Como não ser publicado | Lisandro Gaertner | Digestivo Cultural

busca | avançada
66543 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Filó Machado encerra circulação do concerto 60 Anos de Música com apresentação no MIS
>>> Mundo Suassuna, no Sesc Bom Retiro, apresenta o universo da cultura popular na obra do autor paraiba
>>> Liberdade Só - A Sombra da Montanha é a Montanha”: A Reflexão de Marisa Nunes na ART LAB Gallery
>>> Evento beneficente celebra as memórias de pais e filhos com menu de Neka M. Barreto e Martin Casilli
>>> Tião Carvalho participa de Terreiros Nômades Encontro com a Comunidade que reúne escola, família e c
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Marcelo Mirisola e o açougue virtual do Tinder
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
Colunistas
Últimos Posts
>>> A melhor análise da Nucoin (2024)
>>> Dario Amodei da Anthropic no In Good Company
>>> A história do PyTorch
>>> Leif Ove Andsnes na casa de Mozart em Viena
>>> O passado e o futuro da inteligência artificial
>>> Marcio Appel no Stock Pickers (2024)
>>> Jensen Huang aos formandos do Caltech
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
Últimos Posts
>>> Cortando despesas
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Waldstein por Andsnes
>>> Festival de Inverno Ouro Preto
>>> Para gostar de ler
>>> Dos livros que li
>>> O legado de Graciliano Ramos
>>> Mané, Mané
>>> Ele é o Rei
>>> Corpos
>>> Dialogando com o público leitor
>>> O fim do futebol-arte?
Mais Recentes
>>> O Minimo Que Voce Precisa Saber Para Nao Ser Um Idiota de Olavo de Carvalho pela Record
>>> Imunologia Básica: funções e distúrbios do sistema imunológico (student consult) de Abul K Abbas; outros pela Elsevier (2017)
>>> Como Fazer Os Deuses Trabalharem Para Você de Caroline W. Casey pela Pensamento (2010)
>>> Pai Rico, Pai Pobre - Atualizado de Robert Kiyosaki pela Alta Books
>>> Feng Shuí - Para o Local de Trabalho de Richard Webster pela Pensamento (2011)
>>> Diario de Anne Frank de Mirjam Pressler, Otto H Frank pela Best Bolso (2015)
>>> Livro Dos Incensos: Uma Cartilha Sobre Magia, O de Steven R. Smith pela Roca (1994)
>>> Química Clínica de William J Marshall; outros pela Elsevier (2013)
>>> Viñas, Bodegas & Vinos (Vineyards, Wineries & Wines) de Austral Spectator pela Austral Spectator (2003)
>>> Astros Sempre Nos Acompanham de Claudia Lisboa pela Bestseller (2018)
>>> A Arte Da Aromaterapia de Robert Tisserand pela Roca (1993)
>>> Real Talk Series - Book Four de Vários Autores pela Wise Up (2016)
>>> Box - As Crônicas de Gelo e Fogo (Ed. Colecionador) de George R R Martin pela Leya (2014)
>>> O Pacificador de Alcy Cheuiche pela L&pm (2023)
>>> Bhagavad-Gita: Wie Sie Ist de Seine Göttliche Gnade: A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada pela Tbb (1974)
>>> A Leste dos Sonhos de Nastassja Martin pela 34 (2023)
>>> Lilith Und Ihre Schwestern: Zur Dämonie des Weiblichen de Dorothee Pielow pela Grupello (2001)
>>> Abba: A Biografia de Carl Magnus Palm pela Best Seller (2014)
>>> Historia Da Riqueza Do Homem de Leo Huberman pela Ltc (1986)
>>> A Crise Da Consciência Europeia 1680-1715 de Paul Hazard pela Ufrj (2015)
>>> Quem Mexeu no Meu Queijo? 36ª edição. revista e ampliada de Spencer Johnson pela Record (2002)
>>> A Mulher Do Dragão Vermelho de José Rodrigues Dos Santos pela Planeta (2022)
>>> O Vermelho E O Negro de Stendhal pela Tag (2016)
>>> Militarização do Rio de Janeiro: da pacificação à intervenção de Márcia Leite; Lia Rocha; Juliana Farias; Monique Carvalho pela Mórula (2018)
>>> Vamos falar de cinema de Garcia Escudero pela Verbo (1971)
COLUNAS

Quinta-feira, 24/1/2002
Como não ser publicado
Lisandro Gaertner
+ de 6700 Acessos
+ 6 Comentário(s)

Foi para mim uma grande surpresa, ainda não recuperado dos efeitos nefastos das comemorações de fim de ano, receber por e-mail críticas a respeito de um artigo meu. Um artigo escrito há mais de 5 anos, do qual nem cópia eu mantinha. Seguida a surpresa, minha primeira pergunta foi : como isso foi acontecer?

Ligando os fatos, cheguei à conclusão que o mesmo havia surgido no Digestivo Cultural por obra e graça de Rafael Lima, amigo meu e um dos colunistas daqui, com o qual, no meio dos anos 90, eu trabalhara num fanzine chamado Mancha Gráfica. Dos textos que escrevi para o fanzine, finalmente, me lembrei, apenas esse não havia sido publicado. Parecia, segundo ele, que o texto funcionava melhor na Internet; na época uma recém chegada.

Os anos passaram, o Mancha também, e por fim o texto sumiu... ou melhor, reapareceu, e o Rafael provou que tinha razão: o texto funciona melhor na Internet.

Assim, não sei se posso reclamar. Fico feliz de ser incluído nesse rol de colunistas, mesmo que de maneira ocasional, e o reaparecimento do texto me trouxe memórias boas, mesmo que não me lembre direito do que. Em todo caso, mais uma vez fui levado à conclusão de que um dos nossos maiores medos é ser publicado sem o nosso estrito controle. Sem saber o que vão falar de nós e de nossas idéias. Veja só o problema que o nosso presidente enfrenta para manter a coerência.... Por isso, como um grande especialista em evitar ser publicado, passo a todos tudo o que aprendi e que, com certeza, lhes ajudará a sofrer pelos cantos, sem precisar passar a vergonha de se expor, permitindo que você continue se achando o maior gênio do mundo, sem nunca Ter publicado nada:

Os 6 degraus para a não publicação:

1. Menospreze a opinião de todos...excetuando-se apenas a sua

Um verdadeiro gênio sabe que será incompreendido. Por isso, por que se importar com o que os outros pensam? É melhor deixá-los no escuro ou desprezar suas opiniões. Afinal de contas, quem são ELES para entender o que você escreve?

2. Não se preocupe em manter cópias... ou mesmo em criar um original

Uma das obras mais interessantes do mundo, a comédia de Aristóteles, dizem, não chegou às mãos do público atual pela falta de uma grande quantidade de cópias. Na verdade, o que importa se existiu ou não ao menos um original da obra supracitada? Mesmo sem Ter sido lida, ela já se constitui numa obra prima! Para você seguir o caminho de Aristóteles, basta utilizar as desculpas usuais referentes a perda de arquivos ou papel : e-mails perdidos, cartas não registradas, assaltantes eruditos, Microsoft, Intel , etc. Assim, você poderá lamentar para os seus amigos a perda de uma obra prima que nem chegou a ser escrita. Agora, no caso de algum espírito de porco duvidar de você, use a dica 1.

3. Esconda de todos o que você escreve... de maneira escandalosa

Quando receber visitas, espere o momento da sua chegada para recolher atabalhoadamente restos de papéis e outras coisas que possam indicar que você está trabalhando em algo. Se alguém perguntar do que se trata, responda furioso:
- Será que ninguém sabe respeitar a privacidade de um projeto em construção?
O mesmo funciona para textos que já tenham sido alardeados como terminados (um perigo, ver dica 6), mas , nesse caso, as desculpas devem passar pelo conteúdo da obra. Exemplos: memórias traumáticas de infância, acusações à figuras públicas e/ou perigosas, verdades para as quais o mundo ainda não está preparado, e tudo mais que só pode ser revelado após a sua morte.
E não havendo o que se publicar depois da sua morte, a sua genialidade póstuma está garantida, como vimos na dica 2.

4. Almeje publicar sempre nas maiores revistas e sites... eles não aceitarão seus textos mesmo

Uma boa maneira de manter o seu status de gênio é enviar textos apenas para os sites e revistas que contam com colunistas respeitados e bem conhecidos. Seus textos com certeza irão parar na lixeira e você poderá, graças á "injustiça" dos meios de comunicação de massa, reforçar a sua imagem (vide dica 1).

5. Mantenha sempre a sua integridade artística... sem ao menos precisar ter uma

Essa dica serve mais para os que constantemente recebem convites para publicar em algum lugar. A fim de se preservar e não escrever, sem perder a sua panache, apele sempre para a integridade artística. Assim, quase tudo pode virar um cavalo de batalha em defesa da sua obra, como:
"Eu não publico em revistas com papel couchê"
"Não aceito ser pago pelo que escrevo"
"Meus contos não se encaixam nessa publicação"
"O público que lê essa revista não vai me entender" (vide dica 1)
e a clássica: " Esse editor é um imbecil"

6. Escreva sempre...mas nunca termine

Mas o melhor mesmo é nunca Ter coisa alguma a apresentar aos seus amigos, familiares e afins. A saída para isso é declarar estar "quase terminando" a sua obra prima. Com o passar do tempo, os revezes pelos quais a sua produção irá passar se constituirão numa história bem mais interessante do que você mesmo poderia escrever, entretendo a todos e distraindo a atenção do texto em si. Em todo caso, se alguém quiser ver o que você já produziu até agora sempre recorra as dicas 2 e 1. Por isso, lembre-se, deixar o texto incompleto é a melhor desculpa que você pode Ter para

Nota do Editor
Recebi esse texto assim mesmo, sem final aparente. Contatei o autor para notificá-lo, mas ele fez um escândalo, e disse que era assim mesmo que o texto devia ficar. Decidi publicá-lo então, literalmente, apesar de ainda não ter entendido direito nem os protestos do escritor nem o texto em si.


Lisandro Gaertner
Rio de Janeiro, 24/1/2002

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Como se vive uma vida vazia? de Roberta Resende


Mais Lisandro Gaertner
Mais Acessadas de Lisandro Gaertner
01. E Viva a Abolição – a peça - 1/6/2006
02. A História das Notas de Rodapé - 3/1/2002
03. Cuidado: Texto de Humor - 28/7/2006
04. Blogueiros vs. Jornalistas? ROTFLOL (-:> - 23/4/2008
05. Orkut: fim de caso - 10/2/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
24/1/2002
23h28min
[Leia outros Comentários de Gian Danton]
25/1/2002
09h03min
Ótimo, um texto incompleto na sua íntegra e autenticidade!
[Leia outros Comentários de Rodrigo Melo]
25/1/2002
16h12min
Quem conhece o Lisandro pessoalmente, sabe que ele realmente segue a risca suas sugestoes... :) Ta maneirissimo, Lisandro! :) Um abraco, Edgar
[Leia outros Comentários de Edgar]
13/4/2002
01h56min
Parabens, vc. continua com a lingua afiada, perdao, com a mao afiada.Um texto bem interessante e bem a sua cara.
[Leia outros Comentários de Beatriz]
21/12/2003
20h35min
Lisandro. Só agora tive o prazer de ler o seu texto. Pode apostar que há muitos gênios por aí seguindo, ao menos, algumas das suas sugestões. E o mais curioso é que uma parte está sendo publicada e sendo reconhecida. Abraços do LEM
[Leia outros Comentários de Luis Eduardo Matta]
14/7/2006
11h55min
Genial!
[Leia outros Comentários de Rafael Rodrigues]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Quinto Livro de Crónicas
Antonio Lobo Antunes
Dom Quixote
(2013)



Teláris - Língua Portuguesa - 7º Ano
Ana Trinconi Borgatto
Ática Didáticos
(2020)



A Noite Dos Desesperados
Horace McCoy

(2000)



O Jogo do Pensamento
Vivina de Assis Viana
Geração
(2003)



Introdução à Administração - Edição Compacta
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Atlas
(2009)



Physics Foundations and Applications Volume 1
Robert M. Eisberg / Lawrence S. Lerner
Mc Graw-hill



Projetos E Praticas Pedagogicas Na Educacao Infantil
Celso Antunes
Vozes
(2012)



Todo Dia Com Você
Guiomar de |Oliveira Albanesi
Vida & Consciência
(2005)



A Síndrome de Peter Pan
Dan Kiley
Melhoramentos
(1987)



Guardiões da Galáxia: Rocket Raccoon & Groot - Caos na Galáxia
Dan Abnett
Novo Século
(2015)





busca | avançada
66543 visitas/dia
2,1 milhões/mês