A Imagem do Som | Fabio Gomes | Digestivo Cultural

busca | avançada
59441 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> MONSTRA exibe filmes feitos por e com crianças nos dias 25 e 26/5
>>> Tão Somente Meninos
>>> Festa junina no Teatro do Incêndio busca continuidade do projeto SOL.TE
>>> Céu se apresenta no Sesc Guarulhos
>>> Projetos culturais e acessibilidade em arte-educação em cursos gratuitos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
Colunistas
Últimos Posts
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
>>> Como declarar ações no IR
Últimos Posts
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
>>> Sexta-feira santa de Jesus Cristo.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Do Surrealismo
>>> Milagres não existem
>>> Valsinha
>>> Sobre o caso Idelber Avelar
>>> Uma gafieira, pintura digital
>>> As drogas fazem você virar os seus pais
>>> Dave Brubeck Quartet 1964
>>> O Conto do Amor, de Contardo Calligaris
>>> Videogame também é cultura
Mais Recentes
>>> A Árvore Que Dava Dinheiro de Domingos Pellegrini pela Ática (1997)
>>> Sócios no Crime de Agatha Christie pela L&PM Pocket (2010)
>>> Adolescentes Privados de Liberdade de Mario Volpi (org.) pela Cortez (1997)
>>> Nutrição e Medicina Alternativa de Andirásio Donato e Gírlen Nunes pela Qualivida e Saúde
>>> O Mundo Encantado do Zazá Bistrô Tropical de Sergio Pagano; Zazá Piereck; Preta Moyses pela Tinta Negra (2014)
>>> O Mistério do Trem Azul de Agatha Christie pela L&pm Pocket
>>> Análise de Investimentos: Tomada de decisão em projetos industriais (Sem CD) de Regis da Rocha Motta; Guilherme Marques Calôba pela Atlas (2009)
>>> Introdução à Macroeconomia - uma Prespectiva Brasileira de Edmar Bacha pela Campus (1987)
>>> Seguindo a Correnteza de Agatha Christie pela L&PM Pocket (2011)
>>> 101 Maneira de Dizer Amo Você de Ciranda Cultura pela Cirada Cultura (2011)
>>> Pollyanna Moça de Eleanor H Porter pela Nacional (1978)
>>> Moscas Contos de José Roberto Melhem pela Página Viva (2000)
>>> Um Punhado de Centeio de Agatha Christie pela L&PM Pocket (2014)
>>> Troco o príncipe encantado pelo lobo mau - Um guia para se livrar das ideias ultrapassadas de Raquel Sánchez Silva pela Fontanar (2008)
>>> De volta à estação Finlândia de Daniel Aarão Reis pela Relume Dumará (1993)
>>> A Terra do Nunca e o Segredo das Fadas de Gail Carson Levine pela Melhoramentos (2006)
>>> Um Corpo na Biblioteca de Agatha Christie pela L&PM Pocket (2014)
>>> Cometa Halley 2 de Gilberto Massarente pela Dgm (1985)
>>> Rindo Com Claudio Cunha de Cláudio Cunha pela Cfc
>>> Enigma na Televisão de Marcos Rey pela Ática (1987)
>>> Mitologia - Lendas de Salvador Nogueira pela Abril (2011)
>>> A Noite das Bruxas de Agatha Christie pela L&PM Pocket (2014)
>>> Maga e Min de Vários Autores pela Abril (2016)
>>> O Livro do Ki de Dr. Mallory Fromm pela Pensamento (1998)
>>> Guardião de Mal Peet pela Martins Fontes (2013)
COLUNAS

Segunda-feira, 18/7/2016
A Imagem do Som
Fabio Gomes

+ de 2400 Acessos

Na minha coluna de abril, Etapas em Combustão, falei dos artistas que se permitem traçar o rumo das próprias carreiras, sem se importar com uma suposta lista de passos a seguir, ou de etapas que não poderiam ser queimadas. O texto de hoje é sobre um desdobramento específico deste tema: o lançamento de clipes.

Até o advento do YouTube, em 1997, lançar um clipe significava rodar um material, quase sempre em película, e batalhar por um lugar ao sol na programação da TV aberta ou de emissoras específicas de TV a cabo como a MTV; tanto investimento em geral só era justificado quando o artista estivesse com CD novo no mercado. O surgimento do site, aliado a fatores como a expansão da internet banda larga no país e a crescente digitalização de câmeras e ilhas de edição, acabou por virar esse jogo.

Hoje é acessível a bandas de todo o Brasil rodar e editar seus clipes em equipamento digital e divulgarem através da internet, independente de estar ou não lançando CD ou EP simultaneamente. Foi isto que fez a cantora paraense Joelma Klaudia, por exemplo: em abril de 2013, publicou no YouTube seu clipe para “Povo Daqui” (Edir Gaya – Cacá Farias), que não constava de seu CD Dias Assim, de 2009. Outra paraense, Lívia Mendes, divulgou o clipe de “Filme Europeu” em novembro de 2015, seis meses antes do lançamento oficial da canção no EP Lívia Mendes.




O formato não chega a ser tão importante; o clipe pode ter imagens externas, pode ser um trecho de um show ou pode se centrar na banda em estúdio - seja se dublando, seja tocando mesmo ao vivo (como é o caso de “Sem Mentiras”, do EP de mesmo nome que a Veludo Branco gravou no estilo ao-vivo-no-estúdio em abril de 2012; o EP saiu em julho e o clipe foi lançado no mês seguinte). Ou se a opção é criar na prática um curta-metragem que por vezes extrapole a duração da própria música (caso dos clássicos “Thriller”, de Michael Jackson, que inaugurou esta tendência em 1983, ou “Telephone”, que reuniu a incrível dupla Lady Gaga e Beyoncé em 2009, e mereceu um programa inteiro de lançamento, com meia hora de duração, na MTV).

O importante mesmo é perceber que, nesta era cada vez mais visual em que vivemos, um clipe não pode mais ser considerado um luxo, e sim encarado como artigo de primeira necessidade. Um clipe é uma ferramenta poderosa e indispensável para artistas em qualquer etapa da carreira. No caso de bandas independentes, então, que geralmente têm uma dificuldade maior para gravar CDs, ter um clipe bem produzido na rede pode ser o diferencial que irá alavancar uma carreira de sucesso.


Fabio Gomes
Macapá, 18/7/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Blockchain Revolution, o livro - ou: blockchain(s) de Julio Daio Borges
02. A feira ao longe de Elisa Andrade Buzzo
03. Ana Luiza e Luis Felipe Gama: bela parceria de Rafael Fernandes
04. Contrastes do Mundo Moderno de Juliano Maesano


Mais Fabio Gomes
Mais Acessadas de Fabio Gomes em 2016
01. Etapas em combustão - 18/4/2016
02. Caiu na rede, virou social - 8/8/2016
03. Eu blogo, tu blogas? - 4/7/2016
04. Você sabe quem escreveu seu show preferido? - 21/3/2016
05. Em 2016, pare de dizer que você tem problemas - 11/1/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Imaginando a Argentina
Lawrence Thornton
Best Seller



A Madona de Cedro
Antonio Callado
Nova Fronteira
(1997)



Tempo de Esperança
Mark Finley
Casa
(2009)



1688 - O Inicio da era moderna
John E. Wills
campus
(2001)



Saída pelo Triângulo
Ernesto Rosa
Ática
(2007)



Exercise Book for the Social Studies Test
Não Informado
Cambridge Adult Education
(1989)



Um Voo Além da Medicina (lacrado)
Cristiane Alves Villela Nogueira
Thieme Revinter
(2017)



O Tenente-General Napione
Riccardo Fontana
Senado Federal
(2000)



Revista: Tudo sobre LEONARDO DA VINCI (Especial)
Gilberto Schoereder
Mythos
(2017)



Estude de Algoritmos - Soluções Em C++
Custódio Martins; Milton Rodrigues
Do Autor
(2008)





busca | avançada
59441 visitas/dia
1,8 milhão/mês