Utopia | Juliano Maesano | Digestivo Cultural

busca | avançada
51300 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 7/3/2002
Utopia
Juliano Maesano

+ de 4400 Acessos
+ 3 Comentário(s)


Já aviso logo que essa coluna não trata da banda que um dia virou Mamonas Assassinas, nem sobre nenhum livro filosófico europeu. A palavra Utopia nesse caso se refere a um fantástico jogo via internet. Talvez o melhor de todos... pelo menos está dentre os melhores.

O mundo de Utopia traz um jogo de estratégia passado numa era "meio" medieval. Uma mistura de Idade Média com RPGs e o mundo de J.R.R. Tolkien, pois traz diversas referências às obras do escritor e seus semelhantes. O objetivo parece ser o de sobreviver. Você é o soberano de uma província e interage com o mundo a seu redor. Dependendo de seu sucesso, você pode se tornar um cavaleiro, um lorde, conde ou barão, dentre outros títulos honorários...

As províncias juntas formam um reino, que é governado por um rei, o soberano mais votado por todas as províncias do seu reino, no caso. Para sobreviver no mundo de Utopia, você pode usar de várias artimanhas, começando por criar seu personagem e escolher suas características. Cada raça tem seus prós e contras: pode ser humano, elfo, anão, orc ou até um tal de avian, que para mim deve ser algo semelhante a um pterodáctilo ou um ser alado qualquer. Não sei direito pois nunca escolhi ser um, sempre me decido pelos humanos mesmos. Depois você escolhe o seu nome, o nome da sua província e a sua personalidade. As mais comuns são mercador, guerreiro, místico e ladrão. Cada uma também tem suas qualidades e defeitos...

Depois de toda essa diversão, você começa a jogar um jogo que dura muitos meses. Vai crescendo, adquirindo acres e acres de terra... seja por meio de exploração ou de conquistas em guerras contra reinos vizinhos. Para tal você precisa montar seus exércitos e cuidar do seu povo, construir casas, fazendas, estábulos e diversos tipos de edificações, onde cada uma também lhe auxilia com suas qualidades.

Caso não seja um guerreiro, pode usar de magia ou "gatunagem" para cuidar de sua província, lançando feitiços contra seus inimigos ou roubando grãos e moedas de ouro dos outros. O que importa é que a diversão não tem fim. Quando a grana acaba e não há o que fazer, é só desconectar e voltar mais tarde, quando os impostos da sua população encherão novamente os cofres. Lembre-se, cada hora de tempo real é aproximadamente um dia no Utopia.

Ainda nunca fui rei. Mas o monarca tem o direito de fazer acordos de paz, declarar guerra contra outros reinos e tomar muitas outras decisões, como iniciar a criação de um dragão, que poderá combater seus inimigos e ser de grande valia nas batalhas.

O mundo de Utopia é por demais complexo, só participando para compreender e conhecer suas sutilezas. Levei duas eras para me interar mais ou menos bem, e ser um dos líderes do meu reino, onde protejo todos com minha espada. Pela falta de magos, peço aos parceiros para lançar feitiços de proteção... pela falta de bons ladrões, peço aos vizinhos para assassinar os soldados inimigos na calada da noite... tudo para abrir os portões do inimigo para a passagem do meu exército, que hoje cresce como nunca.

Para quem tem algum interesse, prometo que vale a pena entrar nessa comunidade imensa de participantes... alguns casuais que participam uma vez por semana, outros tão viciados que "entram" umas três vezes por dia... pois o medo de uma retaliação pode sim, ser imenso... e você aprende que nunca é tão grande quanto pensa, e nunca tão imbatível quanto aparenta.... e ver seus acres de casas, fazendas e bancos serem surrupiados enquanto você estava dando duro no escritório é um sentimento indescritível.

Direitos Humanos

Logo após a maravilhosa ação cinematográfica da polícia de São Paulo contra o tal ônibus do PCC, já podemos ver alguns trouxas dos "direitos humanos" querendo abrir as suas bocas. Quando que vão ficar espertos? Pelo menos nota-se que alguns dos babacas estão mais quietinhos, como o próprio Suplicy e um ou outro trouxa de plantão. Também, depois de ser chifrado e ver dois amigos políticos do PT assassinados, esse tipo de babaca está entendendo a atual situação do povo acuado.

Assumo que fiquei extasiado com a notícia de que um garoto de 16 anos pode ser o assassino do prefeito Celso Daniel. Seja isso verdade ou só um "pega-trouxa" para a justiça, o que importa é que os pulhas dos "direitos humanos" têm aí mais um caso a reconsiderar. Será que essas pobres crianças não sabem o que fazem e merecem continuar soltas nas ruas? Pobres crianças, mas tudo bem, elas serão encaminhadas à Vara da Infância e serão educadas e socializadas...

Queria poder ver a cara do babaca-mór do PT, o tal baixinho-careca-Inspetor-Willoughby Greenhalgh...hahaha, e agora?


Juliano Maesano
São Paulo, 7/3/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Lira da resistência ao futebol gourmet de Luís Fernando Amâncio
02. O retrato da Cidade de Elisa Andrade Buzzo
03. Leitura e escola de Gian Danton
04. Quando se abrem as portas de Elisa Andrade Buzzo
05. A excelência do espírito de Guilherme Pontes Coelho


Mais Juliano Maesano
Mais Acessadas de Juliano Maesano em 2002
01. Trem Fantasma - 11/4/2002
02. Figurinhas - 25/4/2002
03. Utopia - 7/3/2002
04. Oscar 2002 - 21/3/2002
05. Civilizado? - 2/5/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
6/3/2002
02h10min
Valeu, Juliano, esse jogo é mesmo animal. Mas os viciados (já fui um) não entram apenas três vezes por dia... entram de hora em hora... Abraço, Fabio.
[Leia outros Comentários de Fabio]
3/5/2002
02h00min
Boa Juliano, excelente artigo! O Utopia é mesmo muito bom. Alias é tão bom e viciante que eu e uns amigos inauguramos uma aliança brasileira, se alguem quiser participar, por favor nos visite em http://www.avidgamers.com/brasil ! Valeu
[Leia outros Comentários de Vinicius]
10/6/2002
16h19min
Ótima matéria sobre o jogo Utopia... é um jogo realmente interessante, principalmente por se tratar da era medieval... Agora tenho uma critica ao seu último texto... os pulhas dos "direitos humanos"... você sabe, por que foi criado os Direitos Humanos? Por mais errados que estejam os bandidos do PCC, violência, sempre irá gerar violência... matar os bandidos, resolveu algo? Pensamos nas famílias dos que sofreram pela ação dos bandido, agora pense pela vida ordinária que eles tiveram, para chegar a tal ponto... a que tipo de violência sofreram para se rebelarem negativamente... isto não é desculpa, mas não estamos acima deles, para julga-los e condena-los a morte... Não sou dos Direitos Humanos, mas defendo a vida incondicionalmente... e no caso deles, poderia ser criado presidiária agrícola... Atenciosamente, Anderson Soares
[Leia outros Comentários de Anderson Soares]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




EU NÃO CONSIGO EMAGRECER
DR PIERRE DUKAN
BEST SELLER
(2012)
R$ 39,90



A VIRGEM E O CIGANO
D. H. LAWRENCE
CÍRCULO DO LIVRO
(1975)
R$ 29,90



ECONOMIA
PAUL WONNACOTT / RONALD WONNACOTT
MAKRON BOOKS
(1994)
R$ 10,00



DIREITO & JUSTIÇA VOL 39 NÚMERO 1 JAN/JUN
PUC RIO GRANDE DO SUL
EDIPUCRS
(2013)
R$ 15,00



NOVO NASCIMENTO
BISPO MACEDO
UNIPRO
(2009)
R$ 5,90



SUCESSO ESCOLAR
MÁRIO DE NORONHA E ZÉLIA DE NORONHA
PLÁTANO
(1998)
R$ 17,86



CONTRATO
LUIZ ROLDÃO DE FREITAS GOMES
RENOVAR
(1999)
R$ 24,95



UM LUGAO AO SOL
ERICO VERISSIOM
GLOBO
(1982)
R$ 13,39



DOM CASMURRO
MACHADO DE ASSIS
CIRANDA CULTURAL
(2006)
R$ 25,00
+ frete grátis



ACENTOS DEL ESPANOL 4
ARANCHA PABLOS ZUNIGA
EDELVIVES
(2014)
R$ 20,00





busca | avançada
51300 visitas/dia
1,8 milhão/mês