei completamente embriagado (hehehe)... Acho que o Werner conseguiu atingir o seu objetivo.

Valeu.


Tyler Durden
São Paulo, 19/2/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Os Doze Trabalhos de Mónika. Prólogo. Sem Alarde de Heloisa Pait
02. Eu blogo, tu blogas? de Fabio Gomes
03. Lira da resistência ao futebol gourmet de Luís Fernando Amâncio
04. Lendo Virgílio, ou: tentando ler os clássicos de Julio Daio Borges
05. O problema da Petrobras são vários de Julio Daio Borges


Mais Tyler Durden
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MANUAL DE REDAÇÃO E ESTILO
EDUARDO MARTINS
ESTADO DE SÃO PAULO
(1997)
R$ 5,00



DEZ LEIS PARA SER FELIZ
AUGUSTO CURY
SEXTANTE
(2003)
R$ 7,00



ESPERANÇA PARA VIVER O VERDADEIRO CAMINHO DA FELICIDADE
ELLEN G. WHITE
CASA PUBLICADORA
(2007)
R$ 6,90



PENSAR É TRANSGREDIR
LYA LUFT
RECORD
(2004)
R$ 5,00



THE FABER MEDICAL DICTIONARY
SIR CECIL WAKELEYORG
FABER AND FABER
(1953)
R$ 29,18



CURSO DE DERECHO PENAL: FUNDAMENTOS Y TEORIAS GENERALES
JUAN P. RAMOS (TOMO 2) CAPA DURA
ARIEL (BUENOS AIRES)
(1928)
R$ 18,82



ARCHIPELAGO
DAVID LIITTSCHWAGER E SUSAN MIDDLETON
NATIONAL GEOGRAPHIC
(2005)
R$ 100,00



EDUCAÇÃO ARTISTICA ESTUDO DIRIGIDO 8
JUREMA BARROS WAACK E OUTROS
IBEP
R$ 6,90



FORMAÇÃO E TEMÁTICA DA SOCIOLOGIA DO CONHECIMENTO
A. L. MACHADO NETO
EDUSPCONVÍVIO
(1979)
R$ 26,00



UM BRASILEIRO NA CHINA
GILBERTO SCOFIELD JR.
EDIOURO
(2007)
R$ 13,00





busca | avançada
63244 visitas/dia
2,6 milhões/mês