A crise de 2008 | Gian Danton | Digestivo Cultural

busca | avançada
39219 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial Melhores de 2008

Quarta-feira, 7/1/2009
A crise de 2008
Gian Danton

+ de 5800 Acessos

2008 foi o ano da crise, uma crise financeira tão profunda e tão grave que, na opinião de alguns, é equivalente ao crash de 1929. Essa crise parece ter sido não só na economia, mas no meio-ambiente e até mesmo na cultura.

No Brasil, tivemos a tragédia em Santa Catarina, que matou dezenas de pessoas e deixou milhares sem casa. Muitos cientistas dizem que os acontecimentos de Santa Catarina estão diretamente relacionados ao aquecimento global, que foi tema da minha primeira colaboração com o Especial de final de ano. Em 2005, o destaque era a seca do rio Amazonas, agora é a enchente em Santa Catarina. Nesses quatro anos, a situação do aquecimento global só piorou e pouca coisa foi feita de concreto para reverter a situação. A Amazônia foi mais devastada do que nunca e Bush ainda continua com sua política de ignorar tratados, como o Protocolo de Kyoto.

O filme Espartalhões, de Jason Friedberg e Aaron Seltzer simbolizou bem o espírito desse ano de crise: sátira do filme 300, baseado na HQ de Frank Miller, Espartalhões é o ponto mais baixo do humor. Quando um filme todo só vale pela coreografia dos espartanos cantando "I'll survive", é porque o fim dos tempos está próximo. Ao assistir às tentativas insanas dos diretores de fazer humor com líquidos corporais e nojeiras, é inevitável uma saudade dos tempos de boas sátiras, como Apertem os cintos, o piloto sumiu.

Na área de quadrinhos, tivemos a morte de três grandes mestres brasileiros: morreram Gedeone Malagola, Cláudio Seto e Eugênio Colonnese.

Malagola criou um dos mais famosos super-heróis brasileiros, o Raio Negro. Entre histórias de super-heróis, de terror e até infantis, ele escreveu ou desenhou mais de duas mil histórias.

Colonnese era italiano, mas radicou-se no Brasil na década de 1960, onde especializou-se em histórias de terror e guerra, embora tenha emprestado seu traço aos mais variados gêneros. Sua personagem Mirza é considerada a primeira mulher-vampiro dos quadrinhos, sendo anterior, inclusive à norte-americana Vampirella.

Cláudio Seto, descendente de japoneses, foi um dos primeiros a produzirem mangás no Brasil. No final dos anos 1960 ele criou o personagem O Samurai, uma inovação num país que desconhecia quase que completamente a cultura oriental. Também era especialista em erotismo. Sua personagem Maria Erótica enfrentou a censura da ditadura. Militares chegaram a invadir a editora para prendê-lo, mas, como não o encontraram, levaram os originais de Maria Erótica e os deixaram presos em uma cela. No final dos anos 1970, Seto capitaneou a editora curitibana Grafipar, que fez grande sucesso e atraiu os melhores roteiristas e desenhistas da época. A capital paranaense chegou a ter uma vila de quadrinistas graças ao trabalho de Seto. A morte desses três quadrinistas deixou o quadrinho nacional órfão de alguns dos seus mais importantes talentos.

Mas nem tudo está perdido. Barack Obama foi eleito presidente dos EUA (e espera-se que ele seja em tudo oposto a Bush) e 2008 até que teve alguns destaques positivos em termos culturais.

O primeiro que nos vem à mente é o ótimo filme Batman ― O Cavaleiro das Trevas, de Christopher Nolan. Não é a melhor adaptação de uma história em quadrinhos. Esse posto é disputado pelo Superman de 1978, de Richard Donner e pelo Homem-Aranha 2, de Sam Raimi. Mas O Cavaleiro das Trevas levou os filmes de super-heróis a um novo patamar, inclusive psicológico, tornando-se, desde já, um clássico.

Um livro obrigatório para quem gosta de quadrinhos é o A era de bronze dos super-heróis, de Roberto Guedes (HQM). A era de bronze é um período que vai do final dos anos 1960 a meados da década de 1980. Nessa época, os fãs de quadrinhos começaram a trabalhar nas editoras e revolucionaram o mercado com histórias que falavam diretamente aos jovens. A maioria dos leitores que tem mais de 30 anos começou lendo histórias da era de bronze e é fascinante descobrir detalhes sobre os gibis que marcaram a nossa infância. É um livro único no mundo.

Outra boa iniciativa de 2008 foi a coleção Cinemateca Veja, uma coleção tão boa quanto a revista é ruim. De fato, apesar do arroz de festa Titanic, a coleção traz filmes que merecem ser assistidos, que marcaram profundamente a indústria cinematográfica.

Para mim foi uma surpresa redescobrir A morte pede carona, escrito por Eric Red, com direção de Robert Harmon. Para quem nunca assistiu ao filme, é a história de um garoto que dá carona para um psicopata e, quando vai ser morto, o empurra na estrada. Ele continua normalmente a viagem, até ver um carro passar por ele com uma família. O desespero toma conta do rapaz ao descobrir que o psicopata está lá dentro, no banco traseiro, brincando com as crianças. Ao tentar avisar o motorista, ele quase bate num ônibus. A sequência em que o rapaz encontra o carro da família é uma aula de cinema. Um plano mais aberto o mostra olhando para o vidro e depois a câmera dá um plano detalhe no tênis do garoto, com o sangue pingando nele. A partir daí, o garoto passa a ser perseguido pelo psicopata num jogo de gato e rato que nunca acaba.

Assisti a esse filme quando era jovem e, por essa razão, ele ficou na minha mente como um thriller adolescente. Ao assistir novamente, percebi que A morte pede carona é um curioso estudo psicológico de uma relação doentia. Até hoje, muitos anos depois, impressiona.

A coleção ainda traz vários outros filmes obrigatórios, como Um convidado bem trapalhão, humorístico campeão das sessões de sábado na Globo, e que um figurante indiano (Peter Sellers) destrói uma festa de grã-finos. O filme junta hippies, protestos, um elefante pintado, espuma, um banheiro sendo destruído... Caramba, hoje em dia um filme desses nunca passaria do projeto.

Na música, o disco Vou tirar você desse lugar, homenagem a Odair José, foi o grande destaque. A proposta era inusitada: colocar músicos envolvidos com o rock ou com o alternativo para fazer versões das músicas do rei do brega. O resultado ficou muito bom. É surpreendente descobrir que, por trás dos arranjos bregas, há boas letras, como "Eu queria ser John Lennon", que ganha no disco uma versão inspiradíssima do grupo Colúmbia. A coletânea também teve a participação de famosos, como Paulo Miklos, Pato Fu e Zeca Baleiro.

No cinema, 2008 trouxe ainda duas boas surpresas. A primeira foi a volta de M. Night Shyamalan, com Fim dos Tempos, que parece ter reaprendido a fazer bons filmes de suspense depois do fiasco de A dama da água. Outro foi Wall-E, a mais recente animação da Pixar-Disney, um belíssimo filme.

Curiosamente, tanto Wall-E quanto Fim dos Tempos falam do mesmo assunto: da crise ambiental provocada pela poluição e destruição da natureza. Quem sabe os livros de história, no futuro, digam que a grande crise de 2008 não foi econômica, mas ambiental...


Gian Danton
Macapá, 7/1/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O desempenho da China no desenvolvimento de costas de Vicente Escudero


Mais Gian Danton
Mais Acessadas de Gian Danton em 2009
01. Memória das pornochanchadas - 28/9/2009
02. 10 grandes - 22/6/2009
03. O Gabinete do Dr. Caligari - 13/4/2009
04. A polêmica dos quadrinhos - 25/5/2009
05. O roteirista profissional: televisão e cinema - 26/10/2009


Mais Especial Melhores de 2008
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PROJETO RADIX - RAIZ DO CONHECIMENTO - ESPANHOL 8
FERNANDA E WILSON
SCIPIONE
(2013)
R$ 30,00



GO LIVE 5 EM PORTUGUÊS
WILLIAM PEREIRA ALVES
ÉRICA
(2001)
R$ 7,06



THE HOLY BIBLE - OLD AND NEW TESTAMENTS
NÃO MENCIONADO
LONDON BRITSH AND FOREIGN BIBL
R$ 60,00



SUA SAÚDE E O AMBIENTE QUE CONSTRUÍMOS - A SÍNDROME DO SAPO COZIDO
THOMAS SAUNDERS
CULTRIX
(2004)
R$ 12,00



EXIBICIONISMO
BRETT KAHR
RELUME DUMARÁ
(2005)
R$ 20,00
+ frete grátis



MOLDURAS DA FILOSOFIA E HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO
ABRAHÃO BENJAMIM
MARTINS
(1954)
R$ 17,91



MINHA RAZÃO DE VIVER - MEMÓRIAS DE UM REPORTER
SAMUEL WAINER
RECORD
(1987)
R$ 10,00



PEDAÇOS DO COTIDIANO
ZÍBIA GASPARETTO
ESPAÇO VIDA & CONSCIÊNCIA
R$ 10,00



MENINAS SUPER PODEROSAS: OS MONSTROS DE GIZ
E. S. MOONEY
NBL
(2002)
R$ 7,98



CONSTRUINDO POLÍTICA COM A JUVENTUDE (AUTOGRAFADO)
ANTONIA MÁRICA ARAÚJO GUERRA E OUTROS ORGS
PUC
(2011)
R$ 35,00





busca | avançada
39219 visitas/dia
1,2 milhão/mês