História de um papagaio de papel | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
>>> Curriculum vitae
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
Mais Recentes
>>> O Ponto de Mutação de Fritjof Capra pela Círculo do Livro (1990)
>>> Plexus de Henry Miller pela Record (1967)
>>> Uma Questão de Fé de Jodi Picoult pela Planeta (2008)
>>> Vivendo seu Amor de Carolyn Rathbun Sutton e Ardis Dick Stenbakken (compilação) pela Casa Publicadora Brasileira (2017)
>>> O Significado da Astrologia de Elizabeth Teissier pela Bertrand (1979)
>>> Um amor de gato de Glenn Dromgoole pela Publifolha (2002)
>>> Origami & Artesanato em Papel de Paul Jackson & Angela A'Court pela Edelbra (1995)
>>> Gestão de Pessoas de Idalberto Chiavenato pela Campus (2010)
>>> Album de família de Danielle Stell pela Record
>>> Passageiros da ilusão de Danielle Stell pela Record (1988)
>>> Casa forte de Danielle Stell pela Record
>>> Segredo de uma promessa de Danielle Stell pela Record
>>> Enquanto o amor não vem de Iyanla Vanzant pela Sextante (1999)
>>> Relembrança de Danielle Stell pela Record
>>> O Egypto de Eça de Queiroz pela Porto (1926)
>>> Momentos de paixão de Danielle Stell pela Record
>>> Um desconhecido de Danielle Stell pela Record
>>> Uma vez só na vida de Danielle Stell pela Record
>>> O apelo do amor de Danielle Stell pela Record (1983)
>>> Agora e sempre de Danielle Stell pela Record (1985)
>>> O Princípio Constitucional da Igualdade e o Direito do Consumidor de Adriana Carvalho Pinto Vieira pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2002)
>>> Histórias Anunciadas de Djalma França pela Decálogo/ belo Horizonte (2003)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Senado Federal pela Senado Federal (2006)
>>> Eterna Sabedoria de Ergos pela Fraternidade Branca Universal do Arcanjo Mickael (1974)
>>> Leasing Agrário e Arrendamento Rural como Opção de Compra de Lucas Abreu Barroso pela Del Rey/ Belo Horizonte (2001)
>>> Contratos Internacionais de Seguros de Antonio Marcio da Cunha Guimarães pela Revista dos Tribunais (2002)
>>> Amor de Perdição / Eurico, o Presbítero de Camilo Castelo Branco / Alexandre Herculano pela Círculo do livro (1978)
>>> Carajás de Paulo Pinheiro pela Casa Publicadora Brasileira (2007)
>>> Menopausa de Diversos pela Nova Cultural (2003)
>>> Guia de Dietas de Diversos pela Nova Cultural (2001)
>>> Seguros: Uma Questão Atual de Coordenado pela EPM/ IBDS pela Max Limonard (2001)
>>> O Significado dos Sonhos de Diversos pela Nova Cultural (2002)
>>> A Dieta do Tipo Sanguíneo - A B O AB de Peter J. D'Adamo pela Campus (2005)
>>> Cem Noites - Tapuias de Ofélia e Narbal Fontes pela Ática (1982)
>>> Direito do Trabalho ao Alcance de Todos de José Alberto Couto Maciel pela Ltr (1980)
>>> Manon Lescaut de Abade Prévost pela Ediouro (1980)
>>> A Reta e a Curva: Reflexões Sobre o Nosso Tempo de Riccardo Campa (com) O. Niemeyer (...) pela Max Limonard (1986)
>>> Introdução às Dificuldades de Aprendizagem de Vítor da Fonseca pela Artes Médicas (1995)
>>> Dos Crimes Contra a Propriedade Intelectual: Violação... de Eduardo S. Pimenta/ Autografado pela Revista dos Tribunais (1994)
>>> O Cortiço de Aluísio Azevedo pela Ática (1988)
>>> A Voz do Mestre de Kahlil Gibran pela Círculo do livro (1973)
>>> O Jovem e seus Assuntos de David Wilkerson pela Betânia (1979)
>>> Emília no País da Gramática de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1978)
>>> The Art Direction Handbook for Film de Michael Rizzo pela Focal Press (2005)
>>> A Escrava Isaura de Bernardo Guimarães pela Melhoramentos (1963)
>>> O Grande Conflito de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (1983)
>>> Filosofia do Espírito de Jerome A. Shaffer pela Zahar (1980)
>>> Muito Além das Estrelas de Álvaro Cardoso Gomes pela Moderna (1997)
>>> A Grande Esperança de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (2011)
>>> É Fácil Jogar Xadrez de Cássio de Luna Freire pela Ediouro (1972)
COLUNAS

Quinta-feira, 3/11/2011
História de um papagaio de papel
Elisa Andrade Buzzo

+ de 4100 Acessos


foto: Sissy Eiko

O pai apareceu com uma novidade velha: tinha ressuscitado o papagaio e naquele tarde ele iria levá-lo para voar num concurso de pipas. A filha lembrou de um tempo remoto em que a extensão da rua era a pista de decolagem. De um lado o pai segurava a carretilha, e na outra ponta intermeada pela linha ela esticava o papagaio com as asas bem abertas, como um Cristo, o mais alto possível que conseguisse. Quando o pai gritava impaciente "solta", de uma lufada o corpo do papagaio como que tomava vida e, inflado, subia até quase se perder de vista na imensidão do azul.

O que se lembrava destas tardes quentes e secas não era bem a estrutura esvoaçante do papagaio a dançar, antes a atmosfera de um mundo que sabia de seu término. Daí a ausência de cores fortes e a presença de tons aquarelados, próprios da sensação de desvanescência do passar do tempo. Como se o dia fosse um eterno passar, sujeito à transitoriedade imanente aos objetos. Aquele era o mundo infantil da paisagem a se completar, embora questionasse e estivesse cansada da mania dos adultos tentarem ocupar as crianças dando-lhes desenhos para colorir.

O concurso de pipas reacendeu a vontade no pai, que trouxe o papagaio todo empoeirado e amassado. Então era verdade, ele ainda existia? Colocaram o papagaio no porta-malas e foram para o lago. De modo que, quantos estavam chegando, o pai contou que havia alguns remendos no fio enrolado no carretel, por isso era necessário cautela, pois, no momento que em o papagaio estivesse bem alto, ele poderia se perder.

Então o pai permaneceu na borda do lago sob o sol do inverno, enquanto a filha correu pela grama até o outro lado, bem longe no dia seco. Era uma linha que unia o bicho ao céu e à terra. Assim, ele apenas tomava vida no momento em que abandonasse a superfície. Apesar da distância ouvia-se no silêncio o rumor das asas batendo ao sabor do vento. E o papagaio era então arco, cor, arco-íris, união de coisa antiga. Havia um momento de tensão, entre a repulsão e a entrega, que se telegrafava nos extremos seu e da mão do pai; e assim o papagaio, oscilando entre o deixar-se voar e o dominar, se mantinha rígido e flutuante, como se a gravidade fosse um desafio.

E, em outras alturas, apareceu um menino pescando sua pipa frágil para cima, enquanto ela sentia a "força do bicho" não se deixando morrer através da linha, um algo a domar do alto a partir do reles chão. "É como pescar um peixe", dizia o pai. E por aqueles instantes a aridez do mundo ganhava consistência nas cores fortes do papagaio, ponto radioso de tentáculos esvoando. A filha segurava e soltava a linha entre os dedos finos com medo do corte aparecer. E assim o papagaio ia subindo, cada vez mais, as mãos fazendo as vezes de carretilha. Então ele começou a perder altura, a rebolar longamente, até cair dentro do lago. Talvez nesta dança pedisse socorro, ou abrisse uma larga risada (gostava ou não desse périplo?).

A filha decidiu voltar para casa ao perceber que, para o pai, de alguma forma ela não servia mais, ou antes nunca tivesse servido aos desígnios de ser menino. Além de que já não havia mais papagaio, este já se afundara, seria peixe no lago, tecido morto a meter-se entre lodo, pato e ralo. O dia rebrilhava invertido tal qual o papagaio, que de voador se tornou nadador. A filha pensava, não teria sido melhor ele nunca ter antes saído de seu sono do que tê-lo feito, e agora para sempre perder a chance de acordar? Ou então de mais valia teria sido este último voo, um espichar de asas vigoroso, ainda que momentâneo?

Pois quando o dia acabava o pai voltou. Disse que tinha recuperado o trem pelas bordas e que agora ele estava a secar lá embaixo na casa. A filha não quis vê-lo assim, tal qual o imaginava, molhado e desgastado, queria ficar agora com ele na memória sacolejante em suas penas multicores, impávido.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 3/11/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Bates Motel, o fim do princípio de Luís Fernando Amâncio
02. O Medium e o retorno do conteúdo de Julio Daio Borges
03. Wilhelm Reich, éter, deus e o diabo (parte I) de Jardel Dias Cavalcanti
04. As deliciosas mulheres de Gustave Courbet de Jardel Dias Cavalcanti
05. Para entender os protestos e o momento histórico de Julio Daio Borges


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2011
01. Triste fim de meu cupcake - 17/2/2011
02. No tempo da ficha telefônica - 12/5/2011
03. Adeus, Belas Artes - 20/1/2011
04. Doces bárbaros - 23/6/2011
05. Um mundo além do óbvio - 28/4/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O INCRÍVEL TESTAMENTO DE DOM AGAPITO
HÉLDER MOURA
CHIADO
(2012)
R$ 27,00



L´HOMME DE LONDRES
GEORGES SIMENON
PRESSES DE LA CITÉ
(2004)
R$ 40,00
+ frete grátis



MAYA
JOSTEIN GAARDER
COMPANHIA DAS LETRAS
(2000)
R$ 12,00



PRODUÇÃO DE TEXTOS E USOS DA LINGUAGEM - CURSO DE REDAÇÃO
SAMIRA YOUSSEFF CAMPEDELLI E JESUS BARBOSA SOUZA
SARAIVA
(1999)
R$ 6,95



GÊMEOS NÃO SE AMAM
ROBERT LUDLUM
RECORD
(1976)
R$ 4,00



SELEÇÕES DO READERS DIGEST DE JUNHO DE 1964
TITO LEITE (REDATOR CHEFE)
YPIRANGA
(1964)
R$ 7,00



A CRIANÇA ALUCINADA
RENÉ JEAN CLOT
PAZ E TERRA
(1989)
R$ 21,82



A ARANHA, A DOR DE CABEÇA E OUTRAS MALES QUE ASSOLAM O MUNDO
FERNANDA LOPES DE ALMEIDA
ÁTICA
(2005)
R$ 8,70



BALAS DE ESTALO E CRITICA
MACHADO DE ASSIS
GLOBO
R$ 5,00



THE GREEN CITY INDEX: A SUMMARY OF THE GREEN CITY INDEX RESEARCH SERIE
SIEMENS AIG
SIEMENS
(2012)
R$ 25,82





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês