Perguntas sagradas | Larissa Pontez | Digestivo Cultural

busca | avançada
28584 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> Brandenburg Concertos (1 - 6)
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Christian Barbosa no MitA
>>> Obama e o oba-oba
>>> E se Amélia fosse feminista?
>>> O que é ser jornalista?
>>> Toda forma de amor
>>> O filósofo da contracultura
>>> Oderint Dum Metuant
>>> Beleza e barbárie, ou: Flores do Oriente
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> A fragilidade dos laços humanos
Mais Recentes
>>> Trotski - O Profeta Banido de Isaac Deutscher pela Civilização Brasileira (1984)
>>> Nos Tempos de Getúlio: Da Revolução de 30 ao Fim do Estado Novo de Sonia de Deus Rodrigues Bercito pela Atual/ Sp. (1995)
>>> De Getulio a Getúlio: o Brasil de Dutra e Vargas (1945 a 1954) de Francisco Fernando Monteoliva Doratioto (e outro) pela Atual/ Sp. (1995)
>>> Indústria, Trabalho e Cotidiano: Brasil (1889-1930) de Maria Auxiliadora Guzzo de Decca pela Atual/ Sp. (1996)
>>> Indústria, Trabalho e Cotidiano: Brasil (1889-1930) de Maria Auxiliadora Guzzo de Decca pela Atual/ Sp. (1991)
>>> Império do Café: a Grande Lavoura do Brasil (1850 a 1890) de Ana Luiza Martins pela Atual/ Sp. (1995)
>>> Império do Café: a Grande Lavoura do Brasil (1850 a 1890) de Ana Luiza Martins pela Atual/ Sp. (1994)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Código da Vida - Fantástico Litígio Judicial de Uma Família de Saulo Ramos pela Planeta (2008)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1991)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1993)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1993)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Contabilidade introdutória de Sergio Iudicibus, Stephen e outros pela Atlas (1977)
>>> Language Its Nature - Development and Origini de Otto Jespersen, (Prof. Univ. Coppenhagen)./ pela George Allen & UnwinnLtd/London (1949)
>>> El Espejo y La Lámpara: Teoría Romántica y Tradición Clásica de M. H. Abrams pela Eitorial Nova/ Argentina (1962)
>>> Clause Sauf Encaissement de Casimir Pajot pela Librairie Nouvelle de Droit Et de Jurisprudence (1891)
>>> Catolicismo para Leigos de John Trigilio e Kenneth Brighenti pela Altabooks (2008)
>>> Estudos Sobre Sucessões Testamentária de Orosimbo Nonato pela Forense (1957)
>>> Los Caminos Actuales de La Critica (Encadernado) de René Girard/ G. W. Ireland/ Jacques Leenhardt... pela Planeta/ Barcelona (1969)
>>> Instituições de Direito Civil Portuguez de M.A. Coelho da Rocha pela Garnier Livreiro (1907)
>>> Régimen Argentino de la Propiedad Horizontal de José A. Negri pela Arayú (1953)
>>> Enciclopédia de Cultura de Joaquim Pimenta pela Freitas Bastos (1963)
>>> Direitos de Família de Lafayette Rodrigues Pereira pela Freitas Bastos (1945)
>>> Demarcação Divisão Tapumes de Alfredo de Araujo Lopes da Costa pela Bernardo Alves S.A. (1963)
>>> Consultor Civil de Carlos Antonio Gordeiro pela Garnier (1913)
>>> El Derecho de Familia en La Legislacion Comparada de Luis Fernandez Clerico pela Hispano Americana (1947)
>>> Estudos de Direito Civil de Manoel Martins Pacheco Prates pela São Paulo (1926)
>>> Direitos Reaes de Garantia de J.L. Ribeiro de SouSa pela C. Teixeira
>>> Obrigações de Pagamento em Dinheiro (Três Estudos) de Paulo Barbosa de Campos Filho pela Jurídica e Universitária (1971)
>>> Teoria e Pratica dos Testamentos de Manoel Ubaldino de Azevedo pela Saraiva (1965)
>>> Les Groupements D' Obligataires de Albert Buisson pela Librairie Générale de Droit et de Jurisprudence (1930)
>>> Novo Código Civil Anotado Volume II ( Direito das Obrigações) de J.M.Leoni Lopes de Oliveira pela Lumen Juris (2002)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 6 ) Direito das Sucessões de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1964)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 5 ) (Direto das Obrigações 2ª parte) de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1991)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 4 ) Direito das Obrigações de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (2019)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 3 ) Direito das Coisas de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1991)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 2 ) Direito Família de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1992)
>>> Curso de Direito Civil ( Parte Geral) Volume 1 de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1964)
>>> Usucapião de Imóveis de Lourenço Mario Prunes pela Sugestões Literárias S/A
>>> Instituições de processo Civil (Volume VI) de Caio Mário da Silva Pereira pela Forense (2007)
>>> Direito Civil Volume 6 de Silvio Rodrigues pela Saraiva (2004)
>>> O Pensamento Vivo de Einstein (Edição Ilustrada) de José Geraldo Simões Jr.: (Pesquisa e Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Direito Civil Volume 2 de Silvio Rodrigues pela Saraiva (2002)
>>> Posse o Direito e o Processo de Guido Arzua pela Revista dos Tribunais (1957)
>>> Estudo da Posse e das Acções Possessorias de Leopoldino Amaral Meira pela Livraria Academica (1928)
>>> Acção Possessória de J.M. de Azevedo Marques pela São Paulo (1923)
>>> O Direito de Ação e o Modo de Execê-lo de Ataliba Vianna pela Forense (1969)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
COLUNAS

Quarta-feira, 18/11/2009
Perguntas sagradas
Larissa Pontez

+ de 3900 Acessos
+ 6 Comentário(s)

Em 2001, a jornalista do New York Times Natalie Angier escreveu um texto chamado "Confissões de uma ateia solitária", sobre as dificuldades que enfrentava ao assumir seu ateísmo na era Bush.

Depois que eu tive a ideia para este texto, demorei uma semana para realmente começar a escrevê-lo. Não exatamente para organizar as ideias na minha cabeça, mas para acalmá-las. Porque ― e isso não é novidade para quem me conhece ― esse me é um assunto sensível. Mas essa sensibilidade não é exclusiva. Na verdade, todo mundo é sensível a esse assunto. Já tive discussões homéricas com pessoas que nem sequer eram religiosas, por discordar de assuntos que simplesmente "não se discutem". Porque, afinal, pode-se ser a favor do aborto, da pena de morte, do suicídio e da legalização das drogas e da prostituição, e isso é democrático. Mas se você é contra religiões, você é nazista.

Portanto, fica o aviso. Você pode se ofender com o assunto deste texto. Aliás, estatisticamente, você vai se ofender com o assunto desse texto. Mas, se mesmo assim quiser continuar a lê-lo, abre-se aqui o debate.

O que mais me preocupa quando entro em uma discussão a respeito da "fé" versus "ciência" é que, frequentemente, as pessoas as colocam no mesmo pacote. Se você é ateu, provavelmente já ouviu esta frase: "Se você quer acreditar na ciência e quer que os outros respeitem isso, também tem que respeitar a fé dos outros". Vou colocar aqui, então, uma explicação simples, do Wiktionary em tradução livre (já que esse artigo não existe em português), sobre o que é o método científico, para estarmos todos na mesma página:

"Método científico: método de descoberta, a respeito do mundo natural, baseado na criação de hipóteses testadas empiricamente, desenvolvidas e revisadas para a constituição de teorias que melhor expliquem os dados conhecidos."

Em resumo, a ciência não depende de opinião. Qualquer hipótese deve ser ― e é ― testada e comprovada antes de ser considerada verdadeira. E, ainda assim, está sempre disposta a ser revisada e, se necessário, desmentida. A fé não funciona assim. A fé baseia-se no oposto, na ausência de debate e questionamento; no crer, e fim. Portanto, "acreditar" na ciência não é o mesmo que "ter fé" na ciência, porque a ciência não exige fé. Ela exige lógica e, como qualquer outro homo sapiens sapiens, isso eu tenho. O que me incomoda em qualquer religião é exatamente a negação do que naturalmente nos diferencia dos outros animais: a racionalidade.

Porém, só muito recentemente percebi algo que pode explicar essa frequente confusão entre "ter fé" e "acreditar": professores de ciências ruins.

Podem parecer fenômenos não-relacionados, mas, para muitas pessoas, provavelmente existe pouca diferença entre um sermão em uma igreja e uma aula de biologia. (Com a suposta diferença de que "bombar" no primeiro significaria uma eternidade no inferno...). Se em algum momento elas perguntassem "mas por que isso é assim?", a resposta, em ambos os casos, seria "porque está no livro". Na religião, essa resposta faz completo sentido, já que os escritos da Bíblia, Torá, Alcorão etc. parecem ser provas suficientes para qualquer coisa. Em uma aula de ciências, isso é um crime.

Tolher o questionamento de uma criança é sinônimo de deseducar. É a antítese do método científico. Isso cria uma aceitação passiva, sem raciocínio. E entre um dado abstrato cuspido, e uma "boa história", adivinha qual a criança vai escolher? Daí nascem os "museus criacionistas" dos Estados Unidos.

Por falta de boa vontade, ou mesmo de conhecimento, sem querer, professores de ciências, que deveriam ser a maior expressão de uma sociedade humanista, contribuem para o aumento de pessoas passivas, supersticiosas e, quase consequentemente, religiosas.

O Iluminismo, heroi da Modernidade, foi substituído por um tacanho senso de respeito e tabu.

Mas eu tive bons professores de ciências. Portanto, eu não acredito que existam assuntos que simplesmente "não se discutem". Como denuncia Richard Dawkins, as religiões têm sido protegidas por uma cortina de intocabilidade por tempo demais.

Eu sonho com um mundo e um tempo em que, em qualquer idade, é possível perguntar, questionar, debater qualquer assunto; em que as pessoas têm suas crenças porque chegaram a elas através de suas próprias conclusões, não de doutrinamentos; em que dogmas, superstições e violências causadas pelas religiões sejam deixados para trás; em que explicações sejam sempre buscadas; um mundo com bons professores de ciências.

Eu sonho com um mundo não tão solitário para uma ateia. Mas eu vivo neste.

Nota da Autora
Só para constar: eu não acho que apenas gênios, como José Saramago ou Dawkins, possam blasfemar e serem respeitados. Venho por meio deste evocar meu direito à blasfêmia. Obrigada, tenha um bom dia.

Nota do Editor
Larissa Pontez mantém o blog JOM ― JamaisOuMenos.


Larissa Pontez
São Paulo, 18/11/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Por que HQ não é literatura? de Cassionei Niches Petry
02. Os Doze Trabalhos de Mónika. Prólogo. Sem Alarde de Heloisa Pait
03. 'A Imaginação Liberal', de Lionel Trilling de Celso A. Uequed Pitol
04. Como ser um Medina de Ana Elisa Ribeiro
05. Um menino à solta na Odisseia de Carla Ceres


Mais Larissa Pontez
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
18/11/2009
01h36min
Adorei o seu texto, e com certeza também sonho com o mundo que você descreveu. Mas, acredite, não está tão sozinha quanto pensa. No mínimo, tem o Saramago que, pelo que eu andei lendo, depois da publicação de "Caim", não é tão respeitado assim. Já foi excomungado e agora querem despatriá-lo... Há mais um motivo para a confusão entre "ter fé" e "acreditar". A evolução da ciência. Cansamos de ver "verdades" científicas serem desacreditadas na década seguinte pois a própria ciência evoluiu o suficiente para ver-se errada. Exemplo disso é o colesterol que fazia bem na década de 50, depois mal, na de 70/80, e, agora, sabemos que existe o colesterol bom e o mau. Pra talvez descobrir um colesterol que não fede nem cheira em 2010... Queria esclarecer uma coisa: sou ateu também. Agora, eu faria mais uma distinção no quesito fé. Seria entre fé e igreja: que, pra mim, são duas coisas absolutamente diferentes. Uma eu respeito e a outra, não. Obviamente, você sabe o porquê... Abraços!
[Leia outros Comentários de Ricardo Jevoux]
19/11/2009
01h59min
Bom, chamar Saramago de gênio é blasfemar contra a arte literária. É um ideológo metido a literato. Agora, crer em Deus, Papai Noel etc. é coisa de gente sem a mínima informação. Séculos de cultura não foram democratizados e os ignorantes continuam pastando a "verdade" sagrada como vacas comendo grama. Azar o deles. A solidão profunda dos ateus é grandiosa.
[Leia outros Comentários de jardel]
30/11/2009
11h08min
Muito lúcido este texto, nem ateu eu sou, sou agnóstico e meio macumbeiro, mas é suficiente para narizes torcidos por parte dos monoteístas. "Nossa, coitado, você deve ter tido (sic) uma grande decepção na vida para não acreditar em Deus"... Ter consciência e esclarecimento não conta.
[Leia outros Comentários de Edson B de Camargo]
30/11/2009
22h29min
Obrigado, Larissa, por mostrar que existem alguns ateus (e ateias) no mundo. Afinal, é preciso muita inteligência para ser ateu (tem que se livrar da lavagem cerebral a que as crianças são submetidas e para isto é preciso pensar e questionar). Gostei do final do comentário do Jardel: "a solidão profunda dos ateus é grandiosa".
[Leia outros Comentários de Danilo Zanirato]
26/12/2009
09h45min
Ser solitário entre multidões de crentes não é uma exclusividade, acredite. Sou desses. Num ambiente em que 99,99% dos conhecidos creem em Deus, sinto-me um peixe fora do aquário. Ultimamente me senti um pouco desanimado por minha casa ter sido assaltada 3 vezes nos últimos 15 dias. Verdade que fui inconsequente por não protegê-la como deveria. E o resultado disso? Por não ter fé (ou não acreditar em Nada, como eles dizem) eu merecia passar por aquilo. Coisas do tipo "para aqueles que não creem, tudo é mais difícil". Vindo de minha namorada espírita até que me comportei civilizadamente. Mas o que um ateu/agnóstico está fazendo ao lado de uma espírita kardecista? Muita coisa, inclusive, entre estas coisas, amor. Bom, mas deixa isso pra lá. Por onde olho estamos todos (os que não creem) fadados a arder no mármore do inferno, o que pra nós não faz sentido nenhum, já que não cremos nem nos Céus, quiçá no inferno. Discussão boa, lugar apropriado. Jardel, na mosca...
[Leia outros Comentários de Pepê Mattos]
28/12/2009
12h45min
Junte alguém que crê profundamente em Deus + trabalha com ciência + aplica a religiosidade de seu jeito e você terá alguém muito mais questionador que um ateu ou agnóstico. E, pior, alguém que crê que se você respeita os outros e se respeita, e vive de maneira coerente com seus ideais, não faz a menor diferença qual é sua religião (ou não religião), seu time, a cor que prefere etc. etc. etc. Daí... você vira um ser tratado quase como extraterrestre...
[Leia outros Comentários de maria thereza amaral]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PETIÇÕES & CONTRATOS - MODELOS - VOLUME 2
ANTONIO PÁDUA PINTO NETO
ESPLANADA
(2001)
R$ 120,00
+ frete grátis



A GRANDE PARTIDA : ANOS DE CHUMBO 2ª ED. + DVD
FRANCISCO SORIANO
PLENA EDITORIAL
(2010)
R$ 35,00



REDES E APOIO SOCIAL
ANDREIVNA KHARENINE SERBIM UND LISIANE PASKULIN
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 314,00



IT GIRL 5: GAROTA DE SORTE
CECILY VON ZIEGESAR
GALERA RECORD
(2010)
R$ 37,99



PEQUENO DICIONÁRIO DO PERFEITO AUTOMOBILISTA
CHRISTIAN VEBEL
GRIJALBO
(1967)
R$ 5,00



O MISTÉRIO DO CASAMENTO DESCOBRINDO DEUS NO MATRIMÔNIO 8610
MIKE MASON
MUNDO CRISTÃO
(1986)
R$ 18,00



O LIVRO DOS SEGREDO VOL. I 7855
BHAGWAN SHREE RAJNEESH - OSHO
MAHA LAKSHMI
(1982)
R$ 60,00



TRUST IN GOD... ITS IN HIS HANDS
MIKE SANDERS
GHRISTIAN APPALACHIAN PROJECT
(2003)
R$ 10,00



PIGGY BANKS
SALVADANAI
BELLA CASA
(1992)
R$ 50,00



O MEU COCKER SPANIEL
BRUCE FOGLE
EDITORIAL PRESENÇA
(1997)
R$ 16,77





busca | avançada
28584 visitas/dia
1,0 milhão/mês