Como não ser publicado | Lisandro Gaertner | Digestivo Cultural

busca | avançada
35423 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> No cotidiano de alguém
>>> A batalha perdida do pastor
>>> Um governo que nasceu morto
>>> Wikia Search
>>> A difícil arte de viver em sociedade
>>> Ações culturais
>>> A história do amor
>>> Além do Mais
>>> Derrotado
>>> Acabou o governo
Mais Recentes
>>> Aprendendo a terapia cognitivo-comportamental - um guia ilustrado de Jesse H, Wright, Monica R. Basco, Michael E. Thase pela Artmed (2008)
>>> Crítica da Razão Existencial de João Arthur Fortunato pela Autor (1998)
>>> Liderança e Dinâmica de Grupo de George M. Beal e Outros pela Zahar (1972)
>>> Instituições do Processo Civil - Volumes I -ll - Ill de Francesco Carnelutti pela Classic Book (2000)
>>> Perícia Judicial para Fisioterapeutas de José Ronaldo Veronesi Junior pela Andreoli (2013)
>>> A Cruz e o Punhal de David Wilkerson/ John e Elizabeth Sherrill pela Betânia (1983)
>>> Só para Mulheres de Sonia Hirsch pela Correcotia (2000)
>>> Papai é Pop de Marcos Piangers pela Belas Letras (2015)
>>> Catecismo da Igreja Católica Edição Típica Vaticana de Edições Loyola Jesuítas pela Edições Loyola Jesuítas (2000)
>>> Catecismo da Igreja Católica Edição Revisada de Acordo Com o Texto... de Loyola pela Loyola (1999)
>>> Cem Anos de Solidão de Gabriel Gárcia Marquez pela : Record
>>> Biologia do Desenvolvimento de Scott F. Gilbert pela Sociedade Brasileira de Genéti (1994)
>>> Energia, Ambiente & Mídia - Qual é a Questão de Vânia Mattozo pela Ufsc (2005)
>>> Montando Estórias de Milton Neves pela Ibrasa (1996)
>>> Terra á Vista... e ao Longe de Maria Ignez Silveira Paulilo pela Daufsc (1998)
>>> Conhecendo Sua Coluna - Informações Científicas para o Leigo de Dr. Fernando Schmidt e Dr. Ernani Abreu (org.) pela Conceito (2004)
>>> Modernidade Com Ética de Cristovam Buarque pela Revan (1998)
>>> Metodologia do Ensino de Artes - Filosofia da Arte de Engelmann Ademir Antonio pela Ibpex (2010)
>>> Vocabulário do Charadista - Volume 1 de Sylvio Alves pela Livraria Acadêmica
>>> Dissolução do Casamento de Valdemar P. da Luz pela Conceito (2007)
>>> Filosofia da Arte de Engelmann Ademir Antonio pela Ibpex (2008)
>>> Guia Gladiadores 01 de Claudio Blanc (Editorial) pela On Line
>>> As Origens das Civilizações Arqueologia e História de Ruth Whitehouse John Wilkins pela Folio (2007)
>>> The Mobile Wave de Michael Saylor pela Vanguard Press (2012)
>>> Uma Breve História do Cristianismo de Geoffrey Blaine pela Fundamento (2012)
>>> O Livro dos Evangelhos de Emídio Silva Falcão Brasileiro pela Boa Nova (2006)
>>> Pablo Neruda Antologia General Edición Conmemorativa de Pablo Neruda pela Alfaguara (2010)
>>> A Luz da Vida de Dong Yu Lan pela Árvore da Vida (1999)
>>> VI Seminário de Estudos Mineiros A Revolução de 1930 de Bonifácio de Andrada e Outros pela Ufmg Proed (1987)
>>> O Texto na Sala de Aula de João Wanderley Geraldi e Outros pela Ática (2004)
>>> O Quilombismo de Abdias do Nascimento pela Vozes (1980)
>>> História da Burguesia Brasileira de Nelson Werneck Sodré pela Vozes (1983)
>>> O Método Estruturalista de Claude Lévis Strauss e Outros pela Zahar (1967)
>>> Prestes: Lutas e Autocríticas de Dênis de Moraes Francisco Viana pela Vozes (1982)
>>> Os Ratos de Dyonelio Machado pela Ática (1992)
>>> Os Sindicatos e o PTB Estudo de Um Caso em Minas Gerais de Maria Andréa Loyola pela Vozes (1980)
>>> Raças e Classes Sociais no Brasil de Octavio Ianni pela Civilização Brasileira (1972)
>>> Desenvolvimento das Áreas Marginais Latino Americanas de Dalton Daemon pela Vozes (1974)
>>> O Projeto Jari e os Capitais Estrangeiros na Amazônia de Irene Garrido Filha pela Vozes (1980)
>>> Compreensão e Finitude de Ernildo Stein pela Unijuí (2001)
>>> O Prazer da Produção Científica de Israel Belo de Azevedo pela Unimep (1998)
>>> Bumba Meu Boi no Maranhão de Américo Azevedo Neto pela Alumar (1997)
>>> Estudos Italianos no Brasil I de Instituto Italiano di Cultura pela Instituto Italiano di Cultura (1966)
>>> Guia de Viagem Portugal de Fiona Dunlop pela National Geographic (2008)
>>> O Evangelho Secreto da Virgem Maria de Santiago Martín pela Paulus
>>> Yoga da Sabedoria de Jnana Yoga pela Pensamento
>>> A Tomada da Ford O Nascimento de um Sindicato Livre de José Carlos Aguiar Brito pela Vozes (1983)
>>> Sociologia do Turismo de Jost Krippendorf pela Civilização Brasileira (1989)
>>> No Mundo da Lua Perguntas e Respostas de Paulo Mattos pela Lemos (2003)
>>> Rimas Baldias de Antonio Mazzetto pela Livro Azul (1908)
COLUNAS

Quinta-feira, 24/1/2002
Como não ser publicado
Lisandro Gaertner

+ de 5100 Acessos
+ 6 Comentário(s)

Foi para mim uma grande surpresa, ainda não recuperado dos efeitos nefastos das comemorações de fim de ano, receber por e-mail críticas a respeito de um artigo meu. Um artigo escrito há mais de 5 anos, do qual nem cópia eu mantinha. Seguida a surpresa, minha primeira pergunta foi : como isso foi acontecer?

Ligando os fatos, cheguei à conclusão que o mesmo havia surgido no Digestivo Cultural por obra e graça de Rafael Lima, amigo meu e um dos colunistas daqui, com o qual, no meio dos anos 90, eu trabalhara num fanzine chamado Mancha Gráfica. Dos textos que escrevi para o fanzine, finalmente, me lembrei, apenas esse não havia sido publicado. Parecia, segundo ele, que o texto funcionava melhor na Internet; na época uma recém chegada.

Os anos passaram, o Mancha também, e por fim o texto sumiu... ou melhor, reapareceu, e o Rafael provou que tinha razão: o texto funciona melhor na Internet.

Assim, não sei se posso reclamar. Fico feliz de ser incluído nesse rol de colunistas, mesmo que de maneira ocasional, e o reaparecimento do texto me trouxe memórias boas, mesmo que não me lembre direito do que. Em todo caso, mais uma vez fui levado à conclusão de que um dos nossos maiores medos é ser publicado sem o nosso estrito controle. Sem saber o que vão falar de nós e de nossas idéias. Veja só o problema que o nosso presidente enfrenta para manter a coerência.... Por isso, como um grande especialista em evitar ser publicado, passo a todos tudo o que aprendi e que, com certeza, lhes ajudará a sofrer pelos cantos, sem precisar passar a vergonha de se expor, permitindo que você continue se achando o maior gênio do mundo, sem nunca Ter publicado nada:

Os 6 degraus para a não publicação:

1. Menospreze a opinião de todos...excetuando-se apenas a sua

Um verdadeiro gênio sabe que será incompreendido. Por isso, por que se importar com o que os outros pensam? É melhor deixá-los no escuro ou desprezar suas opiniões. Afinal de contas, quem são ELES para entender o que você escreve?

2. Não se preocupe em manter cópias... ou mesmo em criar um original

Uma das obras mais interessantes do mundo, a comédia de Aristóteles, dizem, não chegou às mãos do público atual pela falta de uma grande quantidade de cópias. Na verdade, o que importa se existiu ou não ao menos um original da obra supracitada? Mesmo sem Ter sido lida, ela já se constitui numa obra prima! Para você seguir o caminho de Aristóteles, basta utilizar as desculpas usuais referentes a perda de arquivos ou papel : e-mails perdidos, cartas não registradas, assaltantes eruditos, Microsoft, Intel , etc. Assim, você poderá lamentar para os seus amigos a perda de uma obra prima que nem chegou a ser escrita. Agora, no caso de algum espírito de porco duvidar de você, use a dica 1.

3. Esconda de todos o que você escreve... de maneira escandalosa

Quando receber visitas, espere o momento da sua chegada para recolher atabalhoadamente restos de papéis e outras coisas que possam indicar que você está trabalhando em algo. Se alguém perguntar do que se trata, responda furioso:
- Será que ninguém sabe respeitar a privacidade de um projeto em construção?
O mesmo funciona para textos que já tenham sido alardeados como terminados (um perigo, ver dica 6), mas , nesse caso, as desculpas devem passar pelo conteúdo da obra. Exemplos: memórias traumáticas de infância, acusações à figuras públicas e/ou perigosas, verdades para as quais o mundo ainda não está preparado, e tudo mais que só pode ser revelado após a sua morte.
E não havendo o que se publicar depois da sua morte, a sua genialidade póstuma está garantida, como vimos na dica 2.

4. Almeje publicar sempre nas maiores revistas e sites... eles não aceitarão seus textos mesmo

Uma boa maneira de manter o seu status de gênio é enviar textos apenas para os sites e revistas que contam com colunistas respeitados e bem conhecidos. Seus textos com certeza irão parar na lixeira e você poderá, graças á "injustiça" dos meios de comunicação de massa, reforçar a sua imagem (vide dica 1).

5. Mantenha sempre a sua integridade artística... sem ao menos precisar ter uma

Essa dica serve mais para os que constantemente recebem convites para publicar em algum lugar. A fim de se preservar e não escrever, sem perder a sua panache, apele sempre para a integridade artística. Assim, quase tudo pode virar um cavalo de batalha em defesa da sua obra, como:
"Eu não publico em revistas com papel couchê"
"Não aceito ser pago pelo que escrevo"
"Meus contos não se encaixam nessa publicação"
"O público que lê essa revista não vai me entender" (vide dica 1)
e a clássica: " Esse editor é um imbecil"

6. Escreva sempre...mas nunca termine

Mas o melhor mesmo é nunca Ter coisa alguma a apresentar aos seus amigos, familiares e afins. A saída para isso é declarar estar "quase terminando" a sua obra prima. Com o passar do tempo, os revezes pelos quais a sua produção irá passar se constituirão numa história bem mais interessante do que você mesmo poderia escrever, entretendo a todos e distraindo a atenção do texto em si. Em todo caso, se alguém quiser ver o que você já produziu até agora sempre recorra as dicas 2 e 1. Por isso, lembre-se, deixar o texto incompleto é a melhor desculpa que você pode Ter para

Nota do Editor
Recebi esse texto assim mesmo, sem final aparente. Contatei o autor para notificá-lo, mas ele fez um escândalo, e disse que era assim mesmo que o texto devia ficar. Decidi publicá-lo então, literalmente, apesar de ainda não ter entendido direito nem os protestos do escritor nem o texto em si.


Lisandro Gaertner
Rio de Janeiro, 24/1/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A arte da crônica de Luiz Rebinski Junior
02. A música clássica ensurdece a democracia caótica de Wellington Machado
03. Declínio e Queda do Império dos Comentários de Julio Daio Borges
04. Ligações e contas perigosas de Ana Elisa Ribeiro
05. A falta de paciência com o cinema II - O retorno de Marcelo Miranda


Mais Lisandro Gaertner
Mais Acessadas de Lisandro Gaertner
01. E Viva a Abolição – a peça - 1/6/2006
02. Cuidado: Texto de Humor - 28/7/2006
03. A História das Notas de Rodapé - 3/1/2002
04. Orkut: fim de caso - 10/2/2006
05. Blogueiros vs. Jornalistas? ROTFLOL (-:> - 23/4/2008


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
24/1/2002
23h28min
[Leia outros Comentários de Gian Danton]
25/1/2002
09h03min
Ótimo, um texto incompleto na sua íntegra e autenticidade!
[Leia outros Comentários de Rodrigo Melo]
25/1/2002
16h12min
Quem conhece o Lisandro pessoalmente, sabe que ele realmente segue a risca suas sugestoes... :) Ta maneirissimo, Lisandro! :) Um abraco, Edgar
[Leia outros Comentários de Edgar]
13/4/2002
01h56min
Parabens, vc. continua com a lingua afiada, perdao, com a mao afiada.Um texto bem interessante e bem a sua cara.
[Leia outros Comentários de Beatriz]
21/12/2003
20h35min
Lisandro. Só agora tive o prazer de ler o seu texto. Pode apostar que há muitos gênios por aí seguindo, ao menos, algumas das suas sugestões. E o mais curioso é que uma parte está sendo publicada e sendo reconhecida. Abraços do LEM
[Leia outros Comentários de Luis Eduardo Matta]
14/7/2006
11h55min
Genial!
[Leia outros Comentários de Rafael Rodrigues]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O CÉU ESTÁ CAINDO
SIDNEY SHELDON
RECORD
(2000)
R$ 15,00



A PRIMEIRA REPORTAGEM - SÉRIE VAGA LUME
SYLVIO PEREIRA
ÁTICA
(1986)
R$ 10,50



AS IMAGENS E OS VITRAIS DA IGREJA DA SANTÍSSIMA TRINDADE
PE. QUERUBIM ARTIGUE A. A.
PARÓQUIA SANTÍSSIMA TRINDADE
(1979)
R$ 28,00
+ frete grátis



DIREITO DAS OBRIGAÇÕES
ARNALDO RIZZARDO
FORENSE
(1999)
R$ 39,90
+ frete grátis



ANÁLISE LITERÁRIA
RAÚL H. CASTAGNINO
MESTRE JOU
(1968)
R$ 11,00



O SAGRADO MANDATO
ANTONIO DEMARCHI
LUMEN
(2002)
R$ 8,00



LES GUIDES BLEUS
DENISE BERNARD-FOLLIOT
HACHETTE
(1980)
R$ 90,00



ÁGUA PARA AS VISITAS
MARINA MORAES
REALEJO
R$ 54,90



SAGARANA
JOÃO GUIMARÃES ROSA
NOVA FRONTEIRA
(1982)
R$ 50,00
+ frete grátis



NAEMA, A BRUXA
WERA KRIJANOWSKAIA
LAKE
(1995)
R$ 12,00





busca | avançada
35423 visitas/dia
1,3 milhão/mês