Por uma arquitetura melhor | Eduardo Carvalho | Digestivo Cultural

busca | avançada
38289 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 29/11/2010
Por uma arquitetura melhor
Eduardo Carvalho

+ de 4700 Acessos
+ 1 Comentário(s)

A melhor arquitetura contemporânea brasileira está curiosamente longe do mercado imobiliário. Nossos arquitetos mais interessantes projetam casas, museus, espaços públicos. E, enquanto isso, os projetos de edifícios aprovados em São Paulo não correspondem à vocação moderna, cosmopolita, que a cidade assume em outros setores.

Alguns dos nossos restaurantes mais caros, por exemplo, vivem na lista de melhores do mundo; mas grande parte dos nossos apartamentos mais valorizados são inspirados numa distorção do estilo neoclássico, do qual não se respeita nem a regra mais básica ― a de proporcionalidade ― e com figuras romanas moldadas em gesso.

Isso acontece porque, antes do atual boom imobiliário, durante aproximadamente 15 anos o mercado ficou quase parado. As incorporadoras lançavam poucos empreendimentos e, com razão, arriscavam pouco. Quando o mercado retomou o crescimento, na segunda metade dos anos 2000, os produtos foram lançados mais ou menos como estavam. E raramente um empreendimento saiu interessante do ponto de vista arquitetônico ou urbanístico.

O que se vê, em geral, são projetos gigantes que fecham quarteirões e/ou empreendimentos cujos próprios nomes ― na busca desastrada de remeter o cliente a outro país ― só expressam a vergonha de ser o que são.

A justificativa para as decisões menos inteligentes ou elegantes arquitetonicamente é em geral mercadológica. "O cliente quer" etc. Mas é difícil acreditar que esse argumento resista por muito tempo.

As iniciativas imobiliárias que apostaram na educação e no bom gosto do cliente paulistano estão muito bem. Um dos casos é a Axpe, uma imobiliária que só trabalha com imóveis selecionados criteriosamente, que "cultua a estética" e acredita na importância da "vida com arquitetura".

Outros bons exemplos são as incorporadoras Idea!Zarvos, que desenvolve projetos assinados pelos melhores nomes da arquitetura brasileira, como Isay Weinfeld e Andrade Morettin, e a Stan, que em 2002 lançou a série Arte e Arquitetura, com projeto do arquiteto Rocco e intervenções de artistas como os irmãos Campana. Numa escala maior, a Even ― que trabalha com arquitetos como Aflalo & Gasperini e Konigsberger Vannucchi ― desmistifica o preconceito de que só arquitetura pastiche vende.

Esses são casos, é verdade, pontuais ― e não representam exatamente o que o mercado imobiliário está produzindo em maior volume. Mas é verdade também que o sucesso dessas iniciativas ilustra uma tendência: a de que o cliente paulistano está mais preparado para julgar um detalhe de isopor que finge que é mármore e para valorizar a criatividade de um escritório como o Triptyque.

Nesse contexto, aliás, estão surgindo uma série de novos arquitetos brasileiros que estão trabalhando lado a lado com incorporadores ― como o FGMF, eleito em 2009 pela revista Wallpaper como um dos trinta novos escritórios mais bacanas do mundo. E escritórios paulistanos mais tradicionais e muito interessantes, como o UNA, e iniciativas bacanas (como a do gruposp) estão também aparecendo em projetos de incorporação imobiliária.

A proposta de trazer os melhores nomes da arquitetura para o mercado imobiliário não é nova ― ou não teríamos edifícios residenciais projetados por Rino Levi e Paulo Mendes da Rocha. E nem é exclusivamente brasileira. Na verdade, incorporadores que se destacam principalmente pela qualidade arquitetônica dos seus empreendimentos fazem sucesso em vários países. Nos Estados Unidos, o arquiteto Jonathan Segal tem a sua própria incorporadora na Califórnia e organiza anualmente um seminário em que ensina arquitetos a incorporar.

Na Inglaterra, a urbansplash, fundada em 1993, tem £130 milhões em projetos em andamento ― que faz com "um pouco de imaginação e some top of notch architecture". E, no México, a JSa é consequência da fusão de um escritório de arquitetura com uma construtora que, em sociedade com a Prudential Financial, desenvolve empreendimentos imobiliários ― residenciais, comerciais, hoteleiros etc. ― até na China.

É realmente uma pena que durante muito tempo os nossos melhores arquitetos tenham se dedicado pouco ao mercado imobiliário. Hoje, porém, a arquitetura brasileira e o mercado imobiliário estão os dois em boa fase. Este é o melhor momento para diminuir essa distância ― que por enquanto é curiosamente longa, mas que naturalmente deveria ser curta. Será.

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Originalmente publicado no jornal O Estado de São Paulo. Eduardo Andrade de Carvalho é sócio da Moby Incorporadora e autor do blog ecarvalho.typepad.com.


Eduardo Carvalho
São Paulo, 29/11/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso de Cassionei Niches Petry
02. A noite iluminada da literatura de Pedro Maciel de Jardel Dias Cavalcanti
03. Os Doze Trabalhos de Mónika. 3. Um Jogo de Poker de Heloisa Pait
04. Nunca fomos tão vulgares de Julio Daio Borges
05. Um menino à solta na Odisseia de Carla Ceres


Mais Eduardo Carvalho
Mais Acessadas de Eduardo Carvalho
01. Com a calcinha aparecendo - 6/5/2002
02. Festa na floresta - 9/9/2002
03. Hoje a festa é nossa - 23/9/2002
04. Preconceito invertido - 4/7/2003
05. Por que eu moro em São Paulo - 8/7/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
7/12/2010
10h53min
Tudo bem que os prédios são feios. Não vamos ter que aguentar por muito tempo. No primeiro terremoto desabam todos ;-)
[Leia outros Comentários de Felipe Pait]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MAQUIAVEL O PRINCIPE E POLITICOS ESCRITOS
MAQUIAVEL
FOLHA DE SÃO PAULO
(2010)
R$ 15,00



MEMORIAS DE ADRIANO - BIBLIOTECA MODERNA - OS MAIORES NOMES DA LITERATURA
MARGUERITE YOURCENAR
RECORD
(1974)
R$ 7,00



QUEM NÃO SE COMUNICA SE TRUMBICA
FLORINDA BARBOSA E LUCIA RITO
GLOBO
(1996)
R$ 35,10
+ frete grátis



ARTE E PERCEPÇÃO VISUAL: UMA PSICOLOGIA DA VISÃO CRIADORA - 2ª ED
RUDOLF ARNHEIM
CENGAGE
(2017)
R$ 143,95



CITYSCAPES OF BOSTON
ROBERT CAMPBELL E PETER VANDERWARKER
DAVISON BOOKS
(1992)
R$ 50,00



AMAZÔNIA - THE CHALLENGE OF THE TROPICS
JARBAS G. PASSARINHO
PRIMOR
(1971)
R$ 8,01



TOMÁS SÁNCHEZ
EDWARD SULLIVAN / GABRIEL GARCIA MARQUEZ
SKIRA
(2003)
R$ 160,00



BOM SENSO E BOM GOSTO (A QUESTÃO COIMBRÃ)
ALBERTO FERREIRA / MARIA JOSÉ MARINHO
IMPRENSA NACIONAL
(1866)
R$ 20,00



MAIS VALE O QUE SE APRENDE QUE O QUE TE ENSINAM
ALEX PERISCINOTO E ISABEL TELLES
BEST SELLER
(1985)
R$ 4,00



O DIÁRIO
ANNE FRANK
RECORD
(2003)
R$ 15,00





busca | avançada
38289 visitas/dia
1,4 milhão/mês