Aquarius, quebrando as expectativas | Guilherme Carvalhal | Digestivo Cultural

busca | avançada
46744 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
Colunistas
Últimos Posts
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
>>> Steve Jobs em 1997
>>> Jeff Bezos em 2003
>>> Jack Ma e Elon Musk
>>> Marco Lisboa na Globonews
>>> Jorge Caldeira no Supertônica
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 2005: Diário de bordo
>>> Alfa Romeo e os bloggers
>>> Defesa dos Rótulos
>>> O Jovem Bruxo
>>> Sua Excelência, o Ballet de Londrina
>>> O diabo veste Prada
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
>>> Daniel Piza by Otavio Mesquita
>>> The Making of A Kind of Blue
>>> Dirty Dancing - Ritmo Quente
Mais Recentes
>>> Lusíada (Nº 1): Revista Ilustrada de Cultura.- Arte.- Literatura.- História.- Crítica de Martins Costa/ Portinari/ Texeira Pascoaes (obras de) pela Simão Guimarães & Filhos./ Porto (1952)
>>> Fábulas que Ajudam a Crescer de Vanderlei Danielski pela Ave Maria (1998)
>>> Ninguém é igual a ninguém de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (1994)
>>> Você Pode Escolher de Regina Rennó pela Do Brasil (1999)
>>> Apelido não tem cola de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (2019)
>>> Coração que bate, sente de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (1994)
>>> A galinha que criava um ratinho de Ana Maria Machado pela Ática (1995)
>>> Pinote, o fracote e Janjão, o fortão de Fernanda Lopes de Almeida pela Ática (2000)
>>> A lenda da noite de Guido Heleno pela José Olympio (1997)
>>> A História de uma Folha de Leo Buscaglia pela Record (1999)
>>> Chapeuzinho Amarelo de Chico Buarque pela José Olympio (1999)
>>> O último judeu: uma história de terror na Inquisição de Noah Gordon pela Racco (2000)
>>> Confissões de um Torcedor: Quatro copas e uma Paixão de Nelson Motta pela Objetiva (1998)
>>> Controle de Infecções e a Prática Odontológica em Tempos de Aids de Vários pela Brasília (2000)
>>> A Roda do Mundo de Edimilson de Almeida Pereira e Ricardo Aleixo pela Mazza/ Belo Horizonte (1996)
>>> Roda Mundo de Fanny Abramovich/ Ilustrações: Paulo Bernardo Vaz pela Formato/ Belo Horizonte (1993)
>>> Roda Mundo de Fanny Abramovich/ Ilustrações: Paulo Bernardo Vaz pela Formato/ Belo Horizonte (1993)
>>> Roda Mundo de Fanny Abramovich/ Ilustrações: Paulo Bernardo Vaz pela Formato/ Belo Horizonte (1993)
>>> A Propagação do Amor: Sobre o Plantio e a Colheita do Bem de Betty J. Eadie pela Nova Era/ Record (2003)
>>> Auto- Estima: Amar a Si Mesmo para Conviver Melhor Com os Outros de Christophe André - Françoise Lelord pela Nova Era/ Record (2003)
>>> Os Lusíadas: Reprodução Paralela das duas Edições de 1572 / Ed. Ltd. de Luis de Camões pela Impr. Nac. Casa da Moeda/ Lis (1982)
>>> Administração de Marketing: Desvendando os segredos de: Vendas. Promoç de Stephen Morse pela McGraw Hill (1988)
>>> Obras Completas de Álvares de Azevedo - 02 Tomos ) de Álvares de Azevedo/ Org. Notas: Homero Pires pela Companhia Ed. Nacional (1942)
>>> Obras Completas (Poesia, Prosa e Gramática) de Laurindo José da Silva Rabelo/ Org: O. de M. Braga pela Companhia Ed. Nacional (1946)
>>> Sempre Em Desvantagem de Walter Mosley pela Record (2001)
>>> Sempre Em Desvantagem de Walter Mosley pela Record (2001)
>>> Os Anos 80: Contagem Regressiva para o Juízo Final de Hall Lindsey pela Record/ RJ.
>>> Na Linha de Frente de Lawrence Block pela Companhia das Letras/ SP. (2010)
>>> Na Linha de Frente de Lawrence Block pela Companhia das Letras/ SP. (2010)
>>> O Fator Psicológico na Evolução Sintática (Encadernado) de Cândido Jucá (filho)/ Autografado pela Organização Simões/ Rio (1958)
>>> Príncipe das Trevas, Ou Monsieur - o Quinteto de Avignon- I de Lawrence Durrell pela Estação da Liberdade (1989)
>>> Pare de Engordar- Obesidade: um Problema Psicológico de Dr. Nelson Senise pela Record/ RJ.
>>> Os Hospedeiros de Belém de Maria Pires pela Imprensa Oficial/ B. Horizonte (1984)
>>> Os Hospedeiros de Belém de Maria Pires (autografado) pela Imprensa Oficial/ B. Horizonte (1984)
>>> Catálogo dos Editores Brasileiros de Affonso Romano de Sant Anna: Presidente pela Biblioteca Nacional/INL (1994)
>>> Fontes do Latim Vulgar : o Appendix Probi de Serafim da Silva Neto/ Autografado pela Livr. Academica/ RJ. (1956)
>>> Camões e Fernão Lopes de Thiers Martins Moreira/ Autografado pela Rio de Janeiro (1944)
>>> Ver- o- Peso: Estudos Antropológicos no Mercado de belém (Vol. II de Wilma Marques Leitão (organização) pela Paka- Tatu Ed. (2016)
>>> O Pensamento Vivo de Montaigne de André Gide/ Tradução: Sérgio Milliet pela Livr. Martins Ed. (1953)
>>> Na Beleza dos Lírios de John Updike pela Companhia das Letras (1997)
>>> O Nariz Detetive de Stella Carr/ Ilustrações: Avelino Guedes pela Scipione (2019)
>>> Bouvard e Pécuchet: Dois Patetas Iluminados de Gustave Flaubert pela Scipione (1988)
>>> Bouvard e Pécuchet: Dois Patetas Iluminados de Gustave Flaubert pela Scipione (1988)
>>> A Filha da Noite de Marion Zimmer pela Imago/ Rio de Janeiro (1986)
>>> Família e Mudança: O Familismo Numa Sociedade Arcaica em Transformação de C. A. Medina pela Vozes/ Ceris (1974)
>>> Quando Meu Pai Perdeu o Emprego de Wagner Costa pela Moderna/ SP. (1993)
>>> Fernão Lopes: Suas Crónicas Perdidas e a Crônica Geral do Reino... de A. de Magalhães Basto pela Livr. Progredir/ Lisboa (1943)
>>> Decifrar pessoas de Jo-Ellan Dimitrius e Mark Mazzarella pela Alegro (2000)
>>> Como fazer sabões e artigos de toucador de Ribeiro de mello pela Icone (1987)
>>> Pokémon extreme Batalha épica no mundo de dentro de Venom Extreme pela Sextante (2016)
COLUNAS

Quinta-feira, 6/4/2017
Aquarius, quebrando as expectativas
Guilherme Carvalhal

+ de 3100 Acessos



Apesar de ter sido posto como um filme sobre uma mulher lutando contra um projeto para demolir o prédio onde vive, em um típico embate de Davi contra Golias, Aquarius, o notório filme de Kleber Mendonça Filho ovacionado no Festival de Cannes que bateu na trave para ganhar a Palma de Ouro, vai muito mais longe do que o mero apelo a um modelo de narrativa que tende a cativar o público, a do mais fraco superando o mais forte. Trata-se de uma minuciosa leitura da vida da personagem principal e todas as suas correlações, tendo seu confronto para manter seu apartamento como eixo condutor.

Toda a história gira em torno de Clara, uma jornalista e escritora de classe média que tem a música como sua maior paixão. Sua coleção de disco é volumosa e chama a atenção até mesmo da imprensa. Entrevistada sobre seu gosto por mídias físicas por um jornal, ela diz que ouve MP3 e streaming, mas que prefere vinil.

Esse pequeno detalhe é algo corriqueiro durante todo o filme, a de quebrar por completo as expectativas formadas no expectador. Ao vermos o equipamento de som antigo e as estantes cheias de discos, somos levados a crer em uma pessoa de perfil retrógrado, crença quebrada de imediato. Isso acontece em vários momentos, como no começo do filme, em que vemos um carro estacionar na praia à noite e pensamos em alguma transgressão, mas não passa de um momento de lazer. Ou então quando uns garotos chegam na praça durante uma aula de ioga, indicando que vão cometer alguma transgressão, mas se juntam a essa aula.

Clara vive em um apartamento à beira-mar, frequentemente passeando pela orla. É conhecida e sempre passa uma visão de respeito a todas as pessoas, como o salva-vidas da praia. Tem uma vida padrão para classe média, residindo bem, com segurança financeira, filhos adultos e criados. Além disso, guarda a marca de um câncer de mama que enfrentou em 1980, tendo um dos seios retirados.

Esse padrão de vida no qual ela está inserido começa a ser abalado quando recebe a proposta de uma construtora para vender seu apartamento. O plano é simples, comprar todos os apartamentos, derrubar e construir um prédio novo no lugar. Apesar do valor proposto pela construtura ser bem acima do de mercado, Clara recusa, vendo todos os seus vizinhos aceitando até ela permanecer como única moradora.

Sua recusa leva ao estouro de uma série de problemas em sua relações. A principal delas é a familiar. Em um almoço, seus dois filhos e sua filha levantam a questão e a questionam por não aceitar o valor oferecido pela construtora. Aqui, evidencia-se o distanciamento familiar: um dos filhos mal aparece, a filha se coloca como alguém em problemas financeiros após o divórcio e que precisa da ajuda da mãe e o outro filho não apresenta seu novo namorado. Ao mesmo tempo, Clara alimenta enorme proximidade com seu sobrinho, com quem divide o mesmo gosto por música e o mesmo temperamento desprendido, de quem o prazer e a arte trazem a satisfação da vida. Enquanto os filhos são fonte de problema, o sobrinho é fonte de amor e apoio.

A principal manifestação das ações da construtora se figura através de Diego, o rapaz que está planejando derrubar o prédio. Os embates entre ele e Clara são a principal mostra do conflito, que aqui claramente colocam os dois em polos opostos. Diego é jovem, Clara está entrando na terceira idade, Diego é materialista, Clara é desprendida, Diego é sonso e dissimulado, Clara é autêntica e desbocada. A relação dos dois, que de início se mostrar cordial, ao pouco se torna densa. E aqui reside o principal ponto negativo da obra.

Essa dicotomia quebra toda a sofisticação da realidade de Clara para entrar em um lugar comum. Diego é a encarnação do capitalismo selvagem que quer destruir o pequeno recanto dela. Ele diz que fez um curso de três anos nos Estados Unidos, e é o tipo de informação que soa como demonizante. Ele chega de carrão, e Clara tem um carro velho. O rapaz chega a fazer alusão à cor da pele de Clara, fortalecendo uma imagem de racista. São meros instrumentos para alavancar algo ao estilo “a burguesia fede”.

A premissa de um embate do fraco como o forte serve perfeitamente para o desenrolar dessa narrativa de Clara, porém fraqueja ao cair no lugar comum. Todo o roteiro do filme é minucioso, seja quebrando expectativas, seja na maneira singular como detalha cada um de seus eventos. Para um filme tão rico, cair nessa dialética acaba sendo uma falha notável, apesar de não comprometer o todo.

Aquarius pode ser colocado sem exagero algum na lista de melhores filmes brasileiros de todos os tempos. É um filme rico, deslumbrante, com uma personagem cativante e que associa a si o conteúdo de força feminina que tanta falta faz no cinema. O diretor acertou em cheio na narrativa, mesmo que tropeçando no lugar comum da luta de classes.


Guilherme Carvalhal
Itaperuna, 6/4/2017


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Como ser um Medina de Ana Elisa Ribeiro
02. O Precioso Livro da Miriam de Marilia Mota Silva
03. Contos de imaginação e mistério de Gian Danton
04. Vida conjugal de Guilherme Pontes Coelho
05. A decadência do herói de André Graciotti


Mais Guilherme Carvalhal
Mais Acessadas de Guilherme Carvalhal em 2017
01. Sabemos pensar o diferente? - 21/9/2017
02. Aquarius, quebrando as expectativas - 6/4/2017
03. A pós-modernidade de Michel Maffesoli - 8/6/2017
04. Mais espetáculo que arte - 16/3/2017
05. Literatura, quatro de julho e pertencimento - 20/7/2017


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




OS MESTRES DA INTERCOIFFURE MODA, ESSA ESPECIE DE VIRUS, MUTANTE FUGAZ
FERNANDO NATIVIDADE
ORANGE STAR
(2005)
R$ 30,00



REDES MÓVEIS - TECNOLOGIAS E ESPECTRO DE FREQÜENCIAS
VINÍCIUS OLIVEIRA CARAM GUIMARÃES
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 391,00



A DAMA E O UNICÓRNIO
TRACY CHEVALIER
BERTRAND BRASIL
(2006)
R$ 15,00



QUERIDO DIÁRIO OTÁRIO 8 - NÃO É MINHA CULPA SE EU SEI DE TUDO
JIM BENTON
FUNDAMENTO
(2015)
R$ 34,00



PENSADORES
MARIO VITOR SANTOS
REALEJO
(2015)
R$ 54,90



BIBLIOTECA DA MATEMÁTICA MODERNA - VOLUME 5
ANTÔNIO MARMO DE OLIVEIRA E AGOSTINHO SILVA
LISA
(1976)
R$ 15,00



UM CERTO SUICÍDIO
PATRICIA HIGHSMITH
BEST SELLER
R$ 15,00



POLUIÇÃO DO AR: SAMUEL MURGEL BRANCO, EDUARDO MURGEL
SAMUEL MURGEL BRANCO; EDUARDO MURGEL
MODERNA
(1995)
R$ 8,00



MEMÓRIAS DE ADRIANO
MARGUERITE YOURCENAR
NOVA FRONTEIRA
(1985)
R$ 4,90



OBSTETRÍCIA VOLUME 1 - DIAGNÓSTICO DE GRAVIDEZ
EQUIPE MEDCURSO
MEDCURSO
(2012)
R$ 4,99





busca | avançada
46744 visitas/dia
1,1 milhão/mês