O bom e velho formato site | Fabio Gomes | Digestivo Cultural

busca | avançada
36499 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 17/10/2016
O bom e velho formato site
Fabio Gomes

+ de 1700 Acessos

Em 17 de outubro de 2002 - há 14 anos, portanto -, entrava no ar o meu primeiro site, o Brasileirinho, dedicado ao jornalismo musical e com foco na MPB, em especial o samba e o choro. Penso ser oportuno, então, fazer nesta data uma reflexão sobre o 'formato site' a partir de minha experiência na área (assim como já fiz aqui anteriormente com o 'formato blog').


Milton Moura, Luiz Carlos da Vila e eu
em debate sobre a História do Samba
- Salvador, 2007
(Foto: Adenor Gondim)

O Brasileirinho não foi meu primeiro projeto de site, foi apenas o primeiro que deu certo (antes dele, ali por 1999, pensei em ter um site com meu acervo fotográfico - já contei esta história em meu blog de Foto & Cinema). Me formei em Jornalismo pela UFRGS em 2001 já com a ideia de ter um programa de rádio semanal voltado para o samba e o choro. Cheguei a produzir um programa-piloto finalizado em CD, gravado e editado profissionalmente em estúdio, porém as rádios de Porto Alegre que procurei não se interessaram nem em me contratar para produzi-lo, nem em me vender horário para que eu produzisse de forma independente. Então me ocorreu que eu poderia aproveitar o fato de ter registrado um domínio com o nome que o programa teria - Brasileirinho, inspirado no clássico de Waldir Azevedo - e veicular diretamente na internet minha proposta de jornalismo musical independente.

Comecei então a publicar no Brasileirinho artigos que eu já tinha escrito sobre figuras da MPB, charges, entrevistas e dicas de shows, filmes, teatro e outros sites. Quando passei a produzir textos inéditos, em especial resenhas dos shows que assistia em Porto Alegre, esbarrei numa dificuldade: as atualizações do site eram semanais, devido ao acerto que eu havia feito com o webdesigner que contratei para criar o site. Então às vezes acontecia de a resenha entrar no ar duas semanas depois do show. Acabei assumindo eu mesmo a tarefa de ser o webmaster do meu próprio site no começo de 2003, usando os conhecimentos adquiridos num curso de criação de sites publicado em fascículos (ainda existe isso? risos).

Creio ter feito um bom trabalho, pois já em 2004 aconteceram dois fatos significativos. Primeiro, o Brasileirinho foi escolhido pela Representação Regional do Iphan no Rio Grande do Sul para representar o estado na fase nacional do Prêmio Rodrigo Mello Franco, do MinC. Segundo, e talvez o mais importante, meu trabalho no site motivou um convite do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo para ministrar um curso de Jornalismo Cultural na capital paulista.

Por vários motivos, não pode aceitar de imediato o convite do Sindicato. Quando enfim pude fazê-lo, no ano seguinte, já havia também o convite da Fundação Getúlio Vargas para que eu fizesse o curso também em Belém (foi minha primeira viagem ao Norte). Acabei criando novo site, chamado justamente de Jornalismo Cultural, para veicular meus textos sobre outras artes como o cinema, o teatro e até vertentes da música que não a MPB. O site nunca chegou a ter a audiência e repercussão do Brasileirinho, mas acabava gerando mais renda porque era nele que eu divulgava o curso, tanto na versão à distância (antes do YouTube, curso à distância era curso feito por e-mail mesmo ;) quanto na presencial, que fez com que eu fosse nos anos seguintes a Joinville, Blumenau e Rio Branco, onde nova mudança aconteceu.

Na capital do Acre, cobri em 2008 um festival de música independente, tendo pela primeira vez contato com a sonoridade amazônica, que raramente chegava ao Sul do país. Isto, mais o interesse de artistas de Belém em meu trabalho como assessor de imprensa e as inúmeras inscrições que eu recebia do Norte para o curso à distância de Jornalismo Cultural me levaram em 2009 a criar novo espaço para falar da música da Amazônia - o Som do Norte. Mas já não como site, e sim blog.

O Som do Norte teve de imediato imensa repercussão, o que fez com que eu acabasse deixando um pouco de lado os dois sites. O Jornalismo Cultural não chegava a ser atualizado com frequência, talvez eu postasse um texto/mês; dinâmica bem diferente da atual, em que, convertido em blog desde agosto de 2011, é atualizado quase diariamente (inclusive com material veiculado originalmente nos dois sites mencionados). Já o Brasileirinho chegou a receber bastante material de artistas do Pará até a criação do Som do Norte, sendo pouco atualizado depois disso, o que me levou a anunciar o encerramento das atividades há exatos 5 anos e por fim tirá-lo do ar há um mês.

Comparando a quantidade de sites e de blogs que criei, deve-se concluir que prefiro este formato àquele? Não necessariamente. Ali por 2009, eu dizia que um site equivalia a um jornal, atualizado regularmente, mas com menos frequência que um blog, que seria como um programa de rádio, que permite atualizar a informação a qualquer momento. Hoje, penso que quem cumpre a função de rádio são as redes sociais, ao passo que quem está mais para um jornal são os blogs, já que os sites passaram a "se comportar" como...livros! Sim. Como eu já disse no texto sobre os blogs citado no começo, se você quer postar conteúdo com frequência, o mais indicado é criar um blog; se você começa a postar muuuuito texto num site, em algum momento terá que resolver a questão de como o internauta localizará todo o conteúdo nele publicado - este foi o grande problema que acabei tendo no Brasileirinho.

Por isso os sites hoje são mais recomendados para uso institucional, tanto por empresas quanto artistas. Ali você encontra histórico/biografia, fotos, vídeos, agenda (no caso de artistas), as principais informações de contato e, quase sempre, o link para um blog, onde então irá acessar atualizações frequentes.

Só pra fechar, o fato de eu ter tirado recentemente do ar meu primeiro site não significa que eu desacredite hoje do formato. Ao contrário, meu próximo site inclusive deverá tornar realidade o antigo sonho de 1999: será uma página 'institucional' do meu trabalho com foto & cinema, linkado com o blog. Quando entra no ar eu não sei, mas o domínio já está registrado!


Fabio Gomes
Macapá, 17/10/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Notas confessionais de um angustiado (Final) de Cassionei Niches Petry
02. Domingão, domingueira de Ana Elisa Ribeiro
03. Como eu escrevo de Luís Fernando Amâncio
04. Como se me fumasse: Mirisola e a literatura do mal de Jardel Dias Cavalcanti
05. Os Doze Trabalhos de Mónika. 6. Nas Asas da Panair de Heloisa Pait


Mais Fabio Gomes
Mais Acessadas de Fabio Gomes em 2016
01. Etapas em combustão - 18/4/2016
02. Eu blogo, tu blogas? - 4/7/2016
03. Caiu na rede, virou social - 8/8/2016
04. Você sabe quem escreveu seu show preferido? - 21/3/2016
05. Em 2016, pare de dizer que você tem problemas - 11/1/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TARZAN -GREYSTOKE A LENDA DE TARZAN O REI DA SELVA Nº01-COLORIDO 9057
EDGAR RICE BURROUGHS
EBAL
(1984)
R$ 29,00



DESNUTRIÇÃO E APRENDIZAGEM
JOVELINA BRAZIL DANTAS
ÁTICA
(1981)
R$ 4,90



UMA ESCOLA PARA O POVO
MARIA TERESA NIDELCOFF
BRASILIENSE
R$ 10,00



ÁRVORE DA VIDA - CABALA, CIENCIA OU MISTICISMO?
SIMHON MOUSSA
CAMILA SIMHON
(2015)
R$ 40,00



A CONSTRUÇÃO NO ESPELHO
NILDO CARLOS OLIVEIRA
PINI
(1998)
R$ 20,00



PSICOLOGIA SENSORIAL
CONRAD G.MUELLER
ZAHAR
(1966)
R$ 10,00



MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS - TEORIA E QUESTÕES
LEONARDO FACCINI
CAMPUS
R$ 34,80



GRAMÁTICA DO PORTUGUÊS CONTEMPORÂNEO
CELSO CUNHA
BERNARDO ÁLVARES
(1971)
R$ 15,00



EN ACCIÓN3 CUADERNO DE ACTIVIDADES + CD
MARISA LOMO; CAROLINA O; ROCÍO S;
EN CLAVE ELE
(2007)
R$ 30,00



BRILHO - VOLUME I DE EM BUSCA DE UM NOVO MUNDO
AMY KATHLEEN RYAN
GERAÇÃO JOVEM
(2012)
R$ 12,00





busca | avançada
36499 visitas/dia
1,2 milhão/mês