Amantes, tranquila inconsciência | Vicente Escudero | Digestivo Cultural

busca | avançada
42220 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 8/10/2009
Amantes, tranquila inconsciência
Vicente Escudero

+ de 3300 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Não tenho muito interesse por filmes românticos, melodramáticos, daqueles em que o final é revelado pelas personalidades do triângulo amoroso, com a derrota do mau caráter. Alguém gosta? Acredito até que este gênero de filme exista apenas para preencher o vazio na educação sentimental de pessoas que envelhecem cada vez mais tarde e são cada vez mais solitárias, dispostas a derramar algumas lágrimas em troca de pequenos estímulos de esperança vitoriana, algo como um final feliz de Dickens, com Pip e Estella encerrando as diferenças e saciando a obsessão do amor platônico. De preferência com Estella sendo interpretada por Gwyneth Paltrow, num vestido Armani nada bufante.

Amantes, quarto filme de James Gray, aparenta ser isso. Ainda que à primeira vista a ideia do triângulo amoroso possa parecer clichê, neste romance lento e delicado, o diretor estende a experiência de filmes anteriores baseados no mesmo local onde passou a infância, o Brooklyn, em Nova York, repleto de imigrantes russos e judeus. Abandonadas as disputas entre traficantes russos e a polícia, presentes em Os donos da noite, a câmera se volta para Leonard (Joaquin Phoenix) e sua dúvida nem um pouco cruel entre o relacionamento com Michelle (Gwyneth Paltrow), a sensual shiksa ― garota não judia ―, e Sandra (Vinessa Shaw), uma decidida garota ― esta, sim, judia ―, que conta com o apoio sutil dos pais de Leonard para conquistá-lo.

Num ambiente monocromático, carregado pelas tradições do bairro de imigrantes onde prédios baixos impedem a entrada da luz e as sombras parecem esconder a melancolia dos personagens, Leonard, portador da síndrome do transtorno bipolar e levemente depressivo, passa a viver com os pais, depois do rompimento de um noivado. O apartamento onde moram é todo decorado com fotos e objetos de outras décadas, papéis de parede opacos combinam com a mobília de madeira maciça castanho-nostálgica e livros cobrem as cadeiras e mesas quando não há visitas. Neste ambiente em que a felicidade não entra em contato com o mundo exterior surge Michelle, a nova vizinha de um apartamento mantido pelo namorado, um seboso ― e casado ― advogado rico de Manhattan.

Neste encontro, o território ocupado pelos corpos não possui limites claros, o atalho das janelas dos fundos do prédio em que vivem serve como elo entre o relacionamento de Michelle e Leonard, nascido do primeiro contato visual entre os dois, algo parecido com o primeiro encontro de Pip e Estella em Grandes Esperanças, de Dickens, quando a obsessão do personagem, o amor platônico pela mulher inalcançável nasce e se intensifica até a sublimação na expressão artística de Pip. Quando Leonard colocou os olhos em Michelle, ela se tornou sua fonte de inspiração para a saída da depressão... e sua obsessão!

A Sra. Havisham do romance também encontra correspondência na trama de Amantes. A mãe de Leonard, interpretada por Isabella Rosselini, dedica-se ao filho a ponto de consentir que ele abandone tudo por Michelle: casa, emprego na lavanderia da família e a promessa futura de participação na sociedade com os pais de Sandra. O sofrimento que nasce daí vem da omissão, e não é menor pela solidariedade. A busca da felicidade, pelo filho que vive no limite entre as amenidades do mundo e a pouca responsabilidade do trabalho familiar, ressoa na imaturidade de Leonard. Esta condição, de homem incompleto, sua condescendência e sinceridade no tratamento das pessoas, em vez de torná-lo um perdedor, faz com que suas pequenas atitudes derretam o gelo e a nebulosidade do clima de Brighton Beach; seja fazendo truques para uma criança ou mímicas para os fregueses da lavanderia, uma certa leveza de espírito despreparado cativa. Daí o interesse de Michelle e Sandra. A primeira, contando com o apoio do novo melhor amigo para descobrir as intenções do namorado comprometido; e Sandra, na esperança de que Leonard possa ser um bom marido.

A semelhança com as narrativas extensivas de Dickens sobre o ser humano se transforma aos poucos num dramático exercício expressivo entre os vértices do triângulo amoroso. Tudo é captado. Os gestos e as expressões dos personagens criam um ambiente onde o desfecho é previsto, mas a caminhada é arrastada entre os obstáculos da geografia do romance. Na sinceridade de Gray não existem pausas ou atalhos para o futuro. Leonard, ansioso, aguarda a saída de Michelle da casa noturna enquanto tenta arrancar um adesivo do poste de luz, reclamando da má sorte, após descobrir a existência do rival. Na ocasião do jantar de Leonard com Michelle e seu namorado, o desconforto do protagonista é retratado desde a retirada do casaco, o estabanado uso do copo sem canudo e a espera pelo casal, sentado sob uma carranca ridícula, de expressão monstruosa. Mais tarde, a felicidade de Michelle no encontro com o namorado lanceta seu ciúme e ele assume o namoro com Sandra, logo em seguida a uma carícia desconcertante do casal.

Do lado oposto, competindo às cegas com Michelle, Sandra assume a condição de perpetuadora da família de Leonard, um pequeno ponto concreto de progresso, racionalidade e definição, na sua vida sonhadora e despreocupada. Leonard lida com estas expectativas sem antecipá-las, ao contrário da paixão demolidora e secreta pela shiksa.

James Gray assumiu, durante entrevista, a influência livre da novela Noites Brancas, de Dostoiévski, em Amantes. Esta pequena história contém elementos românticos, é uma pérola solitária desta fase do escritor; o tom reflexivo do protagonista, numa fantasia lírica, busca criar num mundo falso o alívio para a solidão. Ao contrário dos personagens de Amantes, que transitam sem preocupação entre relacionamentos, inconscientes da possibilidade de frustração ou das as disputas com os rivais, deixando de lado os resultados. A densidade e reflexão dos personagens do filme não deve nada à novela, pela câmera atenta do diretor, que segue as pequenas chamas de vida combatendo o frio de outono no Brooklyn, fazendo com que a plateia acompanhe sem pausas as decepções de cada um deles, seguidas pelas descobertas de pequenos grãos de areia de esperança, mesmo não existindo nenhum vestígio de beleza na desértica praia de Brighton Beach.

E por que gostamos de uma história tão comum? Talvez porque somos iguais a Leonard, Michelle e Sandra, sempre à espera de sentimentos bons, um pouco de diversão e, por que não, de um ombro amigo para viver ao lado.


Vicente Escudero
São Paulo, 8/10/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Sobre o preço dos livros 2/2 de Rafael Rodrigues
02. Artistas da fome de Urariano Mota
03. Arte é entropia de Gian Danton
04. A vitória da velhinha de Arcano9
05. Por favor, leiam até o fim de Daniela Sandler


Mais Vicente Escudero
Mais Acessadas de Vicente Escudero em 2009
01. Amor aos pedaços - 7/5/2009
02. O naufrágio é do escritor - 12/3/2009
03. E a lei cedeu diante dos costumes - 11/6/2009
04. 2008, o ano de Chigurh - 2/1/2009
05. Amantes, tranquila inconsciência - 8/10/2009


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
10/10/2009
12h23min
O dramalhão no filme acho interessantíssimo, pois a vida é esse drama, com muito humor, dores choros, agonias e prazeres. Viver intensamente é sempre temperar, com carinhos, com escapadas, com um beliscar gostoso no compartilhamento a dois ou a três ou quatro... e assim por diante. Mas aí a história é outra.
[Leia outros Comentários de Manoel Messias Perei]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




FALA SÉRIO VOCÊ TAMBEM NÃO ESTA A FIM DELE
IAN KERNER
BEST SELLER
(2006)
R$ 10,00



REVISTA MONUMENTOS N. 10 MARÇO REVISTA SEMESTRAL DE EDIFÍCIOS E MON...
DIVERSOS AUTORES
DIRECÇÃO GERAL DOS EDIFÍCIOS E
(1999)
R$ 55,83



MENOS PODE SER MAIS NOVO
DALMIR SANT ANNA
ODORIZZI
(2006)
R$ 17,00



SURGICAL DISORDERS OF THE CHEST - DIAGNOSIS AND TREATMENT
J. K. DONALDSON
LEA & FEBIGER
(1947)
R$ 43,83



UM CASO DE HONRA
JEFFREY ARCHER
BERTRAND BRASIL
(1987)
R$ 40,00



ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2008
MARINO PAZZAGLINI FILHO
ATLAS
R$ 6,00



GUIDA ALLA GALLERIA BORGHESE
KRISTINA HERRMANN FIORE
SPADABORGHESECORSINIBARBERINI
(1999)
R$ 15,00



NEM SEMPRE O 1O DA CLASSE É UM SUCESSO NA VIDA: ESTRATÉGIAS E TÁTICAS PARA REALIZAR TODO O SEU POTENCIAL
WESS ROBERTS
BEST SELLER
R$ 6,90



FLORES SOB FOLHAS DE FIGUEIRA
HELIOMAR GOMES
AUTOR (ARAPIRACA)
(2000)
R$ 28,28



A CIDADE ANTIGA - VOL. 1
FUSTEL DE COULANGES
ED. DAS AMÉRICAS
(1961)
R$ 40,00





busca | avançada
42220 visitas/dia
1,3 milhão/mês