O Código de Defesa do Consumidor e Maradona | Daniel Bushatsky | Digestivo Cultural

busca | avançada
39766 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
>>> O espelho quebrado da aurora, poemas de Tito Leite
Colunistas
Últimos Posts
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> El sueño de la razón
>>> Machado de Assis dos folhetins ao Orkut
>>> Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão
>>> Daumier, um caricaturista contra o poder
>>> Daumier, um caricaturista contra o poder
>>> Curtas e Grossas
>>> Ribamar, de José Castello
>>> Whoopee
>>> Caso Richthofen: uma história de amor
>>> Os Romances de Mainardi
Mais Recentes
>>> Resumo de Direito Penal (Parte Geral) C oleção Resumos 5 de Maximilianus Cláudio Américo Fuhrer et alii pela Malheiros (2004)
>>> À Margem da lagoa Prateada 5 de Laura Ingalls Wilder pela Record (1967)
>>> Resumo de Direito Comercial (Empresarial) Coleção Resumos 1 de Maximilianus Cláudio Américo Fuhrer pela Malheiros (2005)
>>> Blue Bloods - Vampiros em Manhattan de Melissa De La Cruz pela Moderna (2010)
>>> Responsabilidade civil e sua interpretação jurisprudencial de Rui Stoco pela Revista dos Tribunais (1994)
>>> A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak pela Íntriseca (2013)
>>> O anjo do Adeus de Ignacio de Loyola Brandão pela Global (1995)
>>> Iniciação ao Direito do Trabalho de Amauri Mascaro Nascimento pela LTr (2005)
>>> O verde Violentou o Muro de Ignacio de Loyola Brandão pela Global (1984)
>>> o Dia em Que Comeram o Ministro de Fausto Wolff pela Codecri/ RJ. (1982)
>>> o Dia em Que Comeram o Ministro de Fausto Wolff pela Codecri/ RJ. (1984)
>>> Nancy Maria Mendes de Apesar do Tempo... pela Scriptum/ Belo Horiznte
>>> Recados da Lua - Amor e Romantismo de Helena Jobim pela Record/ RJ. (2001)
>>> Inovação -A Arte de Steve Jobs de Carmine Gallo pela Lua de Papel (2010)
>>> Machado de Assis de Augusto Meyer pela Globo/ Porto Alegre (1935)
>>> Os Putos de Altino Total pela Livr. Sá daCosta/ Lisboa (1980)
>>> Vinte E Quatro Horas na Vida de uma Mulher e outras Novelas de Stefan Zweig pela Record/ RJ. (1999)
>>> Empresas de ComércioInternacional: Organização e Operacionalidade de Dalton Daemon pela Edit. da FURBE (1993)
>>> Princípios e procedimentos notariais de Odelmir Bilhalva Teixeira pela Russell (2009)
>>> Elogio da Loucura de Erasmo de Roterdam pela Ediouro/ RJ.
>>> Os Possessos 2 Volumes de Dostoiewsky pela Livraria Progredior Porto
>>> Em Busca da Arca de Noé de Dave Balsiger Charles E. Sellier Jr pela Record (1976)
>>> Noite de Erico Verissimo pela Globo (1954)
>>> O Discípulo de Paulo Bourget pela Irmãos Pongetti (1944)
>>> O mito da neutralidade científica de Hilton japiassu pela Imago (1975)
>>> Curso de direito civil brasileiro 7 volume responsabilidade civil de Maria helena diniz pela Saraiva (2001)
>>> Patrícia Bins de Janela do Sonho pela Nova Fronteira/ RJ. (1986)
>>> Introdução ao estudo do direito de Tercio sampaio ferraz jr pela Atlas (1994)
>>> Themen 2- Lehrwerk Für Deustsch als Fremdsprache - Kursbuch de Hartmut Auderstrabe/ Heikop Bock/ Helmut Müller pela Max Huber/ EPU (1993)
>>> Organon da arte de curar de Samuel hahnemann pela Ihfl (1995)
>>> Noite na taverna de Alvares de azevedo pela Klick
>>> Mini) Reforma Tributária: Reflexões Sobre a Lei N. 10. 637/2002 (... de Fábio Junqueira de Carvalho (...) Coord. pela Mandamentos (2003)
>>> Vademecum do direito de família e sucessões de Márcia Cristina Ananias Neves pela Jurídica brasileira (2006)
>>> Guida Allo Studio Della Linguistica Storica (i) Profilo Storico... de Benvenuto Terracini pela EdizioneDell Ateneo/ Roma (1948)
>>> Curso de direito civil brasileiro 5 volume direito da família de Maria helena diniz pela Saraiva (2000)
>>> Escola, Estado e sociedade de Bárbara freitag pela Corte (1979)
>>> Las Lenguas y los Pueblos Indoeuropeos - Con Mapas En Colores de P. Kretschmer y B. Hrozný pela Madrid (1934)
>>> La Parola Quale Mezzo D Espressione de Vittorio Bertoldi pela Raffaele Pironte & Figli/ Ital (1946)
>>> Archivio Glottologico Italiano (vol. X L - Fascícolo I) de Benvenuto Terracini/ Bruno Migliorini...Diretto pela Casa Editrice Felice Mounier/ Firenze (1955)
>>> Archivio Glottologico Italiano (vol. X L - Fascícolo I I) de Benvenuto Terracini/ Bruno Migliorini: Diretto pela Casa Editrice Felice Mounier/ Firenze (1955)
>>> O Abismal de Maria Helena Nóvoa pela Melhoramentos/ Bienal Nestlé (1986)
>>> Prática dos registros públicos de Ozeias J. Santos pela Fapi (2007)
>>> Fordlândia de Eduardo Sguiglia pela Iluminuras (1997)
>>> Não Verás Nenum País Como Este: Um Relato Cronlógico da Violência e do Arbítrio - A Censura, As Negociatas, a Corrupção Impune de Sebastião Pereira da Costa pela Record/ RJ. (1992)
>>> Novo Código civil explicado e aplicado ao processo 2 volumes de Wilson Gianulo pela Jurídica brasileira (2006)
>>> Novo dicionário de economia de Organização; Paulo Sandroni pela Best Seller (1998)
>>> Um Velho Velhaco e Seu Neto Bundão de Lourenço Cazarré pela Atual/ Sp. (1993)
>>> A Vingança do Timão de Carlos Moraes pela Brasiliense/ SP (1982)
>>> Um Herege Vai ao Paraíso: Cosmologia de um Ex- Colono Condenado P/ Inquisição (1680-1744) de Plínio Freire Gomes pela Companhia das Letras/SP. (1997)
>>> Sociedade pós-capitalista de Peter Drucker pela Pioneira (1999)
COLUNAS

Segunda-feira, 5/7/2010
O Código de Defesa do Consumidor e Maradona
Daniel Bushatsky

+ de 3500 Acessos
+ 3 Comentário(s)


LIANA TIMM© (http://timm.art.br/)

Há uma falsa verdade que rola na sociedade: o Código de Defesa do Consumidor ("CDC") existe para proteger o consumidor e frear condutas questionáveis do produtor de bens e/ou serviços. Isso se originou de uma leitura torta do CDC que, entre outras coisas, prescreve benefícios processuais para ajudar o consumidor em eventual ação judicial.

O que ocorre, na verdade, é que o CDC veio para equilibrar a relação entre o produtor e o consumidor, dando garantias antes não existentes pela leitura do Código Civil ou leis esparsas.

Explicações à parte, não sei se este equilíbrio vem acontecendo ou estou em uma maré de azar. Primeiro, meu cartão de crédito foi clonado. Quem descobriu a clonagem e, de quebra, o interesse do clonador por rádios para automóvel de última geração, fui eu, quando o limite tinha sido (rapidamente) alcançado. Pior, quando questionei o banco sobre alguma indenização pelo stress, ouvi da pessoa/computador que a indenização seria o banco não me cobrar o valor gasto pelo ladrão. Retruquei: "não me cobrar tais valores era obrigação deles por não conseguirem fazer um sistema seguro". No fim, desliguei na cara da garota do telemarketing. Não aguentei mais esperar pelo "supervisor".

Após o incidente do cartão, fui pegar meu carro novo na concessionária. E não é que o banco do motorista não encaixava no trilho que regula a distância do pedal? Voltei à concessionária para reclamar e o suposto mecânico não sabia como consertar. Para piorar minha situação, o rádio de série faz chiado. Reclamei e o mecânico (de novo o suposto) me perguntou se o vendedor do carro não tinha me informado do problema. Nada é mais frustrante do que pegar um carro novo que já vem com problemas insolúveis. E a sacanagem do vendedor?

Último acidente do mês: fui à loja de sapatos que compro desde criança. Comprei um par igual ao que eu já tinha no pé. A consequência foi um calo gigantesco no calcanhar! De duas uma: ou o meu pé ou a forma do sapato mudaram.

Ou seja, tá difícil!

Como resolver essas questões? Seria razoável esperar do vendedor do carro que me avisasse que o rádio não era um bom opcional? E a instituição financeira, algum dia irá desenvolver um sistema de segurança antifraude mais avançado e/ou pagará indenização pela chatice que é ter seu cartão fraudado?

Judicialmente a solução é muito custosa. Você pode ter o direito, mas o benefício custa a chegar. Ou seja, nas questões relacionadas ao direito do consumidor, os juízes acolhem a inversão do ônus da prova e outras garantias, mas eu não vou ajuizar uma ação por causa de um sapato mal feito. Nem o judiciário, nem minha paciência merecem tal amolação.

O problema, assim, se agrava. Se não entrarmos com ação, entramos nas estatísticas dos acomodados, beneficiando o produtor, pois somente uma mínima porcentagem reclama no judiciário. Dos que reclamarem, alguns perderão prazos judiciais, não contarão com boa assistência técnica e outros farão acordos mínimos para solucionar o problema. Ou seja, a minoria da minoria terá algum resultado útil, após anos de litígio.

O resultado é a triste constatação de que o tal equilíbrio entre produtor e consumidor não passou para o campo prático e da ética. Nem as decisões dos tribunais brasileiros tiveram poder suficiente para mudar as regras coorporativas, onde quem dá as cartas é o dinheiro e não a ética.

Ora, se as empresas realmente estivessem preocupadas com o consumidor, se esforçariam para não nos atenderem com telemarketing e/ou pessoas sem poder algum de decisão. É público e notório que ninguém gosta das atendentes robôs.

Um modo de solucionar este penoso problema seria torcer para que as agências reguladoras, tais como ANEEL, ANATEL, ANS promulgassem normas mais coercitivas, com a instrução de maior respeito para os consumidores, com a consequente pena de multas altíssimas aos que as descumprissem. O mesmo vale para o judiciário, que deve punir os produtores de forma exemplar.

Como sei que isto é improvável, pelo menos a curto prazo, acho que deveríamos fazer que nem torcida de futebol quando o time está perdendo: vaiar!!!

Vaias ao time (empresa), ao treinador e comissão técnica (gerentes e diretores), dirigentes (fiscais do governo e Ministério Público), Comissão Brasileira de Futebol (agências reguladoras, se o caso) e Ministro dos Esportes (deputados e senadores).

Os três últimos em especial têm obrigação de fiscalizar, punir e pensar em novos métodos de restabelecer o equilíbrio entre torcida e time.

Caso não o façam, estamos fadados a técnicos estressados, times desestimulados e torcida sem amor à camisa.

Precisamos urgentemente de uma mágica. Chega de pseudocoerência. Está na hora da paixão. De vontade de mudar!

Está na hora de um Maradona!


Daniel Bushatsky
São Paulo, 5/7/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Um Chopes, Dois Pastel e Uma Porção de Bobagem de Rennata Airoldi
02. O império marítimo português para aquém da cultura de Jardel Dias Cavalcanti
03. Os ossos do ofício de Daniela Sandler


Mais Daniel Bushatsky
Mais Acessadas de Daniel Bushatsky em 2010
01. Big Brother da Palmada - 9/8/2010
02. Simplicidade ou você quer dormir brigado? - 31/5/2010
03. A interpretação dos chatos - 1/3/2010
04. Simplesmente tive sorte - 8/2/2010
05. Dilma e o Big Mac - 1/11/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
29/6/2010
14h03min
Dani, toma um banho de sal grosso!
[Leia outros Comentários de Hellen]
30/6/2010
16h24min
O problema desse país é a falta de concorrência. São apenas 4 ou 5 grandes montadoras, 3 operadoras de celular, 3 ou 4 grandes bancos, 1 distribuidora de energia. Não adianta pensar em realizar movimentos de boicote a certo fornecedor pois mudar para outro não resolve o problema, às vezes piora. Estamos de mãos atadas!!! Parabéns pelo texto...!
[Leia outros Comentários de Ricardo Bocutti]
7/7/2010
13h08min
Às vezes o problema do consumidor é a falta de concorrência, outros vezes é a concorrência excessiva, algumas outras é a concorrência desleal. Senão, vejam só, é lealdade pensar que um CD que custa 30 reais vai resistir à concorrência do piratinha de cincão? É fácil para o consumidor pesquisar e verificar com veracidade a competência e honestidade de tantos sites de vendas, com ofertas incríveis e tentadoras? É possível fazer alguma opção para não ter que comprar do único fornecedor do mercado? O excelente texto do Daniel nos ajuda a refletir. O Maradona apenas nos diverte. Que concorrência. Concordo que os fabricantes e fornecedores devem arcar com suas faltas, cada vez mais graves com punições cada vez mais severas. Como ter absoluta certeza de que nossas opções e escolhas não trarão o tormento de nos vermos obrigados a recorrer ao CDC? Vejam só: fiquei casado 7 anos com a 1ª e 10 anos com a 2ª, as duas mentiram e me separei. Posso recorrer ao CDC?
[Leia outros Comentários de Fredh Hoss]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A INSPETORA E A COROA DA MADONA
SANTOS DE OLIVEIRA
EDIOURO
(1975)
R$ 99,00



SANGUE FRESCO
JOÃO CARLOS MARINHO
OBELISCO
R$ 6,77



SUPERINTERESSANTE A VERDADE SOBRE CHE Nº 261
VÁRIOS AUTORES
ABRIL
(2009)
R$ 6,99



AFRODIÁSPORA 1 - 3º ONGRESSO DE CULTURA NEGRA DAS AMÉRICAS
VÁRIOS
IPEAFRO
(1983)
R$ 30,00



A HISTÓRIA DE EDGAR SAWTELLE
DAVID WROBLEWSKI; JOSÉ RUBENS SIQUEIRA
INTRINSECA
(2009)
R$ 7,00



TEORIA E POLÍTICA DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
CELSO FURTADO
ABRIL
(1983)
R$ 20,00



REFORMA ESPIRITUAL
MIGUEL THOMAZ
DO AUTOR
(2004)
R$ 10,00



AMANTE RENASCIDO
J. R. WARD
UNIVERSO DOS LIVROS
(2012)
R$ 39,90
+ frete grátis



ANSIEDADE E GRAVIDEZ
NADIR FARAH (DEDICATÓRIA)
FACULDADE DE MEDICINA
(1964)
R$ 18,82



ENCONTRO DIÁRIO COM DEUS - 2012
FREI EDRIAN JOSUÉ PASINI (ORG.)
VOZES
(2012)
R$ 8,81





busca | avançada
39766 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Cannot connect to POP3 server