Habemus Chope | Tyler Durden | Digestivo Cultural

busca | avançada
55740 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Projeto “Equilibrando” oferece oficinas e apresentações gratuitas de circo
>>> Namíbia, Não! curtíssima temporada no Sesc Bom Retiro
>>> Ceumar no Sesc Bom Retiro
>>> Mestrinho no Sesc Bom Retiro
>>> Edições Sesc promove bate-papo com Willi Bolle sobre o livro Boca do Amazonas no Sesc Pinheiros
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Modernismo e além
>>> Pelé (1940-2022)
>>> Obra traz autores do século XIX como personagens
>>> As turbulentas memórias de Mark Lanegan
>>> Gatos mudos, dorminhocos ou bisbilhoteiros
>>> Guignard, retratos de Elias Layon
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Assim criamos os nossos dois filhos
>>> Compreender para entender
>>> Para meditar
>>> O que há de errado
>>> A moça do cachorro da casa ao lado
>>> A relação entre Barbie e Stanley Kubrick
>>> Um canhão? Ou é meu coração? Casablanca 80 anos
>>> Saudades, lembranças
>>> Promessa da terra
>>> Atos não necessários
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Surf Hype, o maior blogueiro de São Paulo
>>> Sexta feira, 13
>>> Que seja eterno enquanto dure
>>> The Early Years
>>> Ruy Proença: poesia em zona de confronto
>>> E a Turma da Mônica cresceu
>>> FLIP 2006 III
>>> Franz Kafka, por Louis Begley
>>> Solidariedade é ação social
>>> ¿Cómo sobrevivo?
Mais Recentes
>>> O Grande Conflito 379 de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (2022)
>>> Livro - Os Músicos de Bremen de Flavio de Souza pela Ftd (2010)
>>> 1984 de George Orwell pela Companhia das letras (2019)
>>> Livro - A Sutil Arte de Ligar o F*da-se de Manson Mark pela Intrínseca (2017)
>>> Livro - O Texto: Leitura & Escrita de D. Coste pela Pontes (2002)
>>> O Monte Cinco 379 de Paulo Coelho pela Objetiva
>>> Inteligência Emocional- A Teoria Revolucionária Que Redefine o Que é Ser Inteligente de Daniel Goleman pela Objetiva (1995)
>>> Livro - O Menino de Calça Curta de Flavio de Souza pela Ftd (2018)
>>> Constituição da República Portuguesa Anotada - 1º Volume de J. J. Gomes Canotilho; Vital Moreira pela Coimbra (1984)
>>> Quando o passado não passa 379 de Elisa Masselli pela Vida & Consciência (2001)
>>> Livro - A Educação Física e o Esporte na Escola - Cotidiano, saberes e formação de Silvia Christina Madrid Finck pela Ibpex (2011)
>>> Livro - Caça ao tesouro de A. J. Wood pela Brinque Book (1998)
>>> Cálculo diferencial e integral 379 de Frank Ayres Jr pela Mcgraw Hill (1981)
>>> Livro - A Viagem de Virginia Woolf pela Novo Século (2008)
>>> Livro - Livro de Histórias de Georgie Adams / Outros pela Companhia das Letrinhas (1996)
>>> Livro - Tanatos no Limiar da Loucura de Andre Charak pela Geracao (1995)
>>> Greta 379 de Mônica de Castro pela Vida & Consciência (2005)
>>> Livro - Fazendo Meu Filme 2 Em Quadrinhos - Azar no Jogo, Sorte no Amor? de Paula Pimenta pela Nemo (2015)
>>> Niketche de Paulina Chiziane pela Companhia de Bolso (2021)
>>> Livro - Listas, Guapas, Limpias de Anna Pacheco pela Caballo de Troya (2019)
>>> Michaelis minidicionário Alemão Alemão Português Português Alemão 379 de Michaelis pela Melhoramentos
>>> Política y Estado de Adalberto C. Agozino pela Dosyuna (2009)
>>> Livro - A Cinderela das Bonecas de Ruth Rocha; Mariana Massarani pela Salamandra (2011)
>>> Michaelis minidicionário Francês Francês Português Português Francês 379 de Michaelis pela Melhoramentos
>>> ISO 14001 Sistemas de Gestão Ambiental - Implantação Objetiva e Econômica de Mari Elizabete Bernardini Seiffert pela Atlas (2011)
COLUNAS

Segunda-feira, 19/2/2001
Habemus Chope
Tyler Durden
+ de 7100 Acessos

Aprecio muito um whisky, uma vodka bem gelada, um saquê transbordando no pires. Sou do time dos destilados. O charme de poder ficar balançando o copinho com gelo durante toda a balada (copo de long drink é lógico). O bebedor (ou apreciador etílico) permanece mais tempo com os convivas do que no banheiro tirando água do joelho.

Chope ou cerveja combinam com dia de sol, churrasco, almoço, calor... mas ainda fico balançado, mesmo nessas ocasiões, quando posso optar pelo bom e velho scotch. Não sou um fervoroso combatente do suco de cevada. Gosto de beber um chope bem tirado ou uma Original misturada com Malzbier (o famoso "carioca"), todos estupidamente gelados. Cumpre frisar que o famoso "carioca" não se faz presente tão somente quando se mistura a Original com Malzbier. Qualquer cerveja preta misturada com qualquer cerveja clara já basta para compor este delicioso líquido. O mesmo pode ser realizado com o chope.

A cerveja ou chope é uma bebida que depende de diversos fatores. Se o primeiro gole não descer "neném" garganta abaixo, pode ter certeza que os próximos não serão muito mais prazerosos que o primeiro. Agora, tem chope que bate qualquer Blue Label! São aqueles que viramos o primeiro copo sem fazer esforço. Esses são irrecusáveis e provocam uma deliciosa embriaguez.

Alguns anos atrás meu bom e velho pai me apresentou este tipo de chope durante um despretensioso happy hour, na época em que trabalhava com ele em sua antiga empresa de representação. Este chope é servido até hoje, da mesma maneira artesanal no ZurAltenMühle ("o velho moinho" em alemão), uma pequena choperia alemã localizada no Brooklin. O local é próprio para tomar milhares de chopes e apreciar quitutes germânicos que dominam o cardápio.

Não espere um bar abarrotado de "glitter and gloss" ou "sapatos caramelo". Este não é um típico bar da Nova Faria Lima. Se você pretende sair para tomar umas e outras e, quem sabe, xavecar umas gatas, não ponha o pé no ZurAltenMühle. O local é freqüentado por uma faixa etária mais avançada. Não se impressione se durante um happy hour semanal você for a única pessoa a se comunicar em português. Pode ter certeza que não é o efeito de alguns chopes servidos em finos e maravilhosos copos com pé. A comunidade alemã comparece em massa para sorver a bebida acompanhada de doses cavalares de Steinhagger.

A casa fica escondida na Rua Princesa Izabel 102 (tel: 240 4669), uma pequena travessa paralela à Avenida Santo Amaro, perto da Avenida Morumbi. Não há o sistema rodízio de chope, como acontece em outros bares como o Democrata ou Pirajá. O chope vem sempre bem tirado e na temperatura certa para apreciar o sabor do líquido (entre 3 e 4 ºC). Muitas vezes o próprio dono do bar, Werner Heying, um simpático alemão, comanda a "tiração" de chope.

Outro dia estava curtindo um final de tarde de domingo (aconselho chegar depois das 18 horas para não bater com a cara na porta), tomando alguns copinhos e uma amiga, estreante no ZurAltenMühle, comentou que parecia que botavam creme de leite no chope. Realmente, o chope é de matar. Os barris ficam descansando em um depósito refrigerado 24 horas ao dia, para se recuperar do transporte. A chopeira com gelo tem 2 bicas independentes: de uma sai o creme e da outra sai o chope propriamente dito.

Além da bebida, o cardápio oferece típicos petiscos e pratos alemães. Para ser sincero, nunca tive o prazer de traçar uma belo prato, pois todas as vezes que fui ao local tinha como único e sagrado objetivo beber quantos chopes eu conseguisse. Porém, no quesito petiscos, posso dizer que já sou um expert. Canapés de Beef Tartar, de rosbife, salsichas e lingüiças defumadas e um delicioso bolinho de carne, tudo acompanhado de uma pimentinha e de uma majestosa mostarda preta, são ótimos acompanhamentos e perfeitos para quem pretende se entregar a esta maratona etílica.

Apesar de já ter ido um dezena de vezes ao pico, é quase impossível tecer maiores detalhes sobre o ambiente (todo em madeira decorado com latas de cerveja, bolachas de chope alemães e canecas), cardápio ou preços, pois todas as vezes que parei por lá fiquei completamente embriagado (hehehe)... Acho que o Werner conseguiu atingir o seu objetivo.

Valeu.


Tyler Durden
São Paulo, 19/2/2001

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Paquetá: Ilha Ditosa e Florida de Nanda Rovere
02. Sombras de Juliano Maesano


Mais Tyler Durden
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Os Livros da Fuvest Unicamp I (veja os Titulos na Relação) Vestib
Varios
Objetivo
(2009)



Cresça e Apareça
Luiz Alberto Alves dos Santos
Semente
(1996)



Coleção Frajola e Piu-piu - a Maldição do Nilo. Looney Tunes
Sid Jacobson
Babel
(2011)



Moderna Plus Literatura Tempos, Leitores e Leituras Unico Aluno
Maria Luiza M. Abaurre
Moderna
(2011)



Primeiro Mataram Meu Pai / 1ª Ed - Condira !!!
Loung Ung
Harper Collins
(2017)



The "early Times" Book of Unsolved Mysteries
Keith Brumpton(illustrator)
Puffin Books
(1993)



Abc de Castro Alves
Jorge Amado
Martins



Mangá Blade 26
Hiroaki Samura
Conrad
(2004)



Asas Brancas
Carlos Queiroz Telles
Moderna
(1997)



A Linguagem do Bebê
Lynne Murray e Liz Andrews
Publifolha
(2004)





busca | avançada
55740 visitas/dia
1,4 milhão/mês