Varinha de condão | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
64948 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Rodolpho Parigi participa de live da FAAP
>>> Para fugir de ex-companheiro brasileira dá volta ao mundo com pouco dinheiro
>>> Zé Guilherme encerra série EntreMeios com participação da cantora Vania Abreu
>>> Bricksave oferece vistos em troca de investimentos em Portugal
>>> Projeto ‘Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé’ é lançado em multiplataformas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Alívios diamantinos
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Ser intelectual dói
>>> Simone de Beauvoir: da velhice e da morte
>>> Alice in Chains, Rainier Fog (2018)
>>> Distribua você também em 2008
>>> A proposta libertária
>>> Sátiro e ninfa, óleo s/ tela em 7 fotos e 4 movies
>>> Capitu, a melhor do ano
>>> As fronteiras da ficção científica
Mais Recentes
>>> Com Olhos de Criança de Francesco Tonucci pela Instituto Piaget (1988)
>>> Revista Neuro Educação – Nº 4 – Dormir Bem Para Aprender Melhor de Vários Autores pela Segmento (2015)
>>> de Jorge Carvalho do Nascimento pela Criação (2018)
>>> Revista Ciência & Vida Psique – Ano 1 – Nº 2 – Psicopedagogia Pra Que? de Vários Autores pela Escala
>>> Revista Crescer em Família – Ano 7 – Nº 74 - Primeiro Ano do Bebê de Vários Autores pela Globo (2000)
>>> Revista Mente e Cérebro – Ano XVI – Nº 197 – As 5 Idades do Cérebro de Vários Autores pela Duetto (2009)
>>> Poder, Política e Partido de A. Gramsci pela Brasiliense (1992)
>>> Gramsci : Cem anos de um pensamento vivo - coleção P&T de J. Luiz Marques e Luiz Pilla Vares (Orgs.) pela Palmarica (1991)
>>> Memórias da Resistência de Jorge Carvalho do Nascimento pela Criação (2019)
>>> Supercapitalismo Como o capitalismo tem transformado os negócios, a democracia e o cotidiano de Robert B. Reich pela Campus (2008)
>>> Marx Engels - História -Coleção Grandes Cientistas Sociais 36 de Florestan Fernandes (Org.) pela Ática (1983)
>>> Começo de Conversa – Orientação Sexual de Osny Telles Marcondes Machado pela Saraiva (1996)
>>> Ciclos de Formação Proposta Político-Pedagógica da Escola Cidadã - Cadernos Pedagógicos 9 de Vários Autores pela SmedPoA (1999)
>>> Ciclos de Formação Proposta Político-Pedagógica da Escola Cidadã - Cadernos Pedagógicos 9 de Vários Autores pela SmedPoA (1996)
>>> A dieta dos 17 dias Um método simples para perder barriga de Mike Moreno pela Sextante (2011)
>>> O Especialista em Educação na Perspectiva da Escola Cidadã - Cadernos Pedagógicos 10 de Vários Autores pela SmedPoA (1996)
>>> Dez Leis Para Ser Feliz - Ferramentas par se apaixonar pela vida de Augusto Cury pela Sextante (2008)
>>> Projeto Revista de Educação – Nº 1 - Ano 1 de Vário Autores pela Projeto (1999)
>>> O Carvalho de Jorge Carvalho do Nascimento pela Criação (2020)
>>> Dicionário do Pensamento Marxista de Tom Bottomore - Editor pela Jorge Zahar (2001)
>>> Um tango para 5 Rainhas de Jony Wolff pela Edição do autor (2018)
>>> O Carvalho de Jorge Carvalho do Nascimento pela Criação (2020)
>>> Os Clássicos da Política vol. 1- Mquiavel-Hobbes-Montesquieu- Rousseau de Francisco C. Welfort (Org.) pela Ática (2006)
>>> Nacionalismos - O estado nacional e o nacionalismo no século XX de Montserrat Guibernau pela Jorge Zahar (1997)
>>> Bibliografia Estudos Sobre Violência Sexual Contra a Mulher:1984-2003 de Kátia Soares Braga - Elise Nacimento (Orgs.) pela Letras Livres - UNB (2004)
>>> O reino de James T. harman pela Restauração (2013)
>>> A importancia da cobertura de Lance Lambert pela Classicos (2013)
>>> O Reino Entre Nós de Não Informado pela O Lutador
>>> Como Realizar a Aprendizagem de Robert M. Gagné pela Mec (1974)
>>> Yoga para a Saúde do Ciclo Menstrual de Linda Sparrowe/ Patrícia Walden pela Pensamento (2004)
>>> Pequenos Segredos da Arte de Escrever de Luiz A. P. Victoria pela Ouro (1972)
>>> Deus Cristo e Caridade Reformador Revista de Espiritismo Cristão de Federação Espírita pela Federação Espírita (1988)
>>> Deus Cristo e Caridade Reformador Revista de Espiritismo Cristão de Federação Espírita pela Federação Espírita (1989)
>>> Paca, Tatú...Contos Infantis de Malba Tahan pela Cruzada da Boa Imprensa (1939)
>>> A Marquesa de Reval de May Logan pela Anchieta (1944)
>>> Camilo Compreendido Tomo 1 e 2 de Gondim da Fonseca pela Martins (1953)
>>> Técnicas de Yoga de Dr.M.L.Gharote pela Phorte (2007)
>>> A Essência da Alma de Sônia Tozzi (psicografia) pela Lúmen (2006)
>>> Minutos de Oração de Legrand (coord) pela Soler (2007)
>>> A Norma Jurídica de Tercio Sampaio Ferraz Jr. E Outros pela Freitas Bastos (1980)
>>> Le Bateau Ivre Análise e Interpretação de Augusto Meyer pela São José (1955)
>>> Franz Kafka Os Filhos Rossmann Bendemann e Samsa de Ruth Cerqueira de Oliveira Röhl pela Universidade de São Paulo (1976)
>>> Fios de Ariadne - Ensaios de interpretação marxista de Centro de Estudos Marxistas pela Universidade de Passo Fundo (1999)
>>> Três Momentos Poéticos de Nelly Novaes Coelho pela Conselho Estadual de Cultura
>>> A Luz Perdida de Murillo Araujo pela Pongetti (1952)
>>> História e Consciência Social de Leôncio Basbaum pela Globo (1985)
>>> Dostoievsky de David Magarshack pela Aster
>>> Asanas de Swami Kuvalayananda pela Phorte (2009)
>>> A Ciência do Yoga de J.K.Taimni pela Teosófica (2006)
>>> Osso no seu Osso indo além da imitação de cristo de F. j. Huegel pela Restauração (2019)
COLUNAS

Sexta-feira, 4/9/2009
Varinha de condão
Ana Elisa Ribeiro

+ de 4900 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Ele queria fazer alguma coisa errada, alguma "arte", como dizia minha avó. E eu não deixei. Eu não queria paredes sujas, chão respingado, barulho, sei lá o que era. Televisão ligada à-toa, sapato espalhado pela sala, massinha colorida pregada no tapete, DVDs fora das caixas. Não sei mesmo. Não me lembro das razões da briga, mas me lembro muito bem da ameaça terrível que ele me fez, olhando bem nos meus olhos, com o dedinho em riste no meu rosto e com lágrimas escorrendo pelas bochechas: "Amanhã, quando tiver sol, vou a uma loja". Eu fiz cara de quem espera o resto da ameaça. Ele se manteve firme: "Na loja, vou comprar uma varinha mágica para bater em você e você ficar bonita de novo comigo". É isso. Ele acha que eu fico feia quando brigo com ele. A doçura da ameaça me desarmou. Ele conseguiu, pensei. Não era uma bomba, uma arma de fogo, um fuzil, uma pedra. Era uma varinha mágica, artefato que ele deve ter conhecido em alguma historinha contada na escola. O maior poder do mundo está nas varinhas mágicas. Pena que elas não estão à venda.

Bem que eu queria ter uma varinha mágica também. Talvez eu tocasse com ela em algumas pessoas, em coisas, em dias ruins, em noites mal dormidas, em situações chatas e virasse tudo ao avesso. O avesso das coisas ruins deve ser as coisas boas. Não é isso? E será que uma varinha dessa custa caro? Ele deve saber. A firmeza com que disse que iria a uma loja foi muito grande. E que me dê o endereço da tal mercearia, do armarinho, do supermercado, não sei. Que tipo de loja vende dessas coisas? Será que varinhas têm cores? Ele deve saber.

Com uma varinha, eu poderia ajeitar uns desajustes que eu mesma fiz ou provoquei. Poderia correr um risco muito grande também: querer consertar o que não está estragado. Eu poderia me tornar meio ditadora e querer tocar com a varinha em tudo e em todos. Qualquer briguinha boba e, tum!, varinha nele. O poder de alterar o que me parece ruim se tornaria uma nova ameaça. Então para quê varinha?

Eu preciso explicar para ele, logo, que as varinhas só resolvem uma parte pequena do problema. Melhor é a gente enfrentar a adversidade com soluções mais simples. Não precisa ir à loja, gastar dinheiro, comprar varinha mágica. Precisa saber conversar, negociar, seduzir. Cumprir com os compromissos que tiverem sido feitos. Eu avisei: falou palavrão, não come mais leite condensado. A sanção e as regras do jogo estão claras. Quem transgrediu que se resolva com as punições depois. Quem mandou falar palavrão? Ele diz, com a cara mais bonitinha: "Escapuliu da minha boca", mas não adianta.

E se ele resolver ser um super-herói? Que tipo de superpoder vai querer ter? Aqueles do tipo engenhoso? Cintos de utilidades, robôs superavançados; ou aqueles do tipo "do além", pegar fogo, soprar um vento veloz, enxergar através das coisas e das pessoas. Sorte dele que nasceu homem e pode pensar em superpoderes cheios de possibilidades de intervenção. Quais são os superpoderes das personagens femininas? Pesquise só um pouco. No Quarteto Fantástico, mulher fica é invisível. E deve haver outros assim.

Quando ele me ameaçou com a varinha mágica, eu não dormi mais. Fiquei pensando na dor que aquilo significava para ele. Talvez para mim. Ele ainda não sabe que não pode ter uma varinha daquele tipo. Eu fiquei pensando que a raiva dele era não poder me transformar em algo melhor. Mal sabe ele que essa é a minha frustração também.

Talvez
Queria ir à casa da bisavó. Diz que sim, diz que sim. Os acessos de Chaves são cada vez mais óbvios. Está feliz assistindo ao Picapau, imitando a risada clássica dele. Divertido ver o bom e velho Scooby Doo, inclusive com o suspeito Salsicha. Vez ou outra muda para o Ben 10, que tive de aprender o que era, como agia, que poderes tem. Em todo caso, é um personagem interessante.

Continuava querendo ir à casa da bisavó. Lá tem tios, primos, falação, pão e manteiga. Tem também Coca-Cola e os avós para rever. Tem carrinho e chão sujo da garagem. Tem vozes, muitas delas, contando casos todos ao mesmo tempo. Depois de tanta insistência, do suborno com beijos melados e dos pedidos à moda do Chaves, fui clara: "Talvez". Ele percebeu logo e concluiu, descendo do meu colo: "Talvez é uma coisa que pode não ser". E foi dormir no sofá. Amanhã vou ver se digo a ele que desistir desse jeito é a segunda opção. Há quem diga que talvez é algo que pode ser.


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 4/9/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Livrarias de Ricardo de Mattos
02. Origens: minha mãe de Jardel Dias Cavalcanti
03. Monteiro Lobato: fragmentos, opiniões e miscelânea de Gian Danton
04. Seamus Heaney, poeta de reconciliação de Celso A. Uequed Pitol
05. Feminista? Eu? Claro que sim! de Marta Barcellos


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2009
01. Amor platônico - 10/4/2009
02. Aconselhamentos aos casais ― módulo I - 13/3/2009
03. Aconselhamentos aos casais ― módulo II - 27/3/2009
04. Eu + Você = ? - 27/2/2009
05. Cupido era o nickname dele - 1/5/2009


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
4/9/2009
08h07min
Sempre que temos, na lembrança, um período de carinho, de conforto, de bolinhos de chuva, de sorrisos e de brinquedos singelos, temos nossas avós como companheiras... Geralmente a avó era aquela que deixava fazer tudo... Aprendi a até falar português arcaico e a ser discriminado pelos amigos!
[Leia outros Comentários de Manoel Messias Perei]
14/9/2009
13h28min
Há muito não leio um texto tão carregado de afeto! E não é exatamente isso o que está faltando nos seres humanos da era eletrônica? Afeto... Deixar-se afetar até mesmo pela singeleza da emotividade infantil... A varinha mágica na verdade existe, só não pode ser comprada. Ela é este sentimento ao mesmo tempo tão tênue e tão palpável... do afeto.
[Leia outros Comentários de Paulo Mauad]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ
THEREZINHA BITTENCOURT E VITOR LIMA RAIMUNDO
ODORIZZI
(2011)
R$ 10,00



TEM AQUELA DO...
CHICO ANÍSIO
CÍRCULO DO LIVRO
(1978)
R$ 8,38



SOMBRAS QUE ASSOMBRAM - O EXPRESSIONISMO NO CINEMA ALEMÃO
SESC
SESC
(2013)
R$ 7,27



NOVAS GEOPOLÍTICAS
JOSÉ WILLIAM VESENTINI
CONTEXTO
(2011)
R$ 18,00



PROSPERIDADE EM 42 DIAS
HUMBERTO PAZIAN
BUTTERFLY
(2008)
R$ 19,00



FILHOTES - OS CUIDADOS NOS PRIMEIROS ANOS DE VIDA DO SEU CÃO
SCOTT MILLER
MANOLE
(2008)
R$ 25,00



EXEGESE DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL-04 VOLUMES-CRÍTICA-INTER-JUR 9429
ANTONIO PEREIRA BRAGA
MAX LIMONAD
R$ 143,00



OS SEIS LIVROS DA REPÚBLICA - LIVRO SEGUNDO - 1ª EDIÇÃO
JEAN BODIN
ÍCONE
(2011)
R$ 34,95



O CRIME DO PADRE AMARO
EÇA DE QUEIRÓS
W. BUCH
(2009)
R$ 14,90



OS EXTRATERRESTRES - OS PRIMEIROS POVOADORES DA TERRA ?
HEBER CASAL SÁENZ
PLANETA
(2005)
R$ 12,90





busca | avançada
64948 visitas/dia
2,1 milhões/mês