Um Twitter só para escritores | Marcelo Spalding | Digestivo Cultural

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
>>> Curriculum vitae
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
Mais Recentes
>>> O Ponto de Mutação de Fritjof Capra pela Círculo do Livro (1990)
>>> Plexus de Henry Miller pela Record (1967)
>>> Uma Questão de Fé de Jodi Picoult pela Planeta (2008)
>>> Vivendo seu Amor de Carolyn Rathbun Sutton e Ardis Dick Stenbakken (compilação) pela Casa Publicadora Brasileira (2017)
>>> O Significado da Astrologia de Elizabeth Teissier pela Bertrand (1979)
>>> Um amor de gato de Glenn Dromgoole pela Publifolha (2002)
>>> Origami & Artesanato em Papel de Paul Jackson & Angela A'Court pela Edelbra (1995)
>>> Gestão de Pessoas de Idalberto Chiavenato pela Campus (2010)
>>> Album de família de Danielle Stell pela Record
>>> Passageiros da ilusão de Danielle Stell pela Record (1988)
>>> Casa forte de Danielle Stell pela Record
>>> Segredo de uma promessa de Danielle Stell pela Record
>>> Enquanto o amor não vem de Iyanla Vanzant pela Sextante (1999)
>>> Relembrança de Danielle Stell pela Record
>>> O Egypto de Eça de Queiroz pela Porto (1926)
>>> Momentos de paixão de Danielle Stell pela Record
>>> Um desconhecido de Danielle Stell pela Record
>>> Uma vez só na vida de Danielle Stell pela Record
>>> O apelo do amor de Danielle Stell pela Record (1983)
>>> Agora e sempre de Danielle Stell pela Record (1985)
>>> O Princípio Constitucional da Igualdade e o Direito do Consumidor de Adriana Carvalho Pinto Vieira pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2002)
>>> Histórias Anunciadas de Djalma França pela Decálogo/ belo Horizonte (2003)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Senado Federal pela Senado Federal (2006)
>>> Eterna Sabedoria de Ergos pela Fraternidade Branca Universal do Arcanjo Mickael (1974)
>>> Leasing Agrário e Arrendamento Rural como Opção de Compra de Lucas Abreu Barroso pela Del Rey/ Belo Horizonte (2001)
>>> Contratos Internacionais de Seguros de Antonio Marcio da Cunha Guimarães pela Revista dos Tribunais (2002)
>>> Amor de Perdição / Eurico, o Presbítero de Camilo Castelo Branco / Alexandre Herculano pela Círculo do livro (1978)
>>> Carajás de Paulo Pinheiro pela Casa Publicadora Brasileira (2007)
>>> Menopausa de Diversos pela Nova Cultural (2003)
>>> Guia de Dietas de Diversos pela Nova Cultural (2001)
>>> Seguros: Uma Questão Atual de Coordenado pela EPM/ IBDS pela Max Limonard (2001)
>>> O Significado dos Sonhos de Diversos pela Nova Cultural (2002)
>>> A Dieta do Tipo Sanguíneo - A B O AB de Peter J. D'Adamo pela Campus (2005)
>>> Cem Noites - Tapuias de Ofélia e Narbal Fontes pela Ática (1982)
>>> Direito do Trabalho ao Alcance de Todos de José Alberto Couto Maciel pela Ltr (1980)
>>> Manon Lescaut de Abade Prévost pela Ediouro (1980)
>>> A Reta e a Curva: Reflexões Sobre o Nosso Tempo de Riccardo Campa (com) O. Niemeyer (...) pela Max Limonard (1986)
>>> Introdução às Dificuldades de Aprendizagem de Vítor da Fonseca pela Artes Médicas (1995)
>>> Dos Crimes Contra a Propriedade Intelectual: Violação... de Eduardo S. Pimenta/ Autografado pela Revista dos Tribunais (1994)
>>> O Cortiço de Aluísio Azevedo pela Ática (1988)
>>> A Voz do Mestre de Kahlil Gibran pela Círculo do livro (1973)
>>> O Jovem e seus Assuntos de David Wilkerson pela Betânia (1979)
>>> Emília no País da Gramática de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1978)
>>> The Art Direction Handbook for Film de Michael Rizzo pela Focal Press (2005)
>>> A Escrava Isaura de Bernardo Guimarães pela Melhoramentos (1963)
>>> O Grande Conflito de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (1983)
>>> Filosofia do Espírito de Jerome A. Shaffer pela Zahar (1980)
>>> Muito Além das Estrelas de Álvaro Cardoso Gomes pela Moderna (1997)
>>> A Grande Esperança de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (2011)
>>> É Fácil Jogar Xadrez de Cássio de Luna Freire pela Ediouro (1972)
COLUNAS >>> Especial Quem vale a pena seguir

Quinta-feira, 21/5/2009
Um Twitter só para escritores
Marcelo Spalding

+ de 7200 Acessos
+ 6 Comentário(s)

Vou confessar uma coisa: morro de inveja do IMDB, o enorme catálogo on-line com informações sobre todos os filmes possíveis e impossíveis. O funcionamento é simples e o cruzamento de dados, completo: acessando Tom Hanks você pode clicar em Philadelphia e lá vai lembrar que Denzel Washington estava no elenco, e saber que um, ano antes, em 1992, Denzel esteve em Malcolm X, junto com Angela Bassett, que não me lembra filme algum mas é muito bonita.

Bem, agora imagine um grande catálogo de livros, com todos os títulos do mundo, organizados por título, autor, sinopse, ano de publicação, língua original, traduções... O sistema já teria até nome: Biblioteca de Babel, em homenagem a Borges. E ele, sim, teria informação sobre todos os livros; acessando Stern chegaríamos em Machado, e dele em Eça de Queirós, e de Eça em Saramago, e as teias que formam qualquer arte ficariam ali, escancaradas para o deleite dos leitores e aprendizes.

Outro sistema que invejo um pouco, menos que o IMDB mas o bastante para querer tempo e dinheiro para inventar algo semelhante voltado para a literatura, é o MySpace. Imagine um MyBooks? Mas nele não poderiam estar só os chatos que usam a internet como gaveta e abarrotam nossa grande rede, era preciso que os grandes escritores vivos aderissem ao MyBooks, que seria agregado a uma espécie de Twitter literário, e lá os autores postariam as novidades dos seus trabalhos, avisariam sobre eventos dos quais participariam, e por aí vai.

Como sonhar não custa, já fico imaginando quem eu seguiria, quais os 10 escritores vivos que eu não deixaria de seguir. Vejamos:

Jose Saramago: não é só para posar de intelectual que começo pelo Nobel, mestre de nossa língua e ofício, dono de obra vasta e complexa, reconhecido pelo mundo, amado pelos brasileiros e renegado em Portugal. Saramago coloca qualquer leitor no seu lugar, lembrando-nos do quão difícil é fazer boa literatura e mesmo acompanhar boa literatura. Por isso, tenho uma meta de ler um Saramago por ano; por isso e também para ler Saramago ainda por muito tempo. Até agora, O Evangelho Segundo Jesus Cristo é o que mais me marcou.

Gonçalo M. Tavares: já que estamos na terrinha, este poeta, contista, romancista e obstinado escritor merece ser seguido. O mais recente romance que li dele, Jerusalém, além de super premiado está em lugar de destaque na minha estante. Sem contar a belíssima série de minihistórias de seu O Bairro, como O Senhor Valéry e O Senhor Henri. Um caso raro de escritor que une inventividade com densidade.

Jonathan Safran Foer: confesso que só li um romance dele, Extremamente Alto & Incrivelmente Perto, mas quem escreveu algo tão magnífico merece ser seguido, ainda que provavelmente jamais faça algo parecido. A não ser que arriscasse uma continuação, com o pequeno Oskar já não tão pequeno mas ainda encantador, complexo, provocante. Devo a este romance do norte-americano Foer um outro olhar sobre o 11 de setembro.

José Luandino Vieira: este escritor angolano é um belo exemplar da literatura africana em língua portuguesa, já tão rica. Contista e romancista de mão cheia, foi preso na terrível prisão salazarista de Tarrafal (espécie de Guantânamo de Salazar), devido ao sucesso de seu volume de contos Luuanda. De tom subversivo, vide "A estória do ovo e da galinha", mistura elementos da cultura africana no léxico e nas temáticas, o que o tornou representante legítimo dos angolanos mesmo sendo branco e nascido em Portugal. Em 2006 ainda se notabilizou por ser o primeiro escritor a recusar o Prêmio Camões, mais importante da língua portuguesa. Ah, e seria importante seguir ele no Twitter dos escritores porque está publicando uma trilogia depois de muito tempo afastado da literatura, e quero notícias dos volumes.

Milton Hatoum: outro clássico, clássico no estilo e pela fama que conquistou. Professor universitário, romancista de mão cheia e com livro de contos quentinho na praça, Hatoum merece e precisa ser seguido por qualquer leitor brasileiro, sob pena de perdermos o que há de mais canônico em nossa literatura contemporânea. Nem que seja para criticar o estilo rebuscado e a overdose das paisagens manauaras. Com Dois Irmãos e três jabutis, Hatoum hoje é quem está mais perto de um dia, quem sabe, trazer um Nobel de Literatura para o Brasil.

Ana Maria Gonçalves: li um romance só dessa mineira, mas um romance de mais de 1000 páginas! Um defeito de cor merece ser lido e lembrado tanto pela abordagem de tema tão delicado na nossa história quanto, sobretudo, pela composição narrativa capaz de nos guiar ao longo das centenas de páginas. É uma impressionante epopeia que não ganhou prêmios ― e quem precisa deles? ―, mas me deixou com vontade de ler mais Ana Maria Gonçalves. Aliás, por que ainda é tão difícil para as mulheres ganhar um importante prêmio literário?

Fernando Bonasi: este paulista escreveu o que talvez seja a melhor novela do chamado neorrealismo brasileiro, este estilo que coloca a favela, o subúrbio em primeiro plano. Subúrbio, de 1994, abriu caminho para Cidade de Deus e as dezenas de contos à Marcelino Freire que temos por aí. Além disso, Bonasi é autor de um dos melhores livros de minicontos que eu conheço, Passaporte. Beleza de histórias, beleza de conjunto.

Ferréz: é possível que ele não estivesse nesse Twitter de escritores, pois na Wikipédia ainda não está. Mas Ferréz, um híbrido de Virgulino Ferreira (Ferre) e Zumbi dos Palmares (Z) e uma homenagem a heróis populares brasileiros, é um escritor que merece ser seguido porque toca em outro tom nessa orquestra quase uníssona que é nossa literatura brasileira. Nascido no subúrbio paulista e ligado ao movimento hip-hop, tem conseguido espaço entre os doutos da literatura e já figura em revistas, editoras, programas de TV e universidades, espaços sempre tão seletivos. Com aparente autenticidade, que falta para tantos narradores "marginais" ou "suburbanos".

Cristovão Tezza: que me perdoem Trevisan, Cony, Scliar, Assis Brasil, mas tenho optado por escritores da geração formada por eles. Com exceção, talvez, dos estrangeiros Saramago e Luandino. De Curitiba, então, quero seguir o Cristovão Tezza, romancista capaz de inventar e reinventar narradores, produzindo uma ficção de fôlego (eta palavrinha da moda) e interesse. O melhor que li, até agora, foi O Fantasma da Infância, mas iria segui-lo porque sei que vem muito mais por aí.

Cíntia Moscovich: pra não dizer que não falei dos meus pagos, a Cíntia merece ser seguida por tudo o que escreveu e ainda irá escrever. O melhor miniconto de todos já escritos, para mim, é dela: "Uma vida inteira pela frente. O tiro veio por trás". E sua produção contística já corre mundo pelo estilo clássico, eloquente, cuidadoso. Mestre em literatura com dissertação sobre a teoria do conto de Poe a Piglia, tem verdadeiras obras-primas como "A grande e invisível África" e "A gramática dos erros".

Bem, que me perdoem Philip Roth, Alessandro Baricco, Chico Buarque e tantos outros que ficaram de fora, listas são listas. Mas, e você, quais 10 escritores seguiria nesse improvável MyBooks, o Twitter da literatura?


Marcelo Spalding
Porto Alegre, 21/5/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. De volta à antiga roda rosa de Elisa Andrade Buzzo
02. Aquarius, quebrando as expectativas de Guilherme Carvalhal
03. Fazendo a coisa certa de Fabio Gomes
04. Um safra de documentários de poesia e poetas de Elisa Andrade Buzzo
05. Abdominal terceirizado - a fronteira de Marta Barcellos


Mais Marcelo Spalding
Mais Acessadas de Marcelo Spalding em 2009
01. Quanto custa rechear seu Currículo Lattes - 5/3/2009
02. O melhor da década na literatura brasileira: prosa - 31/12/2009
03. Literatura para quê? - 17/12/2009
04. Era uma vez o conto de fadas - 2/4/2009
05. Aranhas e missangas na Moçambique de Mia Couto - 6/8/2009


Mais Especial Quem vale a pena seguir
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
21/5/2009
01h03min
Ah, também invejo o IMDB. Tão completo! Até melhorei meu inglês com ele. Adorei a ideia do Mybooks e a descrição dos escritores; alguns só conheço de nome, e com o texto fiquei com vontade de ler.
[Leia outros Comentários de Jéssica]
21/5/2009
08h01min
Marcelo, um site que pretende (ainda é uma versão beta) suprir essa falta de uma comunidade literária on-line, é o LibraryThing, que tem até versão em português. À primeira vista, parece apenas mais um programa de organização de bibliotecas. Só que acaba virando um ponto de encontro para todos os que amam falar sobre livros, permitindo não só o registro mas também a troca de muita informação sobre autores e obras. Vale a pena conhecer! Um abraço!
[Leia outros Comentários de Ronoc]
21/5/2009
09h13min
Seria maravilhoso! Alguém com muito conhecimento poderia criar perfis dos chamados "fakes" dos imortais e postar material sobre suas vidas e obras: Camões, Shakespeare, Drummond, Pessoa (todos eles)... Eu seguiria o póstumo Stanislaw Ponte Preta e o vivo Luis Fernando Verissimo para poder me divertir nesses dias de crise... Ótima ideia e ótimo texto!
[Leia outros Comentários de Manuela Cabral Eirad]
21/5/2009
09h33min
Boa lista, Marcelo, principalmente quando você diz tudo o que a Cíntia escreveu e ainda irá escrever. Ela é bárbara quando se trata de contos. Minha lista não está ordenada por importância. Todos são dignos de serem seguidos, pois já demonstraram uma prosa de extrema qualidade e prometem continuar mostrando. Vou ficar nos brasileiros, pois se é para restringir, que seja uma lista nacional. É quase impossível selecionar somente dez, assim, me perdoe a lista de dez que tem onze. Deixo de fora os poetas. Então lá vai: Livia Garcia-Roza, Cíntia Moscovich, Tatiana Salem Levy, Lucia Bettencourt, Carola Saavedra, Marcelo Moutinho, Rodrigo Lacerda, Beatriz Bracher, Domingos Pellegrini, Moacyr Scliar e Adriana Lisboa.
[Leia outros Comentários de Ana Cristina Melo]
1/6/2009
08h05min
Proponho avançarmos (ainda que no plano das ideias) alguns passos. Há 1 ano escrevi um artigo cujo título era "Mashups + PanFics + Youbook". Em determinado ponto sugeria: "Chegamos à era da personalização das artes por parte do público. Cada um terá à sua disposição uma experiência totalmente pessoal com seus filmes, músicas ou livros prediletos. Teremos inclusive a possibilidade de sermos 'co-autores' de obras inteiramente novas. Em resumo, com um uma ideia na cabeça e um computador nas mãos, todos poderemos criar nosso próprio filme para o YouTube, livro para algum YouBook ou canção para um YouMusic (ok, pode ser iTunes) e distribuí-los através da rede para o nosso seleto e fiel público". Já temos um "YouBook", chama-se Scribd. Escritores, cada vez mais, escreverão ao vivo, a partir das redes sociais. Os blogs são como hubs pessoais, integrando suas diversas "presenças" na rede, o que pressupõe uma relação inteiramente nova com o processo de escrita.
[Leia outros Comentários de Claudio Soares]
1/6/2009
11h22min
Quanto ao site reunindo todos os livros... temos um site engatinhando nessa: Skoob. Lá, cada membro pode cadastrar livros, e você pode adicionar os que já leu, que está lendo e pretende ler... Bem bacaninha, mas ainda em fase de iniciação. Beijos.
[Leia outros Comentários de Alexandra Deitos]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O ATENEU
RAUL POMPÉIA
KLICK
(1997)
R$ 4,00



OS PENSADORES - MARX
KARL MARX
NOVA CULTURAL
(1999)
R$ 22,70



COMO VIVER MAIS E MELHOR - SÓ PARA HOMENS
CRISTIANA ARCANGELI
NACIONAL
(2007)
R$ 25,00



GUIA FACIL DE SAUDE E BELEZA
SILVA,ROSE MARI
EDITORA NATUREZA
(2017)
R$ 52,67



A BRUXA DE PORTOBELLO
PAULO COELHO
PARALELA
(2018)
R$ 10,00



LIGAÇÕES TELEFONICAS ATRAVES DA INTERNET COM CD
LIGAÇÕES TELEFONICAS ATRAVES DA INTERNET CE C
MAKRON BOOKS
(1998)
R$ 14,70



MATEMÁTICA FINANCEIRA
LILIA LADEIRA VERAS
ATLAS
(1996)
R$ 30,00



DIÁLOGOS SOBRE A MÚSICA
WILHELM FURTWAENGLER
MINOTAURO
R$ 18,00



POR AMOR ÀS CIDADES
JACQUES LE GOFF
UNESP
(1998)
R$ 45,00
+ frete grátis



PIÁ, UM BRASILEIRO - CACILDA TICIANELLI MARINO (LITERATURA BRASILEIRA)
CACILDA TICIANELLI MARINO
DO AUTOR
R$ 5,00





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês