Bom texto!!! | Anilson Roberto C. G

busca | avançada
86662 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Nó na Garganta narra histórias das rodas de choro brasileiras
>>> TODAS AS CRIANÇAS NA RODA: CONVERSAS SOBRE O BRINCAR
>>> Receitas com carne suína para o Dia dos Pais
>>> Selo Anonimato Records chega ao mercado fonográfico em agosto
>>> Última semana! Peça “O Cão de Kafka” fica em cartaz até 1º de agosto
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
>>> “Conselheiro do Sertão” no fim de semana
>>> 1000 Vezes MasterChef e Nenhuma Mestres do Sabor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nordeste Oriental
>>> Entrevista com Flávia Rocha
>>> Clint: legado de tolerância
>>> Sultão & Bonifácio, parte I
>>> Nicolau Sevcenko & jornalismo
>>> 25 de Julho #digestivo10anos
>>> Hugo Cabret exuma Georges Méliès
>>> Jornais do futuro?
>>> Anonimato: da literatura à internet
>>> Inesquecíveis aventuras
Mais Recentes
>>> A Mão e a Luva - Coleção Prestígio de Machado de Assis pela Ediouro (1987)
>>> Introdução à Teologia Fundamental de Rino Fisichella pela Loyola (2012)
>>> O Mulato - Coleção Prestígio de Aluísio Azevedo pela Ediouro (1987)
>>> Uma Lágrima de Mulher - Coleção Prestígio de Aluísio Azevedo pela Ediouro (1987)
>>> Filosofia Política e Liberdade de Roland Corbisier pela Paz e Terra (1975)
>>> Civilização e Cultura. Volume 1 de Luis da Câmara Cascudo pela Livraria José Olympio (1973)
>>> Antologia do Folclore Brasileiro - 2 Volumes de Luis da Câmara Cascudo pela Martins (1965)
>>> Alguém Que Anda por Aí de Julio Cortázar pela Nova Fronteira (1981)
>>> Revolução na América Latina de Augusto Boal pela Massao Ohno (1961)
>>> Arte de Amar e Contra íbis de Ovídio pela Cultrix (1962)
>>> História Concisa da Literatura de Alfredo Bosi pela Cultrix (1979)
>>> Por Que Almocei Meu Pai de Roy Harley Lewis pela Companhia das Letras (1993)
>>> A Filosofia de Descartes de Ferdinad Alquié pela Presença / Martins Fontes (1969)
>>> A . Comte - Sociologia de Evaristo de Moraes Filho; Florestan Fernandes pela Ática (1983)
>>> The Pedants Return de Andrea Barham pela Bantam Books (2007)
>>> O Ser e o Tempo da Poesia de Alfredo Bosi pela Companhia das Letras (2004)
>>> Thomas Hobbes de Os Pensadores: Hobbes pela Abril Cultural (1979)
>>> Introdução ao Filosofar de Gerd Bornheim pela Globo Livros (2003)
>>> O Caneco de Prata de João Carlos Marinho pela Global (2000)
>>> Berenice Contra o Maníaco Janeloso de João Carlos Marinho pela Global (1997)
>>> Conceptual Issues in Evolutionary Biology de Elliott Sober pela Mit Press (1993)
>>> A History Their Own Women in Europe - 2 Volumes de Bonnie S. Anderson; Judith P. Zinsser pela Harper & Rowpublishers (1988)
>>> Revelações de Uma Bruxa de Marcia Frazão pela Bertrand Brasil (1994)
>>> Eu, Malika Oufkir: Prisioneira do Rei de Malika Oufkir; Michèle Fitoussi pela Companhia das Letras (2000)
>>> O Mundo é Plano uma Breve História do Século XXI de Thomas L. Friedman pela Objetiva (2005)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 1/4/2002
Comentários
Leitores


Bom texto!!!
Caro Edu, Li sua apresentação por acaso e quão grande foi minha surpresa ao ver tua idade. Parabéns pela sua humildade tão latente e sua expressiva emoção tão bem aflorada neste texto. Fiquei seu fã!Costumo conhecer poucas pessoas nessa faixa etária com interesse pela cultura verdadeira. Cordialmente, Arq. Anilson De Salvador

[Sobre "Apresentação; ou, O prazer foi meu"]

por Anilson Roberto C. G
1/4/2002 às
17h31 200.254.245.1
(+) Anilson Roberto C. G no Digestivo...
 
Simples como a vida
O mundo é cheio de coisas equisitas. Tem quem diz que Carnaval é a melhor coisa que ja existiu outros dizem que é pura babaquise. Mas na minha opiniao Carnaval é uma desculpa que usamos para fazer em cinco dias o que a gente não faz em um ano. Basta enxergar o entusiamo que todos esperam os 5 dias mais famosos no Brasil!

[Sobre "Eu não pulei carnaval"]

por Ana Paula Matsuguma
1/4/2002 às
16h23 200.227.183.9
(+) Ana Paula Matsuguma no Digestivo...
 
O papel aceita tudo
Voce escreve bem, Eduardo. Ja havia lido seus textos aqui e me divertido com a maioria. Nao que tenha me sentido ofendido como alguns pelas suas criticas `a nossa FGV, mas acredito que voce se preocupe muito em nao se "acomodar" como o "barrigudo tatuado" do seu texto Carnaval. De qualquer forma, parabens. Mas lembre-se que para sobrevivermos nesse mundo, devemos ganhar dinheiro de alguma forma... Abraco

[Sobre "Obrigado, GV"]

por Alexandre Bossi
1/4/2002 às
15h31 208.5.238.226
(+) Alexandre Bossi no Digestivo...
 
Na veia
Sensacional! É a mais lúcida descrição da escola onde estudamos.

[Sobre "Obrigado, GV"]

por Julia
1/4/2002 às
14h42 200.221.28.204
(+) Julia no Digestivo...
 
É de longa data...
O ofício da tradução não recebe a devida atenção há milênios e a má tradução tem causado e perpetuado pequenas imperfeições nas relações entre culturas, além de ter criado hermetismos desnecessários - o termo vem de Hermes Trismegistus, cujos textos nunca foram bem traduzidos, daí serem incompreensíveis e herméticos. É, a saída é clássica, com bem define Paulo Salles, isto é, a saída típica desde os tempos clássicos para quem não tem talento de tradutor e não consegue outra atividade profissional. Classicamente, quem perde é sempre o leitor. Realmente, poucos tradutores - sem referir-me necessariamente aos juramentados - têm credenciais sólidas para traduzir. Traduzir não deveria ser um passatempo de pretensos intelectuais, a miúde remunerado, mas algo que seja levado a sério, fiscalizado por uma entidade credenciada. (É utopia, não me iludo.) Mas o papel da tradução deveria ser entendido melhor e visto como canal de comunicação entre culturas, por isso a tradução tem que ser bem feita. Se, há milênios, os textos importantes, como a Bíblia, o Organon, entre outros clássicos, deveriam ter recebido a maior atenção na tradução para sua propagação eficiente, imaginem hoje em dia com a globalização, que é - imagino - a era do auge das relações inter-culturais. Bem, é uma discussão que pode estender-se "ad nauseam". Mas acrescentaria, para finalizar, que há cursos de idiomas estrangeiros e dicionários péssimos, usados por alunos que, mais adiante, tornar-se-ão tradutores, repetindo e perpetuando erros graves.

[Sobre "A saída clássica"]

por Antonio Oliveira
31/3/2002 às
22h03 200.163.13.62
(+) Antonio Oliveira no Digestivo...
 
Quanto mais quente melhor!!!
Peço desculpas por ter trocado a palavra "desconhecer" por "desconsiderar". Compartilho com o Sr. Olavo de Carvalho (que não tenho lido, confesso) e com Pedro Paulo Rocha o horror à forma insidiosa com que certos grupos ideológicos interferem no ensino, principalmente nas universidades. Ninguém mais aguenta "neo-liberalismos"e globalização. Discordo da generalização excessiva, que beira a intolerância. Combater a pobreza com palavras e conceitos é muito pouco. Lerei o artigo do Estadão com atenção e horror.

[Sobre "Educação versus Marxismo"]

por Jose Maria Silveira
31/3/2002 às
18h14 143.106.37.196
(+) Jose Maria Silveira no Digestivo...
 
Raivosos, uni-vos
O Sr. Olavo de Carvalho não está em discussão. Discuto o artigo que foi publicado e que motivou os debates. Não discordo da maioria dos pontos do artigo, mas acho que ele praticamente exclui a possibilidade de que autores de linha marxista sejam ensinados, ponto de minha discordância. Quanto à contribuição de O.de C. para o combate à pobreza, sinceramente, nunca vi (e acho que ele nunca se propôs a isso). Ele, certamente contribui ao combate da pobreza cultural. Nisso estamos de acordo.

[Sobre "Educação versus Marxismo"]

por Jose Maria da SIlvei
31/3/2002 às
18h10 143.106.37.196
(+) Jose Maria da SIlvei no Digestivo...
 
Ignorância concreta
Ao senhor José Maria é preciso lembrar que a revolução cultural em andamento no Brasil - ainda que possa não vir a ter os resultados que prevê Olavo de Carvalho - é coisa bem concreta, embora (semi) oculta aos olhos da maioria. De onde ele tirou que o autor ignora Bourdieu e Habermas, isso não sei. Parece-me mesmo desconhecimento da sua obra. Aliás, este é o maior problema de quem critica os outros nesse país, juntamente com a mania de exigir as "ações concretas", que faz dos intelectuais gente da mesma corja que os políticos, inclusive porque formam "partidinhos" coletivos para impor ideologias. No mais, o problema da pobreza se resolverá mais com um resgate da sanidade mental desse país, coisa que não virá de outro lugar que não da crítica cultural. Enfim, dizer que os textos de Olavo de Carvalho não são ações concretas contra a pobreza no Brasil é admitir, como o fazem os intelectuais esquerdistas mais típicos, que o único meio de agir socialmente é a política. Talvez seja por isso que nossos sociólogos estejam mais preocupados em criar planos para o futuro do que em entender nossas origens e nossa identidade. Se seguissem mais o exemplo de Gilberto Freyre, talvez a essa altura nós brasileiros já tivéssemos uma vaga idéia de quem somos, o que seria um ótimo ponto de partida para "ações concretas". Inclusive, quanto a estas, não era preciso que eu falasse nada aqui, mas apenas que remetesse ao texto de Montaner no Estadão de hoje (Domingo), onde ele mostra como foi inútil injetar U$ 30 bilhões para eliminar a pobreza, em um continente culturalmente imbecilizado.

[Sobre "Educação versus Marxismo"]

por Evandro Ferreira
31/3/2002 às
16h58 200.167.242.83
(+) Evandro Ferreira no Digestivo...
 
Amigo, a Pauta Atual É Outra
Não sou dono da verdade nem tenho tal pretensão. Porém, imagino o que pode significar a sintomática tentativa de alguém a insistir na mudança de assunto. Eu mesmo, quando algo me desagrada e não posso contestar, e for possível, pretenderei mudar a pauta. É o que o Sr. José Maria Silveira tem feito neste debate, que confesso, está bastante adulto (o debate). Em sua primeira intervenção, o convite foi para falarmos de música (tema bom, também). Agora, pede para falarmos de arte e cultura (assuntos muito gostosos, sem dúvida). Mas, e sobre o tema, ainda ativo... Sofismar, não adianta. Já ultrapassamos, há muito tempo, as nossas condições para "massa de manobra". Você é boa gente. Embora, em paralelos opostos. Bom Dia!

[Sobre "Educação versus Marxismo"]

por JOSÉ PEREIRA
31/3/2002 às
11h57 200.161.189.90
(+) JOSÉ PEREIRA no Digestivo...
 
Vamos falar de arte e cultura
Agradeço o light left. Acho sinceramente que o Olavo de Carvalho se perdeu. Até um certo ponto foi um bom crítico (um pouco ressentido) das academias e do marxismo de segunda de alguns de seus representantes (ex. Fiori, Plinio Sampaio, Plinio Sampaio Filho, este inominável Arrighi, etc). Mas daí desconhecer gente como Habermas ou Bourdieu há um caminho cujo nome é intolerância. Sou light que pede ações concretas e eficientes contra a pobreza. Isto me afasta dos reacionários e da esquerda doidivanas. Um abraço. Vamos falar de arte e cultura.

[Sobre "Educação versus Marxismo"]

por Jose Maria Silveira
31/3/2002 às
11h43 143.106.37.196
(+) Jose Maria Silveira no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Emagreça sem segredos
Jeanne Lima
Literare Books International
(2018)



Para Mim, Chega!
Yvonne Bezerra de Mello
Rosa dos Tempos
(1998)



Orgias
Luis Fernando Veríssimo
L&pm



Cozinha Vegetariana. Maçã
Caroline Bergerot
Cultrix
(2012)



A Witch Called Wanda
Telma Guimarães Castro Andrade
Atual
(1996)



O Pensamento Judeu Como Fator de Civilização
Leon Roth
Biblos
(1965)



Entre Irmãs - 1ª Edição
Frances de Pontes Peebles
Arqueiro
(2017)



Os Thibault 1
Roger Martin Du Gard
Globo
(1986)



Unati - Espaço Aberto ao Ensino e á Criatividade
Maria Candida Soares del Masso
Cultura Academica
(2012)



Dinâmica de Grupo Iniciação a Seu Espírito e Algumas de Suas Técnicas
Jean-marie Aubry
Loyola
(1978)





busca | avançada
86662 visitas/dia
2,4 milhões/mês