A Poética do Chá | Felipe Leal | Digestivo Cultural

busca | avançada
62220 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> FESTIVAL DE ORQUESTRAS JUVENIS
>>> XIII Festival de Cinema da Fronteira divulga Programação
>>> Centro em Concerto: ¡Navidad Nuestra!
>>> Edital Retomada Cultural apresenta Conexão Brasil-Portugal: podcast produzido pelo Coletivo Corpos p
>>> CANTORA E ATRIZ SANDRA PÊRA NO SESC BELENZINHO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Colunismo em 2004
>>> Frases de Drummond
>>> Luciano do Valle (1947-2014)
>>> 28 de Junho #digestivo10anos
>>> 19 de Julho #digestivo10anos
>>> Citizen Kane
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> Vida conjugal
>>> Querem acabar com as livrarias
>>> Cisne Negro
Mais Recentes
>>> Para onde Peregrinamos?: Velhos Caminhos e Novas Metas de Notker Wolf pela Vozes (2012)
>>> Fundamentos de Ilustração de Lawrence Zeegan Crush pela Bookman (2009)
>>> O Pai Minuto de Spencer Johnson pela Record (1994)
>>> Madalena sem filtro de Rodrigo Alvarez pela Leya (2018)
>>> Le droit et les droits de l'homme de Louis lachance D7 pela Universitaires de france (1959)
>>> Como Encontrar Deus: ...e por que nem é Necessário Procurá-lo de Zacharias Heyes pela Vozes (2019)
>>> Guia do Autor - O Caminho das Pedras Facilitado de Ufsc pela Ufsc (2001)
>>> A Construção de uma Identidade Inacabada: Nipo-brasileiros no Interior do Estado de São Paulo de Marcelo Alario Ennes pela Unesp (2001)
>>> It a Coisa de Stephen King pela : Suma das Letras (2019)
>>> Três décadas de economia gaúcha : a evolução social de Octavio Augusto Camargo Conceição, Marinês Zandavali Grando, Sônia Unikowsky Teruchkin e Luiz augusto Estrella Faria (org.) pela Fee (2010)
>>> O Ladrão de Sonhos e Outras Historias de Ivan Ângelo pela Ática (1994)
>>> Matemáticas Para Científicos Volumen 1: Vectores, Tensores Y Grupos de Thor A. Bak, Jonas Lichtenberg pela Revert (2022)
>>> Como Domar seu Gremlin Interior de Richard D. Carson pela Vértice (1991)
>>> O Vaticano II Contado aos que não o Vivenciaram de Daniel Moulinet pela Paulus (2012)
>>> Será que Ele me Ama? de Gregory Berns pela Citadel (2020)
>>> Revolução Francesa 1 de Max Gallo pela LPM Pocket (2012)
>>> Catecismo da Igreja Católica de Conferência Nacional dos Bispos do Brasil CNBB; Conferência Nacional dos Bispos do Brasil pela Loyola (2000)
>>> O Melhor de Vinicius de Moraes de Vinicius de Moraes pela Folha de São Paulo (1994)
>>> Santo Guerreiro: Roma Invicta (Com autógrafo) de Eduardo Spohr pela Verus (2020)
>>> Meta-história: a Imaginação Histórica do Século XIX de Hayden White pela Edusp (2008)
>>> Memorias Inventadas de Manoel de Barros pela Planeta (2010)
>>> Trustália uma quase distopia de Magno Mello pela Chiado (2016)
>>> O Poder de Mau Humor de Ruy Castro pela Cia das Letras (1993)
>>> One-Punch Man Vol. 09 de One pela Panini (2017)
>>> Valor, força de trabalho e acumulação monopolista de Maria da Conceição Tavares, Francisco Paulo Cipolla e outros pela Vozes
COLUNAS

Terça-feira, 30/4/2013
A Poética do Chá
Felipe Leal

+ de 3800 Acessos

Vou começar isto aqui lamentando um fato: o doutor me alarmou: tenho gastrite. Logo eu que admiro os pastéis; que venero um bom churrasco gorduroso; que gosto das batatas fritas com bacon. Logo eu que exalto os hambúrgueres - em todas as suas formas, que cheguei, inclusive, a acompanhar blogs especializados no assunto. Logo eu, enfim, que sempre achei que comer fosse também um prazer estético, não me limitando apenas ao ato de alimentar um corpo, com as vitaminas, proteínas, açúcares e etc. dos quais ele precisa.

Todos os sentidos humanos possuem algo que os aguce - sua arte, por assim dizer: a audição possui a música; nossos olhos têm o privilégio do cinema, da pintura, da fotografia; a escultura é o fazer do tato. Os cheiros são também uma arte à parte: perfumar-se exige certo apuro estético: a escolha da essência para cada momento, para cada personalidade, buscando alguns efeitos no receptor. Por que não teria o paladar também a sua arte?

Assim, acredito que criar um gosto novo é algo tão louvável quanto escrever um poema ou - exagero? - lançar uma vanguarda artística. A mim me encanta muito mais o sabor de uma boa feijoada do que certos romances realistas insossos ou algumas obras dadaístas insípidas - das quais, se comparadas semanticamente, a feijoada ganha inclusive. E nem quero tocar no assunto - óbvio, batido - do prazer visual que uma lasanha, de repente, pode possuir.

Mas nem tudo está perdido para este pobre-diabo que sofre os males de uma dieta rigorosa. É verdade que perdi a poesia drummondiana de um café, mas, em compensação, ganhei a necessidade dos chás: de camomila, branco, de erva-doce, de frutas vermelhas. E é deles que quero falar. Pensemos agora, leitor, no que quero - não lançar - sugerir: a poética do chá.

Hoje cedo - escrevo na segunda-feira - fui comer numa padaria da qual gosto muito, após ir ao médico e antes de comprar alguns livros. Pedi um lanche natural e um chá de hortelã. No saquinho do chá, de um verde claro e leve, eu li uma apresentação poética da erva em questão. Apresentação essa tão pouco objetiva quanto informativa. No lugar da exposição das propriedades do chá ou de sua composição, li um pequeno texto que terminava assim: "Hortelã é suspiro depois do sufoco. É tirar o sapato apertado. É aquele vento que escapa da janela e passa pra lembrar que, sim, a vida é boa".

Para além dos procedimentos (no caso, as metáforas simples e, por isso, poéticas), me chama a atenção a surpresa, o inusitado, da situação. O que seria uma propaganda - estratégia inteligente de marketing? -, acaba por se transformar em algo tão palatável quanto o próprio produto anunciado.

Quando cheguei à minha casa, fui logo ler as embalagens de todos os tipos de chá que aqui tenho, em busca de mais alguns desses achados, e pude comprovar: o cara que escreve essas coisas é, no mínimo, genial. Tomar um chá com o alívio de saber que o ritmo - sim, é isso mesmo: o ritmo! - do chá é "suave, cadenciado, macio. Gostoso como ficar sentado na sombra vendo o dia passar", como um poema do Quintana, soma efeitos ao inerente ao sabor, tornando a experiência estética do paladar algo como sinestésico.

Não tivesse eu sido obrigado a deixar a velha poesia do café - preto, bom, gostoso -, não teria descoberto essa ínfima revolução no âmbito das artes cotidianas - e, banderianamente falando, menores: a poesia do chá.

Me despeço agora, repentinamente: vou preparar meu chá de maçã com canela, porque ele, "quando chega, entra sem pedir licença".

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Originalmente publicado no blog Por Trás do Tempo.


Felipe Leal
São Paulo, 30/4/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Meu Primeiro Livro de Julio Daio Borges


Mais Felipe Leal
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Da Tirania: Incluindo a Correspondência Strauss-kojéve
Leo Strauss
É Realizações
(2017)



A Aventura Urbana
Lucia Rabello de Castro
7letras
(2004)



Moda Moldes Ano 3 Nº 25
Escala
Escala



Rafa, Bom de Bola
Pedro Bloch
Ediouro
(1983)



Talento Nova Linguagem do Dinheiro para Realização Pessoal
Glória Maria Garcia Pereira
Futura
(2002)



Vender bem é mais fácil
Alberto Couto
Gente
(1995)



Além das Crianças Índigo - A Consciência da Nova Geração
P. M. H. Atwater
prolibera
(2008)



Livro Físico - Aconteceu Naquele Verão
Stephanie Perkins
Intrinseca
(2017)



Sempre aos Domingos
João Ubaldo Ribeiro
Nova Fronteira
(1988)



Livro - Arosados Ventos - Coleção Jovens do Mundo Todo
Odette B. Mott
Brasiliense
(1986)





busca | avançada
62220 visitas/dia
1,6 milhão/mês