Figurinhas | Juliano Maesano | Digestivo Cultural

busca | avançada
55373 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Unil oferece abordagem diferenciada da gramática a preparadores e revisores de texto
>>> Conversas no MAB com Sergio Vidal e Ana Paula Lopes
>>> Escola francesa de Design, Artes e Comunicação Visual inaugura campus em São Paulo
>>> TEATRO & PODCAST_'Acervo e Memória', do Célia Helena, relembra entrevista com Nydia Licia_
>>> Projeto Cultural Samba do Caxinha cria arrecadação virtual para gravação de seu primeiro EP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
>>> A Web 2.0 Critique
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> O do contra
>>> American Dream
>>> Todas as Tardes, Escondido, Eu a Contemplo
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Delicado, vulnerável, sensível
>>> De Kooning em retrospectiva
Mais Recentes
>>> Medida Provisória 1 6 1 de Ademir Antonio Bacca pela Toazza
>>> Eu amo Hollywood de Lindsey Kelk pela Fundamento (2013)
>>> A Torre Invisível de Nils Johnson-Shelton pela Intrinseca (2013)
>>> De Volta ao Paraíso de Gwen Davis pela Nova Epoca
>>> Karma =A Justiça Infalível de A.C.Bhaktivedanta pela Associação BBT Brasil (2011)
>>> Como a Starbucks salvou minha vida. de Michael Gates Gill pela Sextante (2008)
>>> Conspiração Telefone de Walter Wager pela Circulo do livro
>>> Perdida - Um Amor Que Ultrapassa as Barreiras do Tempo de Carina Rissi pela Verus (2013)
>>> Bosque da Solidão de Nilson Luiz May pela Seriptum (2017)
>>> Respostas para o Jovem Phn de Dunga pela Canção Nova (2013)
>>> Administração Pública de Augustinho Paludo pela Gen (2019)
>>> 130 anos - Em Busca da República de 9788551004968 pela Intrínseca (2019)
>>> Encontro Marcado de Raul Moreau pela Portal Mix (2010)
>>> No Ritmo em Que o Vento Assovia de Raul Moreau pela Portal Mix (2011)
>>> Quase Memória de Carlos Heitor Cony pela Alfaguara (2020)
>>> Estudos = Design & Tecnologia de Abimóvel - Promóvel pela Alternativa (2002)
>>> Battle Royale - the Novel de Koushun Takami pela Haika Soru (2009)
>>> Querência em Prosa de Manoel Lopes Haygert pela Do autor. (1991)
>>> Aspectos jurídicos do atendimento às vítimas de violência sexual. de Delano de Aquino Silva pela Ms (2011)
>>> Antes de dizer Sim de Jaime Kemp pela Mundo Cristão (1999)
>>> Fallen de Lauren Kate pela Galera Record (2012)
>>> Nu entre os lobos de Bruno Apitz pela Nosso Tempo (1971)
>>> Coisas que toda garota deve saber. de Samantha Rugen pela Melhoramentos (1997)
>>> A Queda para o Alto de Herzer pela Vozes (1983)
>>> As Vantagens de Ser Invisível de Stephen Chbosky pela Rocco (2007)
>>> Doces Venenos de Lidia Rosenberg Aratangy pela Olho Dágua (2008)
>>> A máquina extraviada de José J. Veiga pela Civilização brasileira (1974)
>>> Cara ou coroa ? de Fernando Sabino pela Ática (2000)
>>> Conte Sua História de São Paulo de Milton Jung pela Globo (2006)
>>> Letras Perdidas de Luís Dill pela Oceano Indústria Gráfica (2006)
>>> Minhas vidas passadas de Mario Prata pela Planeta (2012)
>>> A Cadeira do Dentista & Outras Crônicas de Carlos Eduardo Novaes pela Ática (2002)
>>> Os Recicláveis de Toni Brandão pela A Caixa verde (2010)
>>> Sete desafios para ser rei de Jan Terlouw pela Atica (2003)
>>> Quem Diria Que Viver ia Dar Nisso de Martha Medeiros pela L&PM (2018)
>>> Entre os Monges do Tibete de Lobsang Rampa pela Record (1960)
>>> O menino do dedo verde de Maurice Druon pela José Olympio (2013)
>>> Ruínas do Tempo de Jess Walter pela Verus (2013)
>>> Os nossos pés de todos os dias de Apollo Taborda França pela Do autor (1984)
>>> Por Um Fio de Drauzio Varella pela Cia das Letras (2004)
>>> Gay Plays de William M. Hoffman pela Avon Books (1979)
>>> Existe Sempre uma Razão de Elisa Masselli pela Mensagem de Luz (2007)
>>> A Segunda Vida: um guia para a mulher madura de Marisa Sanabria pela Êxito (2015)
>>> Outra Vez a Esperança de Antonio Carlos Neves pela Mercado Aberto (1987)
>>> Os Bons e os Justos de Lourenço Cazarré pela Mercado Aberto (1993)
>>> Clebynho - O Babalorixá Aprendiz de Leandro Müller pela Pallas (2010)
>>> As Maluquices do Imperador de Paulo Setúbal pela Nacional (1983)
>>> A Felicidade é Fácil de Edney Silvestre pela Record (2011)
>>> Contos. Porque Conto - autografado de Públio José pela Do autor (2009)
>>> Paratii: entre dois pólos de Amyr Klink pela Companhia da Letras (1992)
COLUNAS

Quinta-feira, 25/4/2002
Figurinhas
Juliano Maesano

+ de 5500 Acessos
+ 7 Comentário(s)


Quem aqui, quando garoto, colecionava figurinhas? Lembram dos álbuns, das figurinhas carimbadas, da ânsia de completar todas as páginas? Como estamos em época de Copa do Mundo, reparei que há muito tempo não se fazem álbuns de figurinhas como antigamente... Até que numa ou outra das últimas Copas fizeram uns, mas eram daqueles "meia-boca"... Acho até que meu irmão guardou com ele os nossos antigos álbuns, preciso ver... Tinha do Campeonato Brasileiro também...

Quando éramos bem novos, colecionávamos juntos... Eu, ele e meus pais. Depois teve a época que cada um quis ter o seu... Não havia um dia que passasse sem pararmos numa banca ou padaria para comprar uns envelopinhos. As vezes meu pai chegava do trabalho com envelopinhos de presente... Lembram dos envelopes antigos? Eram de um papel meio-jornal... lembro até do cheiro.

Cá entre nós, não tem como falar de figurinha sem falar no jogo de "bafo", não é? Acho que todos sabem do que falo, o jogo consiste em fazer montinhos de figurinhas e batê-las com a mão... As que virassem, com a pressão ou o vento, ficavam com quem bateu... Acho que não havia diretor de escola ou professor que não ficasse doido com isso, pois quase todos meninos da escola levavam suas figurinhas e armavam o circo... Isso quando os mais grandões não pegavam à força as figurinhas dos menores e quando os engraçadinhos não batiam na mão de alguém, só pra ver todas aquelas figurinhas saírem voando pelo pátio...

Outro evento eram as trocas de figurinhas... Pra completar o álbum fazia-se de tudo: trocar com amigos ou com desconhecidos... As mais difíceis ou carimbadas eram trocadas em sigilo, muitas vezes... E você tinha que dar várias figurinhas para pegar uma só, a que tanto faltava pra completar sua zaga ou um time inteiro... Ah, a cada time completo era uma festa!

- Pai ! Consegui o Dasayev! Completamos a URSS!

Para completar tudo isso, não posso deixar de falar do livro mais famoso entre os jovens do primário, publicado na década de 60 (se não me engano), O Gênio do Crime. Aposto que 80% de vocês sabem de que livro estou falando, uma obra prima da literatura juvenil, escrito por J.C. Marinho Silva.

Pois é, em clima de Copa do Mundo e figurinhas, comprei pela internet uma edição do Gênio do Crime, pois não sabia mais por onde andava o meu... Confesso que no site havia também uma nova edição, com uma chamativa ilustração de capa onde vê-se uma mão batendo figurinhas... Mas eu escolhi uma mais antiga mesmo (e até mais cara), onde a ilustração é a mesma de quando li pela primeira vez: dois meninos seguindo um par de pernas, muito misterioso...

Pra quem não leu ou não lembra, o livro conta a história de uma turma de garotos (Bolacha, Pituca e Edmundo) que tenta ajudar o dono de uma fábrica de álbuns e figurinhas a encontrar um falsificador, o Gênio do Crime... Reli quando o livro chegou em casa, um dia após a compra. Durou curtos trinta minutos...

Antes de ler eu me lembrava de cenas que me marcaram, como a banheira de ácido para dissolver Bolacha ou o método de perseguição do cambista (que deve ser o momento retratado na capa). Leiam essa passagem da primeira página, sobre as figurinhas:

"Deu mania, mania forte, dessas que ficam comichando o dia inteiro na cabeça da gente e não deixam pensar em mais nada. Quem enchia o álbum ganhava prêmios bons e jogava-se abafa pela cidade: São Paulo estava de cócoras batendo e virando. Batia-se de concha, de mão mole, de quina, com efeito, de mão dura, conforme o tamanho do bolo, o jeito do chão e o personalíssimo estilo de cada um."

Lembro também que li uma continuação, Sangue Fresco, onde Bolacha e a turma eram sequestrados e presos na Amazônia, onde um novo criminoso vendia o sangue das crianças. Vou comprar esse também, mas me lembro das passagens da jibóia que engolia a galera e das bombas napalm, se não me engano. Conversando com nosso colega, Alexandre Soares Silva, fiquei sabendo que a turma do Bolacha tem vários livros... que bom, acho que vou queimar o salário neles...





Juliano Maesano
São Paulo, 25/4/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva de Renato Alessandro dos Santos
02. No palco da vida, o feitiço do escritor de Cassionei Niches Petry
03. Nuvem Negra* de Marilia Mota Silva
04. Caindo as fichas do machismo de Marta Barcellos
05. Portas se abrindo de Marta Barcellos


Mais Juliano Maesano
Mais Acessadas de Juliano Maesano em 2002
01. Trem Fantasma - 11/4/2002
02. Figurinhas - 25/4/2002
03. Utopia - 7/3/2002
04. Oscar 2002 - 21/3/2002
05. Civilizado? - 2/5/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
24/4/2002
13h14min
Juliano, se eu não me engano a capa original (a que você comprou) é do Miguel Paiva, aquele mesmo que criou a Radical Chic, o gatão de meia idade e fez a abertura da novela Perigosas Peruas.
[Leia outros Comentários de Rafael Lima]
24/4/2002
2. Capa
19h11min
Oi Limão, bem, no livro diz que a capa é de um certo Noguchi... vai saber...
[Leia outros Comentários de Juliano Maesano]
25/4/2002
17h18min
Bela lembrança, Juli ! Eu realmente guardei alguns dos nossos álbuns antigos, mas não sei exatamente quais. Com certeza não tenho mais aquele célebre álbum Ping-Pong da Copa de 1982. Comprei algumas figurinhas do recém lançado álbum da Copa de 2002, da Panini. É um bom álbum, mas não sei se colecionarei. Na Copa de 1998 eu comprei e completei inteiro. Após encerrar as leituras da turma do Bolacha, sugiro o retorno às Aventuras de Xisto, que também foram marcantes na nossa infância.
[Leia outros Comentários de Adriano Maesano]
3/5/2002
02h18min
Ah, já que estamos falando nisso, alguém se lembra de "Grimble"? E de "O Escaravelho de Ouro"? Mas sério, tenho que te dar os parabéns, Juliano, por quebrar o silêncio e ousar falar de literatura infanto-juvenil. É tabu...Pense em todos os livros que o J.C.Marinho escreveu, e a sua crítica dele é a primeira que eu vejo fora de jornais especializados (que ninguém lê, é claro, e que não têm prestígio nenhum...). Um abraço- Alexandre.
[Leia outros Comentários de Alexandre ]
3/5/2002
08h13min
Eu me lembro, Alexandre. Grimble, Família e Cia., escrito por um bisneto ou coisa assim do Sigmund Freud, bem divertido. E lembro também do Escaravelho. Pelo visto eu só não me lembrava mesmo do autor da capa do Gênio do Crime...
[Leia outros Comentários de Rafael Lima]
26/5/2002
10h43min
gostei muito do comentário sobre figuinhas de vcs, me mandem mais por favor
[Leia outros Comentários de Diego]
6/6/2002
19h48min
Juliano, Você já pode colecionar figurinhas pela Internet. Visite o site www.bafobafo.com.br que você vai recordar os seus tempos de infância, só que agora adaptada ao mundo virtual. Abraços, Roberto (um dos idealizadores do álbum de figurinhas virtual)
[Leia outros Comentários de Roberto]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ATITUDE: UM JOVEM VENCEDOR
ÁRVORE DA VIDA
ÁRVORE DA VIDA
(2012)
R$ 5,00



ONDE NÃO HÁ DENTISTA
MURRAY DICKSON
PAULINAS
(1985)
R$ 39,00



MUSEU DE ARTE SACRA DE SÃO PAULO
VÁRIOS AUTORES
MASSP
(1970)
R$ 8,38



DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNI...
MEC
BRASILIA MEC
(2004)
R$ 5,00



UM BRASILEIRO EM TERRAS PORTUGUÊSAS - 780
GILBERTO FREYRE
JOSÉ OLYMPIO
(1953)
R$ 20,00



A ARCA DE NOÉ
REGINA CHAMLIAN
PAULINAS
(1999)
R$ 6,00



COMMENT RÉAMÉNAGER NOTRE RUSSIE? REFLEXIONS DANS LA MESURE DE ME
ALEXANDRE SOLJENITSYNE
FAYARD
(1990)
R$ 37,82



GIRL A REVISTA DA LUMA
INÊS STANISIERE
LEITURA
(2006)
R$ 6,00



SONHOS DOURO - 1º VOLUME
JOSÉ DE ALENCAR
SARAIVA
(1960)
R$ 12,00



OS 12 TRABALHOS
CLÁUDIO YOSIDA E RICARDO ELIAS
IMPRENSA OF. ESTADO SP
(2008)
R$ 10,00





busca | avançada
55373 visitas/dia
2,0 milhões/mês