Cuba E O Direito de Amar (2) | Marilia Mota Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
77305 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
>>> MAB FAAP seleciona artista para exposição de 2022
>>> MIRADAS AGROECOLÓGICAS - COMIDA MANIFESTO
>>> Editora PAULUS apresenta 2ª ed. de 'Psicologia Profunda e Nova Ética', de Erich Neumann
>>> 1ª Mostra e Seminário A Arte da Coreografia de 17 a 20 de junho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Daslusp
>>> A essência de Aldous Huxley
>>> 80 anos de Alfredo Zitarrosa
>>> Dize-me com quem andas e eu te direi quem és
>>> 7 de Setembro
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Sultão & Bonifácio, parte I
>>> Retrato de corpo inteiro de um tirano comum
>>> Você é rico?
>>> Podcasters do mundo, uni-vos!
Mais Recentes
>>> Free Riders de Luiz H. Rose; Maiza Fatureto; Tereza Sekiya pela Cambridge (2008)
>>> Difícil Decisão de Juciara Rodrigues pela Atual (1996)
>>> A História Vazia da Garrafa Vazia de Jonas Ribeiro pela Do Brasil (2004)
>>> A Cadelinha Lambada de Márcia Glória Rodriguez pela Icone (1997)
>>> Pra Você Eu Conto de Moacyr Scliar pela Atual (1998)
>>> Meio Circulante de Edison Rodrigues Filho; Walter Vasconcelos pela Melhoramentos (2012)
>>> The Big Picture Level 1 de Sue Leather pela Cambridge do Brasil (2001)
>>> The Big Picture Level 1 de Sue Leather pela Cambridge do Brasil (2001)
>>> A Dieta dos 17 Dias de Mike Moreno pela Sextante (2011)
>>> Atitude Vencedora de John Maxwell pela Cpad (2004)
>>> Os Adolescentes e o Sexo de Mary Kehle pela Mundo Cristão (1989)
>>> Sonhos Mais Que Possíveis de Odir Cunha pela Planeta do Brasil (2008)
>>> 101 Idéias Criativas para o Culto Doméstico de David J. Merkh pela Hagnos (2002)
>>> A Droga da Obediência: a Primeira Aventura dos Karas! de Pedro Bandeira pela Moderna (2003)
>>> Cinco Minutos / a Viuvinha de José de Alencar pela Atica (1995)
>>> O Homem do Bone Cinzento e Outros Contos de Murilo Rubião pela Companhia das Letras (2007)
>>> Sabor de Vitória de Fernando Vaz; Jean; Cris pela Saraiva Didáticos (2010)
>>> A Autêntica Cozinha Vegetariana de Rose Elliot pela Manole
>>> Pássaros Feridos de Collen Mc Cullough pela Circulo do Livro
>>> Setembro de Rosamunde Pilcher pela Bertrand Brasil
>>> Campanhas Inesquecíveis - Propaganda Que Fez História no Brasil de Meio & Mensagem pela Meio & Mensagem
>>> História da Civilização de Will e Ariel Durant pela Companhia Editorial Nacional
>>> Vetor de Robin Cook pela Record
>>> Os Maias de Eça de Queiros pela L&pm
>>> Abc de las Naciones Unidas de Naciones Unidas pela Naciones Unidas
COLUNAS

Quarta-feira, 2/12/2020
Cuba E O Direito de Amar (2)
Marilia Mota Silva

+ de 800 Acessos

No Banco, na ante-sala do auditório, duas pessoas conversavam: o argentino, baixo e cheio de corpo, vestindo calça e camisa social sem gravata, olhava as pontas dos próprios sapatos, enquanto o outro, com terno e colete, falava com arrebatamento. O argentino me viu chegando e me deu sinal para que me aproximasse. O homem de terno me cumprimentou com a cabeça, sem interromper seu discurso: era sobre um fuzilamento, de um general, se entendi direito. Falava como se nós soubéssemos do fato. Falava da dificuldade de se manter uma ideologia anti-consumista, e nas tentativas de intervenção dos Estados Unidos através da televisão, e nos cuidados extraordinários que eram forçados a tomar para que não se formasse um mercado paralelo do dólar, principalmente com o incremento do turismo. Falava dos inimigos da revolução e da necessidade de fuzilamentos. Um idealista. Queria um mundo em que todos fossem iguais, sem sonhos, sem vontade própria, a não ser a de trabalhar e obedecer a um comando superior, o Estado onisciente.

Planes e eu nos afastamos, quando alguém se aproximou e interrompeu a fala interminável. Planes contou que não havia ninguém esperando por ele no aeroporto José Marti. Ficou retido por duas horas, teve a pasta revistada e até recortes de jornal falando do seminário, a convite do próprio governo cubano, foram lidos inteiramente pelos agentes que o detiveram.

À tarde, fomos às tiendas - onde só turistas entram - e não vi sequer um par de sapatos para criança. Na tira de papelão que Sebastian me deu, um pouco maior do que o pé da menina, ele havia me explicado, havia umas sapatilhas com elástico na borda, e nenhum solado por 13.30 dólares. Não comprei, esperando ter outra oportunidade.

Por toda a cidade, vimos cartazes, outdoors já gastos, homenageando Cienfuegos, um homem jovem, bonito, carismático. No Museu de Revolucion aprendi quem era ele: Comandante Camilo Cienfuegos, amigo de Fidel e de Guevara, um dos líderes da revolução, que morreu em um acidente aéreo, pouco tempo depois da vitória. E Che, como sabemos, foi sozinho levar a revolução para o resto da América Latina e acabou morto na Bolivia. A revolução engole seus filhos, Planes disse pesaroso.

*****.

O Memorial do Granma estava fechado. Mas pude visitar o Museo de la Revolucion, antiga sede do governo: ali estão fotos, maquetes, jornais da época, uniformes, armas, slogans, mapas, tudo o que conta a história da Revolução Cubana.

Ocupando uma parede inteira, há um mapa em relevo do centro-sul da África. A guia nos explica, com orgulho, a presença de militares cubanos na região.

O socialismo é internacionalista, lê-se em placas e cartazes por toda a cidade, e os jornais e a televisão repetem o estribilho o dia todo. Implantar sua ideologia em outros países é mais que legítimo, é sua missão. Quando outros países fazem coisa parecida são condenados como imperialistas.

*****

Maria Antonia e Ismael nos levaram ao Bodeguita del Medio. Convidamos os dois para almoçar conosco. Eles se recusaram prontamente, como se estivessem em falta. Quando insistimos, eles disseram que era proibido. Cubanos não podiam entrar nos restaurantes. Esperariam no carro.

O restaurante é cheio de charme e personalidade. Fica em uma casa velha, e tem as paredes cobertas de rabiscos, assinaturas, caricaturas de frequentadores famosos. Planes e Mazzoti pediram a típica comida "criolla" cubana: arroz, feijão, carne de porco e mandioca. Pedimos frango e salada. O frango veio branco, borrachudo e quase sem tempero. Desanimava só de olhar. Então pedimos "moros e cristianos (arroz e feijão com muita gordura e uns pedacinhos de pele de frango e de porco. Salada de abacate e mandioca cozida. Não serviam saladas verdes. A cerveja, pequenas garrafas sem rótulo, tinha sabor de cloro.

Dois músicos com instrumentos de 8 cordas duplas, no formato de bandolim, tocavam de mesa em mesa, mas não aceitaram gorjeta, não era permitido.

Depois do almoço, Ismael nos levou às tiendas na região das Embaixadas. Casas bonitas, avenidas largas e arborizadas. Há um mini-mercado e uma loja média de departamentos. Não há muito o que ver ou comprar, são quinquilharias da China e de países do leste europeu.

Procurei novamente o sapato para a filha do zelador. Encontrei apenas uns sapatos de salto alto antiquados; nada para criança.

*****

27, quarta-feira.

Assisto, às vezes, à televisão estatal. Falam de colheitas, mostram discursos de Fidel. Mostram esportes, natação, jogos de vôlei, campeonatos em que os cubanos foram campeões. Ontem uma das noticias era sobre 150 bravos compañeros que retornavam de missão em Angola. A rapaziada descia do avião, acenando bandeirinhas.

Hoje anunciam, a cada instante, que não vai ter novela. O Derecho de Amar vai passar no sábado porque hoje é dia de uma grande festa: 29 anos de inauguração do CDR - Comitê de Defesa da Revolução.

Mazzoti, como eu, tem tempo livre e gosta de andar. Fomos ao Museu Numismático e achei finalmente alguns cartões postais. Mazzoti comprou uns bichinhos de pedra ou cerâmica para levar para os filhos. Não havia quase nada à venda, já que não estavam abertos ao turismo.

Fomos almoçar em outro restaurante famoso, a Torre. Uma novidade: cerveja cubana em lata: só para turistas, informaram. O garçom, um senhor mais velho, muito amável, nos explicou que toda a produção de cerveja tinha sido canalizada para a festa do CDR, hoje, só restando aquelas em latinha, que só podiam ser vendidas a turistas e pagas em dólar.

****
Continua aqui


Marilia Mota Silva
Washington, 2/12/2020


Mais Marilia Mota Silva
Mais Acessadas de Marilia Mota Silva
01. Contra um Mundo Melhor, de Luiz Felipe Pondé - 21/10/2011
02. O Vendedor de Passados - 9/5/2018
03. Nuvem Negra* - 8/2/2017
04. Proposta Decente? - 20/8/2014
05. Defensores da Amazônia - 19/2/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CÉtait un Temps Déraisonnable: les Premiers Résistants Racontent
Georges Marc Benamou
Robert Laffont (paris)
(1999)



João Lobo 15
Thales Trigo Simonetta Persichetti
Senac Sp
(2008)



A Madrasta
Nancy Thayer
Círculo do Livro
(1987)



Parque Górki
Martin Cruz Smith
Círculo do Livro
(1984)



O Brasil na França
Ruy Pacheco de Azevedo Amaral
Fund Alexandre de Gusmão
(2008)



Recurso de Apelação e Novas Aplicações de Seu Efeito Devolutivo
Mauro Pedroso Gonçalves
Juruá
(2009)



Revista Brasileira de Filosofia Vol. Lvi Fasc 231
Fundação Nuce e Miguel Reale
Instituto Brasileiro Filosofia
(2008)



Preços de Produção, Métodos de Longo Prazo e Equilíbrio Geral: uma Crí
Marcos de Barros Lisboa
Bndes (rj)
(1993)



Ilha da Trindade: a Ocupação Britânica e o Reconhecimento da Sobe
Martin Normann Kämpf
Fundação Alexandre de Gusmão
(2016)



Estudos Jurídicos Criminais
Luciano Nascimento Silva
Juruá
(2008)





busca | avançada
77305 visitas/dia
2,7 milhões/mês