Aquarius, quebrando as expectativas | Guilherme Carvalhal | Digestivo Cultural

busca | avançada
92061 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
>>> Videoaulas On Demand abordam as relações do Homem com a natureza e a imagem
>>> Irene Ravache & Alma Despejada na programação online do Instituto Usiminas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Concisão e sensibilidade
>>> Blog do Reinaldo Azevedo
>>> Alerta aos que vão chegar
>>> Cultura e Patrocínio
>>> Deus, um delírio, de Richard Dawkins
>>> O delfim, de José Cardoso Pires
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Thor
>>> Das Kunstwerk der Zukunft
Mais Recentes
>>> As 100 Melhores Histórias Eróticas da Literatura Universal de Flávio Moreira da Costa pela Ediouro (2020)
>>> As 100 Melhores Histórias Eróticas da Literatura Universal de Flávio Moreira da Costa pela Ediouro (2020)
>>> Mahatma Gandhi - Politik und Gewaltlosigkeit de Otto Wolff pela Musterschimidt-Verlag (1963)
>>> Marionetes Populares de Yvonne Jean pela Din (1955)
>>> As Bacanas = Plauto de Newton Belleza pela Emebê (1977)
>>> Trinta Toques de Rogério Viana pela Engenho da Letra (1999)
>>> O Teatro de Cervantes de José Carlos Lisboa pela Os Cadernos de Cultura (1952)
>>> O Teatro de Oraci Gemba de José Plínio pela Do autor (1994)
>>> Teatro Moderno = O Anúncio feito a Maria de Paul Claudel pela Agir (1968)
>>> O Palco dos Outros de Sérgio Brito pela Rocco (1993)
>>> Importe-se o Bastante para Confrontar de David Augsburger pela Cristã Unida (1996)
>>> Mais de Nogueira Salton pela Do autor (2009)
>>> Minha Mente, Meu Mundo de Walter Barcelos pela Didier (2001)
>>> Marketing Pessoal do Personal Trainer. Estratégias Práticas Para o Sucesso - 5D de Cauê Vazquez la Scala Teixeira pela Phorte (2013)
>>> Fortaleza digital - 5D de Dan Brown pela Arqueiro (2015)
>>> Arquivologia e Ciência da Informação - 5D de Maria Odila Kahl Fonseca pela Fgv (2008)
>>> Aristofanes Las Nubes Lisistrata Dinero de Elsa García Novo pela Alianza Editorial (1987)
>>> Fisiologia do exercício - 8C de Marília dos Santos Andrade pela Manole (2016)
>>> Musculação Funcional. Ampliando os Limites da Prescrição Tradicional - 8C de Cauê Vazquez la Scala Teixeira pela Phorte (2016)
>>> Personal Trainer. Uma Abordagem Prática do Treinamento Personalizado - 8C de Fabiano Pinheiro Peres pela Phorte (2013)
>>> Temas Fundamentais De Criminalistica - 3D de Jose Lopez Zarzuela pela Sagra luzzatto (1995)
>>> As sete leis espirituais do sucesso - 3D de Deepak Chopra pela Best Seller (2009)
>>> A Escolha - 3D de Nicholas Sparks pela Novo Conceito (2015)
>>> Ser Elegante É… - 3D de Candace Simpson-Giles pela Sextante (2014)
>>> Seu Sexto Sentido. Ativando Seu - 3D de Belleruth Naparstek pela Rocco (1999)
>>> História geral das Civilizações Volume 1 - O oriente e a Grécia Antiga de Maurice Crouzet pela Bertrand Brasil (1993)
>>> O Diário de Anne Frank de Ane Frank pela Pé da Letra (2019)
>>> A sombra do poder: Martinho de Melo e Castro e a administração da Capitania De Minas Gerais (1770-1795) de Virgínia Maria Trindade Valadares pela Hucitec
>>> A Revolta da Vacina de Sevcenko, Nicolau pela UNESP
>>> A quebra da mola real das sociedades: A crise política do antigo regime Português na província do Grão-Pará (1821-1825) de André Roberto Arruda Machado pela Hucitec
>>> A paz das senzalas: Famílias Escravas e Tráfico Atlântico C.1790- C.1850 de Florentino, Manolo pela UNESP
>>> A outra Independência: O Federalismo Pernambucano de 1817 a 1824 de Mello, Evaldo Cabral de pela 34
>>> A História do Brazil de Frei Vicente do Salvador. História e Política no Império Português do Século XVII de Maria Lêda Oliveira pela Versal
>>> A experiência do tempo: Conceitos e narrativas na formação nacional brasileira (1831-1845) de Araújo, Valdei Lopes de pela Hucitec
>>> A Educação Pela Noite de Antônio Candido pela Ouro sobre Azul
>>> A Diplomacia na Construção do Brasil. 1750-2016 de Rubens Ricupero pela Versal
>>> A Corte na Aldeia de Vários Autores pela Verbo
>>> A Companhia de Jesus na América por Seus Colégios e Fazendas de Márcia Amantino and Carlos Engemann pela Garamond Universitaria
>>> A carne e o sangue: A Imperatriz D. Leopoldina, D. Pedro I e Domitila, a Marquesa de Santos de Priore, Mary de pela Rocco
>>> 1889: Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuíram para o fim da Monarquia e a de Laurentino Gomes pela Globo Livros
>>> 1822: Como um homem sábio, uma princesa triste e um escocês louco por dinheiro ajudaram dom Pedro a criar o Brasil - um de Laurentino Gomes pela Globo Livros
>>> 1808: Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal de Laurentino Gomes pela Globo Livros
>>> 130 Anos: Em Busca Da República de Lessa, Renato; Wehling, Arno; Franco, Gustavo; Tavares Guerreiro, José Alexa pela Editora Intrínseca
>>> Arte de Gramática da Língua Mais Usada na Costa do Brasil de José de Anchieta pela EdUFBA (2014)
>>> Inglorious Revolution de William R. Summerhill pela Yale University Press (2015)
>>> O governo das conquistas do Norte de Fabiano Vilaça dos Santos pela Annablume (2011)
>>> O sol e a sombra de Laura de Mello e Souza pela Companhia das Letras (2006)
>>> Amazon Frontier - the defeat of the Brazilian Indians de John Hemming pela Papermac (1995)
>>> International Law de Malcolm Evans (edited by) pela Oxford University Press (2014)
>>> Complete International Law: Text, Cases, and Materials de Ademola Abass pela Oxford University Press (2014)
COLUNAS

Quinta-feira, 6/4/2017
Aquarius, quebrando as expectativas
Guilherme Carvalhal

+ de 3500 Acessos



Apesar de ter sido posto como um filme sobre uma mulher lutando contra um projeto para demolir o prédio onde vive, em um típico embate de Davi contra Golias, Aquarius, o notório filme de Kleber Mendonça Filho ovacionado no Festival de Cannes que bateu na trave para ganhar a Palma de Ouro, vai muito mais longe do que o mero apelo a um modelo de narrativa que tende a cativar o público, a do mais fraco superando o mais forte. Trata-se de uma minuciosa leitura da vida da personagem principal e todas as suas correlações, tendo seu confronto para manter seu apartamento como eixo condutor.

Toda a história gira em torno de Clara, uma jornalista e escritora de classe média que tem a música como sua maior paixão. Sua coleção de disco é volumosa e chama a atenção até mesmo da imprensa. Entrevistada sobre seu gosto por mídias físicas por um jornal, ela diz que ouve MP3 e streaming, mas que prefere vinil.

Esse pequeno detalhe é algo corriqueiro durante todo o filme, a de quebrar por completo as expectativas formadas no expectador. Ao vermos o equipamento de som antigo e as estantes cheias de discos, somos levados a crer em uma pessoa de perfil retrógrado, crença quebrada de imediato. Isso acontece em vários momentos, como no começo do filme, em que vemos um carro estacionar na praia à noite e pensamos em alguma transgressão, mas não passa de um momento de lazer. Ou então quando uns garotos chegam na praça durante uma aula de ioga, indicando que vão cometer alguma transgressão, mas se juntam a essa aula.

Clara vive em um apartamento à beira-mar, frequentemente passeando pela orla. É conhecida e sempre passa uma visão de respeito a todas as pessoas, como o salva-vidas da praia. Tem uma vida padrão para classe média, residindo bem, com segurança financeira, filhos adultos e criados. Além disso, guarda a marca de um câncer de mama que enfrentou em 1980, tendo um dos seios retirados.

Esse padrão de vida no qual ela está inserido começa a ser abalado quando recebe a proposta de uma construtora para vender seu apartamento. O plano é simples, comprar todos os apartamentos, derrubar e construir um prédio novo no lugar. Apesar do valor proposto pela construtura ser bem acima do de mercado, Clara recusa, vendo todos os seus vizinhos aceitando até ela permanecer como única moradora.

Sua recusa leva ao estouro de uma série de problemas em sua relações. A principal delas é a familiar. Em um almoço, seus dois filhos e sua filha levantam a questão e a questionam por não aceitar o valor oferecido pela construtora. Aqui, evidencia-se o distanciamento familiar: um dos filhos mal aparece, a filha se coloca como alguém em problemas financeiros após o divórcio e que precisa da ajuda da mãe e o outro filho não apresenta seu novo namorado. Ao mesmo tempo, Clara alimenta enorme proximidade com seu sobrinho, com quem divide o mesmo gosto por música e o mesmo temperamento desprendido, de quem o prazer e a arte trazem a satisfação da vida. Enquanto os filhos são fonte de problema, o sobrinho é fonte de amor e apoio.

A principal manifestação das ações da construtora se figura através de Diego, o rapaz que está planejando derrubar o prédio. Os embates entre ele e Clara são a principal mostra do conflito, que aqui claramente colocam os dois em polos opostos. Diego é jovem, Clara está entrando na terceira idade, Diego é materialista, Clara é desprendida, Diego é sonso e dissimulado, Clara é autêntica e desbocada. A relação dos dois, que de início se mostrar cordial, ao pouco se torna densa. E aqui reside o principal ponto negativo da obra.

Essa dicotomia quebra toda a sofisticação da realidade de Clara para entrar em um lugar comum. Diego é a encarnação do capitalismo selvagem que quer destruir o pequeno recanto dela. Ele diz que fez um curso de três anos nos Estados Unidos, e é o tipo de informação que soa como demonizante. Ele chega de carrão, e Clara tem um carro velho. O rapaz chega a fazer alusão à cor da pele de Clara, fortalecendo uma imagem de racista. São meros instrumentos para alavancar algo ao estilo “a burguesia fede”.

A premissa de um embate do fraco como o forte serve perfeitamente para o desenrolar dessa narrativa de Clara, porém fraqueja ao cair no lugar comum. Todo o roteiro do filme é minucioso, seja quebrando expectativas, seja na maneira singular como detalha cada um de seus eventos. Para um filme tão rico, cair nessa dialética acaba sendo uma falha notável, apesar de não comprometer o todo.

Aquarius pode ser colocado sem exagero algum na lista de melhores filmes brasileiros de todos os tempos. É um filme rico, deslumbrante, com uma personagem cativante e que associa a si o conteúdo de força feminina que tanta falta faz no cinema. O diretor acertou em cheio na narrativa, mesmo que tropeçando no lugar comum da luta de classes.


Guilherme Carvalhal
Itaperuna, 6/4/2017


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Bang bang: tiroteio de clichês de Marcelo Spalding
02. É preciso aprender a ser mulher de Adriana Baggio


Mais Guilherme Carvalhal
Mais Acessadas de Guilherme Carvalhal em 2017
01. Sabemos pensar o diferente? - 21/9/2017
02. Aquarius, quebrando as expectativas - 6/4/2017
03. A pós-modernidade de Michel Maffesoli - 8/6/2017
04. Mais espetáculo que arte - 16/3/2017
05. Literatura, quatro de julho e pertencimento - 20/7/2017


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL: GESTÃO DE RELAÇÕES PÚBLICAS
ROBERTO FONSECA VIEIRA
MAUAD
(2009)
R$ 15,82



A SEMENTE DE MOSTARDA - 11ª EDIÇÃO - VOLUME ÚNICO
OSHO
ÍCONE
(2018)
R$ 125,00



JERUSALEM (ISRAEL POCKET LIBRARY)
VÁRIOS E KETER BOOKS E ENCYCLOPAEDIA JUDAICA
KETER BOOKS
(1973)
R$ 32,82



GEOGRAFIA SÉRIE BRASIL ENSINO MÉDIO VOLUME ÚNICO
JOSÉ WILLIAM VESENTINI
ATICA
(2004)
R$ 5,00



OURO (NOVO, LACRADO)
CHRIS CLEAVE
INTRÍNSECA
(2013)
R$ 17,00



HISTÓRIA UNIVERSAL- VOLUME 21
CÉSARE CANTÚ
AMÉRICAS
(1957)
R$ 6,40



APRENDER A LER: VENCENDO O FRACASSO
EVELINE CHARMEUX
CORTEZ
(1997)
R$ 10,00



100 DICAS INFALÍVEIS PARA EMAGRECER E SE MANTER EM FORMA
FRED A STUTMAN E M D
SEXTANTE
(2007)
R$ 7,90



L HOMME AU MIROIR DE LANNÉE CHRÉTIENNE
KARL RAHNER
MAISON MAME
(1966)
R$ 29,82



QUANDO FUI MORTO EM CUBA
ROBERTO DRUMMOND
ATUAL
(1994)
R$ 5,00





busca | avançada
92061 visitas/dia
2,2 milhões/mês