Cuentos da Espanha | Marcelo Barbão | Digestivo Cultural

busca | avançada
44238 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 23/9/2002
Cuentos da Espanha
Marcelo Barbão

+ de 8200 Acessos

A Espanha demorou 40 anos para voltar a ter um governo democrático. A ditadura do Generalíssimo Franco só terminou com sua morte em 1975. Com o apoio ferrenho da Igreja Católica, Franco transformou a Espanha num dos países mais pobres e atrasados da Europa, as mulheres tinham poucos direitos políticos, a burocracia ditatorial era pior que a brasileira, além de ser um dos mais isolados da Europa ocidental.

Com o retorno da monarquia no ano da morte do caudilho, o país começa um processo importante de reconstrução. Junto com Portugal, que havia passado pela Revolução dos Cravos um ano antes, 1974, a salvação econômica e social passa pela entrada na União Européia na década seguinte (Portugal e Espanha entraram em 1986). O fluxo de dinheiro transformou os dois países de forma contundente.

E na literatura esse período é marcado pela mesma mudança em termos de temas e de linguagem. É isso que podemos ver na coletânea Son Cuentos - Antología del Relato Breve Español (1975-93), organizada por Fernando Valls, crítico literário e professor da Universidade de Barcelona, e lançada pela Editorial Espasa de Madri.

Com a seleção feita é possível entender todo o processo de renascimento do conto espanhol, após as difíceis décadas de ditadura. Mas não só de problemas políticos vive o conto espanhol. Como escreveu o crítico Jorge Campos em 1973, "o conto ainda é tratado como um ser menor da flora literária" (e isso lembra imensamente a situação brasileira). Aos poucos, porém, ele começa a ganhar espaço nas revistas literárias espanholas e a ser publicado pelas editoras. E esta coletânea tem sua parcela de responsabilidade neste renascimento.

É possível reparar em duas 'tendências' (entre aspas porque qualquer forma de análise que parte de uma coletânea, onde há uma obra de cada autor, é absolutamente, por sua própria natureza, superficial) entre os contos que compõem o livro. Encontramos uma série de contistas realistas, onde impera uma visão um pouco entristecida e melancólica do mundo, de um lado. Do outro, com uma influência latina, alguns escritores partem para uma descrição menos rigorosa da realidade, mais voltada para o fantástico e para os experimentalismos na língua e na lógica. Poucos contos usam a graça e o humor, uma característica a ser notada e, talvez, melhor estudada.

Mas, por todos os contos, alguns mais e outros menos, podemos encontrar a influência de um dos principais escritores da língua espanhola, o argentino Julio Cortázar. Que, além de escrever, também teorizou (e foi um dos poucos) sobre este estilo literário.

E esta influência já pode ser sentida logo no conto de José María Merino, Imposibilidad de la Memoria, onde a relação entre pessoa e casa lembra fortemente Casa Tomada, um dos contos mais conhecidos de Cortázar. Mas, Merino consegue criar uma identidade própria e desenvolver uma trama complexa onde o desaparecimento intelectual e vivencial, unem-se ao desaparecimento físico.

Juan Pedro Aparício, em Santa Bárbara Bendita, trata do tema das ilusões políticas. Com um simples conto ele mostra um hábito bastante comum entre a militância política de esquerda: o endeusamento da classe trabalhadora. Através de uma janela fechada, dois estudantes escutam os barulhos dos mineiros indo para o trabalho. Esta é a relação deles com a revolução que se aproxima e, através dessa janela fechada, seus pensamentos e desejos se renovam escutando os barulhos dos trabalhadores. Até que um deles resolve olhar pela janela.

Outro fator importante nesta antologia é o ressurgimento da mulher escritora depois dos anos de política franquista que queria educar a mulher para "o lar". Entre as melhores que o livro apresenta está Marina Mayoral que, com o conto, A través del tabique, cria uma pequena e bonita crônica onde as vozes passam através das janelas de apartamentos contíguos e os personagens não aparecem mas somente se infiltram pela cabeça da narradora.

Manuel Longares em Livingstone cria uma sufocante história de amor que, seguindo a tradição, acaba numa tragédia gerada pela desilusão e pelo abandono. Com uma narrativa claustrofóbica, o horror toma um sentido ainda mais profundo.

E a mesma narrativa violenta e com temas problemáticos podem ser encontrados em outros dois autores: Enrique Murillo e Cristina Fernández Cubas. Murillo, em Elogio del transporte público, mostra o prazer se apoderando da vontade humana até chegar a ponto de ser tornar vício. Depois disso, vale tudo para sentir prazer. Cubas, por sua vez, escreve o conto mais estranho da antologia. Em La ventana del jardín, a autora cria uma estranha relação entre um menino doente, sua família isolada do resto da sociedade e um visitante inesperado. Usando recursos de histórias de suspense e com um pé muito explícito em Poe (referência para outros contistas, também), Cubas consegue reconstruir os climas típicos do autor de O Corvo.

Alguns outros autores, como Juan José Millás resvalam na comicidade mas de forma bastante superficial. Em Simetría, Millás usa recursos cortazarianos para contar uma história de perseguição e loucura.

O tema do "reaparecimento"da mulher como sujeito social também pode ser visto em contos escritos por homens. Enrique Vila-Matas, no conto Rosa Schwarzer vuelve a la vida, mostra uma mulher de meia idade questionando sua rotina, sua família e seu amor. Apesar do tom pessimista que pode ser visto durante toda história, o final é destoante, podendo ser considerado a defesa da aceitação do papel submisso e sofredor (numa visão até mesmo católica) da mulher na sociedade. Ou, por outro lado, quis mostrar um lado mais otimista ao evitar o suicídio (e conseqüente fuga) da personagem.

Entre os poucos contos que podem ser considerados engraçados, está o El millar de destinos de Ernesto Imizcoz de José Antonio Millán, onde a vingança é o tema principal. Em Duncan de Javier García Sánchez, El ángel custodio de visitación montera de José Ferrer-Bermejo e Final absurdo de Laura Freixas, o realismo fantástico volta a aparecer de forma magnífica.

Antonio Muñoz Molina e seu conto La poseída é o ponto mais alto desta antologia. O autor cria uma história de trágico amor entre um escriturário e uma estudante, sem que nenhuma palavra seja trocada entre eles. Marino trabalha num escritório com horários fixos. Todos os dias, apenas meia-hora para seu café da manhã, sempre no mesmo bar e sempre o mesmo menu. A estudante sempre à espera do homem mais velho e casado pelo qual se apaixonou. Nem repara em Marino que, de tanto observar, começa a odiar o homem casado e se apaixona pela estudante sofrida. Um estranho triângulo amoroso. Ao final, vence a burocracia e os rígidos horários de trabalho.

Não é preciso dizer que, por falta de tradução, os leitores brasileiros não têm contato com a excelente literatura hispano-americana que é feita na atualidade (da mesma forma, muitos clássicos não foram lançados por aqui). E o melhor é que, apesar do dólar, muitos livros importados têm o mesmo preço ou são até mais baratos do que os nacionais. Vale a pena investir um pouco para conhecer o que fazem nossos vizinhos de língua.

Para ir além
Son cuentos - Antología del relato breve español, 1975-93
Fernando Valls (org.)
Colección Austral - Espasa


Marcelo Barbão
São Paulo, 23/9/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. crônica - ou ensaio - à la hatoum de Ítalo Puccini
02. Os Livros que me Fizeram Mal na Infância de Lisandro Gaertner
03. Tempo vida poesia 2/5 de Elisa Andrade Buzzo
04. Jornalismo literário no SindJor de Tais Laporta
05. A crise do patriarcalismo e a ascensão da mulher de Héber Sales


Mais Marcelo Barbão
Mais Acessadas de Marcelo Barbão em 2002
01. Viver para contar - parte 1 - 18/11/2002
02. Cuentos da Espanha - 23/9/2002
03. Tiques nervosos na ponta da língua - 25/7/2002
04. A idolatria do século XXI - 19/8/2002
05. Viver para contar - parte 2 - 2/12/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




EM BUSCA DE ESPERANÇA
ELLEN G. WHITE
CASA PUBLICADORA BRASILEIRA
(2016)
R$ 10,00



CIBERNÉTICA E COMUNICAÇÃO
ISAAC EPSTEIN ORG.
CULTRIX
(1973)
R$ 15,17



ELETRICIDADE TOMO I ELETRODINÂMICA
GERHARD SENGBERG
ED. NOBEL
(1974)
R$ 6,00



O CANTOR DO PRAZER
MARY RENAULT
SICILIANO
(1994)
R$ 13,39



À BEIRA DA LOUCURA
ELISA MASSELLI
UNA
(2003)
R$ 12,00



SE A MEMÓRIA NÃO ME FALHA
SYLVIA ORTHOF
NOVA FRONTEIRA
(1987)
R$ 20,00
+ frete grátis



TRAGÉDIA EM 3 ACTOS
AGATHA CHRISTIE
N/D
R$ 20,00



TRAITÉ PRATIQUE DE GYNÉCOLOGIE
A. AUVARD
OCTAVE DOIN
(1892)
R$ 180,00



EN CHEMINANT AVEC HERODOTE
JACQUES LACARRIERE
SEGHERS
(1981)
R$ 27,28



MAGISTÉRIO E MEDIOCRIDADE
EZEQUIEL THEODORO DA SILVA
CORTEZ
(2001)
R$ 4,90





busca | avançada
44238 visitas/dia
1,1 milhão/mês