Utopia | Juliano Maesano | Digestivo Cultural

busca | avançada
74271 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Inspirado nas Living Dolls, espetáculo de Dan Nakagawa tem Helena Ignez como atriz convidada
>>> As Caracutás apresentam temporada online de Tecendo Diálogos com bate-papo e oficina
>>> Obra de referência em nutrição de plantas ganha segunda edição revista e ampliada
>>> FAAP promove bate-papo com as atrizes Djin Sganzerla, Zezita Matos e com o diretor Allan Deberton
>>> Elísio Lopes Jr comanda oficina gratuita de dramaturgia nesta sexta-feira (27)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
Colunistas
Últimos Posts
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Show him what he is like
>>> Machado polímata
>>> In the Line of Fire
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> A polêmica dos quadrinhos
>>> Ad Usum Juventutis
>>> Schopenhauer sobre o ofício de escritor
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Últimos Dias, de Gus Van Sant
>>> Poesia sem ancoradouro: Ana Martins Marques
Mais Recentes
>>> Passagens – Crises Previsíveis da Vida Adulta de Gail Sheehy pela Francisco Alves (1980)
>>> A Chave da Longevidade de Dr. Hugues Destrem pela Europa-América (1979)
>>> A Força da Saúde de Victor Hugo Belardinelli pela Movimento (2013)
>>> O Envelhecimento de Luiz Eugênio Garcez Leme pela Contexto (1997)
>>> Velhice - Culpada ou Inocente? de Carlos Eduardo Accioly Durgante pela Doravante (2008)
>>> Envelhecimento Bem-Sucedido de Newton Luiz Terra e Beatriz Dornelles (Orgs.) pela Edipucrs (2003)
>>> Naturalmente Mais Jovem de Roxy Dillon pela Sextante (2016)
>>> Direito Administrativo Descomplicado de Marcelo Alexandrino e Vicente Paulo pela Método (2019)
>>> Tópicos de Matemática Aplicada de Luiz Roberto Dias de Macedo, Nelson Pereira Castanheira e Alex Rocha pela Intersaberes (2018)
>>> Gestão de Custos de Carlos Ubiratan da Costa Schier pela Ibpex (2011)
>>> Ética Empresarial na Prática de Mario Sergio Cunha Alencastro pela Intersaberes (2016)
>>> Gestão Socioambiental no Brasil de Rodrigo Berté pela Intersaberes Dialógica (2013)
>>> Ferramentas Para a Moderna Gestão Empresarial - Teoria, Implementação e Prática de Maria Inês Caserta Scatena pela Intersaberes Dialógica (2012)
>>> O rio do tempo de Hernani Donato pela Círculo do livro (1976)
>>> O menino de areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1986)
>>> Breton/ Trotski - Por uma arte revolucionária independente de Valentim Facioli pela Paz e Terra (1985)
>>> Dize-me com quem andas de Mary McCarthy pela Civilização Brasileira (1967)
>>> Uma vida encantada de Mary McCarthy pela Civilização Brasileira (1967)
>>> Quem vai fazer a chuva parar? de Robert Stone pela Companhia das letras (1988)
>>> Meus amigos de Emmanuel Bove pela Companhia das letras (1987)
>>> Rastro do fogo que se afasta de Luis Goytisolo pela Companhia das letras (1988)
>>> Vista do amanhecer no Trópico de G. Cabrera Infante pela Companhia das letras (1988)
>>> Tebas do meu coração de Nélida Piñon pela José Olympio (1974)
>>> A república dos sonhos de Nélida Piñon pela Francisco Alves (1984)
>>> O caso Morel de Ruben Fonseca pela Artenova (1973)
>>> E do meio do mundo prostituto só amores guardei do meu charuto/História de amor (Box) de Ruben Fonseca pela Companhia das letras (1997)
>>> A marcha Húngara de Henri Coulonges pela Difel (1994)
>>> A mais que branca de José Geraldo Vieira pela Melhoramentos (1975)
>>> Sobras completas de Nelson Motta pela Nova fronteira (1984)
>>> O Amor é a Melhor Estratégia de Tim Sanders pela Sextante (2003)
>>> Seria trágico... se não fosse cômico: Humor e Psicanálise de Abrão Slavutzky; Daniel Kupermann pela Civilização Brasileira (2005)
>>> Dez Coisas que Eu Amo em Você - Trilogia Bevelstoke Livro 3 de Julia Quinn pela Arqueiro (2020)
>>> S.O.S. Dinâmica de Grupo de Albigenor & Rose Militão pela QualityMark (2001)
>>> Constelação Familiar de Divaldo Franco pela Livraria Espírita Alvorada (2009)
>>> Outlander: A Viajante do Tempo - Livro 1 de Diana Gabaldon pela Saída de Emergência (2014)
>>> Investimentos Inteligentes (Para Conquistar e Multiplicar o Seu Primeiro Milhão) de Gustavo Cerbasi pela Thomas Nelson Brasil (2008)
>>> El Cuaderno de Maya de Isabel Allende pela Sudamericana (2011)
>>> A Cama na Varanda: Arejando Nossas Idéias a Respeito de Amor e Sexo de Regina Navarro Lins pela Rocco (2000)
>>> A Vida é Bela no Trabalho de Dominique Glocheux pela Sextante
>>> Eugène Delacroix 1798-1863: O Príncipe do Romantismo de Gilles Néret pela Taschen (2001)
>>> Agora Aqui Ninguém Precisa de Si de Arnaldo Antunes pela Companhia das Letras (2015)
>>> Nu de Botas de Antonio Prata pela Companhia das Letras (2013)
>>> Trilogia Suja de Havana de Pedro Juan Gutiérrez pela Companhia das Letras (1999)
>>> As Religiões no Rio de João do Rio pela Jose Olympio (2015)
>>> A Teoria da Causa Madura no Processo do Trabalho de Ben-hur Silveira Claus pela Ltr (2019)
>>> Pimentas de Raul Lody pela Nacional (2018)
>>> Zen a a Arte de Manutenção de Motocicletas de Robert M. Pirsig pela Paz e Terra (1984)
>>> Monobloco - uma Biografia de Leo Morel pela Azougue (2015)
>>> Lei Antiterror Anotada - Lei 13. 260 de Acácio Miranda Silva Filho, Alex Wilson Ferreira pela Foco (2018)
>>> Marketing de Nichos de Alexandre Luzzi las Casas pela Atlas (2015)
COLUNAS

Quinta-feira, 7/3/2002
Utopia
Juliano Maesano

+ de 4500 Acessos
+ 3 Comentário(s)


Já aviso logo que essa coluna não trata da banda que um dia virou Mamonas Assassinas, nem sobre nenhum livro filosófico europeu. A palavra Utopia nesse caso se refere a um fantástico jogo via internet. Talvez o melhor de todos... pelo menos está dentre os melhores.

O mundo de Utopia traz um jogo de estratégia passado numa era "meio" medieval. Uma mistura de Idade Média com RPGs e o mundo de J.R.R. Tolkien, pois traz diversas referências às obras do escritor e seus semelhantes. O objetivo parece ser o de sobreviver. Você é o soberano de uma província e interage com o mundo a seu redor. Dependendo de seu sucesso, você pode se tornar um cavaleiro, um lorde, conde ou barão, dentre outros títulos honorários...

As províncias juntas formam um reino, que é governado por um rei, o soberano mais votado por todas as províncias do seu reino, no caso. Para sobreviver no mundo de Utopia, você pode usar de várias artimanhas, começando por criar seu personagem e escolher suas características. Cada raça tem seus prós e contras: pode ser humano, elfo, anão, orc ou até um tal de avian, que para mim deve ser algo semelhante a um pterodáctilo ou um ser alado qualquer. Não sei direito pois nunca escolhi ser um, sempre me decido pelos humanos mesmos. Depois você escolhe o seu nome, o nome da sua província e a sua personalidade. As mais comuns são mercador, guerreiro, místico e ladrão. Cada uma também tem suas qualidades e defeitos...

Depois de toda essa diversão, você começa a jogar um jogo que dura muitos meses. Vai crescendo, adquirindo acres e acres de terra... seja por meio de exploração ou de conquistas em guerras contra reinos vizinhos. Para tal você precisa montar seus exércitos e cuidar do seu povo, construir casas, fazendas, estábulos e diversos tipos de edificações, onde cada uma também lhe auxilia com suas qualidades.

Caso não seja um guerreiro, pode usar de magia ou "gatunagem" para cuidar de sua província, lançando feitiços contra seus inimigos ou roubando grãos e moedas de ouro dos outros. O que importa é que a diversão não tem fim. Quando a grana acaba e não há o que fazer, é só desconectar e voltar mais tarde, quando os impostos da sua população encherão novamente os cofres. Lembre-se, cada hora de tempo real é aproximadamente um dia no Utopia.

Ainda nunca fui rei. Mas o monarca tem o direito de fazer acordos de paz, declarar guerra contra outros reinos e tomar muitas outras decisões, como iniciar a criação de um dragão, que poderá combater seus inimigos e ser de grande valia nas batalhas.

O mundo de Utopia é por demais complexo, só participando para compreender e conhecer suas sutilezas. Levei duas eras para me interar mais ou menos bem, e ser um dos líderes do meu reino, onde protejo todos com minha espada. Pela falta de magos, peço aos parceiros para lançar feitiços de proteção... pela falta de bons ladrões, peço aos vizinhos para assassinar os soldados inimigos na calada da noite... tudo para abrir os portões do inimigo para a passagem do meu exército, que hoje cresce como nunca.

Para quem tem algum interesse, prometo que vale a pena entrar nessa comunidade imensa de participantes... alguns casuais que participam uma vez por semana, outros tão viciados que "entram" umas três vezes por dia... pois o medo de uma retaliação pode sim, ser imenso... e você aprende que nunca é tão grande quanto pensa, e nunca tão imbatível quanto aparenta.... e ver seus acres de casas, fazendas e bancos serem surrupiados enquanto você estava dando duro no escritório é um sentimento indescritível.

Direitos Humanos

Logo após a maravilhosa ação cinematográfica da polícia de São Paulo contra o tal ônibus do PCC, já podemos ver alguns trouxas dos "direitos humanos" querendo abrir as suas bocas. Quando que vão ficar espertos? Pelo menos nota-se que alguns dos babacas estão mais quietinhos, como o próprio Suplicy e um ou outro trouxa de plantão. Também, depois de ser chifrado e ver dois amigos políticos do PT assassinados, esse tipo de babaca está entendendo a atual situação do povo acuado.

Assumo que fiquei extasiado com a notícia de que um garoto de 16 anos pode ser o assassino do prefeito Celso Daniel. Seja isso verdade ou só um "pega-trouxa" para a justiça, o que importa é que os pulhas dos "direitos humanos" têm aí mais um caso a reconsiderar. Será que essas pobres crianças não sabem o que fazem e merecem continuar soltas nas ruas? Pobres crianças, mas tudo bem, elas serão encaminhadas à Vara da Infância e serão educadas e socializadas...

Queria poder ver a cara do babaca-mór do PT, o tal baixinho-careca-Inspetor-Willoughby Greenhalgh...hahaha, e agora?


Juliano Maesano
São Paulo, 7/3/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Blogo, logo existo de Alexandre Inagaki
02. Como E Por Que Ler O Romance Brasileiro de Ricardo de Mattos


Mais Juliano Maesano
Mais Acessadas de Juliano Maesano em 2002
01. Trem Fantasma - 11/4/2002
02. Figurinhas - 25/4/2002
03. Utopia - 7/3/2002
04. Oscar 2002 - 21/3/2002
05. Civilizado? - 2/5/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
6/3/2002
02h10min
Valeu, Juliano, esse jogo é mesmo animal. Mas os viciados (já fui um) não entram apenas três vezes por dia... entram de hora em hora... Abraço, Fabio.
[Leia outros Comentários de Fabio]
3/5/2002
02h00min
Boa Juliano, excelente artigo! O Utopia é mesmo muito bom. Alias é tão bom e viciante que eu e uns amigos inauguramos uma aliança brasileira, se alguem quiser participar, por favor nos visite em http://www.avidgamers.com/brasil ! Valeu
[Leia outros Comentários de Vinicius]
10/6/2002
16h19min
Ótima matéria sobre o jogo Utopia... é um jogo realmente interessante, principalmente por se tratar da era medieval... Agora tenho uma critica ao seu último texto... os pulhas dos "direitos humanos"... você sabe, por que foi criado os Direitos Humanos? Por mais errados que estejam os bandidos do PCC, violência, sempre irá gerar violência... matar os bandidos, resolveu algo? Pensamos nas famílias dos que sofreram pela ação dos bandido, agora pense pela vida ordinária que eles tiveram, para chegar a tal ponto... a que tipo de violência sofreram para se rebelarem negativamente... isto não é desculpa, mas não estamos acima deles, para julga-los e condena-los a morte... Não sou dos Direitos Humanos, mas defendo a vida incondicionalmente... e no caso deles, poderia ser criado presidiária agrícola... Atenciosamente, Anderson Soares
[Leia outros Comentários de Anderson Soares]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




COMUNICAÇÃO COM OS ANJOS E OS DEVAS - 1ª EDIÇÃO
DOROTHY MACLEAN
PENSAMENTO
(2001)
R$ 25,95



A GAROTA INGLESA
DANIEL SILVA
ARQUEIRO
(2015)
R$ 130,00



O EXAME DE LATIM (EDIÇÃO B - SEM PONTOS)
NICOLAU FIRMINO
SIMÕES LOPES E OUTRAS
(1941)
R$ 32,28



THE VITAMINS - CHEMISTRY, PHYSIOLOGY, PATHOLOGY VOL III
W. H. SEBRELL JR ROBERT S. HARRIS
ACADEMIC PRESS
(1954)
R$ 31,98



DENUNCIAÇÃO DA LIDE NO DIREITO PROCESSUAL CIVIL BRASILEIRO
SYDNEY SANCHES
REVISTA DOS TRIBUNAIS (SP)
(1984)
R$ 31,28



FILOSOFAR PELO FOGO ANTOLOGIA DE TEXTO ALQUÍMICOS
FRANÇOISE BONARDEL
MADRAS
(2012)
R$ 68,61



NOVÍSSIMO CURSO VESTIBULAR NOVA CULTURAL HISTÓRIA DO BRASIL 1 E 2
CLARENCE JOSÉ DE MATOS
NOVA CULTURAL
(1991)
R$ 20,00



SOCIEDADES POR QUOTAS
AGOSTINHO ANTONIO F. CADETE
ELCLA (PORTO)
(1992)
R$ 26,82



SEXO DEFINITIVO-TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE SEXO SENSUALIDADE
JUDY BASTYRA
MADRAS
(2013)
R$ 99,00



TABLEAUX SYNOPTIQUES D EXPLORATION CHIRURGICALE DES ORGANES
DOCTEUR CHAMPEAUX
J-B BAILLIÈRE ET FILS
(1901)
R$ 75,87





busca | avançada
74271 visitas/dia
2,0 milhões/mês