Pólvora e Poesia | Nanda Rovere | Digestivo Cultural

busca | avançada
71417 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Teatro: Sesc Santo André traz O Ovo de Ouro, espetáculo com Duda Mamberti no elenco
>>> PianOrquestra fecha a temporada musical 2021 da Casa Museu Eva Klabin com o espetáculo online “Colet
>>> Primeira temporada da série feminina “Never Mind” já está completa no Youtube da Ursula Monteiro
>>> Peça em homenagem à Maria Clara Machado estreia em teatro de Cidade Dutra, na periferia de São Paulo
>>> Campanha Sonhar o Mundo traz diversificada programação elaborada pelos museus paulistas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> Entre outros
>>> Entre o corpo e a alma, o tempo
>>> O tempo é imbatível
>>> Consciência
>>> A cor da tarja é de livre escolha
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Pai e Filho
>>> Solaris, o romance do pesadelo da ciência
>>> E o Doria virou político...
>>> A ABSTRATA MARGEM
>>> Salvem os jornais de Portugal
>>> Irmãos Amâncio
>>> Chris Cornell
>>> Nosso Primeiro Periscope
>>> YouTube, lá vou eu
>>> Contra os intelectuais
Mais Recentes
>>> Circulação Global de Precedentes - Vol 1 (lacrado) de Ruitemberg Nunes Pereira pela Lumen Juris (2010)
>>> Vida Minha - Autobiografia de Domingos Oliveira pela Record (2014)
>>> Maktub de Paulo Coelho pela Rocco (2005)
>>> Sentença Cível - da Preparação para o Concurso Da.... (lacrado) de Flávio da Silva Andrade pela Lumen Juris (2014)
>>> Por um Triz - Cultura e Educação (lacrado) de Editora Paz e Terra pela Paz e Terra (2002)
>>> O Livro da Pizza de Vincenzo Buonassisi pela Círculo do Livro (1982)
>>> Na Margem do Rio Pietra Sentei e Chorei de Paulo Coelho pela Rocco (2005)
>>> Las Posturas Claves En El Hatha Yog - Vol 2 (lacrado) de Ray Long pela Blume-acanto-naturart (2009)
>>> A Agonia do Grande Planeta Terra de Hal Lindsey pela Mundo Cristão
>>> Os Eixos da Linguagem (lacrado) de Luiz Costa Lima pela Iluminuras (2015)
>>> Robinson Crusoé uma Aventura de um Náufrago numa Ilha Deserta de Daniel Defoe / Julek Heller pela Companhia das Letrinhas (2016)
>>> Novo Dicionário Básico da Língua Portuguesa Folha / Aurélio de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira pela Nova Fronteira (1988)
>>> Os Papéis de Picasso de Rosalind e Krauss pela Iluminuras (2000)
>>> Vozes e Visões de Rodrigo Garcia Lopes pela Iluminuras (2000)
>>> Rango Coisa Feia de Edgar Vasques pela L&pm (1989)
>>> Introdução à Manufatura - Série Tekne (lacrado) de Michael Fitzpatric pela Bookman (2013)
>>> Tabelas do Curso Prático de Concreto Armado 1 Volume de Aderson Moreira da Rocha pela Científica (1955)
>>> O Que Te Impede de Viver Feliz (lacrado) de José Eduardo Tófoli pela Lumen Juris (2020)
>>> Os Remédios Florais do Dr. Bach de Dr. Eduardo Bach pela Pensamento
>>> My Grandma and I de P. K. Hallinan pela Worthykids (2002)
>>> A Sábia Ingenuidade de Dr. João Pinto Grande de Yuri Vieira pela Record (2017)
>>> Marilyn de Norman Mailer pela Record (2013)
>>> A Criança Problema de Joseph Roucek pela Pegasus (2010)
>>> Amor Nunca É Demais de Helen Van Slyke pela Circulo do Livro (1985)
>>> Os Novos 52 -universo Dc Nº 37 de Dc Comics pela Panini
COLUNAS

Terça-feira, 10/9/2002
Pólvora e Poesia
Nanda Rovere

+ de 5000 Acessos

Os atores Leopoldo Pacheco e João Vitti continuam brilhando no espetáculo "Pólvora e Poesia" em São Paulo.

Estrearam em 2001 no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) e o sucesso foi imenso, por isso estão novamente em cartaz com a montagem, agora no TUSP (Teatro Universitário da USP).

O texto trata do relacionamento amoroso entre os poetas franceses Rimbaud e Paul Verlaine.

Rimbaud, então um artista adolescente e interiorano, manda cartas para Paul Verlaine demonstrando um grande talento como escritor. Rimbaud era boêmio e tinha uma vida desregrada, Verlaine era casado e fazia parte da elite intelectual francesa. Este se encanta com a irreverência do novo poeta e o convida para residir em sua casa na cidade de Paris.

Apaixonam-se e vivem uma paixão explosiva. Verlaine (então um poeta Parnasiano) muda o seu estilo de escrever, mas não consegue romper definitivamente com as regras sociais. Desesperado, após uma briga, acaba atirando em Rimbaud e sendo condenado a dois anos de prisão. Rimbaud, por sua vez, viaja por vários países da Europa e se muda para a África onde contrabandeia armas.

Quando fui ao teatro assistir a Pólvora e Poesia imaginava o que eu iria encontrar. Já conhecia e admirava o trabalho de Alcides Nogueira (autor), do Leopoldo Pacheco (Paul Verlaine), do João Vitti (Rimbaud), do diretor de teatro Márcio Aurélio e Gabriel Villela, o qual assinou o cenário e os figurinos.

Um primor de texto e de montagem! O pianista em cena foi uma idéia genial. As músicas de Chopin, tocadas ao vivo pelo músico Fernando Esteves, causam um desconforto que reflete totalmente o furor amoroso e artístico dos personagens.

Na direção do Márcio Aurélio merecem destaque as marcas dos atores no palco, pois aumentam a "tensão" dramática das cenas.

O cenário elaborado pelo Gabriel é simples e inteligente. No fundo do palco tem uma porta e um painel com rasgos que nos remetem aos encontros, desencontros, dúvidas e angústias dos personagens.

As interpretações do João e do Leopoldo são excepcionais. O João consegue transmitir a juventude e a rebeldia de Rimbaud e o Leopoldo, toda a angústia, paixão e dúvida do seu personagem. É um privilégio vê-los em cena. O Premio Shell de Melhor ator recebido por Leopoldo Pacheco foi merecido!

O texto, por sua vez, trata de um assunto sempre presente no cotidiano de todos os seres humanos: o amor e a busca da felicidade num mundo onde o preconceito causa guerras e destrói muitas vidas. É muito legal entrar em contato com o universo poético de dois artistas que expressaram muitas bem as contradições e angústias dos homens, não só do século XIX (período em que eles viveram), mas de todos os tempos.

A rebeldia de Rimbaud na luta contra os princípios de certo e errado estabelecidos pela sociedade certamente é um dos maiores encantos do poeta e enriqueceu muito a sua poesia.

E, Paul Verlaine, na sua indecisão entre romper barreiras ou continuar submisso às regras da sociedade, vivendo acomodado no conforto familiar e usufruindo de privilégios por pertencer à elite intelectual francesa, torna o personagem extremamente interessante.

Para viverem a sua paixão, Verlaine e Rimbaud não só enfrentaram muitos preconceitos como também magoaram pessoas próximas a eles (Verlaine era casado e morava na casa do sogro), e a si mesmos.

Verlaine não consegue abandonar definitivamente a sua esposa e se entregar à paixão. Acaba cometendo um crime contra Rimbaud, mas buscou, a seu modo, a liberdade e a irreverência que tanto admirava no mesmo.

O que seria da poesia moderna se esses dois gênios da literatura não tivessem ultrapassado os limites do que a sociedade julga como certo ou errado?

Verlaine e Rimbaud foram fiéis aos seus sentimentos e demonstraram, através de suas criações literárias e relacionamento, a importância de nos rebelarmos contra os dogmas sociais quando acreditamos na possibilidade de uma vida mais feliz através da conquista da liberdade.

Por mais que o homossexualismo não seja o ponto central de "Pólvora e Poesia", obviamente isso enriquece muito o texto, pois somente o respeito às diferenças salvará o mundo da destruição, e, certamente, o maior mérito das montagens que tratam de questões como o homossexualismo (óbvio que "Pólvora" transcende essa questão!) é demonstrar que a busca da felicidade e do amor independe de sexo, cor e classe social.

A arte pode não ter o poder de transformar o mundo (será que não tem mesmo?), mas ela pode, sim, contribuir para o desenvolvimento do senso crítico dos seres humanos e nos proporcionar o aprimoramento do nosso conhecimento.

Quem se interessa por poesia e por um teatro que trata profundamente as angústias e desejos humanos, não pode perder esse belíssimo espetáculo.

Sucesso de público e crítica, essa montagem recebeu o Prêmio Shell de Melhor Autor (Alcides Nogueira), Ator (Leopoldo Pacheco) e Direção (Márcio Aurélio).

Vale a pena conferir "Pólvora e Poesia" e conhecer um pouquinho mais do universo desses poetas que revolucionaram a poesia francesa.

Para ir além
"Pólvora e Poesia"
Texto e Trilha Sonora: Alcides Nogueira
Direção e Iluminação: Márcio Aurélio
Elenco: Leopoldo Pacheco, João Vitti e Fernando Esteves (pianista)
Cenário e Figurinos: Gabriel Villela
Horário: Sexta e sábado, 21h; domingo, 20h.
Preço: R$ 20,00
Local: TUSP - Teatro da USP
Rua Maria Antonia, 294, Tel: (11) 3255-5538. São Paulo/SP.


Nanda Rovere
São Paulo, 10/9/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O jornalismo na fervura de Marta Barcellos
02. Relendo 'O Pequeno Príncipe' de Sabrina Ferreira
03. Capacidade de expressão X capacidade linguística de Marcelo Spalding


Mais Nanda Rovere
Mais Acessadas de Nanda Rovere em 2002
01. A Borboleta sem Asas - 14/8/2002
02. Arranjos e Trilhas - 27/8/2002
03. Pólvora e Poesia - 10/9/2002
04. Circo e teatro se unem em espetáculo - 12/12/2002
05. Anthonio: Um artista múltiplo - 11/11/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Pedagogia do Sucesso
João Batista Araújo e Oliveira
Saraiva
(1999)



Nossos Índios Nossos Mortos
Edilson Martins
Codecri
(1978)



O Controle Judicial de políticas Públicas
Américo Bedé Freire Júnior
Revista dos Tribunais
(2005)



Brasil a Trajetória de um País Forte
Alcides Domingues Leite Júnior
Trevisan
(2009)



Riquezas da mensagem cristã
D. Cirilo Folch Gomes
Lumen Christi
(1981)



1591 - A santa Inquisição na Bahia e Outras Estórias
Nélson de Araújo
Nova Fronteira
(1991)



Luka na Casa da Biza
Lia Campos Ferreira
Do Escritor
(2004)



Trismus na Antártica Volume 2
Patrick Van God
Edições Marítimas



Maravilhas do Conto Humorístico
Mariano Torres
Cultrix
(1959)



Misterio? Misteriosos Amor
Odette de Barros Mott
Atual
(1986)





busca | avançada
71417 visitas/dia
1,9 milhão/mês