Viver para contar - parte 1 | Marcelo Barbão | Digestivo Cultural

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> Festa na floresta
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
Mais Recentes
>>> Sentido e intertextualidade de Emanuel Cardoso Silva pela Unimarco (1997)
>>> Mistérios do Coração de Roberto Shinyashiki pela Gente (1990)
>>> Interrelacionamento das Ciências da Linguagem de Monica Rector Toledo Silva pela Edições Gernasa (1974)
>>> Sociologia e Desenvolvimento de Costa Pinto pela Civilização Brasileira (1963)
>>> O Coronel Chabert e Um Caso Tenebroso de Honoré de Balzac pela Otto Pierre Editores (1978)
>>> O golpe de 68 no Peru: Do caudilhismo ao nacionalismo? de Major Victor Villanueva pela Civilização Brasileira (1969)
>>> Recordações da casa dos mortos de Fiodor Dostoiévski pela Nova Alexandria (2006)
>>> Elric de Melniboné: a traição ao imperador de Michael Moorcock pela Generale (2015)
>>> O Príncipe de Nicolau Maquiavel pela Vozes de Bolso (2018)
>>> Deuses Americanos de Neil Gaiman pela Conrad (2002)
>>> Deus é inocente – a imprensa, não de Carlos Dorneles pela Globo (2003)
>>> Memórias do subsolo de Fiodor Dostoiévski pela 34 (2000)
>>> Songbook - Tom Jobim, Volume 3 de Almir Chediak pela Lumiar (1990)
>>> Comunicação e contra-hegemonia de Eduardo Granja Coutinho (org.) pela EdUFRJ (2008)
>>> Caetano Veloso Songbook V. 1 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Origami a Milenar Arte das Dobraduras de Carlos Genova pela Escrituras (2004)
>>> O vampiro Lestat de Anne Rice pela Rocco (1999)
>>> Nova enciclopédia ilustrada Folha volume 2 de Folha de São Paulo pela Publifolha (1996)
>>> Esperança para a família de Willie e Elaine Oliver pela Cpb (2018)
>>> Leituras do presente de Valdir Prigol pela Argos (2007)
>>> Insight de Daniel C. Luz pela Dvs (2001)
>>> Política e relações internacionais de Marcus Faro de Castro pela UnB (2005)
>>> Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Infinite Jest de David Foster Wallace pela Back Bay Books (1996)
>>> Nine Dragons de Michael Connelly pela Hieronymus (2009)
>>> The Innocent de Taylor Stevens pela Crown Publishers (2011)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> Filosofia Para Crianças e Adolescentes de Maria Luiza Silveira Teles pela Vozes (2008)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> Vida de São Francisco de Assis de Tomás de Celano pela Vozes (2018)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Astrologia e Fatalismo Magnetismo e Hipnose de Ferni Genevè pela Fase (1983)
>>> Práticas da leitura de Roger Chartier (org.) pela Estação Liberdade (2001)
>>> Universo em Desencanto A Verdadeira Origem da Humanidade Vol 1 de Não Informada pela Mundo Racional
>>> Matemática Financeira de Roberto Zentgraf pela Ztg (2002)
>>> Como Negociar Qualquer Coisa Com Qualquer Pessoa Em Qualquer Lugar do Mundo de Frank L. Acuff pela Senac (1998)
>>> Morte e Vida Severinas: das Ressurreições e Conservações ... Ed. Ltda. de Nelci Tinem e Luizamorim: Organização pela Impre. Univ. J. Pessoa (2012)
>>> Mais Trinta Mulheres que Estão Fazendo a Nova Literatura de Luiz Ruffato pela Record (2005)
>>> Príncipe Sidarta A Fuga do Palácio de Patricia Chendi pela Rocco (2000)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Smart Work Why Organizations Full Of Intelligent People ... de Steven A. Stanton pela Do Autor (2016)
>>> Estatística Objetiva de Roberto Zentgraf pela Ztg (2001)
>>> Diários Messiânicos: uma Experiência de Extensão Universitária de Bruno Cesar Euphrasio de Mello pela Univ. Federal Rgs. (2015)
COLUNAS

Segunda-feira, 18/11/2002
Viver para contar - parte 1
Marcelo Barbão

+ de 11200 Acessos

Antes de qualquer coisa, preciso fazer uma confissão, esta resenha está dividida em duas partes por incompetência deste resenhista. Por causa dos muitos compromissos que resolvo assumir nos meus dias otimistas, acabo não dando conta de todos nos dias mais realistas. Assim, apesar do tempo que tive para ler a impressionante biografia de Gabriel García Márquez, não consegui dar cabo da mesma. Passei um pouco da metade. E como sou honesto, não vou escrever sobre o que ainda não li, apesar de ter visto muitas resenhas em jornais que só citavam os eventos que estão nas primeiras páginas. Mas quem sou eu para falar de algum resenhista de um grande jornal?

A tão esperada autobiografia de "Gabo"como é chamado pelos hispano falantes ou de "Gabito" como o chama sua família, começa com uma revelação (já conhecida daqueles que acompanharam sua trajetória): ele escreveu somente sobre sua família e sua infância. Independente de onde suas novelas estão situadas, dos personagens e acontecimentos retratados, a base de tudo isso é sua própria família e sua infância.

Não preciso dizer que toda generalização é perigosa e estou correndo um sério risco aqui. Portanto, vou melhorar meu pensamento: vários livros de García Márquez basearam-se nas experiências de sua infância, entre eles "Cem Anos de Solidão" e "O Amor nos Tempos do Cólera". Mas, tenho certeza que não exagero quando digo que estes anos foram os mais importantes na construção de todo o universo imaginativo que rondou os principais livros de Márquez.

A descrição da Colômbia da época é muito diferente do que imaginamos nos dias de hoje, apesar de García Márquez mostrar os elementos políticos que podem ter levado às divisões e à guerra civil que tomou o país. A luta entre Liberais e Conservadores que levou a diversos golpes, renúncias e assassinatos, é algo que atravessou todo o século XX.

E, desde os anos 40, esta guerra foi alimentada pelo surgimento de várias guerrilhas. Quase todas começaram como grupos de autodefesa dos camponeses, mas foram influenciadas pelo maoísmo e güevarismo nas décadas seguintes.

E, se a Colômbia soa como um lugar "exótico" para nossos sentidos, que podemos falar da região caribenha do país? O próprio Gabo quando voltou à pequena Aracataca, onde viveu com os avós pelos primeiros oito anos de sua vida, declarou: "Eu me sinto latino-americano de qualquer país, mas sem renunciar nunca à nostalgia de minha terra: Aracataca, à qual regressei um dia e descobri que entre a realidade e a nostalgia estava a matéria-prima de minha obra."

Na primeira metade deste primeiro volume (a biografia de Gabo está programada para ser publicada em três volumes), somos apresentados a alguns personagens que, quem conhece a obra do colombiano, são fáceis de reconhecer. O principal é seu avô materno, Nicolás Márquez, retratado na apaixonante obra, uma das várias que viraram filmes, "Ninguém escreve ao coronel", de 1961.

A influência destes primeiros anos também pode ser vista no clássico "Cem Anos de Solidão", que reflete a grande quantidade de parentes que o cercava na casa dos avós. Tantos que o almoço era servido em três turnos. E, como primogênito, sempre se sentava ao lado de seu avô.

Foi somente com mais idade que Gabito foi viver com seus pais. Mesmo sem avós e tios, a família continuou grande (na época, eram seis filhos e chegaram a onze), mas a diferença era que o menino que sempre havia vivido no meio dos adultos, agora é o mais velho dos irmãos.

Foi nessa época, quando o pai ainda tentava montar uma farmácia na região, que a família Márquez viveu seu pior momento. A pobreza era muito grande e isso deixava o menino, que já era bastante tímido, ainda mais introspectivo. E também facilmente influenciável. Aos 12 anos, magro e branco, só sabia desenhar e cantar. Assim, ouviu uma vizinha falar com a mãe:

"- Desculpe que o diga, senhora, mas acho que este menino não vai durar muito."

E, assim, passou vários meses esperando a morte súbita chegar.

A convivência com a família também não durou muito porque García Márquez passou por vários colégios internos onde se destacou na música e na literatura. Seu gosto pela leitura, algo desenvolvido desde a infância, influenciado pelo avô, tomou um rumo mais consistente. Em parte devido ao convívio com alguns nomes de peso como o poeta Carlos Martín que foi diretor de sua escola por algum tempo.

E, aos poucos, a personalidade do futuro escritor vai se modificando. Começam as bebedeiras e as noites de boêmia, cantando e tocando. Envolveu-se com mais de uma mulher casada e, uma vez, foi salvo pelas artes de cura de seu pai. É que o marido traído poupa a vida do jovem Gabriel porque havia sido curado de uma terrível gonorréia pelas artes farmacêuticas do Márquez-pai.

É a partir do momento em que resolve ir estudar em Bogotá que Márquez começa efetivamente sua vida literária, primeiro participando de diversos círculos de escritores nos cafés da capital e publicando, em seguida, seus primeiros contos em jornais e revistas literárias. Mas, isso fica para o próximo capítulo.

(Continua aqui)

Para ir além
Vivir para contarla
Gabriel García Márquez
Editorial Sudamericana - Buenos Aires
579 páginas


Marcelo Barbão
São Paulo, 18/11/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Cães, a fúria da pintura de Egas Francisco de Jardel Dias Cavalcanti
02. Gerald Thomas: uma autobiografia de Jardel Dias Cavalcanti
03. Antonia, de Morena Nascimento de Elisa Andrade Buzzo
04. Paixões e baratas de Elisa Andrade Buzzo
05. Conselho ou Informação de Daniel Bushatsky


Mais Marcelo Barbão
Mais Acessadas de Marcelo Barbão em 2002
01. Viver para contar - parte 1 - 18/11/2002
02. Cuentos da Espanha - 23/9/2002
03. Tiques nervosos na ponta da língua - 25/7/2002
04. A idolatria do século XXI - 19/8/2002
05. Viver para contar - parte 2 - 2/12/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CONECTE GEOGRAFIA 1 - TERRITÓRIO E SOCIEDADE - MODERNA PLUS
ELIAN ALABI LUCCI
MODERNAPLUS
(2011)
R$ 20,00



THE UNVANQUISHED
WILLIAM FAULKNER
PENGUIN BOOK
(1965)
R$ 4,99



PÉROLA E SUA CONCHA COR-DE-ROSA
WENDY HARMER
FUNDAMENTO
(2013)
R$ 24,80



MINEIROS NA COPA
EDUARDO FERRARI
SCRITTORE
(2014)
R$ 14,00



BIOLOGIA EDUCACIONAL - NOÇÕES FUNDAMENTAIS
A ALMEIDA JUNIOR
CIA EDIT NACIONAL
(1966)
R$ 4,90



PARA GOSTAR DE LER, CONTOS BRASILEIROS 2
CLARICE LISPECTOR; OUTROS
ATICA
(2006)
R$ 12,00



OUTROS HÁBITOS
ANNA FRANÇA
GARAMOND
(2000)
R$ 13,39



VOCÊ É DO TAMANHO DOS SEUS SONHOS
CÉSAR SOUZA
A NEGÓCIOS
(2009)
R$ 15,00



SISTEMAS ELETRÔNICOS QUATERNÁRIOS COM DESORDEM CORRELACIONADA
LEÔNADE DAVILIANO DA SILVA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00



A PEQUENA SEREIA
CRISTINA MARQUES
TODOLIVRO
R$ 5,00





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês