O romance policial e picaresco de Denis Johnson | Luiz Rebinski Junior | Digestivo Cultural

busca | avançada
55507 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 29/9/2010
O romance policial e picaresco de Denis Johnson
Luiz Rebinski Junior

+ de 2600 Acessos

Sempre que um autor envereda pelo romance policial, os nomes de Dashiell Hammett e Raymond Chandler são logo evocados, geralmente com o objetivo de comparar o debutante aos dois standards do gênero. Com razão, afinal, os dois escritores deram status de obra de arte aos antigos folhetins americanos, publicados nas chamadas revistas pulp, bastante populares na primeira metade do século passado. Mas, no caso de Ninguém se mexe (Companhia das Letras, 2010, 176 págs.), livro do norte-americano, nascido na Alemanha, Denis Johnson, o nome a ser evocado é o de outro escritor policial, bem menos festejado, chamado David Goodis.

Autor de Atire no pianista, livro que virou filme nas mãos de François Truffaut em 1960, Goodis, de quem já falei por aqui, era mestre em criar narrativas concisas e cruas sobre toda sorte de pequenas tragédias, utilizando-se para isso diálogos fulminantes, aproximando sua literatura do cinema ― arte que Goodis também dominava, pois foi roteirista de Hollywood. Goodis, além de um exímio criador de diálogos, pautava suas narrativas mais na força de seus personagens e menos na trama engenhosa. E é isso que faz Denis Johnson, autor de um empolgante livro de guerra chamado Árvore de fumaça, que em 2007 ganhou o National Book Award, o mais prestigioso prêmio das letras norte-americanas depois do Pulitzer.

Assim como os livros de Goodis, Ninguém se mexe tem uma história simples, mas bem planejada. Jimmy Luntz é um jogador inveterado que canta em um coral e deve dinheiro a um figurão mafioso chamado Juarez. Gambol é o homem encarregado de fazer Luntz pagar a dívida. Prestes a ter seus testículos literalmente comidos por Gambol, Luntz, em um momento de desespero, dá um tiro na perna de seu algoz, assinando, assim, sua sentença de morte. A trama trata, a partir daí, da fuga de Luntz e seus percalços.

Mas é nos personagens e no que sai da boca deles que Johnson ganha o leitor. A maioria das criaturas que povoam o romance é feita de gente que teve pouca sorte na vida e que convive intimamente com a contravenção. Anita Desilveira, a gata descendente de índios que se junta, involuntariamente, a Luntz em sua fuga, é uma maluca viciada em vodca com Sprite que embarca na aventura de Luntz na esperança de esquecer seus próprios problemas ― seu ex-marido a incriminou em uma falcatrua milionária. Anita bem que poderia ser a versão atualizada de Mildred, a diabólica personagem de A Garota de Cassidy, outro clássico de Goodis. Niilista e pouco preocupada com o minuto seguinte, está mais interessada na próxima dose do que em sua provável prisão. Assim como Luntz, cuja preocupação mais imediata, além de fugir de seu algoz Gambol, é arranjar outro Camel (cigarro) para se acalmar.

― Você disse que seu nome era Franklin.

― Bem, não é.

― É Ernest Gambol?

― Também não.

Com os dedos, ela jogou para o alto o cartão, que atravessou o quarto.

― Então como você se chama afinal, que mal lhe pergunte, uma vez que acabamos de trepar e tudo mais?

― Jimmy Luntz.

― Quem é Ernest Gambol?

― O Gambol é um grande de um babaca.

― Mais babaca que você?

― Mais. Na minha opinião.

Dispensando descrições psicológicas dos personagens, Johnson vai direto ao ponto com esse tipo de diálogo, seco e cheio de sarcasmo. São os próprios personagens que falam de si, deixando o narrador onisciente com a missão de ser apenas mais um leitor. O tom autodepreciativo de Luntz cria certa empatia, mesmo sendo o personagem um tipo de loser trapalhão que, ainda que esteja com a corda no pescoço, parece sofrer da síndrome de Bartleby. Luntz não quer matar seus perseguidores, não quer ganhar o dinheiro de Anita, que fica viúva do marido milionário, nem quer virar chefão de uma máfia. Pelo contrário, só quer fumar seu Camel em paz e usar suas folgadas camisas havaianas. Sua fuga desajeitada só se dá por conta da incompreensão de seus credores, que não aceitam mais suas desculpas.

Lazarillo de Tormes urbano, Luntz chama os paramédicos depois que dá um tiro no homem que queria comer seus testículos e ainda liga para o Capo Juarez, tentando o perdão de sua dívida ("Acho que você poderia deixar passar só mais desta vez, certo?"). Essas trapalhadas dão ao romance um tom picaresco que duela com a trama policialesca. Além de ficar instigado para saber o que vai acontecer com o intrépido anti-herói Luntz, o leitor segue seco atrás da próxima tirada do personagem.

A banda podre do romance também ajuda a deixar o livro mais interessante. Além de Gambol e Juarez, há o bandidão Montanha, um homem tão feio que as pessoas evitam olhar para seu rosto por mais de dez segundos, e Mary, uma ex-enfermeira que esteve na guerra do Iraque e que é recrutada por Juarez (seu ex-marido) para resgatar e cuidar do baleado Gambol. Todos com sua carga de excentricidade a serviço da trama.

Denis Johnson não tem a maestria de Cormac McCarthy, mas seu texto econômico e sua agilidade narrativa passam perto dos melhores momentos de Onde os velhos não têm vez, o livrão que os irmãos Coen fizeram o favor de popularizar. Literatura de alto nível e acessível, Ninguém se mexe não deve nada aos melhores exemplares da literatura policial.

Para ir além






Luiz Rebinski Junior
Curitiba, 29/9/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O espírito de 1967 de Celso A. Uequed Pitol
02. O que vai ser das minhas fotos? de Ana Elisa Ribeiro
03. 80 anos de Alfredo Zitarrosa de Celso A. Uequed Pitol
04. Xadrez, poesia de Ana Elisa Ribeiro de Jardel Dias Cavalcanti
05. Ossos, mulheres e lobos de Eugenia Zerbini


Mais Luiz Rebinski Junior
Mais Acessadas de Luiz Rebinski Junior em 2010
01. O pior Rubem Fonseca é sempre um bom livro - 20/1/2010
02. A morte anunciada dos Titãs - 3/3/2010
03. Os diários de Jack Kerouac - 8/9/2010
04. Dalton Trevisan ou Vampiro de Curitiba? - 14/4/2010
05. Strange days: a improvável trajetória dos Doors - 18/8/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O HOMEM SEXUALMENTE FELIZ
JUAN CARLOS KUSNETZOFF
NOVA FRONTEIRA
(1987)
R$ 15,00



60 MESES QUE MUDARAM O ORIENTE MÉDIO
DAVID TABACOF
KADIMAH
(2007)
R$ 5,00



MUITO PRAZER - FALE O PORTUGUÊS DO BRASIL. V. 2 CADERNO DE EXERCÍCIOS
GLÁUCIA ROBERTA ROCHA FERNANDES; E OUTROS
DISAL
(2014)
R$ 30,00



DIGGING FOR THE TRUTH
JOSH BERNSTEIN
GOTHAM BOOKS
(2006)
R$ 70,00



DIREITO DO TRABALHO
DÉLIO MARANHÃO
FGV
(1982)
R$ 39,90
+ frete grátis



PREPARANDO PARA O SÉCULO XXI
PAUL KENNEDY
CAMPUS
(1993)
R$ 15,00



PROBLEMAS DA LITERATURA INFANTIL
CECÍLIA MEIRELES
NOVA FRONTEIRA
(1984)
R$ 12,00



A CONQUISTA DE NÁPOLES - 2º VOLUME
ALEXANDRE DUMAS
SARAIVA
(1965)
R$ 4,00



FACA NA GARGANTA
HERMES LEAL
GERAÇÃO
(2006)
R$ 10,00



DIAGNÓSTICO E TESTES PSICOLÓGICOS
CHRISTIAN GUILLEVIC E STÉPHANE VAUTIER
CLIMEPSI
(1998)
R$ 32,88





busca | avançada
55507 visitas/dia
1,4 milhão/mês