A nova queda da Bastilha | Gian Danton | Digestivo Cultural

busca | avançada
57697 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 27/7/2009
A nova queda da Bastilha
Gian Danton

+ de 7300 Acessos

Os recentes protestos pela moralização do Senado reuniram 50 pessoas em São Paulo e 200 em Macapá. Tais protestos foram marcados pelo Twitter e focados na tag #forasarney. A motivação foram as diversas denúncias que têm recaído sobre o Senado e mais especificamente sobre seu presidente: atos secretos, nomeação de parentes, uso de verba do Senado para reforma de biblioteca particular, recebimento de auxílio moradia por parte de senadores que usam apartamentos funcionais ou têm casa em Brasília, sonegação de informações à Justiça Eleitoral (uma mansão de 4 milhões, de Sarney). Até o mordomo da ex-senadora Roseana Sarney é pago pelo Senado.


Clique aqui para ampliar

Ao mesmo tempo que os protestos, havia uma mobilização política. Alguns senadores do PT achavam que Sarney deveria renunciar ao cargo, outros preferiam a criação de uma comissão idependente, formada por senadores, membros do Ministério Público Federal e do Tribunal de Contas da União para investigar as denúncias. As duas posições foram atropeladas abertamente por Lula, que enquadrou os senadores do PT a esquecerem o assunto.

O ato de Lula, quase que um apoio aberto aos atos secretos, à nomeação de parentes, ao uso de dinheiro público para uso particular e à sonegação de informações à Justiça Eleitoral, reflete uma lógica própria: Lula e Sarney não estão preocupados com os protestos dos internautas. Se as manifestações físicas tivessem reunido milhares de pessoas nas principais cidades brasileiras, Lula jamais se arriscaria a queimar sua imagem apoiando Sarney.

Na verdade, Lula sentiu-se tão à vontade que ressuscitou o velho argumento dos porcos no livro A revolução dos bichos: "Todos são iguais, mas alguns são mais iguais que os outros". No caso, Sarney é mais igual do que nós e por isso pode contratar parentes, pode pagar mordomos com verbas do Senado, pode reformar sua biblioteca particular com verba pública...


Clique aqui para ampliar

A despreocupação de Lula e da maioria dos senadores com a comunidade internauta revela que eles ainda não se tocaram que as coisas estão mudando.

O filósofo canadense Marshall McLuhan dizia que pouco importa o que os meios de comunicação de massa dizem. O que realmente importa é que eles existem e, como tal, mudam a cabeça das pessoas.

A imprensa mudou o mundo. Como o povão não sabia falar latim, os editores publicavam seus livros em línguas locais, o que reforçou as identidades nacionais, abrindo caminho para os reinos absolutistas. A mesma imprensa abriu caminho para a revolução francesa, ao permitir a mobilização de multidões (não por acaso, todos os líderes revolucionários eram jornalistas). Posteriormente, o rádio, o cinema e a televisão também mudaram o mundo. O rádio e o cinema foram usados de forma competente pelos nazistas para criar uma multidão de zumbis prontos a acatar qualquer ordem do führer. A cena do filme O Grande Ditador, do Chaplin, em que o discurso do tirano pelo rádio se reflete instantamenteamente no barbeiro judeu é uma imagem-símbolo desse poder das mídias, usado de forma tão nefasta por Hitler.

A televisão mudou o mundo a partir da década de 1960. De uma hora para outra, pessoas podiam ver e ouvir informações de qualquer lugar do mundo, criando condição para aquilo que McLuhan chamou de aldeia global e quebrando o mundo inventado pela imprensa. Os protestos contra a Guerra do Vietnã foram um reflexo dessa aldeia global que começava a surgir naquela época.

Da mesma forma que a imprensa, o rádio, o cinema e a televisão, a internet está mudando o mundo, talvez de forma mais radical do que jamais aconteceu. O mundo está se tornando cada vez mais virtual. As pessoas namoram pela internet, compram pela internet, fazem amizade pela internet e até mesmo protestam pela internet. Na verdade, até mesmo o voto tornou-se virtual. O que é a urna eletrônica senão um voto virtual? Não existe voto físico, mas mesmo assim ele é real, ainda assim é capaz de eleger uma pessoa e mandar outra para o ostracismo.

Para a nova geração, as coisas não precisam vir para o mundo concreto para existirem. Uma amizade pode viver anos só no Orkut e no MSN, sem que as duas pessoas se encontrem. Já existem até mesmo namoros puramente virtuais.

Recentemente, até a bolsa de valores se rendeu à internet, acabando com os pregões físicos. Agora todas as operações serão virtuais.

Para a nova geração, nativa da internet, não é necessário ir às ruas para demonstrar seu descontentamento. Mas essa geração tem um poder fenomenal de produzir virais, mensagem que se espalham continuamente. Tanto que a tag #forasarney foi uma das mais difundidas do mundo, mesmo com a concorrência da morte de Michael Jackson.

Há 220 anos, os franceses revoltados e insuflados pela imprensa invadiram e tomaram a Bastilha. Foi um evento que mudou o mundo. Começava ali a era moderna. Naquele mesmo dia era seputada a Idade Média. A Revolução Francesa mudou tudo: criou a república, institucionou a ideia de Rousseau de que o governo emana do povo. Até a moda, a música e a literatura foram transformados com a queda da Bastilha.

Em 1789 as pessoas precisaram se juntar fisicamente para provocar mudanças. A nova queda da Bastilha vai ser virtual. Só os dinossauros não perceberam isso ainda. E, pelo jeito, o Senado está cheio de dinossauros.


Gian Danton
Macapá, 27/7/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Vendedor de Passados de Marilia Mota Silva
02. Cães, a fúria da pintura de Egas Francisco de Jardel Dias Cavalcanti
03. Claudio Willer e a poesia em transe de Renato Alessandro dos Santos
04. Como se me fumasse: Mirisola e a literatura do mal de Jardel Dias Cavalcanti
05. Imprimam - e repensem - suas fotografias de Ana Elisa Ribeiro


Mais Gian Danton
Mais Acessadas de Gian Danton em 2009
01. Memória das pornochanchadas - 28/9/2009
02. 10 grandes - 22/6/2009
03. O Gabinete do Dr. Caligari - 13/4/2009
04. A polêmica dos quadrinhos - 25/5/2009
05. O roteirista profissional: televisão e cinema - 26/10/2009


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




RESUMO DE DIREITO COMERCIAL COLEÇÃO 5 RESUMOS
MIXIMILIANUS CLÁUDIO AMÉRICO FÜHRER
MALHEIROS
(1995)
R$ 6,99



RAMSÉS - O FILHO DA LUZ - VOL. 1
CHRISTIAN JACQ
BERTRAND BRASIL
(1999)
R$ 7,90



NORDESTE 1817
CARLOS GUILHERME MOTA
PERSPECTIVA
(1972)
R$ 15,00



P503 O PLANETA DOS CAVADORES
PERRY RHODAN
OURO
(1988)
R$ 4,00



CANDIDE ET AUTRES CONTES
VOLTAIRE
POCKET
(1998)
R$ 12,00



TOULOUSE-LAUTREC & LAFFICHE
FOUNDATION DIAN VIERNY-MUSÉE MAIL
REUNION DES MUSÉES NATINAUX
(2002)
R$ 130,00



MANCHETE - JUNHO, 1970 - EDIÇÃO SONORA - A EPOPÉIA DO TRI
BLOCH EDITÔRES/ MANCHETE
BLOCH
(1970)
R$ 18,00



TRANSMISSÃO DE CALOR
DEMÉTRIO ELIE BARACAT
PAYM
R$ 30,00



HISTÓRIA DA TEORIA ANTROPOLÓGICA - 1ª EDIÇÃO
PAUL A. ERICKSON & LIM D. MURPHY
VOZES
(2015)
R$ 84,95



VIAGENS NA MINHA TERRA
ALMEIDA GARRETT
MARTIN CLARET
(2012)
R$ 7,90





busca | avançada
57697 visitas/dia
1,4 milhão/mês