Na ponta dos dedos | Marcelo Barbão | Digestivo Cultural

busca | avançada
39185 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
Colunistas
Últimos Posts
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
>>> Steve Jobs em 1997
>>> Jeff Bezos em 2003
>>> Jack Ma e Elon Musk
>>> Marco Lisboa na Globonews
>>> Jorge Caldeira no Supertônica
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Retomada do crescimento
>>> Drummond: o mundo como provocação
>>> Cigarro, apenas um substituto da masturbação?
>>> De volta às férias I
>>> Redes e protestos: paradoxos e incertezas
>>> 2005: Diário de bordo
>>> Alfa Romeo e os bloggers
>>> Defesa dos Rótulos
>>> O Jovem Bruxo
>>> Sua Excelência, o Ballet de Londrina
Mais Recentes
>>> Marcados pelo passado de Lourdes Carolina Gagete pela Mundo maior (2010)
>>> Espíritos entre Nós de James Van Praagh pela Sextante (2009)
>>> Novamente em casa de Francisco Cândido Xavier Caio Ramacciotti Espíritos Diversos pela Geem (1984)
>>> OS Valores e o Tempo de Alceu Costa Filho pela Petit (2004)
>>> Sementes de vida Eterna de Djalma Santos pela Novo Ser (2011)
>>> Tempo de Escolhas de Francisco Cajazeiras pela Novo Ser (2011)
>>> 7 Estados do Coração de Rodolfo Beuttenmüller pela Gospel (2008)
>>> Alguém bateu na minha Porta de Osvaldo Jorge Degrazia pela Novo Ser (2012)
>>> Prelúdio de Paz de Djalma Santos pela Novo Ser (2011)
>>> O Caráter Ecumênico do Espiritismo de Paulo Rzezinski pela Edição do Autor (1995)
>>> A verdadeira Alma Gêmea de Fausto Oliveira pela Seame (1998)
>>> Como tomar posse da Bênção de R.R. Soares pela Graça Arte (1987)
>>> A luz de um novo Dia de João Cuin pela Dpl (2001)
>>> A Última Grande lição ( O Sentido da vida) de Mitch Albom pela Sextante (1998)
>>> Historia de Cristo para as Crianças de Rafael A. Ranieri pela Lake (2003)
>>> Náufragos da vida ( Pelo Espírito Lenuz Aqoqo) de Luciana Cardoso pela Dpl (2000)
>>> Racionalismo Cristão Responde de Fernando Faria pela Diagrama (1998)
>>> O Poder do Jovem ( Você pode se acha que pode!) de Lauro Trvisan pela Mente (2010)
>>> O Que é o Espiritismo de Allan Kardec pela Ide (2008)
>>> Obra Póstumas de Allan Kardec pela Ide (2008)
>>> A Dança da paz de Giuliana Martirani pela Paulinas (2006)
>>> Suas verdades ( O Tempo não Apaga) de Américo Simões pela Barbara (2009)
>>> Organize-se num Minuto de Donna Smallin pela Gente (2005)
>>> Assassinato no Expresso do Oriente de Agatha Christie pela Nova Fronteira (2011)
>>> Quatrocentos Contra Um - Uma História do Comando Vermelho de William da Silva Lima pela Vozes (1991)
>>> Confronto pedagógico: Paulo Freire e Mobral de Gilberta Martina Jannuzi pela Cortez & Moraes (1979)
>>> Escravidão, Homossexualidade e Demonologia de Luiz Mott pela Icone (1988)
>>> Socialismo Síntese das origens e doutrinas de Edgar Rodrigues pela Porta Aberta (2003)
>>> Sentença: Padres e Posseiros do Araguaia de Rivaldo Chinem pela Paz E terra (2019)
>>> Pancho Villa O revolucionário Mexicano de Earl Shorris pela Francisco Alves (1983)
>>> México em Transe de Igor Fuser pela Scritta (1996)
>>> Sociologia Política da Guerra camponesa de Canudos - Da destruição do Belo Monte ao aparecimento do MST de Clóvis Moura pela Expressão Popular (2000)
>>> Exclusão Escolar Racializada - Implicações do Racismo na Trajetória de Educandos da EJA de Tayná Victória de Lima Mesquita pela Paco Editorial (2019)
>>> Crítica da Razão Negra de Achille Mbembe pela N-1 Edições (2018)
>>> Esferas da Insurreição - Notas para uma vida não cafetinada de Suely Rolnik pela N-1 Edições (2013)
>>> Arqueofeminismo - Mulheres filósofas e filósofos feministas – Séculos XVII-XVIII de Maxime Rovere (Org.) pela N-1 Edições (2019)
>>> A Doutrina Anarquista ao Alcance de Todos de José de Oiticica pela A Batalha (1976)
>>> Helena de Machado de Assis pela Ática (1994)
>>> A 3° Visão de T. Lobsang Rampa pela Record (1981)
>>> A História Da Indústria Têxtil Paulista de Francisco Teixeira pela Artemeios (2007)
>>> Ciência tecnologia e gênero abordagens Iberoamericanas de Marília Gomes de Carvalho (org.) pela utfPR (2011)
>>> A Jornada de Erin. E. Moulton pela Nova Conceito (2011)
>>> A Melodia Feroz de Victoria Schwab pela Seguinte (2016)
>>> Despertar ao Amanhecer de C.C. Hunter pela Jangada (2012)
>>> Sussurro - Coleção Hush Hush de Becca Fitzpatrick pela Intrínseca (2009)
>>> Holocausto Nunca mais de Augusto Cury pela Planeta
>>> Lusíada (Nº 1): Revista Ilustrada de Cultura.- Arte.- Literatura.- História.- Crítica de Martins Costa/ Portinari/ Texeira Pascoaes (obras de) pela Simão Guimarães & Filhos./ Porto (1952)
>>> Fábulas que Ajudam a Crescer de Vanderlei Danielski pela Ave Maria (1998)
>>> Ninguém é igual a ninguém de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (1994)
>>> Você Pode Escolher de Regina Rennó pela Do Brasil (1999)
COLUNAS

Segunda-feira, 12/8/2002
Na ponta dos dedos
Marcelo Barbão

+ de 2500 Acessos

O mindinho é o dedo mais aristocrático, mais boa-vida de todos. Trabalha pouco, é um bon-vivant e bem cuidado. É um tremendo símbolo de frescura. E adora isso. Quando vai tomar aquela xícara de chá, empertiga-se todo, levanta-se como se quisesse mostrar-se ao mundo, falando: vejam toda a minha importância, vejam como sou elegante tomando o chá das cinco, sou um lord inglês.

Até que alguém venha acabar com esta frescurite toda e coloque o dedo no seu devido lugar. E há dois desses lugares que são os piores que ele poderia agüentar: o nariz e o ouvido. Sim, todo mundo enfia o dedo no nariz e no ouvido, não adianta negar. Alguns disfarçadamente, elegantemente. Em casa, trancados no banheiro. Algumas mulheres chegam a enrolar um pedacinho de papel higiênico no dedo para limpar essas partes. Um pouco de exagero. Por outro lado, quem nunca, no meio do congestionamento matinal das nossas cidades brasileiras, olhou para o lado e pegou alguém na maior limpeza interna?

Está bem, deixemos as escatologias de lado e voltemos ao centro desta nossa resenha: o dedo mindinho. Um verdadeiro dedo dândi, deliciosamente retratado por Mário Prata em toda sua importância. Sim, porque muitos não dão muita importância a este dedo. É porque não o perderam ou nasceram sem ele. É o que retrata o escritor num livro construído de forma muito interessante. Como uma colagem de textos, Prata constrói a história de Mindinho, ou melhor, Fabrico de Oliveira Lima (sim, é Fabrico mesmo, não é erro de digitação), um homem marcado (ou desmarcado) pela ausência do dedo mindinho.

Com esse argumento, o autor consegue, na primeira parte do livro, criar uma extraordinária colagem de textos, inclusive usando outros autores como João Ubaldo e o cabo-verdeano Germano Almeida. São esses jogos entre realidade e ficção que tornam a escrita de Mário Prata absolutamente saborosa. Mas, talvez a história mais interessante, seja a de Zeca Junqueira, o primeiro a usar a unha do mindinho comprida (moda atualmente entre cobradores de ônibus, não me pergunte porquê).

Como eu falo no início desta resenha, a unha comprida no mindinho nasce exatamente para comprovar a natureza dândi e aristocrática do dedo. O que causa ainda maior estranheza quando encontramos cobradores adeptos desta moda criada pela alta burguesia. Mas, enfim, talvez a unha sirva, como diz Ubaldo, para limpar a sujeira do umbigo, do nariz, do ouvido ou de outras partes ainda menos nobres.

Na segunda parte do livro, perde-se um pouco do pique interessante da primeira. Fica uma sensação um pouco de "enrolação" para completar o número de páginas combinado. Buscando informações na Internet, Prata (talvez o único escritor brasileiro que realmente incorporou a Internet aos seus escritos - e isso é um enorme mérito dele) completa o livro com pequenos recortes de informações sobre o dedo em questão. A maioria traz pouco ao livro, a não ser o engraçadíssimo primeiro capítulo de uma novela de bang-bang absurdo.

Mas, este pequeno deslize na segunda parte do livro, não tira o mérito e a qualidade das histórias que Prata conseguiu juntar sobre o dedo menor. Como a do marceneiro corno ou a maravilhosa novela (o que a Globo está esperando para filmar?) sobre as cidades interioranas disputando sua sobrevivência, junto com uma comovente história de amor proibida e a busca de um extraterrestre por sua filha - numa mistura de A Indomada com Romeu e Julieta, e Arquivo X.

Este é o terceiro volume da coleção "Cinco Dedos de Prosa" da editora Objetiva, onde o tema, como diz o nome, são os dedos da mão. Carlos Heitor Cony já escreveu sobre o dedo indicador em "O Indigitado" e Fernanda Young, sobre o dedo mais sexual, o médio, em "Efeito Urano". Ainda restam dois autores que prometem, Manoel Carlos e Luís Fernando Veríssimo.

Este volume, apesar de ser inferior a outros sucessos do autor como "Minhas mulheres e meus homens" e "O diário de um magro", vale a leitura. Principalmente, neste momento eleitoral, onde poderemos ter até um presidente sem o dedo mindinho.

Para ir além



Buscando o seu Mindinho - Um almanaque auricular
Mario Prata
Ed. Objetiva
243 páginas


Marcelo Barbão
São Paulo, 12/8/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Um socialista na Casa Branca? de Celso A. Uequed Pitol
02. Vamos comer Wando - Velório em tempos de internet de Noah Mera
03. Faxina na Arca de Noé de Daniel Bushatsky
04. Um brasileiro no Uzbequistão (III) de Arcano9
05. Pouca gente sabe de Rafael Lima


Mais Marcelo Barbão
Mais Acessadas de Marcelo Barbão em 2002
01. Viver para contar - parte 1 - 18/11/2002
02. Cuentos da Espanha - 23/9/2002
03. Tiques nervosos na ponta da língua - 25/7/2002
04. A idolatria do século XXI - 19/8/2002
05. Viver para contar - parte 2 - 2/12/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MITOLOGIA 5 - MINERVA
EDITORA ABRIL CULTURAL
ABRIL CULTURAL
(1976)
R$ 7,00



UM ELIXIR MISTERIOSO
AMANDA QUICK
ROCCO
(2001)
R$ 14,00



A CULPA É DAS ESTRELAS
JOHN GREEN; RENATA PETTENGILL
INTRINSECA
(2013)
R$ 15,00



A CIÊNCIA COM METAFÍSICA EM KARL POPPER
JOÃO BATISTA CICHERO SIECZKOWSKI
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 363,00



NIETZSCHE COMO PENSADOR POLÍTICO-UMA INTRODUÇÃO
KEITH ANSELL PEARSON
JORGE ZAHAR
(1997)
R$ 47,49



DEUS É INOCENTE - 3122
ZECA MARTINS
FUTURA
(2002)
R$ 8,00



ANAIS DO ARQUIVO PÚBLICO DA BAHIA VOL. XXXVI - 104
DIVERSOS
IMPRENSA OFICIAL DA BAHIA
(1961)
R$ 62,00



A FORMAÇÃO HUMANA NO PROJECTO DA MODERNIDADE
F. CABRAL PINTO
EDICOES PIAGET
(1996)
R$ 21,82



OUR WAY 3 - PREMIUM EDITION - CD-ROM
EDUARDO AMOS
RICHMOND
(2012)
R$ 104,00



BOLOS CRIATIVOS
ROMANA GARDANI
SENAC SP
(2010)
R$ 40,00





busca | avançada
39185 visitas/dia
1,1 milhão/mês