Maquiavel: auto-ajuda? | Pepê Mattos

busca | avançada
51627 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> “É Hora de Arte” realiza oficinas gratuitas de circo, grafite, teatro e dança
>>> MOSTRA DO MAB FAAP GANHA NOVAS OBRAS A PARTIR DE JUNHO
>>> Ibevar e Fia-Labfin.Provar realizam uma live sobre Oportunidades de Carreira no Mercado de Capitais
>>> PAULUS Editora promove a 6º edição do Simpósio de Catequese
>>> Victor Arruda, Marcus Lontra, Daniela Bousso e Francisco Hurtz em conversa na BELIZARIO Galeria
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Aventuras pelo discurso de Foucault
>>> Chega de Escola
>>> Hipermediocridade
>>> A luta mais vã
>>> História da leitura (I): as tábuas da lei e o rolo
>>> Sinatra e Bennett (1988)
>>> La Cena
>>> YouTube, lá vou eu
>>> Uma história da Sambatech
>>> The Shallows chegou
Mais Recentes
>>> Chico, Eu e a Oitava Séria de Lino de Albergaria pela Saraiva (2010)
>>> O Bicho-da-seda de Robert Galbraith; Ryta Vinagre pela Rocco (2014)
>>> Surfistas Beijos e um Pé de Pato de Carolina Cequini pela Atheneu Cultural
>>> O mundo tem de ser desse jeito? de Fernando Vaz pela FTD (1996)
>>> Pretty Little Liars, V. 7 - Heartless de Sara Shepard pela Harper Usa (2010)
>>> Lucíola de José de Alencar pela Martin Claret Pocket (2012)
>>> Vigilancia Em Saude Ambiental de Solange Papini pela Atheneu (2012)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua de Richard Carlson; Joana Mosela pela Rocco (1998)
>>> Rima do Azul Infinito de José Donizete Gonçalves pela Thesaurus (2004)
>>> O Silêncio dos Amantes de Lya Luft pela Record (2008)
>>> Principios Fundamentais e Normas Brasileiras de Contabilidade de Vários pela Cfc (2002)
>>> Filhos Para Leigos de Sandra H. Gookin pela Mandarim (1996)
>>> Cha Entre Amigas de Paula Jacome pela Multifoco (2011)
>>> Quando e Preciso Voltar de Zibia Gasparetto pela Vida e Consciencia (2001)
>>> Rowan, o Guardião: Rowan e os viajantes de Emily Ronda pela Fundamento (2008)
>>> Logística e Gerenciamento da Cadeia de Distribuição de Antônio Galvão Novaes pela Campus
>>> Shibumi de Trevanian pela Círculo do Livro (1981)
>>> Metodologia do ensino Voleibol de Pedro luiz bulgarelli pela Distribuidora Educacional (2017)
>>> Escaldado Em Agua Fria de John Straley pela Globo (2001)
>>> Fire Watch de Connie Willis pela Bantam Books (1998)
>>> Organizações Inovadoras do Setor Financeiro: Teoria e Casos de Sucesso de José Carlos Barbieri/josé Carlos Barbieri pela José Carlos Barbieri (2009)
>>> Surfista, Ex-drogado, Ex Traficante de Franjaques Chulam pela Francisco Alves (2009)
>>> A Doutrina de Buda de Bukkyo Dendo Kyokai pela Bukkyo Dendo Kyokai
>>> Um Lugar no Mundo de Alberto Aggio pela Contraponto (2015)
>>> Constituição do Estado do Rio de Janeiro de Claudio Brandão de Oliveira pela Roma Victor (2003)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 25/7/2007
Comentários
Leitores


Maquiavel: auto-ajuda?
Taí uma verdade incontestável, logo no início do texto: Maquiavel, se escrevesse nos dias de hoje, iria entrar direto na lista dos livros de auto-ajuda. E certamente os politicos não o leriam, simplesmente porque politicos não lêem, nem as normas que os regem, muito menos livros, seja lá do que forem. E aqui não há segredo nenhum. Quanto ao "The Secret" propriamente dito, nada há também de novo, a não ser o fato de que há sangue novo em busca do cálice sagrado, ou, na lista de mais vendidos em auto-ajuda. Sem querer entrar para a lista dos detonadores dos livros de auto-ajuda, mas é um filão inesgotável, pois o rol dos desamparados por tudo quanto é espezinhações de origem diversa só aumenta a cada Jornal Nacional e Linha Direta da vida. E ainda tem o fantasma do des e do sub-emprego, das contas que só aumentam, do senhorio que vive alerta, do embarque em Congonhas, das vacas do Renan. Mas Taís, você deu mostras exuberantes de que com um belo texto se consegue dizer tudo com classe.

[Sobre "Qual é O Segredo?"]

por Pepê Mattos
25/7/2007 às
16h22 200.164.57.112
(+) Pepê Mattos no Digestivo...
 
É como transar sem camisinha
Sem dúvida o bom humor é seu ponto forte. Mas achei o tom "politicamente incorreto" um pouco além do habitual, em se tratando de um assunto que envolve a saúde das pessoas. Falar que comida que faz mal pra a saúde é "tudo de bom" é como fazer apologia de transar sem camisinha...

[Sobre "Combates culinários"]

por sidnei
http://noitepassada.zip.net
25/7/2007 às
14h51 200.171.54.195
(+) sidnei no Digestivo...
 
Sexo Anal: é um título ruim?
olha, vou dizer... eu tenho esse livro, esse e-book, chamado SEXO ANAL. o livro foi rejeitado por 16 editoras e acho que boa parte da culpa é do título. Eu era inflexível, mas agora estou considerando mudá-lo... é um título ruim? de mau gosto? muita gente diz que sim. muita gente diz que é apelativo. mas só quem lê o livro entende pq o nome é tão cabível; ele tem realmente tudo a ver com a obra, não é chamativo no sentido, digamos, lúbrico. eu me ofendo com quem diz: "ah, botou esse nome pra chamar a atenção presse livrinho pornô!". ora, se eu escrevesse um livro pornô chamaria de, hmmm, PLEONASMO, ou algo assim... muitas vezes duvidam do nosso bom senso, vai dizer? eu adoro títulos e acho que eles devem sempre apontar para o quem vem a seguir - independente do viés.

[Sobre "Dar títulos aos textos, dar nome aos bois"]

por Biajoni
http://www.verbeat.org/blogs/biajoni
25/7/2007 às
12h50 201.75.214.54
(+) Biajoni no Digestivo...
 
Continuando...
O Código Da Vinci que eu ganhei tá até hoje embrulhado no fundo mais empoeirado do meu armário. E dali ele não sai tão cedo. Pelo menos não antes das férias de janeiro, haha. Gostei de saber a sua opinião sobre todos esses livros, da sinceridade e autenticidade, da maneira que você criticou todos eles. Eu acho que foi essa mesma a grande falta dos escritores que eu colecionei: a falta de opinião. A partir de hoje, a minha coleção vai ser mais criteriosa. Aqui só entra o que tiver conteúdo! (E não um bando de opiniões de enciclopédia...)

[Sobre "A Pirâmide B"]

por Dâni
25/7/2007 às
12h43 201.17.224.118
(+) Dâni no Digestivo...
 
O passado que volta ao futuro
Parece-me que todos que somos ligados à Literatura, que como escritor ou professor de Redação, Língua Portuguesa e Literatura, vivemos, quando estudantes, o mesmo drama com os nossos antigos mestres: as intermináveis e chatas aulas de redação na qual se fazia de tudo, menos fomentar o espírito criativo dos estudantes. Por outro lado, aquelas barreiras criativas que nos eram impostas acabaram funcionando como um desafio. Tanto assim que cá estamos nós, apaixonados pela produção textual e, mais ainda, professores de Redação.

[Sobre "Dar títulos aos textos, dar nome aos bois"]

por Luiz Valério
http://www.blogdoluiz.com
25/7/2007 às
11h31 200.216.61.102
(+) Luiz Valério no Digestivo...
 
nomear, eis o dilema...
Fascinante o texto e como ele relata a experiência mais gostosa que possa existir: escrever! Ana Elisa, realmente o título é a razão de muitas leituras e de muitas críticas. Mais do que escrever, nomear - eis o dilema... Afinal, quem além do escritor para compreender o quanto é importante a crítica do público?

[Sobre "Dar títulos aos textos, dar nome aos bois"]

por Plínio
http://stoa.usp.br/plinio
25/7/2007 às
11h22 192.168.133.52
(+) Plínio no Digestivo...
 
como sempre acontece em SP
O Samba da Vela era uma coisa maravilhosa. Depois foi ficando famoso, enchendo, institucionalizou-se demais, como sempre acontece em São Paulo e acabou criando uma nostalgia de si mesmo. Uma pena!

[Sobre "Samba da Vela"]

por osrevni
http://paralersemolhar.blogspot.com
25/7/2007 às
07h56 83.202.80.148
(+) osrevni no Digestivo...
 
ler, discutir, discordar
Prezada Taís Laporta: O importante é que suas considerações acerca da obra "O Segredo" contribuem para derrubar preconceitos. Como bibliotecária e leitora, sempre fui levada a dar ouvidos a intelectuais que se colocam radicalmente contra as obras de auto-ajuda. Há livreiros no RJ, inclusive, que adoram detonar clientes que entram pedindo livros desse gênero. Por quê? Bem, ou mal, alguma coisa se aproveita e, queiram ou não, de alguma forma se economiza em gastos com psicanalistas. Aceitar, ou não, o conteúdo de tais obras, isto é outra coisa. Vale ler, discutir, discordar... e não, simplesmente, correr.

[Sobre "Qual é O Segredo?"]

por Lygia Dias de Toledo
25/7/2007 às
07h53 200.251.136.107
(+) Lygia Dias de Toledo no Digestivo...
 
Clichês, clichês e clichês
Tem uma coisa que eu venho fazendo há anos, que é sair por aí garimpando tudo quanté crítica literária, opinião, top 10 das melhores obras já publicadas, sugestão, crônica e afins de tudo quanté escritor que apareceu na minha frente, pra ver se eu consigo pôr ordem nas minhas bagunçadas prioridades literárias. Confesso que, agora, revirando todos esses recortes na minha gaveta, é muito estranho perceber comé que todos eles à sua maneira acabaram elegendo os mesmos figurões da "alta literatura" de sempre e perderam a oportunidade de divulgar, como você, aqueles livros nem tão conhecidos mas que fazem uma senhora diferença na cabeça de quem os lê. Tava tudo lá. Eu que não quis ver. Clichês, clichês e mais clichês, por assim dizer. Ninguém arriscou. Também não sou muito fã dos best-sellers. Porque eu acho que a maioria deles é uma grande farsa e o que tem de gente faturando com toda essa propaganda e marketing... chega a assustar.

[Sobre "A Pirâmide B"]

por Dâni
25/7/2007 à
01h49 201.17.224.118
(+) Dâni no Digestivo...
 
Algo perto do ideal
Um casal ideal, como nos filmes românticos, com a pequena diferença de que é real. Luis, se você estiver numa cruzada particular para melhorar nosso padrão cultural, seja escrevendo, seja apresentando realidades estimulantes como essa, só temos que aplaudir e apoiar. Beleza de texto, abraços!

[Sobre "O Casal 2000 da literatura brasileira"]

por Guga Schultze
25/7/2007 à
01h02 201.80.110.48
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Cadernos da Amatra IV - 13º
Varios Autores
Amatra



Almanaque Disney Nº 196
Walt Disney
Abril
(1987)



Fraudes e Golpes Em Crédito e Cobrança
Adriano Blatt
Printed
(2000)



A Arca Perdida de Noé
Charles Berlitz
Círculo do Livro
(1987)



Picchi
Picchi
Copyjet
(1988)



O Livro das Sombras
N. E. Genge
Frente
(2002)



A Abadia de Northanger
Jane Austen
Principis
(2020)



Guia turismo 10+: Orlando
Vários Autores
Dk



O Segredo da Floresta do Pânico
Gillian Summers
Bertrand Brasil
(2014)



O poder político na URSS - De Kruschev a atualidade
Jacques Tatu
Expressão e Cultura
(1970)





busca | avançada
51627 visitas/dia
1,8 milhão/mês