Dilma e o Big Mac | Daniel Bushatsky | Digestivo Cultural

busca | avançada
47877 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> SÁBADO É DIA DE AULÃO GRATUITO DE GINÁSTICA DA SMART FIT NO GRAND PLAZA
>>> Curso de Formação de Agentes Culturais rola dias 8 e 9 de graça e online
>>> Ciclo de leitura online e gratuito debate renomados escritores
>>> Nano Art Market lança rede social de nicho, focada em arte e cultura
>>> Eric Martin, vocalista do Mr. Big, faz show em Porto Alegre dia 13 de abril
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Obra traz autores do século XIX como personagens
>>> As turbulentas memórias de Mark Lanegan
>>> Gatos mudos, dorminhocos ou bisbilhoteiros
>>> Guignard, retratos de Elias Layon
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Saudades, lembranças
>>> Promessa da terra
>>> Atos não necessários
>>> Alma nordestina, admirável gênio
>>> Estrada do tempo
>>> A culpa é dele
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Tempo vida poesia 2/5
>>> The Social Network ou A Rede Social, o filme
>>> Só notícia boa
>>> Made in China
>>> Para ler o Pato Donald
>>> Prossiga
>>> Mozart 11 com Barenboim
>>> Para amar Agostinho
>>> Discos de MPB essenciais
>>> Conceitos musicais: blues, fusion, jazz, soul, R&B
Mais Recentes
>>> A Verdadec Sobre o Dr. Fritz de Ney Bianchi pela Nova Era (1996)
>>> A Arte De Influenciar Pessoas - Um Guia De Como Obter Prestígio Profissional e Posição Social de Jo Owen pela Lafonte (2011)
>>> Emagrecendo Pelo Poder do Espírito de Lucia Capodilupo pela Cultrix (1999)
>>> Uma janela em Copacabana de Luiz Alfredo Garcia Roza pela Companhia Das Letras (2001)
>>> Tropicália - uma Revolução na Cultura Brasileira de Carlos Basualdo pela Cosac Naify (2007)
>>> A Síndrome do Capacho de Lynne Namka pela Record (1993)
>>> Box Percy Jackson e os Olimpianos de Rick Riordan pela Intrínseca (2014)
>>> O Homem Mais Famoso do Mundo de Chico Castro Silva pela Letras Expressões (1999)
>>> Simplesmente Acontece - Não Se Pode Controlar as Coisas Que Vêm Do Coração de Cecelia Ahern pela Novo Conceito (2014)
>>> Ciência política de Paulo Bonavides pela Forense (1978)
>>> Semiótica Aplicada de Lucia Santaella pela Cengage Learning- (2002)
>>> Poderosa 3 - Diário de Uma Garota Que Tinha o Mundo Nas Mãos de Sérgio Klein pela Fundamento (2006)
>>> O Grande Desafio de Richard Simonetti pela Ceac (2013)
>>> Milagres Que A Medicina Nao Contou de Dr. Roque Marcos Savioli pela Ágape (2002)
>>> O guerreiro solitário de Henning Mankell pela Companhia Das Letras (2010)
>>> Manual de español de Idel Becker pela Livraria Nobel (1978)
>>> Ensinando-os a Guardar - O Papel Da Igreja Na Educação Cristã de Luís Pedro Scarpelini pela Do autor (2012)
>>> Inferno de Dan Brown pela Arqueiro (2013)
>>> Como eu Ensino - Leitura de Imagens de Lucia Santaella pela Melhoramentos (2012)
>>> Alternativas Judaicas no Amor, namoro & Casamento de Pinchas Stolper pela Colel Torá Temimá do Brasil (1995)
>>> Liderança - Administração do Sentido de Cecília Whitaker Bergamini pela Atlas (2009)
>>> O Livro Inclinado de Peter Newell pela Cosac Naify (2008)
>>> Guia de viagem Londres para leigos de Donald Olson pela Alta books (2009)
>>> Gestão de Estoques na Cadeia De Logística Integrada de Hong Yuh Ching pela Atlas (2010)
>>> Administração na era das grandes transformações de Peter Drucker pela Campus (2012)
COLUNAS >>> Especial Eleições 2010

Segunda-feira, 1/11/2010
Dilma e o Big Mac
Daniel Bushatsky
+ de 5900 Acessos

Estou pensando em importar um Big Mac da China. Aposto que chega mais barato do que custa aqui no Brasil.

Segundo o famoso índice Big Mac, calculado pela revista The Economist, o Iuane, moeda chinesa, está 41% desvalorizado em relação ao dólar. Somado ao trabalho escravo e à ditadura existente, entende-se o porquê de o sanduíche lá ser tão barato.

Outro produto que estou pensando em comprar é uma bolsa Louis Vuitton, modelo Speedy 35. Desta vez penso em comprar em Londres. A cidade inglesa tem o produto quase 50% mais barato que aqui em São Paulo. Incrível, não? Acho que são os impostos que fazem a diferença, até porque um empregado inglês deve ganhar mais do que um brasileiro e a Libra Esterlina é mais valorizada que o Real. O Big Mac lá custa 1 dólar e 60 centavos a menos do que no Brasil. Ou seja: com a diferença, posso sair com minha bolsa e tomar uma casquinha de creme no McDonald's.

Salários, impostos, escravidão, outras questões que importam são o câmbio valorizado e a entrada de investimentos externos no Brasil ― o país saiu fortalecido da crise mundial. Esses fatores são responsáveis pela entrada de dólares e, também, pela saída. O IOF ajuda, mas são eles que determinam.

É assim que o Big Mac no Brasil é o segundo mais caro do mundo, perdendo somente para o suíço, que custa incríveis 6 dólares e 78 centavos.

Nessa linha de raciocínio, fico pensando quantos Big Macs valem o nosso atual presidente, a campanha eleitoral e os principais candidatos a presidente da república.

Lula vale um "nº 1", ou seja, 1 Big Mac, 1 coca, mas como ele é anti-imperialista, 1 guaraná e "uma" fritas média. Isto porque, mesmo que ele se diga de esquerda, desde que assumiu, manteve a política econômica de FHC e, fora deslizes na política externa, sempre foi bem tradicional. É verdade, pensando melhor, que talvez as fritas viriam frias e o guaraná sem gás: ninguém em sã consciência alia-se ao presidente do Irã ou diz que prisioneiros políticos são iguais a prisioneiros comuns.

A campanha eleitoral não valeu um Big Mac, nem o chinês. Onde foram parar os debates agressivos, as campanhas convincentes, os slogans criativos? O que significa "Serra é do bem" ou "Scaff é o cara"? Deve ser difícil transmitir conteúdo, mas as propagandas exageraram. Até o último sábado, véspera do segundo turno, se ouvia o programa eleitoral gratuito ― que de gratuito não tem nada ―, não sabia identificar de quem era a campanha: Serra ou Dilma?

Serra mereceu um "McLanche Feliz". Não é possível que alguém que estivesse perdendo pudesse ser tão "frouxo". A revista Veja fez mais campanha para ele do que ele próprio. Ela denunciou os tentáculos do PT, enquanto ele fez aquela cara de apatia sem se esforçar o mínimo para conseguir o que quer. É a típica criança tímida. Capaz de que fique sem o brinquedo da promoção.

Dilma não merece comentários. Ela não iria ao McDonald's e nem o Ronald McDonald seria bonzinho com ela. Em tese, ele só é legal com quem não se faz de alienada. Mas as últimas reportagens de Veja, Estado de São Paulo e Folha de São Paulo trazem justamente o que o Ronald não permite. Nem o Papai Noel levaria presente no final do ano. O Papai Noel não é ingênuo a ponto de acreditar que ela não sabia da Erenice ou dos dossiês encomendados ao Secretário Nacional de Justiça, Pedro Abramovay.

Mas se ela não vai ao McDonald's, aonde ela iria? Ao The Fifties!

Como Lula, ela diria que a lanchonete americana faz parte do capitalismo ianque e, como Lula, ela não sabe que o The Fifties é uma homenagem aos anos 50 dos Estados Unidos, onde a moda era ir à lanchonete tomar milk-shake e comer hambúrguer. Talvez ela não entendesse a decoração "retrô" e fosse à noite ― sempre imaginei que é à noite que as coisas erradas acontecem ―, para ninguém ver.

Só espero que a vencedora da eleição se atente ao índice da The Economist, porque atrás dele tem muito mais do que só dois hambúrgueres, alface, queijo, molho especial, cebola, picles, no pão com gergelim. É o reflexo da economia do Brasil.

Aliás, a mesma economia de 12 anos atrás, quando o PT acusou FHC de populismo cambial para assegurar a sua reeleição. O dólar atualizado com a inflação brasileira e americana vale o mesmo que há 12 anos. Será que o PT também está fazendo populismo cambial? Para o índice Big Mac, sim!

Finalizando: com essa vitória de Dilma, espero que ela se renda às McOfertas ou à especial tortinha de maçã, mais conhecida como McTortinha de maçã, pois não dá para governar sem elas. E lembre-se sempre de que "Just do it"; ops, errei, esse é slogan da Nike.

Lembre-se sempre de que nós brasileiros torcemos pelo seu sucesso.

Espero que ela também seja do bem!


Daniel Bushatsky
São Paulo, 1/11/2010

Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Facebook e a Alta Cultura de Marta Barcellos
02. Tritone: 10 anos de um marco da guitarra rock de Rafael Fernandes
03. Google: aprecie com moderação de Fabio Silvestre Cardoso
04. Pílulas blogueiras de cinema de Marcelo Miranda
05. O projeto da Amauta de Marcelo Barbão


Mais Daniel Bushatsky
Mais Acessadas de Daniel Bushatsky em 2010
01. Agonia - 18/10/2010
02. Big Brother da Palmada - 9/8/2010
03. Simplicidade ou você quer dormir brigado? - 31/5/2010
04. A interpretação dos chatos - 1/3/2010
05. Dilma e o Big Mac - 1/11/2010


Mais Especial Eleições 2010
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Mundo das Plantas
Rosicler Martins Rodrigues
Moderna
(2012)



Balmaceda
Joaquim Nabuco
Companhia Nacional
(1937)



Manual Prático Com Modelos
Donaldo J. Felippe
Bookseller
(1997)



Espumas Flutuantes (1997) Ler e Aprender - Vestibular
Castro Alves
Ediouro
(1997)



Simbad
Mauricio de Sousa
Girassol
(2015)



Livro Físico - Curso de Didática Geral - Série Educação
Regina Célia Cazaux Haidt
Ática
(2006)



Der Westliche Und Der östliche Weg Broschiert
Daisetz Teitaro Suzuki
Ullst in Bucher
(1960)



Lives of the Poets: Six Stories and a Novella
E. L. Doctorow
Avon Fiction
(1984)



A Inteligência Aprisionada: uma Abordagem Psicopedagógica
Alicia Fernández
Artmed
(1991)



Marc Chagall
Jude Welton
Ática
(2006)





busca | avançada
47877 visitas/dia
1,6 milhão/mês